Por G1

 

A modelo que acusa Neymar de estupro depõe em SP. E o jogador atribui a assessores a publicação de vídeo com fotos íntimas de Najila. Bolsonaro comenta a ideia de uma moeda única entre Brasil e Argentina, e Guedes diz que são os argentinos que querem o ‘peso real’. Raquel Dodge diz estar à disposição para continuar no comando da PGR. O roqueiro Serguei morre aos 85 anos. A Nasa abrirá a Estação Especial para turistas a partir do ano que vem. E começa a Copa do Mundo de futebol feminino.

 

 INTERNACIONAIS

Viagem para o espaço

Astronautas que vivem na Estação Espacial Internacional precisam lidar com problemas específicos ligados à falta de gravidade — Foto: NASA

Astronautas que vivem na Estação Espacial Internacional precisam lidar com problemas específicos ligados à falta de gravidade — Foto: NASA

A Nasa informou que vai permitir a hospedagem de turistas na Estação Espacial Internacional a partir do ano que vem. O preço por noite ficaria por volta dos US$ 35 mil (R$ 135,5 mil), mas a viagem é ainda mais cara. Empresas como a Boeing e a SpaceX estão preparadas para transportar os astronautas por cerca de US$ 58 milhões por pessoa.

Agora é que são elas

França passa fácil pela Coreia com gols de zagueira artilheira — Foto: Lucy Nicholson/Reuters

França passa fácil pela Coreia com gols de zagueira artilheira — Foto: Lucy Nicholson/Reuters

Começou a Copa do Mundo feminina de futebol, e a anfitriã França estreou com goleada de 4 a 0 em cima da Coreia do Sul. A zagueira Renard, de 1,87 metro de altura, é artilheira até agora e marcou duas vezes.

 NACIONAIS

Caso Neymar

Najila Trindade saiu carregada de delegacia em SP após prestar depoimento — Foto: Amanda Perobelli/ReutersNajila Trindade saiu carregada de delegacia em SP após prestar depoimento — Foto: Amanda Perobelli/Reuters

A modelo Najila Trindade prestou depoimento à polícia em São Paulo sobre o caso em que acusa o jogador Neymar de agressão e estupro. Após o fim do interrogatório, ela deixou a Delegacia de Defesa da Mulher carregada pelo advogado após passar mal. Segundo policiais, ela ficou muito tempo sem se alimentar.

No depoimento, cujo conteúdo o Jornal Nacional teve acesso, Najila disse que a íntegra do vídeo do 2º encontro com Neymar em um hotel de Paris estaria em um tablet que, segundo ela, foi furtado.

Neymar responde ao inquérito que investiga se ele cometeu crime de divulgar fotos íntimas

Neymar responde ao inquérito que investiga se ele cometeu crime de divulgar fotos íntimas

Na investigação sobre a suspeita de crime virtual envolvendo Neymar, o jogador afirmou ontem, à polícia do Rio, que assessores foram responsáveis por publicar o vídeo em que vazaram imagens íntimas de modelo. Assessor e técnico de informática serão intimados a depor.

‘Peso real’

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, durante transmissão ao vivo nesta quinta-feira (6) — Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, durante transmissão ao vivo nesta quinta-feira (6) — Foto: Marcos Corrêa/PR

Bolsonaro disse que foi dado o primeiro passo para uma moeda única entre o Brasil e a Argentina, que se chamaria ‘peso real’. O presidente deu o exemplo da moeda única da União Europeia: “Como aconteceu o euro lá atrás, pode acontecer o peso real aqui”.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, comentou a ideia e disse que a moeda comum interessa muito mais aos argentinos. “Quem está querendo são eles, os argentinos estão animadíssimos. Nós estamos pensando, conversando e conjecturando. Eles abraçaram, aparentemente, a ideia”, disse ele em Buenos Aires.

Ontem à noite, o Banco Central divulgou nota afirmando que não há projetos ou estudos sobre o tema, horas antes de o presidente Bolsonaro falar sobre o assunto.

