VARIEDADES: BOLSONARO É ACUSADO POR PROFESSORA ABORTISTA DE PERSEGUIR PEDÓFILOS

Professora abortista acusa presidente de “perseguição a pedófilos”, vira piada na web e Bolsonaro responde

Fotomontagem: Jair Bolsonaro e Debora DinizFotomontagem: Jair Bolsonaro e Debora Diniz

Ativista pelo aborto e uma das defensoras da ADPF 442, ação no STF que tenta descriminalizar a interrupção da gravidez até a 12ª semana de gestação, Débora Diniz, professora da Universidade de Brasília (UnB), afirmou, em suas redes sociais, que uma das pautas prioritárias do presidente Jair Bolsonaro no Congresso Nacional é a “perseguição a pedófilos”.

“A pauta prioritária de Bolsonaro no Congresso Nacional tem de arma em casa e na rua para mais gente; crianças em ensino domiciliar; perseguição a pedófilos; vantagens para agronegócios até perseguição aos povos indígenas”, escreveu ela.

E completou:

“A perversidade parece complexa, mas não é. Segue a mesma lógica paranóica [sic] do patriarca que amplifica o medo para justificar a truculência. Por isso armas e pedófilos estão na mesma agenda: o patriarca espalha o pânico para justificar seu abuso de poder. Inclusive de ser ele mesmo um violentador sexual de crianças ou mulheres”.

Confira:

O “tiro” com a tentativa inescrupulosa de incriminar o presidente saiu pela culatra.

Nas redes sociais, internautas já estão se mobilizando contra o ‘estranho’ comentário de Débora Diniz.

“Pergunta: o que leva alguém a chamar de “perseguição a pedófilos” os PLs 3780/2020 e 1776/2015, que endurecem as penas para crimes de pedofilia? E o que leva alguém a chamar de “perseguição a indígenas” o PLC 119/2015, que busca EVITAR O ASSASSINATO de crianças indígenas?”, escreveu a deputada federal, Carla Zambelli.

“Pedófilo tem que ir pro inferno. E quem defende também!”, detonou o secretário de Cultura, Mário Frias

Sempre certeiro, Bolsonaro não ficou de fora e, com apenas uma “figurinha” em tom de deboche, mostrou o quão insano e indecente foi o comentário da professora.

Confira:

A falta de caráter da “esquerdalha” não tem limites!

Porém, o “veneno” é tanto que essa ‘turminha’ acaba infectada nos próprios comentários.

Uma piada pronta…

Fonte: Jornal da Cidade Online

Este post tem 2 comentários

  1. Erasmo Ribeito

    O que esses esquerdopatas fiseram com a educação de nossa juventude não terá remedio nunca. Teremos que esperar muitos anos por outra geração. Colegios militares distribuidos por todo o Brasil ajudaria em muito essa mudança que tanto precisamos.

    1. Wagner Braga

      Você tem toda razão!

Deixe uma resposta