VEJA A LISTA DOS MUNICÍPIOS DO RN COM ALERTA DE CHUVAS INTENSAS PELO INMET

Por g1 RN

 

Alertas de chuva para cidades do RN — Foto: InmetAlertas de chuva para cidades do RN — Foto: Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu dois alertas – um de chuvas intensas e outro de acumulado de chuvas – para cidades do Rio Grande do Norte, na manhã desta segunda-feira (23).

O alerta amarelo, de chuvas intensas com perigo potencial, abrange 113 cidades potiguares. Ele vale até 11h da terça-feira (24).

A previsão é de chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, e ventos intensos, de até 60 km por hora. Segundo o Inmet, há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Já o aviso de de acumulado de chuvas foi classificado em nível de perigo – na cor laranja – por previsão de chuvas com volume de até 100 milímetros de água por dia para 18 cidades localizadas no litoral potiguar.

O aviso laranja foi publicado às 7h55 desta segunda-feira (23) e é válido até às 8h de terça-feira (24). Segundo o órgão, a previsão é de chuvas com volume entre 30 a 60 mm por hora ou 50 a 100 mm por dia.

Ainda de acordo com o aviso, nessas cidades, há risco de alagamentos, deslizamentos de encostas, transbordamentos de rios.

O órgão recomendou que a população evite enfrentar o mau tempo, observe alterações nas encostas e, se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro de energia.

“Em caso de situação de inundação, ou similar, proteja seus pertences da água envoltos em sacos plásticos. Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193)”, orientou.

Cidades com aviso de perigo por acumulado de chuva – de até 100 mm

  • Arês
  • Baía Formosa
  • Canguaretama
  • Ceará-Mirim
  • Extremoz
  • Goianinha
  • Maxaranguape
  • Natal
  • Nísia Floresta
  • Parnamirim
  • Pureza
  • Rio do Fogo
  • São Gonçalo do Amarante
  • São José de Mipibu
  • Senador Georgino Avelino
  • Tibau do Sul
  • Touros
  • Vila Flor

Aviso de risco potencial

Já o aviso de perigo potencial abrange outras 95 cidades, além das 18 cidades acima. Segundo o Inmet, em caso de rajadas de vento, a população não deve se abrigar debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas.

Também é recomendado que a população não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda e evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Cidades com aviso de perigo potencial por chuvas intensas

  • Acari
  • Açu
  • Afonso Bezerra
  • Alto do Rodrigues
  • Angicos
  • Apodi
  • Areia Branca
  • Augusto Severo
  • Baraúna
  • Barcelona
  • Bento Fernandes
  • Bodó
  • Bom Jesus
  • Brejinho
  • Caiçara do Norte
  • Caiçara do Rio do Vento
  • Campo Redondo
  • Caraúbas
  • Carnaubais
  • Cerro Corá
  • Coronel Ezequiel
  • Currais Novos
  • Espírito Santo
  • Felipe Guerra
  • Fernando Pedroza
  • Florânia
  • Galinhos
  • Governador Dix-Sept Rosado
  • Grossos
  • Guamaré
  • Ielmo Marinho
  • Ipanguaçu
  • Itajá
  • Jaçanã
  • Jandaíra
  • Januário Cicco
  • Japi
  • Jardim de Angicos
  • João Câmara
  • Jucurutu
  • Jundiá
  • Lagoa d’Anta
  • Lagoa de Pedras
  • Lagoa de Velhos
  • Lagoa Nova
  • Lagoa Salgada
  • Lajes
  • Lajes Pintadas
  • Macaíba
  • Macau
  • Montanhas
  • Monte Alegre
  • Monte das Gameleiras
  • Mossoró
  • Nova Cruz
  • Paraú
  • Parazinho
  • Passa e Fica
  • Passagem
  • Pedra Grande
  • Pedra Preta
  • Pedro Avelino
  • Pedro Velho
  • Pendências
  • Poço Branco
  • Porto do Mangue
  • Riachuelo
  • Ruy Barbosa
  • Santa Cruz
  • Santa Maria
  • Santana do Matos
  • Santo Antônio
  • São Bento do Norte
  • São Bento do Trairí
  • São José do Campestre
  • São Miguel do Gostoso
  • São Paulo do Potengi
  • São Pedro
  • São Rafael
  • São Tomé
  • São Vicente
  • Senador Elói de Souza
  • Serra Caiada
  • Serra de São Bento
  • Serra do Mel
  • Serrinha
  • Sítio Novo
  • Taipu
  • Tangará
  • Tenente Laurentino Cruz
  • Tibau
  • Triunfo Potiguar
  • Upanema
  • Várzea
  • Vera Cruz

Fonte: G1 RN

Deixe uma resposta