Chefe da PGR

Raquel Dodge diz estar à disposição para 'eventual' recondução ao cargo na PGR

Raquel Dodge diz estar à disposição para ‘eventual’ recondução ao cargo na PGR

A 1ª mulher a ocupar a Procuradoria-Geral da República, Raquel Dodge, afirmou estar “à disposição da instituição e do país” para continuar no cargo. O mandato da atual procuradora-geral acaba em setembro. Dez candidatos se inscreveram ao cargo, e uma lista tríplice será enviada ao presidente Bolsonaro para escolher seu sucessor. Dodge não está entre os candidatos, mas ela poderá ser reconduzida ao cargo por uma escolha do presidente.

Inflação

Inflação desacelera e atinge o menor valor para maio desde 2006, segundo o IBGE

Inflação desacelera e atinge o menor valor para maio desde 2006, segundo o IBGE

O preço dos alimentos caiu e ajudou a frear a inflação em maio. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 0,13%, o mais baixo do ano. Em 12 meses, inflação acumulada é de 4,6%.

Morre Serguei

Serguei durante apresentação no Centro Cultural São Paulo, em novembro de 2017 — Foto: Van Campos/FotoArena/Estadão Conteúdo/Arquivo

Serguei durante apresentação no Centro Cultural São Paulo, em novembro de 2017 — Foto: Van Campos/FotoArena/Estadão Conteúdo/Arquivo

O roqueiro Serguei morreu aos 85 anos, em Volta Redonda (RJ), onde estava internado desde o fim de maio. O cantor ficou 11 dias na UTI e morreu por problemas cardíacos após pegar uma pneumonia. Segundo os médicos, ele também sofria de Alzheimer.

Serguei foi um símbolo do rock brasileiro performático, construído com visual, performance e discursos exagerados. Ele começou a carreira em 1966, e dizia que teve um relacionamento com Janes Joplin.

O roqueiro Serguei (Sérgio Augusto Bustamante) desfila coleção da grife Cavalera na São Paulo Fashion Week, realizada no Pavilhão da Bienal do Parque do Ibirapuera, zona sul de São Paulo, em 2004 — Foto: Patrícia Santos/Estadão Conteúdo/Arquivo

O roqueiro Serguei (Sérgio Augusto Bustamante) desfila coleção da grife Cavalera na São Paulo Fashion Week, realizada no Pavilhão da Bienal do Parque do Ibirapuera, zona sul de São Paulo, em 2004 — Foto: Patrícia Santos/Estadão Conteúdo/Arquivo

Se apresentou em quatro edições do Rock in Rio (1991, 2001, 2011 e 2013) e teve a casa em Saquarema transformada em um museu do rock.

Substituto de Neymar

Willian disputou a últiima Copa do Mundo — Foto: REUTERS/David Gray

Willian disputou a últiima Copa do Mundo — Foto: REUTERS/David Gray

Willian foi convocado para substituir Neymar na seleção brasileira. Ele será o camisa 10 na Copa América. A decisão foi tomada por Tite e a comissão técnica após Neymar sofrer uma ruptura em dois ligamentos do tornozelo direito no primeiro tempo do amistoso com o Catar, na quarta-feira.

Também teve isso…

Ararinha-azul — Foto: Leonardo Milano/Divulgação

Ararinha-azul — Foto: Leonardo Milano/Divulgação

Bradley Cooper, indicado a melhor ator e diretor por 'Nasce uma estrela', chega ao Globo de Ouro 2019 acompanhado pela modelo Irina Shayk — Foto: Photo by Jordan Strauss/Invision/AP

Bradley Cooper, indicado a melhor ator e diretor por ‘Nasce uma estrela’, chega ao Globo de Ouro 2019 acompanhado pela modelo Irina Shayk — Foto: Photo by Jordan Strauss/Invision/AP

Fonte: G1
Por Blog do BG

Governo diz ao STF que bloqueio nas universidades visa equilibrar contas públicas

O presidente Jair Bolsonaro enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um documento formulado por técnicos do governo segundo o qual o bloqueio em parte do orçamento das universidades visa o equilíbrio das contas públicas.

