OITO PESSOAS NO RIO DE JANEIRO RECUSAM INUNZIANTES E FOGEM COM CARTÕES DE VACINAÇÃO

Oito pessoas fogem com cartões de vacinação após recusarem imunizantes no Rio

Os casos foram registrados em delegacias e a Secretaria de Saúde informou que todos estão identificados e serão multados

Isabelle ResendeMaria Mazzei

da CNNno Rio de Janeiro

Do posto de saúde para a delegacia. O trajeto foi percorrido por uma funcionária de um Centro Municipal de Saúde do Rio de Janeiro após tentar evitar a fuga de uma paciente que se negou a devolver o cartão de vacinação depois de recusar tomar o imunizante contra Covid-19. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, em uma semana, oito roubos como esse aconteceram em postos de vacinação da cidade. Todos foram registrados nas delegacias próximas e as pessoas identificadas. Há, inclusive, casos de agressões contra os funcionários das unidades.

“Como constam os CPFs, todos estão identificados e serão multados. Felizmente a funcionária não teve nenhum ferimento grave”, disse o secretário de saúde Daniel Soranz, que lamentou os episódios.

O caso mais recente aconteceu na manhã deste sábado (18) e envolveu uma mulher, de 41 anos. Ela apresentou os documentos, recebeu o cartão de vacinação e no momento da aplicação, disse que não desejava ser vacinada. No entanto, não quis devolver o comprovante emitido pelo CMC e agrediu a enfermeira, quando a funcionário solicitou a entrega do documento.

Em boletim de ocorrência, a profissional de saúde contou que, nessa hora, “o auxiliar da portaria foi acionado para apoio, quando a paciente me agrediu no rosto, próximo ao olho direito, com um chaveiro com várias chaves e saiu correndo com o cartão, sem administrar a vacina”.

Os crimes aconteceram em postos de saúde em Bangu, Realengo e Cidade de Deus. Os roubos dos cartões de vacinação têm se tornado mais frequente desde que a exigência do passaporte da vacina foi anunciada no Rio, no fim do mês de agosto. É que para entrar em locais como academias, cinemas, teatros e pontos turísticos é necessário comprovar a vacinação contra a Covid-19.

Crime

Fugir com o cartão de vacinação sem receber a dose do imunizante é fraude de documento oficial – crime previsto no artigo 297, do Código Penal, com pena de até dois anos e meio. Além disso, a partir de segunda-feira, a prática pode resultar em multa de mil reais para o infrator que, em caso de não pagamento, pode ter o nome inscrito na dívida ativa do município.

Continuar lendo OITO PESSOAS NO RIO DE JANEIRO RECUSAM INUNZIANTES E FOGEM COM CARTÕES DE VACINAÇÃO

NÚMERO DE BRASILEIROS TOTALMENTE IMUNIZADOS CONTRA COVID-19 CHEGA À 80 MILHÕESS

Por G1

 

Mais de 80 milhões de brasileiros estão totalmente imunizados contra Covid - ISTOÉ Independente

Mais de 80 milhões de brasileiros estão totalmente imunizados contra a Covid, ou seja, completaram o esquema vacinal ao tomar a segunda dose ou a dose única de vacinas.

No total, são 80.054.632 pessoas, o que corresponde a 37,53% da população.

Os que tomaram a primeira dose de vacinas e estão parcialmente imunizados são 141.453.669, o que corresponde a 66,31% da população.

A dose de reforço foi aplicada em 295.638 pessoas.

Os dados são do consórcio de veículos de imprensa e foram divulgados às 20h deste sábado (18).

Somando a primeira dose, a segunda, a única e a de reforço, são 221.803.939 doses aplicadas desde o começo da vacinação.

Os estados com a maior percentual da população totalmente imunizada: MS (52,28%), SP (49,57%), RS (43,74%), ES (39,93%) e PR (38,39%).

Os estados com a aplicação da primeira dose mais avançada são: SP (77,75%), RS (69,17%), DF (68,64%), SC (68,36%) e PR (67,5%).

O levantamento é resultado de uma parceria do consórcio de veículos de imprensa, formado por G1, “O Globo”, “Extra”, “O Estado de S.Paulo”, “Folha de S.Paulo” e UOLOs dados de vacinação passaram a ser acompanhados a partir de 21 de janeiro.

Brasil, 18 de setembro

  • Total de pessoas que estão parcialmente imunizadas (que receberam apenas uma das doses necessárias): 141.453.669 (66,31% da população)
  • Total de pessoas que estão totalmente imunizadas (que receberam duas doses ou dose única): 80.054.632 (37,53% da população)
  • Total de doses aplicadas: 221.803.939 (84,75% das doses distribuídas para os estados)
  • 22 estados e o DF divulgaram dados novos: DF, GO, PA, PE, PI, RO, RR, SC, PR, PB, RN, TO, AL, AM, MT, AP, RS, RJ, MA, BA, ES, SP, MS
  • 4 estados não divulgaram dados novos: AC, CE, MG, SE

Total de vacinados, segundo os governos, e o percentual em relação à população do estado:

Vacinação nos estados — Foto: Arte/G1

Vacinação nos estados — Foto: Arte/G1

  • AC – 1ª dose: 508.187 (56,04%); 2ª dose + dose única: 246.956 (27,23%); dose de reforço: 0
  • AL – 1ª dose: 1.969.870 (58,53%); 2ª dose + dose única: 998.653 (29,67%); dose de reforço: 0
  • AM – 1ª dose: 2.457.350 (57,55%); 2ª dose + dose única: 1.307.249 (30,61%); dose de reforço: 0
  • AP – 1ª dose: 436.833 (49,78%); 2ª dose + dose única: 175.277 (19,97%); dose de reforço: 0
  • BA – 1ª dose: 9.287.071 (61,97%); 2ª dose + dose única: 4.850.760 (32,37%); dose de reforço: 20507
  • CE – 1ª dose: 5.856.501 (63,38%); 2ª dose + dose única: 3.098.106 (33,53%); dose de reforço: 0
  • DF – 1ª dose: 2.124.079 (68,64%); 2ª dose + dose única: 1.091.089 (35,26%); dose de reforço: 0
  • ES – 1ª dose: 2.683.529 (65,32%); 2ª dose + dose única: 1.640.479 (39,93%); dose de reforço: 26196
  • GO – 1ª dose: 4.520.713 (62,73%); 2ª dose + dose única: 2.330.383 (32,34%); dose de reforço: 0
  • MA – 1ª dose: 3.880.349 (54,25%); 2ª dose + dose única: 2.074.185 (29%); dose de reforço: 0
  • MG – 1ª dose: 14.299.332 (66,78%); 2ª dose + dose única: 7.210.397 (33,67%); dose de reforço: 0
  • MS – 1ª dose: 1.885.390 (66,41%); 2ª dose + dose única: 1.484.250 (52,28%); dose de reforço: 80067
  • MT – 1ª dose: 2.127.489 (59,64%); 2ª dose + dose única: 1.078.971 (30,25%); dose de reforço: 0
  • PA – 1ª dose: 4.300.544 (49%); 2ª dose + dose única: 2.710.035 (30,88%); dose de reforço: 0
  • PB – 1ª dose: 2.653.195 (65,35%); 2ª dose + dose única: 1.262.395 (31,09%); dose de reforço: 0
  • PE – 1ª dose: 6.122.498 (63,28%); 2ª dose + dose única: 3.082.712 (31,86%); dose de reforço: 0
  • PI – 1ª dose: 1.990.142 (60,5%); 2ª dose + dose única: 966.609 (29,39%); dose de reforço: 0
  • PR – 1ª dose: 7.828.272 (67,5%); 2ª dose + dose única: 4.452.449 (38,39%); dose de reforço: 0
  • RJ – 1ª dose: 11.241.114 (64,37%); 2ª dose + dose única: 6.089.011 (34,87%); dose de reforço: 0
  • RN – 1ª dose: 2.254.581 (63,31%); 2ª dose + dose única: 1.268.498 (35,62%); dose de reforço: 0
  • RO – 1ª dose: 1.101.824 (60,7%); 2ª dose + dose única: 520.646 (28,68%); dose de reforço: 0
  • RR – 1ª dose: 277.149 (42,46%); 2ª dose + dose única: 97.096 (14,88%); dose de reforço: 0
  • RS – 1ª dose: 7.931.975 (69,17%); 2ª dose + dose única: 5.015.693 (43,74%); dose de reforço: 0
  • SC – 1ª dose: 5.016.603 (68,36%); 2ª dose + dose única: 2.670.714 (36,39%); dose de reforço: 0
  • SE – 1ª dose: 1.503.629 (64,3%); 2ª dose + dose única: 765.018 (32,71%); dose de reforço: 0
  • SP – 1ª dose: 36.271.743 (77,75%); 2ª dose + dose única: 23.122.236 (49,57%); dose de reforço: 168868
  • TO – 1ª dose: 923.707 (57,47%); 2ª dose + dose única: 444.765 (27,67%); dose de reforço: 0

Quantas doses cada estado recebeu até 18 de setembro

  • AC: 953.833
  • AL: 3.961.236
  • AM: 4.804.140
  • AP: 920.450
  • BA: 17.905.768
  • CE: 10.915.778
  • DF: 3.613.746
  • ES: 5.180.320
  • GO: 8.606.740
  • MA: 6.448.451
  • MG: 27.196.504
  • MS: 3.543.540
  • MT: 4.124.696
  • PA: 9.791.540
  • PB: 4.331.590
  • PE: 11.571.830
  • PI: 3.687.490
  • PR: 14.723.490
  • RJ: 20.510.601
  • RN: 4.326.080
  • RO: 1.998.078
  • RR: 695.598
  • RS: 15.323.586
  • SC: 9.216.204
  • SE: 2.636.600
  • SP: 62.935.706
  • TO: 1.779.500

sBRASIL: mortes por Covid por município mês a mêsAC: mortes por Covid por município mês a mês

  • As informações sobre população prioritária e doses disponíveis são do Ministério da Saúde.
  • As estimativas populacionais são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Consórcio

O consórcio de veículos de imprensa foi formado em junho de 2020, em resposta a uma decisão do presidente Jair Bolsonaro de, na ocasião, restringir acesso a dados sobre a pandemia. Os boletins informam, atualmente, o número de pessoas mortas por coronavírus, a quantidade de contaminados e a média móvel, indicador segundo o qual é possível verificar em quais estados a pandemia do novo coronavírus está aumentando, diminuindo ou em estabilidade.

Continuar lendo NÚMERO DE BRASILEIROS TOTALMENTE IMUNIZADOS CONTRA COVID-19 CHEGA À 80 MILHÕESS

SERÁ MANTIDA NO FERIADO DE 07 DE SETEMBRO A VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 EM NATAL

Por G1 RN

 

Natal mantém vacinação contra Covid no feriado de 7 de setembro — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV CabugiNatal mantém vacinação contra Covid no feriado de 7 de setembro — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

A Secretaria de Saúde de Natal definiu como será a vacinação contra a Covid na capital potiguar durante o fim de semana e o feriado de 7 de setembro, na próxima terça-feira.

No sábado (4), será mantido o funcionamento dos cinco drives: Nélio Dias, Palácio dos Esportes, Sesi, Shopping Via Direta e Arena das Dunas, das 8h às 16h.

No domingo (5), nenhum drive funcionará. As unidades de saúde não funcionam aos fins de semana.

A vacinação será retomada na segunda (6) e terça-feira (7). Os locais disponíveis para aplicação da vacina nesses dois dias serão exclusivamente o Via Direta e o Nélio Dias, devido ao feriado da Independência.

A partir da quarta-feira (8), todos os pontos de vacinação voltam a funcionar normalmente, exceto a Arena das Dunas que, por questão da agenda de eventos do estádio, será desativada temporariamente para vacinação.

Qualquer pessoa com 18 anos e mais, além dos públicos prioritários contemplados anteriormente, estão aptas a receber a primeira dose. Para se vacinar, é necessário apresentar documento com foto, comprovante de residência e cartão de vacinação.

Todas as informações sobre a vacinação em Natal estão disponíveis no site vacina.natal.rn.gov.br.

Segunda dose

As pessoas que receberam o imunizante da Oxford ou Pfizer até 20 de junho podem procurar qualquer ponto de vacinação (exceto Arena das Dunas, que não tem Pfizer).

Com relação à Coronavac, quem completou 28 dias da primeira dose já pode receber a D2 em qualquer ponto de aplicação.

Continuar lendo SERÁ MANTIDA NO FERIADO DE 07 DE SETEMBRO A VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 EM NATAL

SECRETÁRIO DE DEFESA DOS EUA ORDENOU A VACINAÇÃO OBRIGATÓRIA IMEDIATA CONTRA COVID-19 PARA TODOS OS MILITARES DO PAÍS

Pentágono ordena vacinação obrigatória a todos os militares

Medida se estende a todo o efetivo, tanto na ativa quanto na reserva, que ainda não foi imunizado contra a covid-19

INTERNACIONAL

 por Agência EFE

Lloyd Austin, secretário de Defesa dos EUA, emitiu a ordem nesta quarta

MICHAEL REYNOLDS / EFE – EPA – 19.8.2021

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, ordenou nesta quarta-feira (25) a vacinação obrigatória e imediata contra a covid-19 para todos os militares do país.

Em comunicado enviado aos responsáveis de todos os departamentos militares, Austin pediu a imunização de todos os efetivos — tanto aqueles que estão na ativa como os da reserva — que ainda não se vacinaram.

O porta-voz do Pentágono, John Kirby, explicou em entrevista coletiva que serão administradas as vacinas que tiverem sido completamente aprovadas pela Food and Drug Administration (FDA).

Até agora, o único imunizante a ter recebido a aprovação completa da FDA é o da Pfizer. As outras duas vacinas que estão sendo administradas no país — Moderna e Janssen — só têm autorização para o uso emergencial.

Questionado sobre a possibilidade de haver militares receosos com a vacinação, Kirby enfatizou que esta é “uma ordem legal”.

“E antecipamos que nossas tropas vão seguir as ordens legais. Quando você ergue a mão direita e faz o juramento, é o que concorda em fazer”, declarou.

No entanto, o porta-voz acrescentou que os comandantes têm “muitos instrumentos disponíveis” para aumentar as taxas de vacinação e para conseguir fazer com que os soldados tomem “a decisão certa sem terem de recorrer a ações disciplinares”.

Continuar lendo SECRETÁRIO DE DEFESA DOS EUA ORDENOU A VACINAÇÃO OBRIGATÓRIA IMEDIATA CONTRA COVID-19 PARA TODOS OS MILITARES DO PAÍS

SESAP REFORÇA NECESSIDADE DE VACINAÇÃO APÓS IDENTIFICAÇÃO DA VARIANTE DELTA NO ESTADO

Com variante Delta identificada no RN, Sesap reforça necessidade de vacinação

Redação / Portal da Tropical

Atualizado em:

Foto: Arquivo / Wilson Moreno / PMM

Após o Instituto de Medicina Tropical (IMT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) confirmar a identificação da variante Delta do novo coronavírus no estado potiguar , a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) reforçou a necessidade da população manter os cuidados sanitários e buscar a vacinação contra a covid-19. “Tanto a primeira como a segunda dose. Os estudos mostram a eficácia das vacinas disponíveis no enfrentamento da variante Delta”, disse a secretaria, por meio de nota.

A Sesap ainda esclareceu que está acompanhando os dois casos de contaminação pela variante. “As duas são de mulheres, moradoras da Região Metropolitana de Natal. O material foi coletado no dia 8 de agosto. A Sesap foi notificada pelo IMT de forma concomitante com uma divulgação do fato à sociedade potiguar, tendo iniciado os procedimentos técnicos tão logo revelou mais informações, porém ainda aguarda os laudos oficiais a respeito do material investigado pelo Instituto “, informou.

Segundo o IMT, a identificação da variante foi realizada por meio do sequenciamento das coletadas. O resultado do foi finalizado nessa segunda-feira (23), quando foi possível confirmar a presença dessa variante no estado potiguar. A variante delta do novo coronavírus atualmente é prevalente nos Estados Unidos e no Reino Unido. No Brasil, já foi encontrada em outros estados, entre eles Rio de Janeiro, Ceará e Pernambuco. O IMT-UFRN sequenciou e está analisando 64 genomas do SARS-CoV-2 provenientes de dele do RN.

