VENDA DE ALIMENTOS  COM FORMATO DE GENITÁLIAS  PARA MENORES DE 18 ANOS FOI PROIBIDO PELO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

Ministério da Justiça proíbe venda de alimentos com formato de genitálias para menores de 18

Produtos se tornaram sucesso nas redes sociais

Nathallia Fonseca

Carolina Figueiredo

da CNN

Palácio da Justiça na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF)Palácio da Justiça na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF)Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Produtos alimentícios com formatos de genitália, que fazem sucesso especialmente nas redes sociais, podem ser vendidos exclusivamente para maiores de 18 anos. A determinação do Ministério da Justiça foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na quarta-feira (1).

De acordo com a publicação, deve ser suspenso “o fornecimento dos produtos que reproduzam ou sugiram o formato de genitálias humanas e/ou partes do corpo humano com conotação sexual, erótica ou pornográfica a menores de 18 anos”.

Os estabelecimentos também devem possuir uma placa em local visível na qual a regra esteja exposta, semelhante ao que já ocorre em bares, por exemplo.

Letreiros com nomes dos estabelecimentos de remetem ao conteúdo sexual dos produtos também devem ser “realocados de maneira que fiquem fora do alcance da vista daqueles que transitam nas vias e locais públicos”, segundo a publicação.

O descumprimento das regras pode incidir multa diária de até R$ 500,00, “incluindo-se a possibilidade de cassação de licença dos estabelecimentos e a suspensão da atividade”.

Deixe uma resposta