O bloqueio de 30% nos gastos não obrigatórios (chamados discricionários) foi anunciado em abril pelo Ministério da Educação. Desde então, ações têm sido apresentadas à Justiça contra a medida. Além disso, no mês passado, houve manifestações em todo o país contra o bloqueio.

Despesas discricionárias incluem, por exemplo, gastos com conta de água, de luz, compra de material básico, contratação de terceirizados e realização de pesquisas. O contingenciamento representa, segundo o governo, 3,4% do orçamento total das universidades.

“O supramencionado contingenciamento orçamentário foi uma medida adotada com vistas salvaguardar observância, por parte do Estado brasileiro, do princípio constitucional implícito do equilíbrio orçamentário”, diz o parecer.
Conforme o documento enviado por Bolsonaro, que abrange pareceres assinados por técnicos da Advocacia Geral da União (AGU) e da Casa Civil, as universidades não estão “imunes” às medidas econômicas.

“Autonomia de gestão financeira conferida às universidades não significa independência financeira propriamente dita de tais entidades, as quais não podem ficar imunes às medidas de contingenciamento e observância da legislação orçamentária, sob pena de se colocar em risco o equilíbrio das contas públicas”, diz o parecer.

Detalhamento do bloqueio

A documentação afirma que as universidades federais têm orçamento de RS 49,6 bilhões e que as despesas discricionárias representam 13% do montante total.

O maior gasto das instituições, segundo a AGU, é com despesas de pessoal (85,34%). Os valores, diz o órgão, envolvem pagamento de salários para professores e demais servidores e não podem ser bloqueados.

De acordo com o governo, é “equivocado” classificar o ato como “corte orçamentário” porque houve um “contingenciamento temporário” e que não há comprometimento do funcionamento das instituições.

O governo afirma ainda que o bloqueio visa conciliar a necessidade de investir na educação com a responsabilidade fiscal, em razão da crise atual.

De acordo com os dados apresentados, o Executivo contingenciou R$ 29,6 bilhões de todas as pastas, dos quais R$ 5,8 bilhões na área da educação. E os valores poderão ser novamente liberados a depender do resultado da economia.

“Cabe aqui reiterar que não se trata de corte orçamentário, mas mera postergação temporária da disponibilidade dos recursos, qual será periodicamente revista, segundo as projeções de arrecadação efetivas verificadas pela Secretaria do Tesouro Nacional”, conclui o parecer técnico.

G1

Comments

Em depoimento, Najila diz que íntegra de vídeo com Neymar estava em tablet que foi furtado

A modelo Najila Trindade Mendes de Souza, que acusa Neymar de agressão e estupro, disse, em depoimento à polícia nesta sexta-feira (7), que o tablet em que armazenava a íntegra do vídeo do segundo encontro que teve com o jogador em um hotel em Paris foi furtado. As informações são do Jornal Nacional.

No depoimento, prestado à delegada Juliana Lopes Bussacos, da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de São Paulo, Najila disse que o furto aconteceu na quinta-feira (6), quando seu apartamento teria sido arrombado. Ela não teria registrado Boletim de Ocorrência porque não sabia o que havia sumido.

A íntegra do vídeo era uma das provas que a polícia queria ter em mãos. Um minuto deste vídeo já é de conhecimento público. Nele, Najla aparece batendo em Neymar. Nos outros seis minutos, segundo a modelo contou, haveria elementos que comprovariam que o jogador a agrediu no dia anterior.

Um setor da polícia especializado em encontrar a impressões digitais analisou a porta do apartamento de Najila e, segundo o Jornal Nacional, só encontrou impressões digitais dela e da empregada.