Nesta terça-feira (24), a diretora do IMT, Selma Jerônimo, afirmou que a identificação de variantes é frequente, em virtude da fácil mutação do RNA do vírus, motivo pelo qual as pessoas devem manter os cuidados na prevenção e tomar a vacina contra a covid-19. “A diminuição da presença do vírus entre as pessoas é via de controlar o surgimento de novas variantes”, afirma.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícia

Continuar lendo SESAP REFORÇA NECESSIDADE DE VACINAÇÃO APÓS IDENTIFICAÇÃO DA VARIANTE DELTA NO ESTADO

SAÚDE: TODAS AS SALAS DE VACINAÇÃO DE NATAL PASSARÃO A DISPONIBILIZAR A VACINA CONTRA GRIPE

Por G1 RN

 

A vacina da gripe protege contra as influenzas A (H1N1), A (H3N2) e B, mas não contra o novo coronavírus. — Foto: Andrea Rego Barros/Prefeitura do Recife

A vacina da gripe protege contra as influenzas A (H1N1), A (H3N2) e B, mas não contra o novo coronavírus. — Foto: Andrea Rego Barros/Prefeitura do Recife

Todas as 65 salas de vacinação em Natal passam a oferecer a vacina contra a gripe a partir desta quarta-feira (18). Com isso, os pontos extras como a praça Augusto Leite e o ginásio Nélio Dias deixam de funcionar.

O público alvo da vacina da gripe é a população com mais de seis meses de idade. Para se vacinar, a pessoa deve levar comprovante de residência, documento com foto e cartão de vacinação.

O Ministério da Saúde orienta que haja intervalo de pelo menos 14 dias entre doses das vacinas contra a Covid e Influenza.

Quem tomou a Coronavac, contra a Covid, deve esperar concluir o esquema vacinal com a segunda dose e aguardar 14 dias para tomar a vacina contra Influenza.

Quem tomou Oxford ou Pfizer, deve contar 14 dias após a primeira dose para tomar a vacina da Influenza e aguarde mais 14 dias para tomar a segunda dose do imunizante contra o novo coronavírus.

“Vamos disponibilizar a vacina de Influenza em todas as salas de vacinação até durar o estoque. O intervalo necessário de 14 dias entre a vacina contra o Coronavírus e a Influenza retardou um pouco o cumprimento da meta até o momento, porém, com a ampliação de mais salas de vacina, estamos dando mais acesso a população”, explica o secretário de Saúde de Natal, George Antunes.

Continuar lendo SAÚDE: TODAS AS SALAS DE VACINAÇÃO DE NATAL PASSARÃO A DISPONIBILIZAR A VACINA CONTRA GRIPE

NATAL INICIA VACINAÇÃO ANTIRRÁBICA NESTA SEGUNDA-FEIRA (16) PELO CCZ

Por G1 RN

 

 — Foto: Anna Alyne Cunha/Inter TV CabugiFoto: Anna Alyne Cunha/Inter TV Cabugi

Natal vai começar nesta segunda-feira (16) a vacinação antirrábica para cães e gatos da cidade. A campanha foi antecipada pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) após o vírus da raiva ter sido encontrado em morcegos em algumas regiões da capital. Por isso, o formato da vacinação também foi alterado.

A campanha, portanto, começará sendo realizada porta a porta. Os primeiros bairros atendidos, a partir desta semana, serão Ponta Negra, Alecrim, Cidade da Esperança, Pajuçara e Potengi.

A ideia é atender neste primeiro momento os bairros prioritários, nas áreas consideradas de risco que foram previamente monitoradas pelo Centro de Zoonoses e contam com um expressivo número de animais.

Após esse primeiro momento de vacinação, a campanha será ampliada para os demais bairros da cidade com pontos fixos de aplicação.

A campanha segue até 12 de novembro, sendo o dia 2 de outubro a previsão para o ‘Dia D’, para que a população possa levar os animais para a vacinação.​

Tutores que tenham​ a partir de 5 animais e condomínios residenciais têm a opção de agendar a vacinação domiciliar através dos telefones 3232-8235 e 3232-8237.

“Essa medida foi adotada como uma alternativa de diminuição dos riscos de contágio e disseminação do vírus rábico em animais domésticos, consequentemente contribuindo para a proteção e segurança de seus tutores. Vale salientar que até o momento, no município de Natal, o vírus da raiva somente foi identificado em quirópteros (morcegos) no total de 9 casos confirmados pelo Laboratório Central (Lacen)”, comenta Vaneska Gadelha, chefe do CCZ Natal.

Continuar lendo NATAL INICIA VACINAÇÃO ANTIRRÁBICA NESTA SEGUNDA-FEIRA (16) PELO CCZ

BOAS NOTÍCIAS: 41 MILHÕES DE DOSES APLICADAS NO MÊS DE JULHO É RECORDE ABSOLUTO

No mês de julho Brasil bate recorde de vacinação com mais de 41 milhões de doses aplicadas. Um número para comemorar, pois o país caminha a passos largos para os 100% de imunizados. Leia o artigo completo a seguir e conheça todos os números relacionados a vacinação de abril a julho de 2021.

Brasil bate recorde de vacinação em Julho: 41 milhões de doses

Felizmente a vacinação contra Covid-19 no Brasil começa a andar a passos mais largos e Julho bateu recorde, foi o melhor mês até agora em quantidade de doses aplicadas.

No total, foram aplicadas 41,1 milhões de doses, 8,6 milhões a mais do que o registrado em Junho. O aumento foi de 26.56%.

A média diária de aplicações no Brasil em julho ficou em 1.326.917 doses, um aumento de 22.48% com relação ao mês anterior!

Nos dias úteis a média de aplicações foi de 1,6 milhão de doses, enquanto nos finais de semana foi de 543 mil doses.

Pelo “comparativo da distribuição das aplicações no mês de junho e julho, podemos observar o avanço nas segundas doses, bem como a aplicação das vacinas de dose única da Jannsen!”, disse em entrevista ao Só Notícia Boa Leonardo Medeiros, um dos colaboradores do projeto independente @coronavirusbra1.

O portal usa dados do CONASS, Ministério da Saúde e Secretarias Estaduais de Saúde para fazer a pesquisa.

Mas apesar do resultado da pesquisa, ainda é preciso melhorar. Mais da metade da população brasileira ainda não recebeu sequer a primeira dose.

Primeira e segunda doses

Foram administradas em julho 26,2 milhões de primeiras doses (63.86%), 11,1 milhão de segundas doses (27.10%) e 3,7 milhões de vacinas de dose única (9.04%)

“Tivemos 22 dias onde foram registradas mais de 1 milhão de aplicações, e 15 dias com mais de 1,5 milhão registros”, afirmou.

A maior vacinação diária no mês foi no dia 22, com 1,9 milhões de doses!

Recordes de Vacinação

  • 17/06/21 – +2.259.621
  • 22/07/21 – +1.932.002
  • 29/06/21 – +1.898.996
  • 21/07/21 – +1.883.486
  • 20/07/21 – +1.882.101
  • 30/07/21 – +1.836.041
  • 28/07/21 – +1.786.585
  • 23/04/21 – +1.782.040
  • 07/07/21 – +1.728.372

Até o final desta reportagem o portal totalizava 142,6 milhões de doses foram aplicadas no Brasil, e 41,6 milhões (19,64%) de pessoas totalmente imunizadas.
E 100,1 milhões (47,7%) de pessoas já se vacinaram com pelo menos uma dose.

Com informações do CoronavirusBra1

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: 41 MILHÕES DE DOSES APLICADAS NO MÊS DE JULHO É RECORDE ABSOLUTO

APÓS VACINAÇÃO DE ADULTOS O MINISTÉRIO DA SAÚDE VAI SEGUIR COM VACINAÇÃO DE ADOLESCENTES, AFIRMOU MINISTRO MARCELO QUEIROGA

Após adultos, vacinaremos adolescentes, diz Queiroga à CNN; assista à íntegra

Ministro da Saúde faz um balanço das políticas de combate à Covid-19 e da atuação da CPI da Pandemia

Da CNN, em São Paulo

01 de agosto de 2021 às 21:45

 

Em entrevista à CNN, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fez um balanço do programa nacional da vacinação e das políticas de combate ao coronavírus do país até aqui, destacando dados como as contínuas reduções no número de mortes por Covid-19 nas últimas semanas e o avanço na distribuição de novas doses pelo país. Assista acima à integra da entrevista.

“Assim que a Anvisa aprovou [os imunizantes], o Brasil começou a vacinar”, disse o ministro, que falou ao âncora William Waack e à analista de economia Raquel Landim. Queiroga indicou também que não está descartada a possibilidade de que a vacinação contra a Covid-19 tenha que ser feita anualmente.

Queiroga diz ainda que, após a vacinação de adultos, o Ministério da Saúde vai seguir com a vacinação de adolescentes.

O ministro fez comentários também sobre as acusações de interferência política na pasta, sobre a CPI da Pandemia, que corre atualmente no Congresso, e sobre a opção do presidente Jair Bolsonaro por ainda não se vacinar.

Fonte: CNN

Continuar lendo APÓS VACINAÇÃO DE ADULTOS O MINISTÉRIO DA SAÚDE VAI SEGUIR COM VACINAÇÃO DE ADOLESCENTES, AFIRMOU MINISTRO MARCELO QUEIROGA

VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 NO BRASIL SOFRE IMPACTO DEPOIS DE EXONERAÇÃO DE SERVIDOR SUSPEITO DE PEDIR PROPINA

Exoneração de servidor suspeito de receber propina teve impacto em vacinação

Saída de Roberto Dias, acusado de pedir propinas, é uma das causas pelo atraso na distribuição de vacinas

Kenzô Machida e Gabriel Hirabahasi, da CNN em Brasília

Atualizado 26 de julho de 2021 às 19:26

Exoneração de servidor suspeito de receber propina teve impacto em vacinação

Depois que seis cidades pararam a vacinação de primeira dose contra a Covid-19, o ministério envia, nesta terça-feira (27) e quarta-feira (28), quase 9,5 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 aos estados de modo a atender a demanda dos prefeitos para dar andamento à imunização no país. A mudança na Diretoria de Logística do Ministério da Saúde é apontada por fontes ouvidas pela CNN como motivo para o atraso na distribuição de doses de vacinas contra a Covid-19.

No fim de junho, o governo federal exonerou Roberto Ferreira Dias, que era o diretor de Logística do Ministério da Saúde. O servidor é acusado de ter pedido propina em negociações envolvendo vacinas contra a Covid-19.

Estados cujas capitais tiveram de paralisar a vacinação por falta de doses receberão mais de 2 milhões de doses para suprir essa necessidade. Levantamento da CNN mostra que Rio de Janeiro, Salvador, Belém, Vitória, Campo Grande e João Pessoa tiveram de paralisar a vacinação contra a Covid-19 por falta de doses.

O governo do estado do Rio de Janeiro receberá 583 mil doses, que serão distribuídas aos municípios, entre eles a própria capital. O mesmo acontecerá com os demais estados. A Bahia receberá 613 mil doses. O Pará, 425 mil; o Espírito Santo, 193 mil; o Mato Grosso do Sul, 112 mil; e a Paraíba, 168 mil.

Os dados de entrega de vacinas constam em ofícios do Ministério da Saúde aos quais a CNN teve acesso. A pasta se divide para entregar doses da Coronavac, além de vacinas da Pfizer e da Astrazeneca/Oxford.

Procurado, o Ministério da Saúde explicou os critérios de distribuição das vacinas. Leia a íntegra da nota abaixo:

“O Ministério da Saúde informa que iniciou nesta segunda-feira (26) a distribuição de mais de 10,2 milhões de doses da vacina Covid-19 para estados e Distrito Federal. Na última semana, 8,7 milhões de doses dos imunizantes chegaram às unidades da Federação. Ao todo, mais de 164,4 milhões de doses já foram enviadas pelo Ministério da Saúde para imunização da população brasileira em todo o país.

Cabe ressaltar que, semanalmente, realiza reuniões junto aos estados, municípios de Distrito Federal para definir a estratégia de imunização e o quantitativo de doses a serem entregues aos entes federados.

O ministério esclarece, que, após a entrega dos imunizantes pelos laboratórios, as doses passam por um controle de qualidade rigoroso, contagem e rotulagem no Centro de Distribuição Logístico, em Guarulhos (SP). Só então depois dessa etapa, os imunizantes são liberados para distribuição, os planos de voos são definidos e os lotes chegam aos estados em até 48 horas, em uma operação logística complexa e realizada em tempo recorde.”

Continuar lendo VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 NO BRASIL SOFRE IMPACTO DEPOIS DE EXONERAÇÃO DE SERVIDOR SUSPEITO DE PEDIR PROPINA

NESTE DOMINGO DOIS PONTOS DE VACINAÇÃO ESTARÃO DISPONÍVEIS PARA PESSOAS COM IDADE ENTRE 30 E 34 ANOS NA AVENIDA PAULISTA

Avenida Paulista terá pontos de vacinação contra a Covid-19 neste domingo (25)

Prefeitura da capital paulista fez parceria com duas farmácias da avenida que aplicarão doses em pessoas com idade entre 30 e 34 anos

Gregory Prudenciano, da CNN, em São Paulo

Atualizado 24 de julho de 2021 às 22:34

Avenida Paulista é reaberta para lazerAvenida Paulista terá dois pontos de vacinação contra a Covid-19 neste domingo (25)Foto: Ettore Chiereguini/AGIF/Estadão Conteúdo

Reaberta para os pedestres aos domingos, a Avenida Paulista terá dois pontos de vacinação contra a Covid-19 neste domingo (25), informou a Prefeitura de São Paulo.

As farmácias da rede Drogaria São Paulo nos números 2.371 e 266 vão aplicar os imunizantes neste que será um dia de “repescagem”, isto é, quando as pessoas das faixas etárias beneficiadas pelo calendário de vacinação da última semana têm uma nova chance de serem imunizadas.

Na última semana, São Paulo vacinou adultos entre 30 e 34 anos, faixa que será contemplada com a vacinação nos dois pontos da Avenida Paulista neste domingo. Pessoas mais velhas que precisam receber a segunda dose da vacina também poderão ser imunizados nestes locais. As vacinas serão aplicadas entre 8h e 12h.

A vacinação em locais públicos de grande circulação de pessoas é uma estratégia também adotada em outros países. A cidade no Nova York, por exemplo, criou pontos de vacinação contra a Covid-19 em avenidas importantes, como a Times Square, e em estações do metrô.

Além da Paulista, a Galeria Prestes Maia, no centro da cidade, também estará aberta para a imunização contra a Covid-19 nos mesmos moldes dos pontos da avenida mais conhecida de São Paulo, e também no mesmo horário, entre 8h e 12h.

A capital paulista está próxima de alcançar a marca de 80% de sua população vacinada com a primeira dose, como disse à CNN o secretário de Saúde da cidade, Edson Aparecido.

De acordo com o secretário, São Paulo vem registrando sucessivas quedas na taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19, fenômeno que ele atribui ao avanço da vacinação na cidade.

Fonte: CNNhttps://www.cnnbrasil.com.br/saude/2021/07/24/avenida-paulista-tera-pontos-de-vacinacao-contra-a-covid-19-neste-domingo-25

Continuar lendo NESTE DOMINGO DOIS PONTOS DE VACINAÇÃO ESTARÃO DISPONÍVEIS PARA PESSOAS COM IDADE ENTRE 30 E 34 ANOS NA AVENIDA PAULISTA

MINISTRO DO STF DETERMINOU AO MINISTÉRIO DA SAÚDE QUE AVALIE A HIPÓTESE DE INCLUIR ADOLESCENTES DE 12 A 17 ANOS NO PLANO NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

Gilmar determina que Saúde avalie incluir jovens de 12 a 17 anos em vacinação

Ministro do STF cita autorização da Anvisa para Pfizer e sugere revisão em plano

Guilherme Venaglia e Gabriela Coelho, da CNN, em São Paulo e em Brasília

13 de julho de 2021 às 23:41

Imagem de vacinaçãoFoto: Getty Images (FatCamera)

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou ao Ministério da Saúde que avalie a hipótese de incluir adolescentes de 12 a 17 anos no plano nacional de vacinação contra a Covid-19.

Gilmar cita a decisão da Anvisa que considerou a vacina da Pfizer segura para essa faixa etária e menciona a existência de adolescentes com comorbidades, que poderiam ser enquadrados como grupo de risco para o novo coronavírus.

A decisão foi tomada no bojo da análise de um caso da cidade de Belo Horizonte (MG). A prefeitura da capital mineira foi ao Supremo para contestar uma outra decisão judicial, que a obrigou a administrar o imunizante da Pfizer em uma adolescente de 15 anos, portadora de uma doença crônica que afeta os pulmões.

A administração da cidade argumentou ao Supremo que o plano federal do Ministério da Saúde não recomenda a vacinação de pessoas com menos de 18 anos. No caso específico, o ministro negou a reclamação da prefeitura e manteve a ordem de vacinar a jovem, uma vez que ela não estaria dissonando da jurisprudência do STF, na visão do ministro.

Ato contínuo, Gilmar apontou considerar contraditório o fato de o plano do Ministério da Saúde considerar a condição de saúde da jovem como fator de risco, mas não autorizá-la a ser imunizada em razão da idade. Por este motivo, determinou a notificação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para que estude a revisão.