IstoÉ

Comments

Justiça rejeita nova denúncia contra Henrique Eduardo Alves por lavagem de dinheiro

Foto: Beto Oliveira / Agência Câmara 

A 10.ª Vara Criminal da Justiça Federal de Brasília rejeitou denúncia contra o ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves (MDB-RN) da acusação de lavagem de dinheiro investigada na Operação Sepsis. Na decisão, desta quinta-feira, 6, o juiz federal Vallisney de Souza Oliveira acatou o argumento da defesa de que a ação movida pelo Ministério Público Federal “é indevida porque Henrique Alves já havia sido julgado pelo caso”.

“Por outro ângulo, sob a perspectiva de que o delito de lavagem é permanente e não instantâneo com efeitos permanentes também se pode constatar a impossibilidade de nova punição para o caso que se apresenta, porque o ato de ocultar se iniciou com a abertura e aquisição da propriedade sobre a conta bancária de valores ilícitos (pagos pela Carioca Engenharia), mantendo-se essa ocultação até a descoberta pelas autoridades, ainda que tenha havido passagem dos valores das contas da Suíça para as contas em bancos do Emirados Árabes e Estados Unidos”, escreveu.

De acordo com a decisão, o crime de lavagem é de “natureza permanente”. “Portanto, todas as movimentações atribuídas a um réu devem ser vistas num conjunto, e não isoladamente.”

“Esse novo ato, que não reputo como autônomo (nem típico ou punível), me parece ser circunstância do delito, tanto que na sentença condenatória frisei essa condição desfavorável ao réu, caracterizando-se um bis in idem uma nova ação penal por imputação já apreciada em processo anterior que por si só, data venia, não reputo como crime autônomo, ainda que essa nova conduta tenha sito perpetrada, segundo o MPF, dois ou três anos depois da primeira que levou à condenação do réu por ocultação da mesma propriedade/valores provenientes de ilícito criminal”, concluiu o magistrado.

Henrique Alves já havia sido condenado por esse delito em 2018.

O advogado do ex-deputado, Marcelo Leal, nega, no entanto, a prática do crime. Alega que as movimentações feitas em contas no exterior atribuídas a Henrique Alves “foram praticadas por falsários”.

Na defesa, Leal também afirma que a Procuradoria Geral da República “não juntou provas das acusações”. E que “houve cerceamento de defesa porque os nomes dos reais responsáveis pelas movimentações foram ocultados com tarjas pretas nos documentos obtidos pelo Ministério Público Federal”.

“Evidentemente, a defesa não pode prescindir de arrolar como testemunha justamente as pessoas que estiveram diretamente envolvidas na abertura da conta, exatamente para comprovar que o acusado teve sua conta movimentada sem o seu conhecimento”, sustenta Marcelo Leal.

“Ora, na impossibilidade de ouvir o próprio falsário, é imprescindível ouvir o funcionário que realizou a operação, para que confirme quem determinou a realização da transferência em questão.”

No primeiro julgamento do caso, Henrique Alves foi condenado a oito anos de reclusão.

A defesa recorreu alegando “inocência” com base na informação de que as contas, na verdade, foram movimentadas por terceiros, vinculados ao escritório uruguaio Posadas & Vecinos. “Existe prova cabal e incontestável de que foram terceiras pessoas que o fizeram.”

No caso julgado nesta semana, o advogado explica que se referem aos mesmos episódios narrados pelo Ministério Público Federal na primeira ação.

Leal afirma que “mesmo sem provas, o Ministério Público promoveu nova ação com base em fatos idênticos apontados na primeira ação penal, o que é um absurdo e, temos certeza, contribuiu com a absolvição”.

O advogado ressalta que “a decisão reflete o excesso acusatório do Ministério Público Federal contra Henrique Eduardo Alves”.

“Desta forma, confiamos no entendimento da Justiça para que novas absolvições sejam também reconhecidas.”

Estadão Conteúdo

EUA proíbe embaixada no Brasil de hastear bandeira LGBT

O governo Donald Trump proibiu embaixadas dos Estados Unidos no exterior, inclusive no Brasil, de hastearem a bandeira do orgulho LGBT em seus mastros durante o mês de junho, que é dedicado a essa comunidade.

A informação é da emissora NBC, que cita três diplomatas americanos. O governo de Barack Obama havia concedido uma permissão generalizada para embaixadas exibirem o estandarte do arco-íris, mas o Departamento de Estado revogou essa decisão.

A NBC cita as embaixadas em países como Brasil, Alemanha, Israel e Letônia como exemplos. A medida vai de encontro à campanha lançada pela Casa Branca para descriminalizar a homossexualidade em todos os países e a uma recente declaração de Trump, que reconheceu a “extraordinária contribuição” do público LGBT.

As bandeiras, no entanto, poderão ser expostas em outras áreas internas e externas das embaixadas.

Ansa

 

Dodge diz estar à disposição para eventual recondução ao cargo por Bolsonaro

Foto: Rosinei Coutinho/STF 

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse nesta sexta-feira (7) que está “à disposição” para uma eventual recondução ao cargo de procuradora-geral da República. Ela afirmou que não tem feito nenhuma articulação para se manter no posto, mas que a permanência seria bem-vinda. O mandato de Raquel Dodge na PGR (Procuradoria-Geral da República) termina em setembro.

“Estou à disposição, tanto da minha instituição quanto do país, para uma eventual recondução. Não sei se isso vai acontecer”, declarou.

Dodge afirmou que a consideração da lista tríplice enviada pela ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República) ao presidente é uma prerrogativa do chefe do Executivo. “É uma decisão do presidente, definida na Constituição”, disse.

A procuradora-geral foi indicada para o cargo pelo então presidente Michel Temer, em 2017. Ela ficou em segundo lugar pelo voto dos pares naquela ocasião.

A lista tríplice foi criada em 2001 e é defendida pelos procuradores como um dos principais instrumentos de autonomia da carreira. De acordo com a Constituição, o presidente da República pode escolher qualquer um dos procuradores em atividade para o comando da PGR. De 2003 a 2017, o nomeado foi o mais votado pelos membros da ANPR.
Dez procuradores se apresentaram à sucessão na PGR neste ano. Até o dia 17 de junho, os candidatos seguem em campanha. A eleição ocorrerá em todas as unidades do Ministério Público Federal do país, por meio eletrônico, no dia 18 de junho. Podem votar os cerca de 1.150 membros ativos do MPF.

EQUIDADE DE GÊNERO

A procuradora-geral participou da abertura da 4ª Conferência Regional de Promotoras e Procuradoras de Justiça dos Ministérios Públicos Estaduais da Região Sudeste, na capital paulista. A iniciativa tem como objetivo colher diagnósticos e promover a troca de boas práticas e experiências referentes à equidade de gênero no sistema de Justiça brasileiro.

Dodge explicou que a ideia da conferência é traçar um diagnóstico subjetivo da situação. “Como sentem as mulheres membro do Ministério Público? Como evoluem na carreira?”, exemplificou. Ela destacou o caso de Ediene Lousado, procuradora-geral de Justiça da Bahia. “O que explica o fato de a procuradora-geral de Justiça da Bahia ser a primeira mulher depois de 400 anos de história do Ministério Público na Bahia?”, questionou.

Esta é a quarta de cinco conferências regionais que ocorrerão no primeiro semestre deste ano. A primeira foi em Manaus, em fevereiro, a segunda em Salvador, em março, e a terceira em Goiânia, em abril. Em São Paulo, o evento foi organizado pela presidência do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), em parceria com a Delegação da União Europeia no Brasil e com as Procuradorias-Gerais de Justiça dos estados da região Sudeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo).