Continuar lendo MINISTRO DO STF DETERMINOU AO MINISTÉRIO DA SAÚDE QUE AVALIE A HIPÓTESE DE INCLUIR ADOLESCENTES DE 12 A 17 ANOS NO PLANO NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

BOAS NOTÍCIAS: COM NOVO RECORDE DE VACINAÇÃO NO BRASIL, ESTADOS ADIANTAM PREVISÃO

Vacinação atinge quase 3,4 milhões de doses em todo o país, considerando a primeira, a segunda e a dose única, num só dia, batendo novo recorde. Com isso Estados travam uma verdadeira ‘corrida de vacinação’, para concluir logo a primeira etapa e já adiantam previsão. Leia a matéria a seguir e saiba de todos os detalhes!

Brasil bate novo recorde de vacinação em 24h e Estados adiantam previsão

Felizmente, a vacinação no Brasil entrou num ritmo mais acelerado. O país bateu nesta semana novo recorde de aplicação de vacinas em 24 horas.

De terça (6) para quarta-feira (7), foram distribuídas quase 3,4 milhões de doses em todo o país, considerando a primeira, a segunda e a dose única.

recorde anterior foi em Junho, quando o país registrou 2,2 milhões de pessoas foram imunizadas no dia 17.

Nesta semana foram aplicados, respectivamente, 2.390.026 imunizantes na primeira dose, 613.387 na segunda e 388.014 na dose única.  Total:  3.391.427 doses em todo o país.

Estados adiantam a previsão

Com a chegada de mais imunizantes, vários governadores travam uma verdadeira ‘corrida de vacinação’, para concluir logo a primeira etapa.

Rio de Janeiro, Santa Catarina, Ceará, Pará, Amazonas e Roraima, estimam que toda a população adulta terá sido vacinada com pelo menos a primeira dose até o final de agosto.

Os governadores estão acelerando calendários para que seus estados sejam os primeiros a completar a aplicação da primeira dose.

São Paulo

O governo de São Paulo também deve anunciar neste domingo (11) a antecipação do calendário para agosto. A última projeção do estado era imunizar toda a população adulta com ao menos uma dose até 15 de setembro.

A Anvisa autorizou na sexta-feira (9) a importação de 4 milhões de doses da CoronaVac, o que também vai garantir a agilização do cronograma.

Ao anunciar a compra, o governo paulista ampliou o horário de funcionamento de comércios e serviços e liberou as aulas presenciais a partir de agosto.

Com informações do R7

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: COM NOVO RECORDE DE VACINAÇÃO NO BRASIL, ESTADOS ADIANTAM PREVISÃO

BALADAS SERÃO REABERTAS NA FRANÇA COM CAPACIDADE LIMITADA

França vai reabrir baladas depois de 16 meses de fechamento

Capacidade dos clubes será limitada a 75% e será necessário um comprovante de vacinação ou teste negativo para entrar

INTERNACIONAL

Da AFP, com R7

França reabrirá baladas depois de 16 meses França reabrirá baladas depois de 16 mesesPIXABAY

A França vai reabrir suas boates nesta sexta-feira (9) após cerca de 16 meses de fechamento, embora as autoridades avisem que continuarão atentas a um eventual aumento de casos covid-19 no país, onde a variante Delta está ganhando terreno.

Embora a reabertura ofereça um alívio para os proprietários, a capacidade será limitada a 75% e será necessário um comprovante de vacinação ou um teste negativo recente para entrar.

O uso de máscaras também será recomendado, mas não obrigatório.

“É um alívio poder abrir, mesmo que não seja 100%”, disse Martin Munier, gerente do clube Sacré no centro de Paris, à AFP.

No entanto, a maioria dos clubes permanecerá fechada, visto que, em face das condições rígidas, muitos preferem continuar coletando ajuda do governo enquanto esperam para saber como a variante Delta irá evoluir.

“Esta é uma reabertura para 30% dos clubes, porque 70% não podiam aplicar os estritos protocolos sanitários”, disse o ministro da Saúde, Olivier Véran, à rádio France Inter.

“Continuaremos muito atentos e, obviamente, se tivermos de recuar porque as coisas vão mal, faremos o que for necessário”, acrescentou.

Véran destacou que os casos de infecções pela variante Delta já representam quase 50% do total registrado em todo o país, e “em breve serão a maioria, provavelmente neste fim de semana”.

O presidente Emmanuel Macron presidirá na segunda-feira um Conselho de Defesa de saúde excepcional, no qual serão abordados os avanços dessa variante que surgiu na Índia e a campanha de vacinação, entre outros assuntos.

Mais tarde, ele falará ao país em um discurso no horário nobre da televisão, anunciou o Palácio do Eliseu, sem dar mais detalhes.

Fonte: R7
Continuar lendo BALADAS SERÃO REABERTAS NA FRANÇA COM CAPACIDADE LIMITADA

CHEGA AO RN O REFORÇO DE MAIS TRÊS LOTES DE VACINAS CONTRA COVID-19

Vacinação no RN é reforçada com a chegada de mais três lotes de imunizantes

Redação / Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Sandro Menezes

A vacinação contra um Covid-19 no Rio Grande do Norte tem um importante reforço neste sábado (3). Ao longo do dia, divididas em três lotes, uma Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) recebe 108.130 doses de imunizantes.

São vacinas da Janssen, de dose única, da AstraZeneca / Fiocruz e da Pfizer. O primeiro lote pousou no Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante por volta das 10h, com 28.080 doses da Pfizer.

De acordo com o Ministério da Saúde, ainda entre o fim da tarde e o início da tarde entregues mais 47.750 doses da AstraZeneca / Fiocruz e 32.300 da Janssen, respectivamente, em voos vindos do Rio de Janeiro e de São Paulo.

A equipe da Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) está trabalhando ao longo do fim de semana para agilizar o processamento dos carregamentos e encaminhar as vacinas o mais rápido possível aos municípios.

Estes carregamentos servirão para atender os novos públicos prioritários para vacinação pactuados entre a Sesap e os municípios, bem como dar continuidade ao processo de imunização de grupos anteriores e o escalonamento por idade.

Até acordar da manhã deste sábado, a plataforma RN + Vacina apontava o registro de 1.623.041 vacinas aplicadas. São 1.188.490 de potiguares que receberam ao menos uma dose, sendo 434.551 completamente imunizadas.

Continuar lendo CHEGA AO RN O REFORÇO DE MAIS TRÊS LOTES DE VACINAS CONTRA COVID-19

DEFICIÊNCIA EM VACINAÇÃO CAUSA CRÍTICA AO GOVERNO DA GUATEMALA

Entidades pedem renúncia do presidente da Guatemala

Com vacinação ainda deficiente, entidades criticam gestão do presidente Alejandro Giammattei

INTERNACIONAL 

Da EFE

A Guatemala tem uma das vacinações mais lentas da América Latina

ESTEBAN BIBA / EFE – ARQUIVO

Diversas organizações sociais exigiram neste sábado (3) a renúncia do presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, devido à gestão da pandemia, além da falta de vacinas contra a covid-19 no país

A aliança Convergência para os Direitos Humanos, formada por 11 organizações sociais, divulgou um comunicado pedindo “a renúncia imediata” de Giammattei e “das autoridades do Ministério da Saúde” guatemalteco.

“Este é o governo com maior orçamento atribuído, o que lhe permitiria enfrentar vários dos impactos da pandemia, mas os recursos foram difamados ou acabaram no bolso das pessoas, principalmente do círculo fechado de Alejandro Giammattei”, diz o comunicado.

As organizações afirmaram que “a incapacidade” do governo de Giammattei “só aumentou a pobreza, a pobreza extrema e a desnutrição no país”.

“Depois de um ano e meio no poder, Alejandro Giammattei deu sinais suficientes de ter trilhado o caminho de buscar e ampliar a corrupção e a impunidade, acima da proteção da população”, acrescenta o comunicado.

 

Índia passa de 400 mil mortes por covid-19

A aliança Convergência para os Direitos Humanos é formada pelas entidades Justicia Ya, a Fundação Myrna Mack, a União Nacional de Mulheres Guatemaltecas, o Instituto de Estudos Comparativos em Ciências Criminais da Guatemala, a Unidade de Proteção aos Defensores dos Direitos Humanos, o Centro para Análise Forense e Ciências Aplicadas e Equipe de Estudos Comunitários e Ação Psicossocial, entre outros.

Segundo dados do Ministério da Saúde, a Guatemala registrou pouco mais de 750 mortes por covid-19 nos últimos 15 dias, em um dos períodos mais letais da doença desde março de 2020.

As 750 mortes equivalem a 8% do total de vítimas da doença no país, que na última atualização, ontem, somava 9.350 óbitos.

O país governado por Alejandro Giammattei, com 16,3 milhões de habitantes, tem um dos piores registros de vacinação do continente, segundo índices de organismos internacionais.

De acordo com dados oficiais, uma em cada duas crianças na Guatemala sofre de desnutrição e 59% da população vive abaixo da linha da pobreza.

Fonte: R7
Continuar lendo DEFICIÊNCIA EM VACINAÇÃO CAUSA CRÍTICA AO GOVERNO DA GUATEMALA

CONTINUA NESTA QUARTA-FEIRA EM NATAL A VACINAÇÃO PARA PESSOAS COM 44 ANOS SEM COMORBIDADES

Vacinação desta quarta-feira continua para pessoas com 44 anos sem comorbidades em Natal

30 jun 2021

Covid: Natal começa a vacinar pessoas com 44 anos nesta terça-feira (29) | Rio Grande do Norte | G1

Nesta quarta-feira (30), a vacinação em Natal continua para pessoas com 44 anos sem comorbidades  em todas as 35 Unidades Básicas de Saúde e nos seis drives da cidade. Os trabalhadores da indústria, a partir de 34 anos, poderão receber o imunizante exclusivamente no Sesi.Todas as categorias contempladas anteriormente para a vacinação também podem procurar um dos pontos para se vacinar.

Nesta quarta-feira, até a chegada de novas doses do imunizante da Pfizer, a capital estará vacinando exclusivamente as grávidas e puérperas no drive e sala de vacinação da OAB.
Os profissionais de Educação também podem se vacinar em qualquer ponto de vacinação ou nos pontos exclusivos para este público. Os pontos são os campi do IFRN, Central e Zona Norte, que funcionarão até esta sexta-feira.

A documentação necessária, lista com endereços de UBS e drives podem ser acessadas através do site https://vacina.natal.rn.gov.br/ . Também é importante que seja realizado o cadastro prévio no RN Mais Vacinas.

D2 OXFORD

As pessoas que tomaram a primeira dose do imunizante da Oxford há 85 dias, devem procurar um dos pontos de vacinação para receber a segunda dose e completar seu esquema vacinal.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo CONTINUA NESTA QUARTA-FEIRA EM NATAL A VACINAÇÃO PARA PESSOAS COM 44 ANOS SEM COMORBIDADES

TRABALHADORES DO ENSINO SUPERIOR E PESSOAS COM 46 ANOS SEM COMORBIDADES SERÃO VACINADAS NESTA SEGUNDA-FEIRA (28)

Natal inicia vacinação para pessoas com 46 anos e trabalhadores do Ensino Superior

28 jun 2021

Natal (RN) inicia vacinação para pessoas com 46 anos e trabalhadores do Ensino Superior na segunda-feira (28)Nesta segunda-feira (28), Natal inicia a vacinação das pessoas com 46 anos sem comorbidade. Para receber o imunizante basta se dirigir a um dos 40 pontos de vacinação levando o cartão de vacina, documento com foto e comprovante de residência de Natal.

Os trabalhadores da educação do Ensino Superior também estão contemplados a partir dessa segunda-feira. Esse grupo também pode procurar todos os pontos de vacinação da Prefeitura.  A SMS Natal firmou parceria com a UFRN e IFRN e vai colocar à disposição dessa categoria pontos extras nos campi do IFRN, da Salgado Filho e da Zona Norte, com funcionamento das 8h às 16h, com drive e sala de pedestre, assim como na UFRN, no Departamento de Atenção à Saúde.
A documentação necessária, lista com endereços de UBS e drives podem ser acessadas através do site https://vacina.natal.rn.gov.br/ .

EDUCAÇÃO 

A SMS Natal destaca os pontos extras e exclusivos localizados no Ginásio do Colégio Expansivo e no Sagrada da Família, que funcionarão somente até o dia 30 de Julho. Os trabalhadores da Educação do Ensino Infantil, Fundamental I e II, Ensino Profissionalizante e Educação de Jovens e Adultos (EJA) que, por algum motivo, não se vacinaram podem optar pelos pontos extras ou qualquer sala da vacina da Prefeitura.

D2 OXFORD

As pessoas que tomaram a primeira dose do imunizante da Oxford há 85 dias, devem procurar um dos pontos de vacinação para receber a segunda dose e completar seu esquema vacinal.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo TRABALHADORES DO ENSINO SUPERIOR E PESSOAS COM 46 ANOS SEM COMORBIDADES SERÃO VACINADAS NESTA SEGUNDA-FEIRA (28)

GRAÇAS AO AVANÇO DA VACINAÇÃO AS RESTRIÇÕES CONTRA COVID-19 CHEGAM AO FIM NA ISLÂNDIA

Islândia anuncia o fim de todas as restrições contra a covid-19

Avanço na vacinação permitiu que país abandonasse regras de distanciamento social, uso de máscara e outras medidas

INTERNACIONAL  

por AFP

Restrições deixarão de vigorar a partir deste sábado (26)

Após quinze meses de sucessivas medidas reforçadas ou suavizadas, a Islândia anunciou nesta sexta-feira (25) o levantamento de todas as restrições contra a covid-19, graças ao avanço da vacinação.

“É uma sensação um tanto estranha, depois de ter estado muitas vezes aqui ou em outro lugar para anunciar o endurecimento das medidas, mas hoje é o dia em que vamos suspendê-las”, declarou em coletiva de imprensa a primeira-ministra Katrín Jakobsdottir.

Suíça libera entrada de turistas brasileiros que estiverem vacinad

As regras de distanciamento, uso de máscara, o número reduzido de pessoas reunidas em espaços públicos e os horários de abertura de bares e restaurantes deixarão de vigorar a partir de sábado, 26 de junho.

“Na realidade, estamos restaurando a sociedade a que estávamos acostumados e à qual aspiramos”, desde a entrada em vigor das primeiras restrições, em 16 de março de 2020, afirmou o ministro da Saúde islandês, Svandís Svavarsdóttir.

Esta decisão, a primeira na Europa, foi tomada de acordo com o cronograma de quatro etapas para eliminar as restrições no território islandês.

Revelada no final de abril, a decisão previa o levantamento de todas as medidas nacionais na segunda quinzena de junho “quando cerca de 75% da população – com mais de 16 anos – tiver recebido pelo menos uma dose da vacina”.

No total, 87,6% desse segmento de idade, cerca de 295 mil pessoas de uma população total de 365 mil, já tinha recebido pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19 até 24 de junho.

As restrições vão permanecer em vigor nas fronteiras, onde os visitantes não vacinados são obrigados a apresentar um teste de PCR negativo na chegada e, em seguida, passar por outro teste após cinco dias de isolamento.

Pessoas que apresentem certificado de vacinação ou tenham sido previamente infectadas com a covid-19, e que até agora precisavam ser testadas assim que chegavam à Islândia, estarão isentas desta obrigação a partir de 1º de julho.

Fonte: R7
Continuar lendo GRAÇAS AO AVANÇO DA VACINAÇÃO AS RESTRIÇÕES CONTRA COVID-19 CHEGAM AO FIM NA ISLÂNDIA

ANÁLISE POLÍTICA: NADA AVANÇOU MAIS NO GOVERNO BOLSONARO DO QUE A IMPUNIDADE, POR FELIPE MOURA BRASIL

Hoje o comentário aqui na coluna ANÁLISE POLÍTICA é do âncora do Salve, Salve BandNews! Ele fala sobre um levantamento que mostra que um em cada quatro senadores que vão analisar as mudanças na Lei de Improbidade Administrativa respondem a ações na Justiça por contratos suspeitos firmados quando eram prefeitos ou governadores. Segundo o jornal O Estado de São Paulo, 37 parlamentares são alvos de ações penais ou por improbidade, ou seja, crimes de prejuízo aos cofres públicos ou de enriquecimento ilícito. Assista ao vídeo, reflita e tire suas conclusões!

Fonte:

Continuar lendo ANÁLISE POLÍTICA: NADA AVANÇOU MAIS NO GOVERNO BOLSONARO DO QUE A IMPUNIDADE, POR FELIPE MOURA BRASIL

NESTE FIM DE SEMANA NA ZONA NORTE DE NATAL, MAIS DOIS NOVOS PONTOS DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 ESTARÃO ABERTOS

Por G1 RN

 

Natal abre mais dois pontos de vacinação contra a Covid-19 na Zona Norte neste fim de semana — Foto: Joana Lima/Prefeitura de NatalNatal abre mais dois pontos de vacinação contra a Covid-19 na Zona Norte neste fim de semana — Foto: Joana Lima/Prefeitura de Natal

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal vai abrir neste sábado (19) e domingo (20), mais dois pontos de vacinação contra a Covid-19 na Zona Norte da capital.

Os novos pontos vão funcionar nas Unidades Básicas de Saúde Nova Aliança e Pompeia, no sábado e domingo, das 8h às 12h.

Além das duas unidades de saúde, o Ginásio Nélio Dias, também na Zona Norte, mantém o funcionamento das 8h às 16h.

Para os professores do ensino fundamental I e II, a SMS de Natal disponibiliza na região o colégio Expansivo, que vai funcionar também no sábado e domingo das 8h às 16h.

A SMS informou ainda, que durante o fim de semana todos os seis drives estarão funcionando, além do Ginásio do Colégio Sagrada Família, este exclusivamente para vacinação dos professores.

Todas as informações sobre documentação para vacinação, locais e público alvo, podem ser encontradas no portal disponibilizado pela prefeitura.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo NESTE FIM DE SEMANA NA ZONA NORTE DE NATAL, MAIS DOIS NOVOS PONTOS DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 ESTARÃO ABERTOS

CRÔNICAS: E FOI ASSIM…POR ANA MADALENA

Na crônica desta quarta-feira, aqui na coluna CRÔNICAS, Ana Madalena, mais uma vez, aguçou a sua imaginação e, como sempre escreveu uma história que vai prender a sua atenção do começo ao fim, pois foi assim comigo. Não consegui parar de ler, olhos grudados na tela do computador até o fim. Então lhe convido a ler e se entreter sem querer!

Sexo na pandemia: a máscara protege da Covid, mas beijar aumenta os riscos com novos parceiros | Viva você | G1

E foi assim…

Ela mergulhou seu olhar aos pouquinhos;  tinha necessidade de captar cada milímetro daquela foto, tirada em plena fila da vacina. Se reconheceram pelos olhos; os dela, cor de mel com alguns risquinhos quase amarelos; os dele, um oceano azul. É incrível como o olhar é algo que não esquecemos, pensou. Por sorte ele tomou a iniciativa de falar; ela era insegura e tinha medo que ele não lembrasse dela, afinal estavam com máscaras e já faziam mais de vinte anos desde que se viram naquela loja…

A torneira já estava pingando há dias; qualquer um que passasse meia hora ali se sentiria incomodado, mas ela não parecia perceber absolutamente nada ao seu redor. Estava  triste com os rumos da sua vida… Uma noite finalmente escutou, não só o pinga-pinga, mas também seu coração. Precisava urgente sair daquele estado de letargia. Pegou um bloquinho de notas e escreveu uma lista de coisas para fazer no dia seguinte; a primeira seria comprar uma torneira nova.

Nunca imaginou que existissem tantos modelos! Ficou parada em frente ao mostruário, totalmente indecisa, enquanto que o cliente ao lado parecia ter feito curso de torneiras. Foi até muito gentil em tirar algumas dúvidas, uma vez que o vendedor sumira. Detestava essas lojas self service, comentou. Ele, rindo, disse que para quem não era familiarizado, era realmente difícil. Foi nesse exato momento que seus olhos se encontraram pela primeira vez. Não sabia se tinha sido impressão, mas sentiu que ele teve algum interesse por ela. Será que ele olha assim para todo mundo? Imediatamente levou sua mão ao colar, procurando sua medalhinha de N. Sra. Aparecida, gesto que repetia sempre que ficava tímida ou nervosa. Ela não soube identificar qual dos dois sentimentos. Talvez ambos.

-Tem alguma pessoa para instalar a torneira?
-Não, respondeu desanimada. Você indica alguém?
-Eu mesmo posso fazer isso para você. Tenho algum tempo disponível depois daqui. Só preciso passar na obra para deixar algumas coisas.
–  Eu não tenho coragem de pedir isso, principalmente a alguém que não conheço.
– Isso não é mais problema. Prazer, Arthur.

E ali, contra todos os seus princípios, Isabella escreveu seu endereço na caixa de uma torneira de jardim que ele estava comprando. Combinaram que ela seguiria na frente; Arthur ainda tinha uma lista de compras para finalizar. Enquanto estava no caixa, ficou pensando se torcia para ele ir, ou não. Por via das dúvidas, assim que chegou em casa organizou algumas coisas que estavam pelos cantos. Resolveu fazer um café, afinal teria que servir alguma coisa. Fez também um suco, caso ele não gostasse de café. Ainda bem que tinha um bolo feito na véspera.  Colocou um cd, abriu as janelas, escolheu uma toalha de mesa, separou umas xícaras. Olhou em volta e riu sozinha! Que loucura! Fazer tudo aquilo por uma pessoa que só sabia o primeiro nome…

As horas foram passando e ela começou a se sentir boba. Claro que ele não viria! Seu ânimo foi baixando de nível com o passar do dia. Ao anoitecer teve uma crise de choro, mas não um choro de tristeza, mas de dados de realidade. Constatou que tinha organizado a casa para agradar um estranho enquanto que negligenciara a si própria. Deu um suspiro profundo e, finalmente entendeu que se havia uma pessoa importante naquela casa, com certeza era ela!

Há dias estava ansiosa para tomar a vacina. Praticamente todos seus amigos já estavam vacinados, até seu ex marido, que se gabava de ter porte atlético, mas que de repente virou hipertenso. Não estava julgando, mas achou esquisito. Chegou bem cedo ao posto de vacinação, antes do horário de abertura. Ficou um tempo no carro ouvindo música, até que outras pessoas foram chegando e resolveu interagir, mesmo a distância. Todos estavam, no mínimo, eufóricos. De repente Isabella ouviu um rapaz chamando por Arthur. Ela, de canto de olho, conferiu se era o mesmo que tinha conhecido.
Os olhos azuis e o cabelo, agora um pouco grisalhos não deixavam dúvidas. Era ele, com certeza. Segurou sua medalhinha, nervosa. Será que deveria se dirigir à ele? Enquanto pensava, ouviu ele pronunciando seu nome.

-Isabella?
– Sim… Me desculpe, mas não estou reconhecendo; essas máscaras não ajudam, não é mesmo?
– Com certeza você não lembra de mim, mas nunca lhe esqueci. Nos conhecemos comprando torneiras há muitos anos. Você até escreveu seu endereço numa caixa, mas quando cheguei na obra percebi que nenhuma delas era a que você havia escrito. Ainda voltei para a loja, mas o vendedor … Enfim, são muitos detalhes, mas quero que saiba que fiz de tudo para lhe encontrar.
– Como me reconheceu?
– Você não mudou muito. E seus olhos são muito marcantes, mas ainda bem que continua usando o mesmo colar, com essa medalhinha. Não tive dúvidas. O que vai fazer depois da vacina? Podemos tomar um café…
– Sim, podemos. Eu moro perto daqui.
– Dessa vez eu vou seguindo seu carro.

Cada um fotografou o outro na hora da vacina e depois fizeram uma foto juntos. No caminho para casa, Isabella sentiu o coração aos pulos. Conferiu pelo retrovisor se Arthur estava lhe seguindo. Estava. No sinal, olhou novamente a foto. Feliz,  notou que seus olhos sorriam.

Ana Madalena
Continuar lendo CRÔNICAS: E FOI ASSIM…POR ANA MADALENA

BOAS NOTÍCIAS: A MAIS NOVA VEDETE DAS VACINAS, A NOVAVAX TEM EFICÁCIA DE 93,2%

A farmacêutica americana NOVAVAZ é mais nova e promissora vacina no mercado, que num ensaio clínico mostrou 90,4% de eficácia geral de sua vacina contra infecções sintomáticas por COVID-19 e 100% de proteção contra doenças moderadas e graves. E também anunciou eficácia de 93,2% contra variantes. Leia o artigo completo a seguir e saiba de todos os detalhes!

Vacina Novavax anuncia eficácia de 93,2% contra variantes

A empresa Novavax, anunciou nesta segunda, 14, resultados de um ensaio clínico que mostra 90,4% de eficácia geral de sua vacina contra infecções sintomáticas por COVID-19 e 100% de proteção contra doenças moderadas e graves.

O estudo foi feito com 30.000 pessoas nos EUA e México e publicado na revista científica Science.

A vacina, que usa uma tecnologia diferente das vacinas COVID-19 autorizadas até agora, apresentou resultado contra oito variantes virais de interesse e preocupação, com eficácia de 93,2%. E o estudo diz que a vacina é segura e bem tolerada.

“Esta vacina parece fenomenal. Estou entusiasmada com esses resultados ”, disse Monica Gandhi, médica infectologista e epidemiologista da Universidade da Califórnia, em San Francisco.

A eficácia

A diferença de alguns pontos percentuais entre a eficácia de 90% da Novavax e a eficácia de 95% e 94% das vacinas Pfizer / BioNTech e Moderna é explicada em parte pelo ensaio posterior da Novavax, que testou a vacina contra variantes virais, diz John Moore, um imunologista da Weill Cornell Medicine e participante do estudo Novavax.

Os testes das vacinas de outras empresas , compostas de RNA mensageiro (mRNA ), foram concluídos antes que tais variantes estivessem amplamente circulando.

“Esta é uma vacina cuja eficácia é pelo menos equivalente à da Pfizer e Moderna”, disse Moore. “É essencialmente 100% protetor contra doenças.”

Estudo clínico

O ensaio clínico foi altamente diversificado, com 44% de participantes não brancos.

E os requisitos simples para armazenamento da vacina poderiam acelerar o acesso a ela em comunidades remotas ao redor do globo.

FDA

A Novavax planeja solicitar à Food and Drug Administration (FDA) – agência de medicamentos e alimentos dos EUA – e outros reguladores, uma autorização de uso de emergência no terceiro trimestre.

A empresa deve ainda concluir os requisitos regulatórios para garantir que seu produto corresponda consistentemente à vacina usada nos testes clínicos, disse o presidente e CEO Stanley Erck.

Com informações da Science

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: A MAIS NOVA VEDETE DAS VACINAS, A NOVAVAX TEM EFICÁCIA DE 93,2%

COMEÇA NESTA SEGUNDA-FEIRA (14) EM NATAL A VACINAÇÃO PARA PESSOAS COM 53 ANOS DE IDADE

Natal começa a vacinar pessoas com 53 anos

13 jun 2021

Natal inicia vacinação de pessoas com 53 anos sem comorbidades nesta segunda-feira (14) | Rio Grande do Norte | G1

Na segunda-feira (14), as pessoas com 53 anos residentes em Natal podem procurar qualquer um dos pontos da vacinação da Prefeitura do Natal para receber a primeira dose da vacina contra a covid-19, levando comprovante de residência, documento com foto e cartão de vacinação.

Nesta segunda, a capital também inicia a vacinação dos motoristas de vans, alternativos, escolares e intermunicipais de médio porte com cadastro na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU). Esse público deve apresentar a carteira de operador do veículo e levar cópia desse documento, além de comprovante de residência de Natal, documento com foto e cartão de vacinação.

Os trabalhadores do transporte ferroviário também podem buscar na segunda-feira (14) o Palácio dos Esportes para receber a primeira dose da imunização contra a Covid-19. A categoria deve apresentar crachá no ato da vacinação, comprovante de residência de natal, documento com foto e carteira vacinal.

Acesse o site https://vacina.natal.rn.gov.br/ veja os mais de 40 pontos de vacinação distribuídos na capital e horário de funcionamento.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo COMEÇA NESTA SEGUNDA-FEIRA (14) EM NATAL A VACINAÇÃO PARA PESSOAS COM 53 ANOS DE IDADE

DESDE INÍCIO DA VACINAÇÃO, INTERNAÇÕES E MORTES APÓS HOSPITALIZAÇÃO CAÍRAM EM 5 FAIXAS ETÁRIAS EM SÃO PAULO

Em SP, 5 faixas etárias registram queda nas internações após início da vacinação

CNN Brasil comparou dados estaduais de internações e mortes por Covid-19 em janeiro e em junho

Giovanna Bronze, da CNN, em São Paulo
Atualizado 13 de junho de 2021 às 18:31
Em SP, 5 faixas etárias registram queda nas internações após início da vacinação

Desde o início da vacinação no estado de São Paulo, em 17 de janeiro, as notificações de internações e mortes após hospitalização caíram em cinco faixas etárias. A análise é da CNN Brasil com base nos dados da Secretaria de Saúde estadual.

Os números são referentes aos primeiros 9 dias de junho. Para comparação, foi utilizada a base de janeiro, com o recorte no mesmo período. Dessa forma, são comparados números de internações antes e, agora, durante a vacinação contra a Covid-19.

Os grupos analisados são: mais de 100 anos; com idade entre 90 e 99; 80 e 89; 70 e 79; e 60 e 69.
Na faixa etária com mais de 100 anos, foi registrada a maior queda de internações.

Foram registradas 5 notificações de hospitalizações por Covid-19 de 01 a 09 de janeiro, enquanto em junho, foi apenas realizada uma notificação, apresentando queda de 80%. Em relação às mortes após as internações, 3 foram registradas em janeiro, enquanto nenhuma foi registrada de 01 a 09 de junho.

Em janeiro de 2021, 253 pessoas com idade de 90 a 99 anos foram internadas por Covid-19 em São Paulo. No mesmo período em junho, foram 106, ou seja, 58,1% menos. Neste grupo, as mortes caíram 81,1%, de 159 em janeiro para 30 registradas em junho.

O grupo de idosos com mais de 90 anos começou a ser vacinado no estado de São Paulo em 08 de fevereiro.

Na faixa etária de 80 a 89 anos, foram registradas 898 notificações de internações no estado em janeiro. Esse número é 54,1% maior do que as 412 contabilizadas de 01 a 09 de junho. Já as mortes caíram de 439 em janeiro para 105 em junho, apresentando queda de 76%. Esse grupo teve a vacinação iniciada entre 12 e 27 de fevereiro.

A faixa etária de 70 a 79 anos teve a segunda maior queda de internações: 61,4%. Entre 01 a 09 de janeiro, foram registradas 1.493 internações, enquanto em junho foram 576. Foram contabilizadas 546 mortes em janeiro que, após apresentar queda de 76,9%, chegaram a 126 em junho. A vacinação para idosos com 70 a 70 anos começou por etapas entre 03 e 26 de março.

No grupo de idosos com 60 a 69 anos, foram registradas 1.898 notificações de internações de 01 a 09 de janeiro. Já em junho, foram 968, 48,9% menos. Em relação às mortes, o período em janeiro contabilizou 544 mortes, enquanto em junho registrou 151, 72,2% menos. A vacinação para esta faixa etária começou ao longo de março e abril.

Continuar lendo DESDE INÍCIO DA VACINAÇÃO, INTERNAÇÕES E MORTES APÓS HOSPITALIZAÇÃO CAÍRAM EM 5 FAIXAS ETÁRIAS EM SÃO PAULO

BOAS NOTÍCIAS: CHEGA AO BRASIL A VACINA DA JANSSEN, EFICAZ CONTRA VARIANTES

A expectativa à chegada da vacina da Janssen no Brasil é muito grande, já que é comprovadamente eficaz contra variantes e requer apenas uma dose. A pesquisa publicada na Nature determinou que a vacina da Johnson & Johnson ativou as respostas imunológicas contra a cepa COVID-19 original, bem como as variantes Alfa, Beta, Gama e Epsilon. Então convido você a ler o artigo completo a seguir e conhecer os detalhes dessa ótima notícia!

Vacina da Janssen que chega ao Brasil é eficaz contra variantes: dose única

Foto: Divulgação

 

A vacina da Janssen, do grupo Johnson & Johnson, que está sendo aguardada no Brasil, produz várias respostas imunológicas que permitem que ela seja eficaz contra diferentes variantes do vírus, de acordo com um estudo divulgado nesta quarta-feira, 9.

A pesquisa, publicada na Nature como uma amostra acelerada de um artigo, determinou que a vacina da Johnson & Johnson ativou as respostas imunológicas contra a cepa COVID-19 original, bem como as variantes Alfa, Beta, Gama e Epsilon.

O estudo concluiu que a vacina Johnson & Johnson “ofereceu forte proteção contra casos sintomáticos” de COVID-19 na África do Sul e no Brasil, onde as variantes causaram a maioria dos casos sequenciados.

Pesquisa

Os pesquisadores estudaram as respostas imunológicas celulares e de anticorpos de 20 voluntários com idades entre 18 e 55 anos.

O estudo descobriu que menos anticorpos neutralizantes apareceram na luta contra as variantes Beta e Gama, encontradas pela Nature

primeira vez na África do Sul e no Brasil, respectivamente, quando comparadas à cepa COVID-19 original.