Agência Brasil

Mulher que acusa Neymar de estupro se muda de endereço após notícias publicadas

A advogada Yasmin Pastore Abdalla afirma que a modelo ​Najila Trindade Mendes de Souza​, que acusa Neymar de estupro, deixou o local em que estava morando com seu filho desde que as primeiras notícias sobre o caso foram publicadas.

Yasmin diz que hospedou Najila em sua casa por uma semana, mas que a modelo deixou o local nesta sexta-feira (7). “Por a segurança, ela vai para um novo lugar”, afirma.

No fim da tarde desta sexta (7), a modelo passou mal enquanto prestava depoimento na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, na região de Santo Amaro.

Na quinta (8), Najila afirmou que o apartamento que morava havia sido arrombado.

Segundo uma reportagem publicada pelo Uol, a administradora do imóvel e o condomínio não confirmam a informação de que houve uma tentativa de o apartamento ser arrombado.

​O síndico do condomínio procurou a Polícia Civil para registrar um boletim de ocorrência comunicando que ninguém tentou forçar a porta do imóvel.

Mônica Bergamo/Folha de S.Paulo

CommentsComments

Justiça Federal autoriza devolução de R$ 681 milhões recuperados pela Lava Jato

A Justiça Federal do Paraná autorizou o retorno aos cofres públicos de pouco mais de R$ 681 milhões que foram desviados da Petrobras, conforme apontou a Operação Lava Jato.

Do total, R$ 416,5 milhões ficarão com a União e R$ 264,5 milhões serão devolvidos à Petrobras. A verba estava depositada em uma conta judicial e é proveniente do acordo de leniência (espécie de delação premiada de pessoas jurídicas) assinado pela Braskem. A decisão é de quarta-feira (5).

O pedido de transferência partiu da força-tarefa do Ministério Público Federal no Paraná, após a empresa ter fechado na última semana novo acordo com a CGU (Controladoria-Geral da União) e a AGU (Advocacia-Geral da União).

O total a ser devolvido pela empresa é de mais de R$ 2 bilhões, dos quais R$ 828,7 milhões já foram repassados somente à Petrobras —incluindo a transferência recém-autorizada.

Folhapress

Comments

Governo aposta que Nota Potiguar aumente arrecadação em até 84 milhões ao ano

“Esperamos mobilizar corações e mentes do povo potiguar para que a campanha seja um sucesso”, declarou a governadora Fátima Bezerra no lançamento do programa Nota Potiguar, que concederá prêmios para os contribuintes e beneficiará 24 instituições filantrópicas e quatro times de futebol do Rio Grande do Norte. O lançamento da campanha de educação fiscal, realizado pela Secretaria de Estado da Tributação (SET), reuniu representantes de entidades empresariais e beneficentes na tarde desta sexta-feira (07), no auditório da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).

Através do aplicativo Nota Potiguar, compatível com sistemas Android e IOS, que pode ser baixado gratuitamente, a população exercerá um papel fiscalizador ao informar o CPF e exigir a nota fiscal, além de ajudar uma instituição filantrópica de sua escolha. Dessa forma, contribuirá para evitar a evasão de divisas e ajudará a coibir a sonegação fiscal. “O que estamos propondo é um exercício de cidadania. Ao garantirmos o aumento da receita, estaremos garantindo a prestação de serviços públicos de qualidade, principalmente na Saúde e na Educação”, enfatizou a governadora.

O secretário de estado da Tributação, Carlos Eduardo Xavier, destacou a importância de o lançamento da campanha ocorrer em ambiente empresarial, evidenciando a parceria com esses segmentos – comércio, indústria e prestação de serviços – proporcionando uma concorrência leal entre as empresas. “Hoje estou muito feliz por estar entregando à sociedade um programa que visa aumentar a arrecadação do Estado ao mesmo tempo em que beneficia a população, as entidades beneficentes e o empresariado. Todos sairão ganhando com o Nota Potiguar”, disse.

Otimista quanto à abrangência do aplicativo, que já alcança o patamar de 27 mil usuários, o presidente da CDL, Augusto Vaz, enfatizou a importância do programa principalmente no que se refere ao combate da evasão de tributos. “Nós que fazemos o trabalho direito só temos a agradecer, porque a população nos ajuda a combater os sonegadores. Estes não encontrarão mais tão facilmente um ambiente propício para sonegar impostos”.
A solenidade de lançamento da campanha contou com a presença de Francisco Régis, do Hospital Infantil Varela Santiago, que compôs a mesa representando as demais instituições filantrópicas, e do presidente do Globo, Marconi Barretto; do segundo vice-presidente da Fecomércio, Luís Antônio Lacerda; do vice-governador Antenor Roberto; e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado.

Prêmios e descontos

Em vigor desde sábado (01), a expectativa é de que o programa Nota Potiguar gere uma arrecadação extra de R$ 84 milhões por ano, através da conscientização do cidadão em pedir a nota fiscal e a inserção do CPF. O Governo vem trabalhando no desenvolvimento e apresentação da Nota Potiguar desde o início do ano, primeiro com o lançamento do aplicativo e depois a parceria com os clubes de futebol do estado no início de maio.

A ação já distribuiu ingressos para jogos do ABC, América, Santa Cruz e Globo, que são os times potiguares participantes das Séries C e D do Campeonato Brasileiro. Cada R$ 50 acumulados valem um ponto. Mas, uma nota fiscal dá direito a, no máximo, cinco pontos. E durante todo o mês, o acúmulo máximo é de 50 pontos. Com a pontuação, é possível fazer reserva para os jogos de futebol no mês seguinte.

Para cada ingresso, será necessário acumular R$ 150 em compras feitas a partir de 1º de junho. A reserva do ingresso será feita pelo próprio aplicativo. A contrapartida da parceria é a divulgação da marca da Nota Potiguar nas camisas dos clubes. Outra boa notícia é que o consumidor também poderá reverter os valores das notas cadastradas em descontos no IPVA. A próxima fase do programa prevê ainda sorteios de prêmios entre R$ 4 mil e R$ 50 mil.

Fonte: Blog do BG

 

Por G1 RN

 

Cinemateca Potiguar faz exibições gratuitas de filmes no Parque das Dunas, em Natal — Foto: Divulgação

Cinemateca Potiguar faz exibições gratuitas de filmes no Parque das Dunas, em Natal — Foto: Divulgação

A Cinemateca Potiguar, projeto do IFRN Natal Cidade Alta, está exibindo filmes no Parque das Dunas, na Zona Leste da capital, durante a Semana do Meio Ambiente. As exibições acontecem das 10h às 17h, de forma contínua, e vão até o domingo (9). A entrada no Parque custa R$ 1 e o acesso ao evento é gratuito.

De acordo com a organização, para as crianças estão disponível o minidocumentário “Território do Brincar”, além dos potiguares “Lugar de Lixo é no Lixo” (Lula Borges) e “Contramão” (Tarcísio Marra Júnior).

Para jovens e adultos, tem filmes produzidos no Rio Grande do Norte, como “Abraço de Maré” ( Vitor Ciríaco) e “Mato das Mangabeiras” (Lisabete Coradini e Angela Pavan), além de outros nacionais sobre o poder da natureza e meios de transporte nas grandes cidades.

Os filmes são exibidos de acordo com o público-alvo que se junta ao espaço. No domingo, último dia de exibições, a participação da Cinemateca será encerrada com um bate-papo que tem a proposta de unir audiovisual e meio ambiente.

A conversa, que tem como tema “A Natureza que há em mim – como o ser humano é influenciado e influencia o meio ambiente?”, começa às 15h e tem como participantes Mary Land Brito (coordenadora da Cinemateca) e Zélia Brito (chefe da reserva do Atol das Rocas).

Fonte: G1 RN

Deixe uma resposta