O estudo determinou que uma única dose da vacina da Johnson & Johnson protegeu contra COVID-19 grave em 86 por cento dos participantes nos Estados Unidos, 88 por cento daqueles no Brasil e 82 por cento na África do Sul.

Desde que a Food and Drug Administration emitiu uma autorização de uso de emergência para a vacina Johnson & Johnson em fevereiro, mais de 11,2 milhões de doses da vacina foram administradas nos EUA.

Chegada no Brasil

O Brasil aguarda a chegada de 3 milhões de doses ainda agora em junho. O imunizante foi aprovado pela Anvisa no Brasil em 31 de março.

Além disso, o Ministério da Saúde assinou um acordo com a Janssen para a aquisição de 38 milhões de doses da vacina da empresa, com previsão inicial de entrega de 16,9 milhões de doses entre julho e setembro e 21,1 milhões de outubro a dezembro.

O imunizante da Janssen, que é atualmente utilizado nos países da União Europeia, nos Estados Unidos e na África do Sul, recebeu, no Brasil, certificado de boas práticas da Anvisa.

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos, o risco de reações alérgicas à vacina da Janssen é considerado extremamente baixo, especialmente quando se refere a choques anafiláticos.

O imunizante não tem compostos que podem causar reações alérgicas fortes, como antibióticos, adjuvantes ou conservantes, aditivos utilizados para potencializar a resposta imune, segundo o CDC. Eles também podem estar nos demais imunobiológicos.

Com informações do TheHill/Nature e Diário do Nordeste

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: CHEGA AO BRASIL A VACINA DA JANSSEN, EFICAZ CONTRA VARIANTES

DEPUTADO ESTADUAL NELTER QUEIROZ ENCAMINHA AO GOVERNO DO RN SOLICITAÇÃO DE INCLUSÃO DE MORISTA DE APLICATIVO, MOTOTAXISTAS E TAXISTAS NO PÚBLICO PRIORITÁRIO DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

Nelter Queiroz solicita inclusão de taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativos no público-alvo prioritário de vacinação contra a Covid-19

09 jun 2021

Nelter Queiroz solicita inclusão de taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativos no público-alvo prioritário de vacinação contra a Covid-19 – Blog Suébster Neri – Desde 2007

Preocupado com a segurança dos taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativos do Rio Grande do Norte, o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) encaminhou solicitação ao Governo do Estado, através da Secretaria de Saúde Pública (Sesap), cobrando a inclusão destes profissionais no público-alvo prioritário de vacinação contra a Covid-19.

“Pleito de grande importância uma vez que estas categorias prestam, diariamente, importante serviço social, econômico e logístico no transporte de pessoas, mercadorias e encomendas em todos os municípios de nosso Rio Grande do Norte”, frisou o parlamentar, lembrando que estes profissionais estão expostos e em contato direto com terceiros, aumentando o risco de infecção pelo novo coronavírus.

Para Nelter Queiroz a inclusão desta categoria no público-alvo prioritário de vacinação contra a Covid-19 além de preservar vidas, evitará também a propagação do novo coronavírus durante o desenvolvimento das atividades destes profissionais.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo DEPUTADO ESTADUAL NELTER QUEIROZ ENCAMINHA AO GOVERNO DO RN SOLICITAÇÃO DE INCLUSÃO DE MORISTA DE APLICATIVO, MOTOTAXISTAS E TAXISTAS NO PÚBLICO PRIORITÁRIO DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

BOAS NOTÍCIAS: ESTUDO DO BUTANTAN EM SERRANA CONCLUI QUE PANDEMIA SERÁ CONTROLADA COM 75% DE VACINADOS

Estudo brasileiro, realizado pelo Instituto Butantan, na cidade de Serrana, interior de São Paulo, com 95,7% da população alvo vacinada é o destaque da nossa coluna BOAS NOTÍCIAS nesta segunda-feira. O estudo concluiu que a pandemia será controlada no país quando atingir 75% de vacinados. Leia o artigo completo a seguir e conheça todos os detalhes do estudo.

Estudo brasileiro: pandemia será controlada no país com 75% vacinados

Os primeiros resultados do estudo brasileiro da pandemia, realizado em larga escala por pesquisadores do Instituto Butantan no município paulista de Serrana, foram concluídos.

Os dados eram aguardados por pesquisadores de saúde do mundo todo e mostram os efeitos da vacinação sobre a covid-19.

Os pesquisadores chegaram a um índice 75% como ideal para o controle da pandemia no país. Por enquanto, somente 10% dos brasileiros já completaram o protocolo total de vacinação, com as duas doses.

Segundo os pesquisadores, os resultados obtidos até agora permitem afirmar que a vacinação em massa criou uma espécie de cinturão imunológico que protegeu tanto os indivíduos com mais de 18 anos vacinados, como as crianças, adolescentes e demais adultos, que não puderam ser imunizados. O benefício foi observado em todas as faixas etárias.

“Isso reflete a somatória do efeito direto e indireto da vacina, que é a redução na transmissão do vírus por haver uma alta proporção de vacinados na comunidade. Quem recebeu a vacina também está ajudando a proteger o outro,” ressaltou o Dr. Ricardo Palacios, do Butantan e um dos líderes do estudo.

Como

A vacinação de 95,7% da população-alvo do estudo possibilitou reduzir em 95% as mortes, em 86% as hospitalizações e em 80% os casos sintomáticos da doença.

O foco da vacinação atingiu 27.160 moradores, de uma população total de 45.644 pessoas.

Foi então que a equipe chegou a algo em torno de 75% como ideal para o controle da pandemia no país.

Projeto S

Intitulada Projeto S, a iniciativa é inédita no mundo – com apoio da Fapesp – fez uma avaliação da efetividade da vacina CoronaVac no controle da pandemia causada pelo novo coronavírus.

O acompanhamento dos moradores e da evolução dos dados epidemiológicos na cidade continuará por mais um ano.

Os resultados indicam que não há necessidade de aguardar que as crianças e os adolescentes sejam imunizados para a retomada das atividades escolares presenciais.

Efeitos da vacina

Cerca de 4,4% dos voluntários vacinados relataram reações adversas após a primeira dose da vacina. Dessas, apenas 0,02% foi considerada de grau 3, ou seja, capaz de interferir nas atividades cotidianas (em geral dores de cabeça ou musculares).

Após a segunda dose, somente 0,2% teve alguma reação adversa, nenhuma considerada grave, o que dá à CoronaVac o perfil de “extremamente segura”.

“Nós conseguimos medir a efetividade de um imunizante de forma controlada, em uma situação de mundo real. Serrana virou um laboratório de epidemiologia e isso deve servir de exemplo para o mundo. O Brasil pode sair na frente, sua ciência é competente e aqui está a prova”, concluiu Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan.

Com informações da Agência Fapesp/Diário da Saúde

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: ESTUDO DO BUTANTAN EM SERRANA CONCLUI QUE PANDEMIA SERÁ CONTROLADA COM 75% DE VACINADOS

PRÓXIMA SEGUNA-FEIRA (07) COMEÇA EM NATAL A VACINAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

Natal inicia vacinação dos profissionais da educação na próxima segunda-feira (7)

Foto: Joana Lima/Secom

Começa na próxima segunda-feira (07) a vacinação contra a Covid-19 para os profissionais da educação no município de Natal. A primeira remessa destinada aos profissionais das redes pública e privada contém 5.190 doses.

O quantitativo de doses destinadas aos profissionais da educação vai atender neste primeiro momento aos trabalhadores que atuam na Educação Infantil (Creche e Pré-escola), seguindo o Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde.

A secretária adjunta de Saúde, Rayanne Araújo explica que o boletim epidemiológico semanal da Secretaria Municipal de Saúde, aponta as regiões administrativas da cidade com os maiores registros de casos confirmados da Covid-19. “Vamos começar pelas zonas Sul e Leste, que estão atualmente apresentando os maiores índices de casos confirmados. A vacinação vai ser volante, uma vez que, técnicos da SMS irão em nas unidades de ensino para imunizar os profissionais. É importante que a unidade de ensino forneça uma lista com nome e função/cargo de todos os trabalhadores que irão receber a primeira dose da vacina”, afirmou. Todos os profissionais devem antecipar o cadastro no portal RN Mais Vacina.

“Com relação à vacinação das escolas privadas, a SMS e a SME aguardam o envio do e-mail com a documentação para definição da rota ”, complementa  Rayanne.

Cronograma

O cronograma estabelecido para a próxima segunda-feira (07), vai vacinar os profissionais dos seguintes Centros Municipais de Educação Infantil:

  • Professora Carmem Maria Reis
  • Haydée Monteiro Bezerra de Melo
  • Professora Antônia Fernanda Jales
  • Professora Maria dos Martírios Lisboa de Menezes
  • Claudete Costa Maciel
  • Kátia Fagundes Garcia
  • Professora Libânia Medeiros
  • Professora Maria Eunice Davim
  • Moema Tinoco da Cunha Lima
  • Vilma Teixeira Dourado Dutra
  • Professora Carla Aparecida Albernaz Bandeira
  • Professora Maria Ilka Soares da Silva
  • Professora Maria Celoni Campos
  • Núcleo de Educação da Infância da UFRN (NEI-UFRN).

Na terça-feira (08) a vacinação acontece nos Centros Municipais de Educação Infantil:

  • Amor de Mãe
  • Professora Cláudia de Farias
  • Galdina Barbosa Silveira Guimarães
  • Nossa Senhora de Lourdes
  • Padre João Perestrello
  • Professora Darilene Brandão Martins
  • São Francisco de Assis
  • Maria Eulália Gomes da Silva
  • José Alves Sobrinho

*A relação das unidades da rede de ensino está sendo organizada em conjunto com o SINEPE e AEEP. Importante que os profissionais entrem em contato com os diretores das suas respectivas unidades de ensino para serem informados do horário da vacinação volante.

Continuar lendo PRÓXIMA SEGUNA-FEIRA (07) COMEÇA EM NATAL A VACINAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

PAÍSES DA UNIÃO EUROPEIA PODEM COMEÇAR UTILIZAR CERTIFICADO DIGITAL DE VACINAÇÃO

Certificado digital de vacinação passa a valer na União Europeia

Documento será válido para cidadãos do bloco que receberam doses de imunizantes da Pfizer, Moderna, Oxford ou Johnson

INTERNACIONAL

 Da EFE

Os países da União Europeia (UE) podem começar a utilizar o certificado de vacinação voluntariamente a partir desta terça-feira (1º), depois que entrou em funcionamento a plataforma digital que permite a interoperabilidade do documento entre os Estados-Membros.Bulgária, República Tcheca, Dinamarca, Alemanha, Grécia, Croácia e Polônia se conectaram a esta plataforma hoje mesmo, de acordo com a Comissão Europeia.

Oficialmente, no entanto, o documento não entrará em vigor em toda a UE até 1º de julho, com o intuito de facilitar a mobilidade para as férias de verão de todos aqueles que possam comprovar que estão vacinados contra a covid-19, que apresentem um teste PCR negativo ou que tenham anticorpos após terem contraído e superado a doença.

Os governos se comprometeram a não impor quarentenas a todos aqueles que possam provar, de uma forma ou de outra, que estão saudáveis, embora possam impor restrições em caso de agravamento da situação epidemiológica, como, por exemplo, se considerarem necessário combater as variantes do vírus.

O certificado, que terá duração de um ano, será válido em toda a UE para vacinas aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA), que por enquanto validou os imunizantes da Pfizer, Moderna, Oxford e Johnson & Johnson.

No entanto, cada país terá a liberdade de decidir se aceita outras vacinas não autorizadas pela EMA.

Fonte: R7
Continuar lendo PAÍSES DA UNIÃO EUROPEIA PODEM COMEÇAR UTILIZAR CERTIFICADO DIGITAL DE VACINAÇÃO

DOCUMENTOS QUE COMPROVAM COMORBIDADES PARA VACINAÇÃO DEVERÃO SER FISCALIZADOS, SEGUNDO RECOMENDAÇÃO DA DEFENSORIA E MPs

Por G1 RN

 

Vacina da AstraZeneca contra Covid-19 — Foto: Osvaldo FuriattoVacina da AstraZeneca contra Covid-19 — Foto: Osvaldo Furiatto

A Defensoria Pública do Rio Grande do Norte (DPE/RN)e os Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho emitiram uma recomendação para que Natal tome providências para evitar a imunização de pessoas que não apresentem documentos comprobatórios de comorbidades orientados no Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19.

De acordo com os órgãos, recomendação leva em consideração informações recebidas tanto por Defensoria como pelos MPs, de que as imunizações estão ocorrendo nos postos de vacinação apenas com a apresentação de receituários e prescrições de medicamentos da rede privada de saúde, sem indicação do CID da doença ou do descritivo desta ou da condição de saúde do usuário.

Os órgãos indicam que não é possível, apenas pelo nome do medicamento, aferir o tipo de comorbidade que essa pessoa possui e se ela se enquadra ou não nas comorbidades previstas no PNI, sobretudo porque muitos medicamentos possuem uso off label para outros tipos de doenças.

A recomendação dos MPs e da Defensoria aponta que as equipes de vacinação devem realizar o rígido controle dos documentos apresentados pelas pessoas a serem vacinadas nos grupos prioritários.

De acordo com o texto, no caso de pessoas com comorbidades, as equipes de vacinação somente devem aceitar, para fins de comprovação e imunização, prescrições médicas com indicação expressa do descritivo da doença ou CID ou condição de saúde da pessoa que receberá o imunizante.

O documento aponta que as ressalvas são os casos de pessoas inscritas nas UBS, PROSUS, HIPERDIA ou UNICAT nos programas públicos de atenção à saúde ou de dispensação de medicamentos do sistema único de saúde, situação em que deverá ser verificada a presença do carimbo ou timbre da unidade ou serviço público de saúde.

Os órgãos recomendam ainda que a Secretaria Municipal de Saúde de Natal deve também, em todas as mídias publicitárias e informações prestadas nas redes sociais do Município, especificar os tipos de comorbidades, indicando, de forma precisa e clara, por exemplo, quais os tipos de hipertensão arterial que se enquadram como prioridade para a vacinação contra a Covid-19, uma vez que que não é qualquer tipo de hipertensão que autoriza a inclusão do usuário dentro do grupo prioritário da vacinação.

“Tais fatos demonstram a necessidade de ampla publicização da lista de comorbidades previstas no PNI para que o público-alvo tome conhecimento e busque a imunização se possuir uma das previstas no Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19”, registra a recomendação.

A recomendação orienta, por fim, que a Secretaria Municipal de Saúde realize auditoria e comunique ao Ministério Público todos os casos de fraude ou tentativa de fraude contra a ordem prioritária estabelecida para a vacinação.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo DOCUMENTOS QUE COMPROVAM COMORBIDADES PARA VACINAÇÃO DEVERÃO SER FISCALIZADOS, SEGUNDO RECOMENDAÇÃO DA DEFENSORIA E MPs

INÍCIO DE VACINAÇÃO EM PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO FOI SUSPENSO PELA SESAP

Sesap suspende início de vacinação em profissionais da Educação

Redação / Portal da Tropical

 – Atualizado em: 

Foto: Wilson Moreno / Prefeitura Municipal de Mossoró

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN) divulgou nesta sexta-feira (21) que suspendeu a vacinação nos profissionais da Educação. O início da imunização estava previsto para a próxima segunda-feira (24). Em nota, a Sesap destacou que “a decisão da Justiça Estadual emitida em 1º de abril deste ano impede que a Sesap inclua ou modifique a ordem de grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19 sem prévia autorização do Ministério da Saúde”.

Na semana passada, uma secretaria de Saúde havia anunciado a intenção de começar a vacinar os professores. A proposta indicava que são utilizadas 12.355 doses da reserva técnica do Estado, considerando as fases D1 e D2, da vacina de Oxford. Inicialmente, a prioridade seria para os trabalhadores da rede pública municipal e estadual, compreendendo professores que atuam em sala de aula, seguindo o escalonamento por idade de forma decrescente.

Uma justificativa para a ordem de prioridade era a falta de vacinas. “Como não temos vacinas para todo mundo nesse primeiro momento, a ideia é começar pelos professores da rede pública porque os alunos não têm ferramentas tecnológicas suficientes que o ensino a distância”, explicou Kelly Lima, coordenadora de vigilância em Saúde da Sesap.

O ponto foi questionado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e pela Defensoria Pública do Estado (DPE-RN). “Segundo dados prestados pela Sesap e pelo Governo do RN, os trabalhadores da educação somam um público de aproximadamente 130.000 mil pessoas. No entanto, a SESAP iniciaria a vacinação com o quantitativo de apenas 12.355 (doze mil, trezentos e cinquenta e cinco) doses . Além de não existirem doses suficientes de reserva técnica para a imunização de todo o grupo de trabalhadores de educação, segundo informações do RN Mais Vacina, o plano de imunização proposta trazendo distinção entre as categorias profissionais que exercem atividades laborais nas unidades de ensino, priorizando professores em detrimento de ASG, merendeiras, porteiros, além de preterir os trabalhadores da educação do ensino privado,

No texto, os órgãos reforçaram a decisão judicial que “definida que o Estado e Município deve se abster“ de incluir ou modificar a ordem dos grupos prioritários definidos pelo Plano Nacional de imunização sem prévia autorização do Ministério da Saúde “.

O Ministério Público e Defensoria Pública destacaram que os trabalhadores da educação básica e da superior estão na 18ª e 19ª posições, respectivamente, na ordem dos grupos prioritários. “Atualmente, o Rio Grande do Norte se encontra imunizando o 14º grupo prioritário (pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente que trazem o BPC e gestantes e puérperas). Sendo assim, a antecipação da vacinação dos professores implicaria na preterição de outros grupos vulneráveis ​​”, afirmaram em nota.

Veja as notas da Sesap e do MPRN / DPE-RN na íntegra:

NOTA / SESAP-RN

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) esclarece que o início da vacinação dos profissionais da Educação, anteriormente prevista para 24 de maio, está suspensa. A decisão da Justiça Estadual emitida em 1º de abril deste ano impede que um Sesap inclua ou modifique uma ordem de grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19 sem prévia autorização do Ministério da Saúde. A Sesap vem trabalhando para encontrar meios de equacionar essa situação e iniciar a vacinação entre os profissionais de educação do RN, com vistas ao retorno pleno das aulas presenciais.

NOTA / MPRN / DPE-RN

No tocante à intenção da Secretaria Estadual de Saúde de antecipar a vacinação contra a COVID-19 apenas dos professores da rede pública (estadual e municipal) do ensino no Rio Grande do Norte, o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN) e a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE / RN) esclarecem que, desde o dia 1º de abril de 2021, há decisão judicial nos autos da Ação Civil Nº 0801414-44.2021.8.20.5300 que visa ao cumprimento, sem alteração, da ordem proposta pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a COVID-19.

Tal decisão, dentre outras determinações, definidas que o Estado e Município devem se abster “de incluir ou modificar a ordem dos grupos prioritários definidos pelo Plano Nacional de imunização sem autorização do Ministério da Saúde”, em consonância com o entendimento exposto pelo Supremo Tribunal Federal (STF), na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 754, no sentido de que eventual alteração na ordem dos grupos técnicos só pode ser realizada pelo Ministério da Saúde e com apresentação de critérios-científicos, epidemiológicos e índices de vulnerabilidade social .

De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Imunização contra a Covid-19, os trabalhadores da educação básica ocupam a 18ª posição e os do ensino superior a 19ª posição na ordem dos grupos prioritários. Atualmente, o Rio Grande do Norte se encontra imunizando o 14º grupo prioritário (pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente que fornecem o BPC e gestantes e puérperas). Sendo assim, uma antecipação da vacinação dos professores implicaria na preterição de outros grupos extremamente vulneráveis: pessoas com deficiência permanente sem BPC, pessoas em situação de rua e funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade.

Ademais, segundo dados prestados pela Sesap e pelo Governo do RN, os trabalhadores da educação somam um público de aproximadamente 130.000 mil pessoas. No entanto, um SESAP iniciaria a vacinação com o quantitativo de apenas 12.355 (doze mil, trezentos e cinquenta e cinco) doses. Além de não existirem doses suficientes de reserva técnica para imunização de todo o grupo de trabalhadores de educação, segundo informações do RN Mais Vacina, o plano de imunização proposta traz distinção entre as categorias profissionais que exercem atividades laborais nas unidades de ensino, priorizando professores em detrimento de ASG, merendeiras, porteiros, além de preterir os trabalhadores da educação do ensino privado, que já retornaram às atividades presenciais.

O Plano de Imunização dos profissionais previu a utilização de parte da reserva técnica de vacinas da Oxford / Astrazeneca. No entanto, como as doses tem destinação específica para perdas técnicas / operacionais e, segundo o Ministério da Saúde, quando não mais necessário o seu armazenamento, devem, impreterivelmente, ser destinado ao grupo que se encontra sendo imunizado determinado momento em conformidade com as diretrizes do PNO, não se justificando o uso para antecipação de outros grupos ou categoriais profissionais.

O MPRN e DPE / RN esclarecem, ainda, que a antecipação da vacinação unicamente dos Professores da rede pública de ensino não asseguraria, por si só, o retorno às atividades presenciais nas escolas públicas, além de significar um risco ao ordenamento de todo o processo de vacinação em razão da possibilidade de falta de doses para completar o esquema vacinal dessas pessoas e de novas mudanças futuras, frustrando a expectativa da expectativa que aguardam a sua vez de serem imunizados.  

O MPRN e DPE / RN registram ainda que o Ministério da Saúde, na última pauta de distribuição de vacinas (Décimo Oitavo Informe Técnico, de 16/05/21) expressamente consignou que, “embora tenha sanado como irregularidades decorrentes do uso equivocado da vacina Coronavac por alguns Estados e Municípios, não mais se responsabilizará por quaisquer alterações / descumprimentos das orientações, sob pena de comprometimento de todo o planejamento nacional de combate à pandemia ”.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo INÍCIO DE VACINAÇÃO EM PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO FOI SUSPENSO PELA SESAP

PESSOAS A PARTIR DE 18 ANOS COM COMORBIDADES TERÃO VACINAÇÃO RETOMADA NESTE SÁBADO (22)

Por G1 RN

 

Aplicação vacina Covid-19 em Natal Rio Grande do Norte RN vacinação — Foto: Rennê CarvalhoAplicação vacina Covid-19 em Natal Rio Grande do Norte RN vacinação — Foto: Rennê Carvalho

Após a suspensão nesta sexta-feira (21), Natal vai retomar a vacinação das pessoas com comorbidades a partir de 18 anos neste sábado (22).

Também podem se vacinar grávidas e puérperas com comorbidades de qualquer idade, pessoas com deficiência permanente (PCD) a partir de 18 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BCP) ou pessoa com deficiência permanente a partir de 18 anos com alguma das comorbidades listadas no Programa Nacional de Operacionalização (PNO).

Estarão abertos neste fim de semana para a vacinação desses grupos os cinco pontos de drive-thru:

  • OAB
  • UnP da Avenida Roberto Freire
  • Ginásio Nélio Dias
  • Via Direta
  • Sesi

Todos contam com salas de pedestres e funcionarão das 8h às 16h. Apenas o Sesi não abre aos domingos.

Nesses locais de vacinação, também haverá vacinação da segunda dose da vacina de Oxford para as pessoas que já completaram 12 semanas da primeira dose desse imunizante.

Para receber a segunda dose da Oxford, basta levar cartão de vacinação, comprovante de residência de Natal e documento com foto.

Já a vacinação da segunda dose de CoronaVac foi suspensa nesta sexta-feira (21) em Natal novamente por falta de doses. O município não deu previsão de retomada da vacinação de grupo.

Secretaria Municipal de Saúde de Natal solicitou mais 5 mil doses da vacina CoronaVac ao estado para concluir a imunização com segunda dose em pessoas que tomaram a primeira em abril.

Documentação necessária para vacinação

Grávidas e puérperas
Laudo médico indicando a comorbidade e o tipo de vacina, cartão de vacinação, comprovante de residência de Natal e documento com foto.

Pessoas com deficiência permanente com BPC
Documento que comprove que recebe o benefício
Cartão de vacinação
Comprovante de residência de Natal
Documento com foto.

Pessoa com deficiência permanente com comorbidade (independente de BPC)
Cartão de Vacinação
Comprovante de residência de Natal
Documento com foto
Um dos documentos listados como comprobatório das comorbidades (veja lista abaixo)

Pessoas com comorbidades devem levar
Cartão de vacinação
Comprovante de residência de Natal
Documento com foto
Cópia de um dos documentos que comprovem a comorbidade (veja lista abaixo)

Documentos que comprovam a comorbidade

  • Laudos com descritivo ou CID da doença ou condição de saúde
  • Declarações com descritivo ou CID da doença ou condição de saúde
  • Prescrições médicas (somente as que tiverem carimbo ou cupom grampeado da farmácia da UBS ou PROSUS ou UNICAT ou Hiperdia)
  • Relatórios médicos com descritivo ou CID da doença ou condição de saúde
  • Cadastro no HIPERDIA, PROSUS ou UNICAT
  • Levar cópia impressa de todos os documentos, que ficarão retidos no ato da vacinação.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo PESSOAS A PARTIR DE 18 ANOS COM COMORBIDADES TERÃO VACINAÇÃO RETOMADA NESTE SÁBADO (22)

VACINAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO SERÁ AINDA EM MAIO, SEGUNDO PLANO ELABORADO PELO RN

RN elabora plano para vacinar profissionais da Educação em maio

Redação / Portal da Tropical

 – Atualizado em: 

Foto: Assecom / Governo do RN

Em mais uma iniciativa a volta às aulas presenciais na rede pública prevista no Decreto 30.562, o Governo do Estado começou a elaborar o plano de vacinação dos profissionais da Educação no Rio Grande do Norte. Os detalhes preliminares do processo, que tem como parâmetro a Deliberação 1.689 / 2021 da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), foram designados à governadora Fátima Bezerra e ao vice-governador Antenor Roberto nessa sexta-feira (14). A previsão da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) é de que a vacinação seja produzida na segunda-feira, 24 de maio.

Assinada pelo titular da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap), Cipriano Maia, e pela presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do RN, Maria Eliza Garcia, uma Resolução cita para a rede pública educacional de avançar nas ações de ensino a distância e , diante do inquérito sorológico segundo o qual 18% das crianças testadas dissipado com o vírus, uma comissão considera imprescindível a imunização de trabalhadores e trabalhadores em creches, pré-escola, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizante e Educação de Jovens e Adultos ( EJA).

O Rio Grande do Norte segue iniciativas de outros estados, como São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo. Desde que foi aprovado o plano nacional de imunização contra a Covid-19, uma governadora professora Fátima Bezerra vem defendendo o reposicionamento dos trabalhadores em Educação na lista de prioridades da vacinação.

“É algo muito importante, diante da necessidade de reabertura das escolas. E nossa defesa tem sido, desde o início, uma importância da imunização dos trabalhadores e trabalhadoras em educação para uma retomada das aulas presenciais de forma segura para todos. “Lutamos incansavelmente, desde o ano passado, para incluir os profissionais de educação como prioritário no Plano Nacional de Imunização (PNI). E prometi que não descansaria enquanto não conseguíssemos incluir esses profissionais. E isto se justifica pela importância da educação. Lembro que, junto aos demais governadores, chegamos a enviar carta aos ministérios da Saúde e da Educação com essa solicitação de inclusão. Vitória da cidadania e da dignidade! ”, disse a governadora Fátima Bezerra.

Pela proposta, serão utilizadas 12.355 doses da reserva técnica do Estado, considerando as fases D1 e D2, da vacina Oxford / Astrazeneca. Inicialmente prioridade os trabalhadores da educação da rede pública municipal e estadual, compreendendo professores e professoras que atuam em sala de aula, seguindo o escalonamento por idade de forma decrescente. Posteriormente serão contempladas como demais categorias laborais que exercem atividades nas dependências das unidades escolares públicas, tais como merendeira, pessoal administrativo, porteiros e ASG. Na etapa seguinte serão imunizados os trabalhadores da rede privada.

“Como não temos vacinas para todo mundo nesse primeiro momento, a ideia é começar pelos professores da rede pública porque os alunos não tem ferramentas tecnológicas suficientes que precisam esse ensino a distância”, explicou Kelly Lima, coordenadora de vigilância em Saúde da Sesap. Ela disse que a vacina aplicada no município em que o trabalhador da educação reside, mediante comprovação de vínculo empregatício.

Na tarde de ontem (14), a Sesap encaminhou ofício ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, solicitando ampliação de doses de vacina contra Covid-19 para contemplar os trabalhadores da educação no Rio Grande do Norte.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo VACINAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO SERÁ AINDA EM MAIO, SEGUNDO PLANO ELABORADO PELO RN

PRIMEIRAS DOSES DA ABDALA, VACINA DESENVOLVIDA EM CUBA COMEÇAM A SER APLICADAS

Cuba inicia campanha de vacinação com seu próprio imunizante

Primeiras doses de Abdala, uma das vacinas em desenvolvimento na ilha, começaram a ser aplicadas em idosos em Havana

INTERNACIONAL

 Da AFP

Idosos aguardam em posto para receber a vacina Abdala em Havana

YAMIL LAGE / AFP – 12.5.2021

“A picada, no momento, me deu uma ardenciazinha”, mas “me sinto muito bema”, explica Cecilia Reyes, de 69 anos, após receber a primeira dose da Abdala, um dos dois projetos de vacinas contra a covid-19 mais avançados de Cuba e com os quais Havana iniciou a imunização da população.

A ilha, que concebeu e desenvolveu seus próprios antígenos contra o coronavírus, apressou-se nesta semana para iniciar a campanha de imunização em populações de risco, antes de concluir os testes clínicos de suas vacinas candidatas.

Esse tipo de campanha antes do final dos testes é conhecido como intervenção de saúde pública.

As autoridades médicas planejam autorizar em junho o “uso de emergência e/ou registro condicional” para a Abdala e a Soberana 2 e, assim, continuar com a imunização em massa.

“Leve queimação

Sentada em um banco na entrada do consultório onde foi vacinada em Regla, na zona leste da capital, Reyes, hipertensa, cardiopata e asmática, passa uma hora sob vigilância médica, conforme estabelece o protocolo de vacinação. Ela ainda está um pouco nervosa e não consegue parar de falar.

Ela reclama apenas de uma leve queimação no local da injeção. “Me sinto muito bem, não tive nada (nenhuma reação) e agora vou trabalhar, vou fazer umas batatas recheadas”, disse a dona de casa à AFP.

Também aguardando a ordem de voltar para casa, e sem sofrer nenhuma reação adversa, Ana María Cabrera (74) destaca que estava “ansiosa por este momento”, pois não esconde sua preocupação “por todos os casos (de coronavírus)” que o país está relatando diariamente.

“Eles vão nos dar duas doses da Abdala e a terceira será de Soberana 2”, explica Cabrera, reproduzindo o que o médico lhe explicou na entrevista inicial, na qual também indagou sobre seus males, os medicamentos que toma e ouviu os detalhes do processo.

O pequeno país tem uma longa história de vacinas: sob embargo dos Estados Unidos desde 1962, Cuba começou a desenvolver seus próprios remédios na década de 1980. Das 13 vacinas de seu programa de imunização, oito são produzidas localmente.

A campanha começou nesta quarta-feira em quatro municípios da capital, incluindo Regla, com os projetos de vacinas Abdala e Soberana 2, os mais avançados dos cinco que a ilha possui.

Cuba já realizou testes de intervenção com estas duas vacinas candidatas, mas em menor escala.

“Nem medo”, “nem preocupação”

Na capital do país, de 2,1 milhões de habitantes e atual epicentro local da pandemia, um primeiro grupo de 778.398 pessoas será vacinado entre maio e julho, e outro de 928.627, entre junho e agosto, conforme anunciado sábado pelo ministro da Saúde, José Angel Portal.

No mesmo período, mais de um milhão e meio de habitantes serão imunizados em Santiago de Cuba (sudeste), Isla de la Juventud (sudoeste) e Matanzas (oeste).

“Achamos que em junho teremos 22,6% da população imunizada, 33,5% em julho e 70% em agosto”, informou Portal à televisão cubana.

Com 11,2 milhões de habitantes, Cuba sofre há meses com um recrudescimento de casos de covid-19, mas continua registrando uma incidência menor do que seus vizinhos regionais, com 119.375 infecções e 768 mortes desde o início da pandemia, há mais de um ano.

Embora nervosos, a maioria dos moradores da capital chamados para serem vacinados nesta quarta-feira participou das 41 vacinações autorizadas, confiantes na eficácia do projeto Abdala.

Esta vacina candidata concluiu a terceira e última fase dos testes clínicos e está em processo de análise e avaliação desses resultados. Já o Soberana 2 deverá concluir sua terceira fase de teste  entre 15 e 18 de maio.

A Abdala é “uma vacina segura, embora (ainda) seja uma vacina candidata”, disse Niurka María Viciedo, 77, aposentada das Forças Armadas. “Graças a Fidel, graças a Deus (…). Graças a ele temos cientistas e temos capacidade para os cientistas trabalharem”, acrescentou com entusiasmo.

Fonte: R7
Continuar lendo PRIMEIRAS DOSES DA ABDALA, VACINA DESENVOLVIDA EM CUBA COMEÇAM A SER APLICADAS

EM NOTA A ANVISA ESCLARECE QUE A SUSPENSÃO IMEDIATA DA VACINA ASTRAZENECA EM GRÁVIDAS SE DEU APÓS A MORTE DE GESTANTE E FETO, DEPOIS DE TER SIDO VACINADA

Anvisa: Pedido para suspender vacinação em grávidas foi após morte de gestante

Agência afirma que ocorreu um ‘evento adverso grave’, o que significa que ainda não há conexão confirmada com imunizante

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo

11 de maio de 2021 às 18:30 

Atualizado 11 de maio de 2021 às 18:47

Profissional de saúde prepara dose da vacina da AstraZeneca contra Covid-19Profissional de saúde prepara dose da vacina da AstraZeneca contra Covid-19Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters

 A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou nesta terça-feira (11), em nota, que a decisão de propor a “suspensão imediata” do uso da vacina da AstraZeneca em grávidas foi tomada após uma gestante e o feto que carregava morrerem dias após a vacinação.

A Anvisa fala em “evento adverso” e não em “efeito adverso”. Ou seja, não há, ao menos até o momento, confirmação de nexo causal entre a vacina e o caso da gestante, acometida com um acidente vascular cerebral.

A agência pondera que não foram registrados outros casos semelhantes e que se baseia no “princípio da precaução”. A recomendação foi enviada pela Anvisa ao Ministério da Saúde na segunda-feira (10) e levou diversos estados a suspenderem preventivamente o uso do imunizante em gestantes.

Em nota, a Anvisa reforça que o uso em grávidas não está previsto na bula da vacina, pelo imunizante não ter sido testado em mulheres gestantes.

“O uso off label de vacinas, ou seja, em situações não previstas na bula, só deve ser feito mediante avaliação individual por um profissional de saúde que considere os riscos e benefícios da vacina para a paciente. A bula atual da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca não recomenda o uso da vacina por gestantes sem orientação médica”, diz o texto.

Continuar lendo EM NOTA A ANVISA ESCLARECE QUE A SUSPENSÃO IMEDIATA DA VACINA ASTRAZENECA EM GRÁVIDAS SE DEU APÓS A MORTE DE GESTANTE E FETO, DEPOIS DE TER SIDO VACINADA

BOAS NOTÍCIAS: O PROJETO S DO INSTITUTO BUTANTAN COLHE OS PRIMEIROS FRUTOS DA VACINAÇÃO EM MASSA EM SERRANA

A cidade de Serrana, na região metropolitana de Ribeirão Preto no interior de São Paulo, foi a escolhida pelo Instituto Butantan para realizar a vacinação em massa. O estudo imunizou 98% da população adulta da cidade e quase um mês após o término da vacinação verificou que os casos de Covid-19 caíram 66%. Uma ótima notícia em meio a tantas agruras. Leia o artigo completo a seguir e conheça o projeto S do Instituto Butantan.

Casos de Covid-19 caem 66% em Serrana, após vacinação em massa

Por redação

Quase um mês após o término da vacinação em massa na cidade de Serrana – Região Metropolitana de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo – os casos de Covid-19 caíram em 66% no município.

Os dados preliminares são do projeto S, do Instituto Butantan, responsável pelo estudo que imunizou 98% da população adulta da cidade.

Entre março e abril – período mais crítico da pandemia – as mortes em Serrana caíram de 19 para 6. A quantidade de casos diminuiu 66% e a de testes, 55%.

Leitos

Neste momento, dos seis leitos de enfermaria disponíveis na cidade, somente um está ocupado. Mas há também outros dez moradores da cidade internados em outros municípios – sete em UTIs e três em enfermarias, segundo dados da última quarta-feira (5).

O município que recebeu o Projeto S não possui leitos de UTI.

Queda de casos

O mês passado apresentou a menor proporção de casos descartados (ou negativos) do ano: 74% das notificações de testes resultaram em casos negativos.

Relatos de funcionários de postos da cidade indicam que os casos confirmados têm surgido quase sempre com sintomas leves.

Os dados de maio, embora ainda iniciais – computados até o dia 5 – seguem a mesma proporção de abril: queda em relação a março.

Nos cinco primeiros dias do mês, 43 casos foram confirmados e 101 foram descartados – sendo dois ainda em investigação e que podem ser alterados. A média diária de casos (8,6) é pouco superior à do mês passado (7,8).

Até o momento, um único óbito por covid-19 foi registrado este mês: trata-se de um paciente que estava internado em um hospital particular na cidade de Ribeirão Preto, próxima de Serrana.

Cautela

Por enquanto, porém, pesquisadores do Butantan e responsáveis pela saúde na cidade, evitam fazer relação direta com a imunização em massa até que os números sejam apresentados de forma robusta pelo instituto.

Segundo os coordenadores do Projeto S, os primeiros resultados oficiais do estudo devem sair a partir da segunda semana de maio.

Com informações do R7

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: O PROJETO S DO INSTITUTO BUTANTAN COLHE OS PRIMEIROS FRUTOS DA VACINAÇÃO EM MASSA EM SERRANA

PREFEITURA DE NATAL DESATIVA TEMPORARIAMENTE PONTO DE VACINAÇÃO POR DRIVE-THRU NO ARENA DAS DUNAS

 

Ponto de vacinação contra Covid-19 em drive thru, na Arena das Dunas, em Natal (Arquivo) — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV CabugiPonto de vacinação contra Covid-19 em drive thru, na Arena das Dunas, em Natal (Arquivo) — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O ponto de vacinação por drive-thru da Arena das Dunas, na Zona Sul de Natal, foi desativado temporariamente a partir deste domingo (09), segundo comunicado da prefeitura da capital.

A Arena era um dos seis pontos de drive-thru montado pelo município para imunização contra Covid-19, além das salas em unidades básicas de saúde.

Até este sábado (8), idosos e pessoas com comorbidades estavam sendo atendidos na Arena, com a vacina de Oxford/AstraZeneca.

Segundo a prefeitura, com o encerramento do Drive da Arena das Dunas, as equipes de vacinadores atuarão na vacinação das pessoas que vivem com HIV/Aids, nos quatro locais definidos:

Embora tenha informado que o fechamento do serviço é temporário, a prefeitura não divulgou prazo para retomada do funcionamento do serviço na Arena das Dunas.

Arena foi um dos primeiros pontos para vacinação abertos pela prefeitura em janeiro de 2021, no início da campanha de imunização contra Covid-19, mas teve atendimento suspenso e foi reaberta em março.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo PREFEITURA DE NATAL DESATIVA TEMPORARIAMENTE PONTO DE VACINAÇÃO POR DRIVE-THRU NO ARENA DAS DUNAS

PROFESSORES SÃO INCLUÍDOS NO GRUPO PRIORITÁRIO PARA VACINAÇÃO, APÓS PROJETO SER APROVADO PELA CCJ

CCJ aprova projeto que inclui professores no grupo prioritário da vacinação

07 maio 2021

CCJ aprova projeto que inclui professores no grupo prioritário da vacinação

Os membros da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa reuniram -se de forma extraordinária nesta quinta-feira (06) para apreciar dois Projetos de Lei. O primeiro, aprovado à unanimidade, foi o Projeto de Lei N° 75/2021, de autoria do deputado Francisco do PT, que inclui os trabalhadores em educação, no grupo prioritário, da fase 1 do Programa Emergencial de vacinação contra a Covid-19.

“Essa é uma luta que travo desde o início da vacinação. É urgente a necessidade de inclusão dos trabalhadores da educação nessa fase inicial da imunização”, justificou Francisco do PT.

A segunda matéria apreciada e aprovada à unanimidade foi o Projeto de Lei N° 96/2021, de autoria do deputado Albert Dickson (PROS), que reformula o texto da Lei, já aprovada em plenário, e estabelece que as igrejas e templos de qualquer culto sejam reconhecidos como atividade essencial.
“Na verdade, esse projeto está tendo o seu texto reformulado para permitir que idosos e crianças possam ter acesso aos templos, entre outros pontos”, disse o autor do projeto.

Participaram da reunião os deputados Raimundo Fernandes (PSDB), Kleber Rodrigues (PL), Hermano Morais (PSB) e Albert Dickson (PROS). As matérias seguem a tramitação normal até chegar ao plenário, onde os deputados irão apreciar e votar.

Fonte; Política em Foco
Continuar lendo PROFESSORES SÃO INCLUÍDOS NO GRUPO PRIORITÁRIO PARA VACINAÇÃO, APÓS PROJETO SER APROVADO PELA CCJ

MEDIDAS ANUNCIADAS NA FLÓRIDA FACILITAM VACINAÇÃO PARA TURISTAS E PESSOAS SEM DOCUMENTOS

Flórida facilita vacinação de turistas e pessoas sem documentos

Estado americano havia imposto a apresentação de comprovante de residência para frear a vacinação de pessoas de outras regiões

INTERNACIONAL

 Da AFP

Medidas anunciadas facilitam a vacinação de turistas

Maiores de 16 anos podem receber vacinas contra a covid-19 na Flórida a partir desta sexta-feira (30) sem apresentar comprovante de residência, anunciaram autoridades de saúde, o que abre caminho para a imunização de pessoas sem documentos e facilita o “turismo da vacina” no estado americano.

Para responder à chegada de turistas ávidos pela imunização em janeiro, quando as vacinas contra a Covid-19 ainda eram escassas, a Flórida havia imposto a apresentação de comprovante de residência para liberar a aplicação do imunizante.

A medida afetou as pessoas sem documentos, muitas das quais não possuem habilitação, contratos ou contas no próprio nome, o que levou legisladores e ativistas a pedirem ao governador, Ron DeSantis, que eliminasse essa barreira.

Agora que mais de 6 milhões de pessoas já se vacinaram no estado e a demanda é menor, o Departamento de Saúde anunciou na noite de ontem que reverteu sua decisão de janeiro, e que as vacinas estarão disponíveis “para todos que sejam residentes ou estejam na Flórida com o propósito de oferecer bens ou serviços em benefício dos residentes e visitantes do estado”.

As pessoas sem documentos poderão se vacinar apenas indicando verbalmente que vivem ou prestam serviço no estado. A prefeita de Miami-Dade, Daniella Levine-Cava, democrata, comemorou hoje a mudança: “É uma vitória para todos que chamamos de lar a nossa comunidade”, tuitou.

A decisão, no entanto, também facilita o chamado “turismo da vacina”, que o obstáculo imposto em janeiro pretendia conter. “Os benefícios de abrir a vacinação para os sem documentos são muito maiores do que a necessidade de limitá-la para evitar os turistas”, defendeu Guadalupe de la Cruz, da ONG de justiça social American Friends Service Committee, da Flórida.

A restrição anterior não impedia turistas de se vacinarem na Flórida. Desde janeiro, latino-americanos burlavam de forma criativa a necessidade do comprovante de residência, apresentando contas bancárias com endereço nos Estados Unidos ou contratos temporários de aluguel pelo site Airbnb, por exemplo, que eram posteriormente cancelados.

Há uma semana, o prefeito de North Miami Beach, Anthony DeFillipo, disse em transmissão ao vivo pelo Facebook com entrevistadores colombianos que sua cidade havia vacinado muitos turistas que apresentaram apenas o endereço do hotel ou do consulado de seu país.

Seu aparente convite aos latinos para que viajassem a fim de se vacinar foi divulgado com entusiasmo pela imprensa da região, e na última segunda-feira a cidade teve que desfazer “o mal-entendido”, segundo o jornal local “Miami Herald”.

Fonte: R7
Continuar lendo MEDIDAS ANUNCIADAS NA FLÓRIDA FACILITAM VACINAÇÃO PARA TURISTAS E PESSOAS SEM DOCUMENTOS

BOAS NOTÍCIAS: COM 50% DA POPULAÇÃO VACINADA ISRAEL TEM 1º DIA SEM MORTES POR COVID

texto

Israel comemora 1º dia sem mortes pela pandemia em 10 meses

A vacinação deu certo! Israel comemorou o primeiro dia sem mortes provocadas pela pandemia nos últimos 10 meses e a economia do país, que foi parcialmente reaberta, agradece!

“Esta é uma grande conquista para o sistema de saúde e os cidadãos israelenses. Juntos, estamos erradicando o coronavírus”, tuitou o ministro da Saúde, Yuli Edelstein, na sexta-feira, 23.

A conquista foi registrada após 10 meses de alta nos casos.

Desde março, a economia voltou a funcionar, com abertura de restaurantes, bares e cafés para portadores do chamado “passe-verde”, que já tomaram as duas doses da vacina.

Como

A queda em casos de Covid-19 deve-se à rápida vacinação no país e a medidas intensas de lockdown.

A última vez que o país relatou zero mortes pelo coronavírus foi no final de junho de 2020, depois que outro lockdown conteve o avanço da primeira onda de infecções.

A Covid-19 recuou após atingir seu pico em janeiro deste ano.

O governo de Israel começou a flexibilizar as restrições do lockdown um mês depois, à medida que a vacinação avançava de forma rápida.

Sucesso na vacinação

Israel tem a maior taxa de vacinação do mundo. O país está se preparando para começar a vacinar crianças de 12 a 15 anos assim que órgãos reguladores aprovarem o uso da vacina para pessoas nessa faixa etária.

Na última quinta-feira (22/4), o país atingiu 5 milhões de pessoas vacinadas com as duas doses, o correspondente a 52% dos 9 milhões de habitantes israelenses.

Brasil

Até agora o Brasil vacinou 13,5 % de seus 212 milhões de habitantes, ou seja, 28,7 milhões de pessoas receberam pelo menos uma dose de vacina contra Covid, de acordo consórcio de veículos de imprensa.

A segunda dose já foi aplicada em 12,2 milhões pessoas, o que representa 5,79% da população brasileira.

Israel usa apenas a vacina desenvolvida pela Pfizer e BioNTech.

Em fevereiro, o ministério da Saúde israelense informou que o risco de doenças causadas pelo vírus caiu 95,8% entre as pessoas que receberam as duas doses dessa vacina.

Com informações do Metrópoles

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: COM 50% DA POPULAÇÃO VACINADA ISRAEL TEM 1º DIA SEM MORTES POR COVID

BOAS NOTÍCIAS: 1,7 MILHÃO DE DOSES APLICADAS EM 24 HORAS É O NOVO RECORDE DO BRASIL NA VACINAÇÃO

Precisamos mostrar e espalhar notícia boa em meio a tanta coisa ruim acontecendo no nosso país. Por isso a nossa coluna BOAS NOTÍCIAS deste domingo apresenta os melhores números da da pandemia pra você perceber que coisas boas também estão acontecendo. O Brasil acaba de bater mais um recorde na vacinação, com 1,7 milhão de doses aplicadas em 24 horas. Leia o artigo completo a seguir e conheça os detalhes!

Brasil bate novo recorde na vacinação: 1,7 milhão de doses em 24 h

Vacinação no Brasil - Foto: Gustavo Moreno /MetrópolesVacinação no Brasil – Foto: Gustavo Moreno /Metrópoles

O Brasil bateu novo recorde de doses aplicadas em 24 horas e começa a melhorar o ritmo da vacinação. Nesta sexta, 23, foram aplicadas 1,7 milhão de doses de vacinas contra a covid-19.

No total, foram 1.744.001 doses distribuídas, informou o consórcio de veículos de imprensa, com base nas informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Os números podem ser explicados pelo represamento de dados ocorrido nos últimos dias em alguns estados. Houve instabilidade no registro de informações sobre a vacinação no sistema do Ministério da Saúde.

De qualquer forma, houve aumento em relação ao 1 milhão de doses em 24 horas que o governo conseguiu aplicar no dia 1º de abril.

Os vacinados

Com os dados desta sexta, o Brasil chegou a 28,7 milhões de pessoas vacinadas contra a covid-19, com pelo menos uma dose, Isso equivale a 13,58% da população nacional.

Nas últimas 24 horas, a primeira dose de vacina foi aplicada em 820.105 pessoas em todo o país. Outras 923.896 receberam a segunda dose no mesmo período.

No total, 12,2 milhões de brasileiros receberam as duas doses de imunizante. Isso representa 5,79% da população nacional.

Estados

O estado que proporcionalmente mais vacinou seus habitantes com a primeira dose é o Rio Grande do Sul: 18,11% de sua população.

Já o estado de São Paulo lidera entre os que mais aplicaram a segunda dose: 8,01% de seus habitantes.

Com informações do IG

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: 1,7 MILHÃO DE DOSES APLICADAS EM 24 HORAS É O NOVO RECORDE DO BRASIL NA VACINAÇÃO

EUROPA INICIA AFROUXAMENTO DAS RESTRIÇÕES APÓS AVANÇO NA VACINAÇÃO

Com avanço da vacinação, Europa inicia afrouxamento de restrições

França, Reino Unido, Itália e outros países europeus retomam as atividades conforme controlam o número de casos de covid-19

INTERNACIONAL

 Do R7, com EFE

Portugal

Fonte:R7
Continuar lendo EUROPA INICIA AFROUXAMENTO DAS RESTRIÇÕES APÓS AVANÇO NA VACINAÇÃO

SAIBA QUAIS OS PONTOS DE VACINAÇÃO EM NATAL CONTRA O CORONAVIRUS E A INFLUENZA NESTE FERIADO DE 21 DE ABRIL

Por G1 RN

 

Vacinação em Natal continua no feriado de Tiradentes — Foto: Rennê Carvalho/SecomVacinação em Natal continua no feriado de Tiradentes — Foto: Rennê Carvalho/Secom

Natal terá pontos de vacinação contra Covid-19 e Influenza abertos nesta quarta-feira (21), feriado de Tiradentes. O funcionamento dos quatro drives será das 8h às 16h. Os Centros de Atendimento para Enfrentamento da Covid no Ginásio Nélio Dias e no Cemure também atenderão a população no mesmo horário.

A prefeitura lembra que, no momento, só está disponível o imunizante de Oxford/AstraZeneca contra a Covid.

Natal segue vacinando pessoas a partir de 63 anos e oferece a segunda dose de Oxford para quem estiver dentro do tempo aprazado no cartão vacinal.

Quanto à Influenza, a imunização é destinada aos trabalhadores da saúde, gestantes, crianças de 6 a meses a menores de 6 anos e mães em até 45 dias após o parto. É necessário levar documento de identificação com foto, cartão de vacinação e comprovante de residência de Natal.

De acordo com a prefeitura, a vacinação continua na quinta-feira (22) nos quatro pontos que estarão abertos no feriado e no drive do Sesi (para Covid), além das Unidades Básicas de Saúde. Os drives da UnP Roberto Freire e Arena das Dunas ficarão em manutenção provisoriamente até que chegue uma nova remessa de vacinas.

Locais de vacinação em Natal

  • Via Direta (Covid)
  • OAB (Covid)
  • Nélio Dias (Covid e Influenza)
  • Palácio dos Esportes (Influenza)

Centros Covid

Os Centros Covid do Nélio Dias e Cemure abrem neste feriado de Tiradentes e também no sábado (24) e domingo (25). O espaço é destinado a pacientes com casos leves sugestivos de infecção pelo coronavírus (tosse, febre, dor de cabeça, perda de olfato ou paladar). Os usuários têm acesso à consulta médica, dispensação de medicamentos e possibilidade de testagem swab com prescrição.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo SAIBA QUAIS OS PONTOS DE VACINAÇÃO EM NATAL CONTRA O CORONAVIRUS E A INFLUENZA NESTE FERIADO DE 21 DE ABRIL

NATAL ABRE NESTE FIM DE SEMANA PONTOS DE DRIVE-THRU PARA VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 E INFLUENZA

Por G1 RN

 

Vacinação contra Covid-19 segue em Natal no fim de semana — Foto: DivulgaçãoVacinação contra Covid-19 segue em Natal no fim de semana — Foto: Divulgação

Natal vai abrir neste sábado (17) e domingo (18) os pontos de drive-thru para a vacinação contra a Covid-19 e a Influenza, o vírus da gripe.

Segundo a prefeitura, a campanha de imunização contra a Covid-19 segue com aplicação da primeira dose em pessoas a partir de 63 anos, com a vacina de Oxford/AstraZeneca.

O lote de CoronaVac recebido nesta sexta-feira (16) será destinado à aplicação da segunda dose. Portanto, quem só recebeu a primeira dose da CoronaVac e está no prazo para receber a segunda, deve se dirigir a um dos pontos de vacinação.

A Secretaria de Saúde de Natal recomenda agora que a população receba a segunda dose da CoronaVac entre o 21º e o 28º dia, ou na data já aprazada no cartão de vacinação – a imunização neste período leva a eficácia a até 62%, maior do que quando a segunda dose é aplicada após 14 dias.

Para receber o imunizante é necessário apresentar o cartão de vacinação, comprovante de residência de Natal e documento com foto.

Locais para vacinação contra Covid-19

  • Arena das Dunas
  • UnP na unidade da avenida Roberto Freire
  • Ginásio Nélio Dias
  • OAB
  • Shopping Via Direta
  • Sesi/Fiern*

Os pontos funcionam das 8h às 16h. Os cinco últimos contam também com pontos de vacinação para pedestres.

*O único a não abrir no domingo é o Sesi.

Na segunda-feira a campanha ganha o reforço das 35 salas de imunização existentes na rede municipal com ênfase na imunização contra a covid-19.

Locais para vacinação contra Influenza

  • Palácio dos Esportes
  • Ginásio Nélio Dias, com acesso pelo portão 3

O público alvo dessa fase são crianças de seis meses a menores de seis anos de idade, gestantes, mulheres com 45 dias pós parto, povos indígenas e trabalhadores da saúde. Na segunda-feira, além dos drive de vacinação, a SMS Natal também disponibiliza 20 salas de vacinação para a população.

O intervalo entre a vacina da Covid-19 e a vacina da gripe deve ser de, no mínimo, 14 dias. Portanto, se a pessoa tomar a vacina da gripe no dia 1, deve esperar até o dia 15 para receber a vacina da Covid-19, ou vice versa.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo NATAL ABRE NESTE FIM DE SEMANA PONTOS DE DRIVE-THRU PARA VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 E INFLUENZA

BOAS NOTÍCIAS: QUANDO VOU SER VACINADO É O SITE ONDE VOCÊ FICA SABENDO QUANDO SERÁ VACINADO

Com base na disponibilidade de vacinas, idade e estado, um grupo de trabalho criou um site que estima quando você será vacinado(a). Esta é a grande novidade desta terça-feira, aqui na coluna BOAS NOTÍCIAS. Então leia o artigo completo a seguir e saiba como você consegue obter essa importante informação!

Site voluntário faz estimativa de quando você será vacinado

Um grupo de trabalho voluntário criou um site que estima, com base na disponibilidade de doses de vacina, idade e estado, quando você será vacinado.

Segundo o ‘Quando vou ser vacinado’, uma pessoa de 62 anos, que mora em São Paulo, por exemplo, será vacinada contra a covid-19 em 16 dias.

O cálculo automatizado do site leva em conta fatores como a faixa etária da população e grupos prioritários.

No entanto, o site avisa que as datas podem mudar diariamente devido a alterações na sua base de dados sobre a oferta de vacinas e o ritmo da vacinação.

Formulário

Basta informar a idade e o estado onde será vacinado, que o site, baseado em informações sobre as doses já aplicadas, tamanho da população e no histórico do Sistema Único de Saúde na campanha de vacinação contra o H1N1 em 2020, faz o cálculo.

Em alguns segundos ele dá a previsão em meses e dias.

Contudo, alerta a Secretaria Estadual de Saúde (SES), uma estimativa realista, de fato, dependeria de muitos outros fatores.

Dados Estatísticos

Os dados da população que estão considerados na calculadora do site são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Vale reforçar que trata-se apenas de uma estimativa.

Para saber mais acesse o site ‘Quando vou ser vacinado’.

Por Andréa Fassina, redação do Só Notícia Boa – Com informações da Exame

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: QUANDO VOU SER VACINADO É O SITE ONDE VOCÊ FICA SABENDO QUANDO SERÁ VACINADO

BOAS NOTÍCIAS: MÃES VACINADAS QUE AMAMENTAM PASSAM SUA IMUNIDADE PARA SEUS FILHOS

Neste domingão temos boas novas, aqui na coluna BOAS NOTÍCIAS. A Sociedade Brasileira de Pediatria – SBP, divulgou um estudo científico que comprova: mães vacinadas contra a Covid-19, que amamentam, passam anticorpos para recém-nascidos, ou seja, protegem os filhos da doença! Uma excelente notícia em meio a tanta desgraça acontecendo no nosso imenso país. Então convido você a ler o artigo completo a seguir e conhecer os detalhes dessa boa nova!

Mães vacinadas que amamentam passam anticorpos para recém-nascidos

A Sociedade Brasileira de Pediatria – SBP, divulgou um estudo científico que comprova: mães vacinadas contra a Covid-19, que amamentam, passam anticorpos para recém-nascidos, ou seja, protegem os filhos da doença!

O estudo da SBP diz que não é preciso interromper a amamentação após a vacinação e faz uma análise das duas vacinas utilizadas no Brasil, no momento, a Coronavac e a AstraZeneca.

Conforme a análise, a vacinação em gestantes ou lactantes indica a proteção da mulher, diminuindo o risco teórico de transmissão e infecção dos filhos.

Leite Materno e Anticorpos

A entidade, por meio de seus Departamentos Científicos de Imunização, Infectologia e Aleitamento Materno, fez uma revisão sobre os dados disponíveis e orienta a vacinação contra a COVID-19 para lactantes.

Lembrando que o Ministério da Saúde recomendou a vacinação em gestantes, em nota técnica divulgada em março, desde que haja avaliação e orientação médica.

“O leite materno contém anticorpos (IgA secretória contra o SARS-CoV-2) que poderiam potencialmente proteger o bebê amamentado.

A recomendação da vacinação de mulheres que, na sua oportunidade de vacinação, estiverem amamentando, independentemente da idade de seu filho, sem necessidade de interrupção do aleitamento materno, ressaltando todos os benefícios de ambas as ações”, enfatiza o documento.

Recomendação

Na mesma linha a favor da vacinação, a Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, a Associação de Ginecologia e Obstetrícia do Estado do Rio de Janeiro, a Associação de Obstetrícia e Ginecologia de Santa Catarina, entre outras entidades internacionais, também se posicionaram favoravelmente.

A nota técnica do MS recomenda a imunização das gestantes diagnosticadas com diabetes, hipertensão, obesidade, doenças cardiovasculares, asma, transplantadas, crônicas renais e doenças autoimunes.

O documento da SBP finaliza ressaltando que mulheres que preferirem não se vacinar devem ser apoiadas em sua decisão e instruídas a manter medidas de proteção como higiene das mãos, uso de máscaras e distanciamento social.

Por Andréa Fassina, da redação do Só Notícia Boa – Com informações da SPB e MidiaMax

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: MÃES VACINADAS QUE AMAMENTAM PASSAM SUA IMUNIDADE PARA SEUS FILHOS

VACINAÇÃO PARA IDOSOS DE 63 ANOS COMEÇA NO SÁBADO EM NATAL

Natal inicia vacinação para os idosos de 63 anos no sábado

Início da vacinação para essa faixa etária começa neste sábado nos drives-thrus do Palácio dos Esportes, Arena das Dunas, UNP, Ginásio Nélio Dias, OAB, Shopping Via Direta e SESI

Redação 09/04/2021 | 23:11

Vacina contra covid-19 x vacina contra a gripe: o que você precisa saberDocumentação necessária para a vacinação: cartão de vacinação, documento com foto e comprovante de residência de Natal

Chegou a vez dos idosos de 63 anos se vacinarem contra Covid-19. O início da vacinação para essa faixa etária começa neste sábado nos sete drives montados pela Prefeitura do Natal (Palácio dos Esportes, Arena das Dunas, UNP, Ginásio Nélio Dias, OAB, Shopping Via Direta e SESI), os cinco últimos contam também com pontos de pedestres. No sábado os drives de vacinação contra COVID-19 funcionarão das 8h às 16h, e no domingo, com exceção do SESI, os demais pontos continuam operando no mesmo horário. Durante a semana a população se preferir pode procurar também uma das 35 Unidades Básicas de Saúde que estão realizando a vacinação. Documentação: Cartão de vacinação, documento com foto e comprovante de residência de Natal.

Saiba mais em: https://agorarn.com.br/ultimas/natal-inicia-vacinacao-para-os-idosos-de-63-anos-no-sabado/ | Agora RN

Fonte: Agora RN

Continuar lendo VACINAÇÃO PARA IDOSOS DE 63 ANOS COMEÇA NO SÁBADO EM NATAL

PLATAFORMA DIGITAL CRIADA PELA PREFEITURA DE NATAL INFORMA EM TEMPO REAL O MELHOR LOCAL PARA RECEBER VACINA CONTRA COVID-19

Plataforma lançada pela Prefeitura informa em tempo real dados sobre pontos de vacinação

09 abr 2021

Plataforma lançada pela Prefeitura informa em tempo real dados sobre pontos de vacinação | Política em Foco

Em apenas um clique, o natalense vai saber qual o melhor local para poder receber a vacina contra a Covid-19. A Prefeitura de Natal lançou nesta sexta-feira (09) uma ferramenta on-line, oferecendo esse serviço a toda população. Pelo endereço eletrônico https://vacina.natal.rn.gov.br/, o cidadão poderá saber em qual ponto do sistema de drive-thru poderá ser atendido de forma mais segura e rápida. Além disso, o portal conta com o Vacinômetro, trazendo o número de pessoas vacinadas até o momento, bem como o total de alimentos arrecadados pela campanha Vacina Solidária.

O sistema é simples e será atualizado de hora em hora. Nesse primeiro momento, estão listados no site os oito pontos de vacinação no sistema drive-thru (shopping Via Direta, ginásio Nélio Dias, Palácio dos Esportes, sede da OAB/RN, UNP Roberto Freire, Sesi e Arena das Dunas) e os seis pontos onde há aplicação para os pedestres (shopping Via Direta, Nélio Dias [idosos e profissionais da saúde], sede da OAB/RN, Sesi e UNP Roberto Freire). Ao acessar, o usuário vai saber se o local em que deseja ir está sem fila, com pouca fila, fila moderada ou fila intensa. Caso a aplicação no local tenha fechado, o aviso será de fila encerrada. Atualmente, já foram aplicadas 177.164 doses em Natal.

Segundo o prefeito Álvaro Dias, a Prefeitura tem buscado “alternativas no desenvolvimento de ferramentas digitais em todas as suas áreas para facilitar ao máximo o acesso do cidadão aos serviços oferecidos pelo poder público municipal”.

A secretária municipal de Planejamento, Joana Guerra, destaca que houve um esforço conjunto da sua pasta (Sempla) com as secretarias municipais de Governo e Mobilidade Urbana e com a Infinita Imagem, que doou o layout do portal. “Vamos seguir aperfeiçoando a plataforma para oferecer ainda mais funcionalidade, comodidade e segurança aos usuários”, afirma a secretária.

Fonte: Política em Foco

Continuar lendo PLATAFORMA DIGITAL CRIADA PELA PREFEITURA DE NATAL INFORMA EM TEMPO REAL O MELHOR LOCAL PARA RECEBER VACINA CONTRA COVID-19

EUA NÃO APOIAM UM SISTEMA QUE EXIGE PASSAPORTE DE VACINAÇÃO E DESCARTA IMPOSIÇÃO DE CREDENCIAIS

Casa Branca descarta imposição de passaporte de vacinação nos EUA

Secretária de imprensa do governo afirma que país não apoia um sistema que exige que norte-americanos carreguem credenciais

INTERNACIONAL

 Da AFP

Anúncio foi feito por Jen Psaki, secretária de imprensa da Casa Branca

ALEX WONG / GETTY IMAGES VIA AFP

A Casa Branca descartou nesta terça-feira (6) a imposição de qualquer forma de passaporte sanitário de vacinação contra o coronavirus nos Estados Unidos, mas disse que as empresas privadas são livres para explorar a ideia.

“O governo não apoia ou apoiará agora um sistema que exige que os americanos carreguem uma credencial. Não haverá banco de dados federal de vacinas ou ordem federal que exija que todos obtenham uma única credencial de vacinação”, disse a jornalistas a secretária de imprensa, Jen Psaki.

Os chamados passaportes de vacinação, que comprovam imunização contra a covid-19, têm sido apresentados em todo o mundo como uma ferramenta potencialmente poderosa para reabrir países com segurança para reuniões em massa e viagens.

No entanto, a ideia gerou resistência generalizada sobre questões de privacidade e outros abusos dos direitos civis.

Psaki disse que o maior interesse vem de empresas privadas que buscam reabrir locais onde “há grande quantidade de pessoas”, como estádios ou teatros.

A porta-voz do governo de Joe Biden disse que um “guia” será publicado com “respostas importantes para as perguntas dos americanos, em particular sobre preocupações com privacidade, segurança e discriminação”.

“Nosso interesse, por parte do governo federal, é muito simples, é de que a privacidade e os direitos dos americanos devem ser protegidos e, portanto, que esses sistemas não sejam usados de forma injusta contra a população”, afirmou Psaki.

Fonte: R7
Continuar lendo EUA NÃO APOIAM UM SISTEMA QUE EXIGE PASSAPORTE DE VACINAÇÃO E DESCARTA IMPOSIÇÃO DE CREDENCIAIS

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar