SAÚDE: BRASIL REGISTRA PRIMEIRA MORTE POR VARÍOLA DOS MACACOS

Brasil registra primeira morte por varíola dos macacos, em Minas Gerais

Óbito de paciente adulto foi confirmado pelo Ministério da Saúde; país tem a primeira vítima da doença fora da África

Lucas Rocha

Fernando Alves

Carolina Figueiredo

da CNN

em São Paulo e em Brasília

Minas Gerais registra primeira morte por varíola dos macacos no BrasilMinas Gerais registra primeira morte por varíola dos macacos no Brasil Foto: Josué Damacena/IOC/Fiocruz

O Brasil registrou a primeira morte por varíola dos macacos. O óbito de um paciente adulto de Minas Gerais foi confirmado pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (29).

O país tem a primeira morte pela doença fora da África. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que, de janeiro até o dia 22 de julho, cinco mortes foram registradas no mundo por varíola dos macacos, todas no continente africano, sendo três vítimas na Nigéria e duas na República Centro-Africana.

Na quinta-feira (28), o Ministério da Saúde passou a usar o termo “surto” ao divulgar informações relativas aos casos da doença no país.

O vírus Monkeypox causa uma doença com sintomas semelhantes à varíola comum, mas menos graves. Os sintomas incluem bolhas no rosto, mãos, pés, olhos, boca ou genitais, febre, linfonodos inchados, dores de cabeça e musculares e falta de energia.

Existem dois grupos de vírus da varíola dos macacos: o da África Ocidental e o da Bacia do Congo (África Central).

As infecções humanas com o tipo de vírus da África Ocidental parecem causar doenças menos graves em comparação com o grupo viral da Bacia do Congo, com uma taxa de mortalidade de 3,6% em comparação com 10% para o da Bacia do Congo.

“A coisa mais importante sobre a varíola dos macacos é que ela causa uma erupção cutânea que pode ser desconfortável, pode causar coceira e pode ser dolorosa. Portanto, a coisa mais importante sobre cuidar de alguém com essa doença é basicamente cuidar da pele e cuidar de quaisquer sintomas que alguém possa ter, como dor ou coceira”, afirma a cientista Rosamund Lewis, líder técnica sobre varíola dos macacos do Programa de Emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os cuidados clínicos para a varíola dos macacos são voltados para o alívio dos sintomas, além do gerenciamento de complicações e prevenção de sequelas a longo prazo. Os pacientes devem receber líquidos e alimentos para manter o estado nutricional adequado. Infecções bacterianas secundárias devem ser tratadas conforme indicado.

 

Continuar lendo SAÚDE: BRASIL REGISTRA PRIMEIRA MORTE POR VARÍOLA DOS MACACOS

SEGUNDO LEVANTAMENTO, BRASIL REGISTRA 78 CASOS DE VARÍOLA DOS MACACOS

Brasil registra 78 casos confirmados de varíola dos macacos

De acordo com levantamento feito pela CNN, São Paulo é o estado com maior número de casos da doença

Carolina Figueiredo

Danilo Moliterno

Pedro Zanatta

da CNN

em São Paulo

Investigação de caso de varíola dos macacos na Fiocruz.Investigação de caso de varíola dos macacos na Fiocruz.Foto: Josué Damacena/IOC/Fiocruz

O Brasil já registrou pelo menos 78 casos de varíola dos macacos, de acordo com levantamento feito pela CNN neste domingo (3). A última atualização foi feita às 19h36.

São Paulo é o estado com o maior número de casos confirmados (53). Em seguida está o Rio de Janeiro (16), Rio Grande do Sul (2), Minas Gerais (2), Ceará (2), Distrito Federal (1), Paraná (1) e Rio Grande do Norte (1). Além disso, o país contabiliza pelo menos 29 casos suspeitos.

Já o Ministério da Saúde informou, neste domingo, que foram registrados 76 casos confirmados da doença. No entanto, ainda não havia sido contabilizado pela pasta o primeiro caso no confirmado Paraná.

De acordo com a pasta, foram registrados 52 casos em São Paulo, 16 no Rio de Janeiro, dois no Ceará, dois no Rio Grande do Sul, dois em Minas Gerais, um no Rio Grande do Norte e um no Distrito Federal.

O ministério diz ainda que segue em articulação direta com os estados para monitoramento dos casos e rastreamento dos contatos dos pacientes.

Veja a nota na íntegra.

“O Ministério da Saúde informa que, até o momento, 76 casos de monkeypox foram confirmados no Brasil, sendo um do Distrito Federal, um no Rio Grande do Norte, dois em Minas Gerais, dois no Rio Grande do Sul, dois no Ceará, 16 no Rio de Janeiro e 52 em São Paulo. A Pasta, por meio da Sala de Situação e CIEVS Nacional, segue em articulação direta com os estados para monitoramento dos casos e rastreamento dos contatos dos pacientes.”

Continuar lendo SEGUNDO LEVANTAMENTO, BRASIL REGISTRA 78 CASOS DE VARÍOLA DOS MACACOS

NOS CINCO PRIMEIROS MESES DESTE ANO RN REGISTRA DEZ VEZES MAIS CASOS DE DENGUE DO QUE NO MESMO PERÍODO DE 2021

Por g1 RN

 

RN registra 10 vezes mais casos de dengue nos 5 primeiros meses de 2022 do que no mesmo período de 2021 — Foto: Getty ImagesRN registra 10 vezes mais casos de dengue nos 5 primeiros meses de 2022 do que no mesmo período de 2021 — Foto: Getty Images

Nos cinco primeiros meses deste ano o Rio Grande do Norte registrou 10 vezes mais casos de dengue do que no mesmo período de 2021. De acordo com o último boletim epidemiológico de arboviroses, de janeiro a 21 de maio de 2022 foram confirmados 3.195 casos de dengue no estado. Em 2021, neste mesmo período, foram 311.

Os dados da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) revelam ainda que foram notificados 20.258 casos de dengue até 21 de maio. Destes, 2.392 foram descartados e outros 17.866 seguem em investigação.

Nove mortes estão em investigação e um óbito causado pela dengue foi confirmado no RN.

“Desde o decreto da epidemia de arbovirose esse aumento vem sendo contínuo. A vigilância também precisa ser contínua e precisa ser de todos para que nós consigamos controlar esse cenário epidemiológico aqui no estado. É importante deixar claro que essas notificações se dão a partir de exame laboratorial, mas também a partir de critérios clínicos epidemiológicos. Ou seja, se naquele município já existem casos de arboviroses e as pessoas estão desenvolvendo os sintomas que se refere a uma dessas doenças o diagnóstico pode ser feito sem necessariamente a realização de um exame”, explicou Kelly Lima, coordenadora de Vigilância em Saúde da Sesap.

Chikungunya e zika

Até o dia 21 de maio, o estado registrou 5.592 casos prováveis de chikungunya e 1.705 casos prováveis de infecção pelo zika vírus.

A comparação com o mesmo período de 2021 mostra que a incidência de Zika teve aumento de 1.622,22% e a chikungunya teve crescimento de 189,89%.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo NOS CINCO PRIMEIROS MESES DESTE ANO RN REGISTRA DEZ VEZES MAIS CASOS DE DENGUE DO QUE NO MESMO PERÍODO DE 2021

SEGUNDO DADOS DO DESTATIS, ALEMANHA REGISTRA EM MAIO NÍVEL MAIS ALTO DE INFLAÇÃO EM QUASE 50 ANOS

Inflação na Alemanha registra em maio nível mais alto em quase 50 anos

Centro de Estatísticas destacou os preços de energia

Conflito entre Ucrânia e Rússia contribuiu para a situação econômica negativa da Alemanha

Conflito entre Ucrânia e Rússia contribuiu para a situação econômica negativa da Alemanha | Foto: RalfWieckhorst/ Pixabay

O instituto de estatísticas Destatis informou nesta segunda-feira, 30, que a inflação na Alemanha em maio foi de quase 8%. Trata-se do nível mais alto registrado desde dezembro de 1973, observou o Destatis. No mês anterior, o crescimento do índice de preços ao consumidor foi de pouco mais de 7%.

Em nota, o instituto comunicou que os preços de energia impactaram a alta da inflação na Alemanha por causa da invasão russa à Ucrânia — na relação anual, subiram cerca de 40% em maio deste ano. O Destatis observou que o conflito entre os dois países somou-se aos “efeitos sobre os preços das cadeias de abastecimento perturbadas em resultado da pandemia de covid-19”.

Alta da inflação na Alemanha se repete em outros países

A inflação na Argentina chegou a quase 60% em abril, informou o Instituto de Estatística e Censos (Indec). Trata-se do maior avanço da inflação em 12 meses desde janeiro de 1992, sob o governo do então presidente, Carlos Menem.

No quarto mês do ano, os preços aumentaram 6% em relação a março, queda de quase 1 ponto porcentual na comparação com o valor do mês anterior, quando ocorreu o maior aumento mensal dos últimos 20 anos (quase 7%).

Departamento do Trabalho dos Estados Unidos informou que a inflação nos EUA em 12 meses está em pouco mais de 8%. Em abril, o índice de preços ao consumidor teve alta de 0,3% — no mês anterior, 1,2%.

“Aumentos nos índices de moradia, alimentação, passagens aéreas e veículos novos foram os maiores contribuintes para a elevação de todos os itens com ajuste sazonal”, registrou a pasta, em um relatório. “O índice de alimentos subiu 0,9% no mês, enquanto o índice de alimentação em casa subiu 1%.”

No Brasil, no acumulado em 12 meses até abril, o Índice de Preços ao Consumidor chegou a quase 12,15% no acúmulo dos últimos 12 meses, maior alta em 19 anos.

Fonte: R7

Continuar lendo SEGUNDO DADOS DO DESTATIS, ALEMANHA REGISTRA EM MAIO NÍVEL MAIS ALTO DE INFLAÇÃO EM QUASE 50 ANOS

ALESP REGISTRA ENTRE JANEIRO E ABRIL DESTE ANO MAIOR NÚMERO DE REPRESENTAÇÕES POR QUEBRA DE DECORO DA HISTÓRIA DESDE A CRIAÇÃO DO CONSELHO

Número de representações por quebra de decoro na Alesp é o maior em 23 anos

Foram 28 representações no Conselho de Ética apenas nos cinco primeiros meses de 2022

Carolina Figueiredo

da CNN

São Paulo

Fachada da Assembleia Legislativa de São Paulo, na zona sul de São Paulo.Fachada da Assembleia Legislativa de São Paulo, na zona sul de São Paulo.Foto: Divulgação/Alesp

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) já registrou, entre janeiro e abril desse ano, o maior número de representações por quebra de decoro no Conselho de Ética da Casa da história. O Conselho foi criado em 1994, mas os dados digitalizados só estão disponíveis a partir de 1999.

Foram 28 representações por comportamentos considerados desrespeitosos só nos primeiros cinco meses de 2022. O recorde anterior foi no ano de 2019, quando 21 representações foram feitas. Foi nesse ano que a Casa puniu pela primeira vez um deputado.

De 2019 até hoje — sob gestão da deputada Maria Lucia Amary (PSDB) — essas representações resultaram em cinco advertências, duas perdas temporárias de mandato e uma cassação.

A primeira sanção aplicada pelo órgão aconteceu em 2019, uma advertência ao deputado Douglas Garcia (Republicanos). Declarações de cunho discriminatório e transfóbico por parte do parlamentar foram as razões dos processos movidos pelas deputadas Erica Malunguinho (PSOL) e Professora Bebel (PT).

Do Val é, inclusive, o recordista de acusações por quebra de decoro. Eleito em 2018, o deputado tomou posse em 2019 e, até ter o mandato cassado em 2022, teve 32 representações protocoladas contra ele no Conselho de Ética.

Outros dois deputados, Frederico D’Avila (PL) e Fernando Cury (União Brasil), foram punidos com suspensão, que significa a perda temporária de mandato.

D’Avila foi suspenso por ofender o Papa Francisco, a Conferência Nacional de Bispos do Brasil (CNBB) e o arcebispo de Aparecida (SP), dom Orlando Brandes, durante um discurso na Casa. Já Cury teve o mandato suspenso por 119 dias por acusação de assédio contra a deputada Isa Penna (PCdoB).

Antes de 2019, só duas representações haviam sido feitas contra deputados por quebra de decoro, uma em 2016 e outra em 1999.

Histórico:

1999 – 1 Representação
2000 a 2015: nenhuma representação
2016 – 1 Representação
2017 a 2018: nenhum representação
2019 – 21 Representações
2020 – 12 Representações
2021 – 16 Representações
2022 – 28 Representações (até hoje)
Total – 79 (até hoje)

Condenações do Conselho (2019-até hoje)
5 advertências, 2 perdas temporárias de mandato (suspensões), e uma cassação.

Continuar lendo ALESP REGISTRA ENTRE JANEIRO E ABRIL DESTE ANO MAIOR NÚMERO DE REPRESENTAÇÕES POR QUEBRA DE DECORO DA HISTÓRIA DESDE A CRIAÇÃO DO CONSELHO

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

RN não registra óbitos por Covid-19; Novos casos são 78

 

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus neste sábado (21). São 504.552 casos totalizados. Novos casos nas últimas 24h são 78.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 8.197. Nenhum óbito registrado nas últimas 24h. Óbitos em investigação são 1.419.

Recuperados são 495.722. Casos suspeitos somam 394 e descartados são 952.597. Estimativa de casos em acompanhamento: 583.

Fonte: Blog do BG
Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

COM SURTO DE DENGUE EM ALTA O BRASIL REGISTRA NOS QUATRO PRIMEIROS MESES DESTE ANO O MESMO NÍVEL DE CASOS DO ANO PASSADO

Por g1

 

Mosquito Aedes aegypti é responsável por transmitir a dengue. — Foto: Reprdoução/EPTVMosquito Aedes aegypti é responsável por transmitir a dengue. — Foto: Reprdoução/EPTV

Com um surto em alta, o Brasil registrou nos quatro primeiros meses deste ano o mesmo nível de casos de dengue verificados oficialmente em todo o ano de 2021.

Foram 542 mil casos até 23 de abril, segundo o Ministério da Saúde divulgado nesta segunda-feira (2). No ano passado inteiro, o Brasil somou 544 mil casos.

O boletim epidemiológico do governo federal aponta um aumento de 113% nos casos da doença na comparação com o ano passado.

Segundo o boletim, a região Centro-Oeste apresentou a maior taxa de incidência de dengue, com 920,4 casos a cada 100 mil habitantes. Os municípios que mais registram casos foram Goiânia (31.189), Brasília (29.928) e Palmas (9.080). Além delas, São José do Rio Preto e Votuporanga, em São Paulo, seguem a lista com 7 mil e 6 mil casos, respectivamente.Curva epidêmica dos casos prováveis de dengue, por semanas epidemiológicas de início de sintomas — Foto: Ministério da SaúdeCurva epidêmica dos casos prováveis de dengue, por semanas epidemiológicas de início de sintomas — Foto: Ministério da Saúde

Continuar lendo COM SURTO DE DENGUE EM ALTA O BRASIL REGISTRA NOS QUATRO PRIMEIROS MESES DESTE ANO O MESMO NÍVEL DE CASOS DO ANO PASSADO

PORTUGAL VIU O NÚMERO DE CIDADÃOS DIMINUIR PELO 13º ANO CONSECUTIVO DEVIDO MAIS MORTES DO QUE NASCIMENTOS NO PAÍS

Portugal registra em 2021 mais mortes do que nascimentos pelo 13º ano seguido

No ano passado, nasceram 79.582 pessoas no país, enquanto foram registrados 124.802 óbitos no mesmo período

Portugal teve 5,9% menos nascimentos em 2021 do que em 2020

PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP – 25.4.2022

Portugal registrou mais mortes do que nascimentos em 2021 pelo 13º ano consecutivo e viu o número de cidadãos do país diminuir em 45.220 — o pior número desde a pandemia da gripe espanhola, em 1918.

No ano passado, nasceram 79.582 pessoas, 5,9% a menos do que no ano anterior, quando teve início a pandemia da Covid-19, enquanto foram registrados 124.802 mortes neste período, 1.444 a mais, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (27) pelo INE (Instituto Nacional de Estatística português).

O saldo natural para 2021 foi o pior dos registros do INE desde 1918, quando a gripe espanhola o deixou em 70.291.Em janeiro de 2021, foi registrado o maior número de mortes mensais desde o início da pandemia: 19.646. Além de janeiro, em fevereiro e agosto o número de óbitos foi superior ao observado nesses mesmos meses em 2020.

O novo relatório do INE inclui também informações sobre os 29.057 casamentos celebrados em 2021, um aumento de 53,7% em relação ao ano anterior.

A média de idade no primeiro casamento foi de 34,3 anos para os homens e 32,9 anos para as mulheres. Do total, 28.508 foram realizados entre pessoas do sexo oposto e 549 entre pessoas do mesmo sexo.

Fonte: R7

Continuar lendo PORTUGAL VIU O NÚMERO DE CIDADÃOS DIMINUIR PELO 13º ANO CONSECUTIVO DEVIDO MAIS MORTES DO QUE NASCIMENTOS NO PAÍS

RN REGISTRA AUMENTO DE 1,5% NO NÚMERO DE GOLPES PELA INTERNET

Golpes pela internet crescem no Rio Grande do Norte

24 abr 2022

Golpes e estelionato pela internet crescem durante a pandemia

O Rio Grande do Norte registrou aumento de 1,5% no número de estelionatos, se comparados o primeiro trimestre de 2021 (4.098) com igual período deste ano (4.160), de acordo a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (Coine), órgão da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social. No âmbito dos crimes, no entanto, um dado chama atenção: o de golpes virtuais. Segundo a Coine, a Polícia Civil registrou cinco ocorrências do tipo entre janeiro e abril do ano passado. Já entre o começo de 2022 e o último dia 8 de abril, foram contabilizados 100 crimes decorrentes de golpes pela internet.

Neste caso, o aumento é de 1.900%. A Polícia Civil disse que a principal causa do crescimento é a massificação do uso da internet e do comércio eletrônico, fator que ganhou força à medida em que a pandemia se prolongava e que se manteve mesmo após o arrefecimento da crise sanitária.

Além disso, segundo a Polícia, o maior acesso da população aos serviços da delegacia virtual da PCRN (criada em dezembro de 2020 e ampliada no ano passado), facilitou o registro das ocorrências e ocasionou a diminuição de subnotificações de casos de um ano para o outro.

“Com a facilitação no registro dos crimes sem que as pessoas precisem sair de casa (através da ampliação dos serviços da delegacia virtual), consequentemente houve uma diminuição da subnotificação. As pessoas, por motivos diversos, deixavam de se deslocar até uma delegacia para registrar o crime do qual foi vítima”, explicou a Polícia Civil. Os números da Coine indicam que, a partir de maio do ano passado, os registros de golpes virtuais começaram a crescer.

Novembro foi o mês com mais notificações (33). No acumulado do ano, foram 108 casos registrados, apenas oito notificações a mais dos registros desses primeiros meses de 2022, cujo destaque é janeiro, com 36 notificações.

O delegado Alexandro Gomes, da Delegacia de Falsificações e Defraudações de Natal (DEFD), disse que, desde o início da pandemia, os casos de estelionato apresentaram mudanças, puxadas  exatamente por golpes em ambientes virtuais. As principai são crimes em plataformas de vendas, com criação de sites e anúncios falsos. Depois, vêm as situações que envolvem vendas em redes sociais, provocadas pelo aumento da utilização dessas plataformas.

A mãe da servidora pública Carla Salviano é uma das vítimas dos chamados golpes virtuais. O prejuízo foi de quase R$ 24 mil. Carla conta que, no dia 23 de março passado, a mãe recebeu uma mensagem de WhatsApp de alguém que se dizia filho dela. A pessoa afirmou que teve o celular danificado e que precisaria fazer um depósito via pix no valor de R$ 4.997. Por isso, pediu que a mãe de Carla fizesse essa transferência. Acreditando se tratar do filho, a mulher, de 74 anos, atendeu ao pedido.

“Seis minutos depois, outra mensagem foi enviada para a minha mãe, pedindo um valor de R$ 19 mil para a troca de um carro. Ela, que estava à procura de um veículo, de pronto, repassou o valor, convicta de que seria para dar entrada em um carro. Minha mãe pensou que meu irmão faria uma surpresa para ela”, detalha Carla. “Após os depósitos, meu filho perguntou  se ela havia ligado para o meu irmão a fim de confirmar a necessidade dos depósitos. E aí, os dois perceberam que se tratava de um golpe”, acrescenta.

Carla conta que foi informada da situação e procurou a agência bancária 20 minutos depois. Ao chegar lá, recebeu a informação de que a conta onde os depósitos foram feitos estava bloqueada. Ela foi orientada a fazer uma carta de próprio punho solicitando o reembolso, que foi indeferido pelo banco depois. A servidora disse que registrou um boletim de ocorrência e procurou um advogado para judicializar a questão.

Da Tribuna do Norte

Fonte: Política em Foco

Continuar lendo RN REGISTRA AUMENTO DE 1,5% NO NÚMERO DE GOLPES PELA INTERNET

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

Por Igor Jácome, g1 RN

 

Leitos de UTI no RN Rio Grande do Norte — Foto: Divulgação Leitos de UTI no RN Rio Grande do Norte — Foto: Divulgação

O Rio Grande do Norte completou 10 dias sem registrar nenhuma nova morte por Covid-19, nesta segunda-feira (11). A informação foi confirmada ao g1 RN pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap).

O último boletim que registra uma morte confirmada no período de 24 horas anteriores foi do dia 1º de abril, em Parelhas. Esse é o único óbito notificado dentro do mês de abril, de acordo com o governo.

No boletim lançado no final da manhã desta segunda (11), a pasta apontou mais um período de 24 horas sem notificações de novas mortes.

O estado teve 8.153 óbitos causados pela doença desde o início da pandemia, em março de 2020, segundo o boletim mais atualizado.

Embora haja uma diferença de 33 óbitos entre os dados oficiais do dia 1º de abril e os desta segunda (11), a Sesap afirmou que as mortes incluídas no total de óbitos ocorreram 2021 e que só foram confirmadas posteriormente.

“Os óbitos registrados neste período em boletim são referentes ao ano de 2021, identificados a partir de apurações conduzidas pelo Comitê de Investigação de Óbitos da Sesap”, disse em nota.

O estado também registra a menor taxa de ocupação de leitos, com 9,2% das UTIs com casos confirmados ou suspeitos de Covid-19. Atualmente a rede dispõe de 89 leitos de UTI e 107 leitos clínicos.

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

RN registra 1 óbito por covid nas últimas 24 horas; Novos casos são 58

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta segunda-feira (28). São 495.822 casos totalizados. No domingo (27) eram contabilizados 495.749, ou seja, 73 novos casos em comparação com o dia anterior, destes, 58 confirmados nas últimas 24 horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 8.120. Um (01) óbito foi registrado nas últimas 24 horas (em Areia Branca). No domingo (27), eram 8.119 mortes. A Sesap não registrou óbitos após resultados de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.587.

Recuperados são 483.529. Casos suspeitos somam 557 e descartados são 929.519. Estimativa de casos em acompanhamento: 4.173.

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

RN não registra óbito por covid nas últimas 24 horas; Novos casos são 304

Covid-19: veja boletim da Prefeitura de Uberaba de 18/03/2022; cidade não registra nenhuma morte | Triângulo Mineiro | G1

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta sexta-feira (18). São 491.177 casos totalizados. Na quinta-feira (17) eram contabilizados 489.517, ou seja, 1.066 novos casos em comparação com o dia anterior, destes, 304 foram confirmados nas últimas 24 horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 8.111 no total. Nenhum óbito foi registrado nas últimas 24 horas no RN. Na quinta-feira (17), eram 8.111 mortes.  Óbitos em investigação são 1.572.

Recuperados são 478.268. Casos suspeitos somam 479 e descartados são 923.067. Estimativa de casos em acompanhamento: 4.798.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

Com 33,1% dos leitos ocupados, RN não registra mortes por covid-19 nas últimas 24 horas

Redação/Portal da Tropical

– Atualizado em:

Foto: Wilson Moreno/Prefeitura Municipal de Mossoró

O Rio Grande do Norte não registrou mortes por covid-19 nas últimas 24 horas. O número de casos no período foi de 208. Os dados estão no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN), nesta segunda-feira de carnaval.

Segundo o documento, o RN 477.672 casos e 8.050 óbitos provocados pela doença. Os casos suspeitos são 1.435 e os descartados somam 905.555. Além disso, são considerados 457.605 casos recuperados e 12.017 pacientes em acompanhamento.

Ainda em relação às mortes, a secretaria indica que são 1.558 óbitos em investigação e 1.114 que já tiveram uma relação com a covid-19 descartada.

O número baixo nos dados das últimas 24 horas pode ser justificado pelo feriadão de carnaval. Tradicionalmente, os dados são mais inferiores às segundas-feiras.

De acordo com o Regula RN, 33,1% dos leitos críticos para o tratamento da covid-19 estavam ocupados por volta das 12h30 desta segunda-feira. Na Região Metropolitana de Natal, a taxa era a maior, com 36,6%. No Oeste, o índice era de 30,4%. No Seridó, de apenas 20%.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

A MÉDIA DAS TEMPERATURAS NA SIBÉRIA FICOU 10ºC ACIMA DA MÉDIA NO VERÃO PASSADO

Cidade da Sibéria registra maior temperatura do Ártico

Recorde aconteceu em Verkhoiansk, onde as temperaturas são medidas desde 1885

A média das temperaturas na região do Ártico da Sibéria ficou em 10ºC acima do normal durante grande parte do verão passado

A média das temperaturas na região do Ártico da Sibéria ficou em 10ºC acima do normal durante grande parte do verão passado | Foto: Reprodução/Flickr

A Organização das Nações Unidas (ONU) reconheceu oficialmente a temperatura de 38ºC registrada na Sibéria, em 2020, como a nova máxima para a região do Ártico. O calor intenso aconteceu em 20 de junho de 2020 na cidade russa de Verkhoiansk, o que significa a maior temperatura da história acima do círculo polar ártico, indicou a Organização Meteorológica Mundial (OMM).

Esta foi a primeira vez que a organização incluiu um recorde de calor no Ártico em seus relatórios sobre condições meteorológicas extremas. Verkhoiansk fica a 115 quilômetros ao norte do círculo polar ártico e possui registros das temperaturas desde 1885. O recorde foi registrado durante uma onda de calor excepcionalmente prolongada na Sibéria.

A média das temperaturas na região ártica da Sibéria ficou em 10ºC acima do normal durante grande parte do verão passado. “Essa investigação destaca o aumento das temperaturas em uma região muito importante do ponto de vista climático para o mundo”, disse um especialista da OMM. Segundo a ONU, esse recorde provoca um alerta no mundo sobre as mudanças climáticas.

Continuar lendo A MÉDIA DAS TEMPERATURAS NA SIBÉRIA FICOU 10ºC ACIMA DA MÉDIA NO VERÃO PASSADO

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

Por g1 RN

 

Sesap diz que resultado se deve à adesão da população à vacinação — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV CabugiSesap diz que resultado se deve à adesão da população à vacinação — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O Rio Grande do Norte não registra mortes por Covid há quatro dias. A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou neste sábado (9) que é a primeira vez que isso acontece desde o início da pandemia, em 2020.

Para a Sesap, o resultado se deve à vacinação da população, além das medidas de enfrentamento à pandemia adotadas pelo governo ao longo da pandemia.

Segundo o RN Mais Vacina, até a manhã deste sábado, 4.003.786 de doses de vacina haviam sido aplicadas no estado. A plataforma destaca que 2.438.589 pessoas receberam pelo menos a primeira dose; 1.480.357 pessoas receberam as duas doses, e 57.003 receberam dose única.

Os dados que destacam os quatro dias seguidos sem mortes por Covid no estado foram extraídos do boletim epidemiológico emitido pela Sesap.

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Pela primeira vez na pandemia, RN não registra mortes por covid-19 em 72 horas

Letícia França

 Atualizado em:

Foto: Geraldo Bubniak / AEN

O Rio Grande do Norte atingiu mais uma marca no avanço do combate ao coronavírus. Pela primeira, desde o início da pandemia da covid-19, o estado potiguar não registra mortes provocadas pela doença em um espaço de 72 horas. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) nesta terça-feira (21).

” As medidas de enfrentamento ao coronavírus adotadas pelo Governo do RN e pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), atreladas à ampla campanha estadual de vacinação, revelando que o RN está no rumo certo no combate à pandemia”, refor a Sesap, por meio de nota.

Os dados são extraídos dos boletins epidemiológicos emitidos pela secretaria. A pandemia da covid-19 chegou ao Rio Grande do Norte no dia 12 de março de 2020, quando o primeiro caso da doença foi registrado no estado. A primeira morte por covid-19 ocorreu duas semanas depois, no dia 28 de março, em Mossoró. Passados ​​um ano e seis meses de pandemia, o mais recente boletim epidemiológico, divulgado nesta terça-feira, mostra que o RN contabiliza 7.324 vidas perdidas para a covid-19 e 367.784 casos acumulados da doença.

Ainda de acordo com a Sesap, o último óbito foi confirmado de sexta-feira ao sábado (18), no município de Cruzeta. Desde então, até o momento, uma secretaria não contabilizou novas ocorrências. Com relação aos novos casos de infecção pela doença, de ontem para hoje foram confirmados 23 novos casos.

Quanto à situação de internações para tratamento da covid-19, o RN contabiliza um total de 131 pacientes internados, sendo 108 nos hospitais públicos e cerca de 23 nos hospitais privados.

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

SEGUNDO CONASS, BRASIL REGISTRA MENOR NÚMERO DE MORTES POR COVID-19

Brasil registra o menor número de mortes por Covid-19 desde novembro de 2020

Dados costumam ser menores às segundas-feiras, já que parte dos órgãos de Saúde não opera aos domingos

Anna Gabriela Costa

da CNNem São Paulo

Vacinação contra a Covid-19 em Jundiaí (SP)Vacinação contra a Covid-19 em Jundiaí (SP)Prefeitura de Jundiaí

O Brasil registrou 182 mortes e 9.154 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) nesta segunda-feira (6). Este é o menor número de óbitos registrados pela pandemia desde 15 de novembro de 2020, quando o país teve 140 mortes.

Com a atualização dos dados, o país passa a ter 20.899.933 de contaminados e 583.810 mortes provocadas pela Covid-19.

Os estados brasileiros com mais contaminados pelo novo coronavírus são: São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Bahia e Santa Catarina. Cada um destes estados já soma mais de 1 milhão de infectados pela doença.

São Paulo inicia dose de reforço e vacinação de 12 a 14 anos

A cidade de São Paulo inicia, nesta segunda-feira (6), a aplicação da dose de reforço contra a Covid-19 para idosos acima de 90 anos. A vacinação de adolescentes de 12 a 14 anos, sem comorbidades ou deficiência física permanente, também tem início nesta segunda.

No grupo de idosos, a prefeitura espera imunizar 52 mil pessoas com a dose de reforço. Já entre os adolescentes que receberão a primeira dose, a expectativa de público é de 360 mil pessoas.

Continuar lendo SEGUNDO CONASS, BRASIL REGISTRA MENOR NÚMERO DE MORTES POR COVID-19

RN REGISTRA TAXA DE OCUPAÇÃO DE LEITOS CRÍTICOS PARA COVID-19 ABAIXO DE 50% HÁ UM MÊS

Taxa de ocupação de UTIs Covid no RN segue abaixo de 50% há um mês

Nesta terça-feira 24, a taxa está em 37,3%. Há 259 leitos críticos disponíveis e 94 ocupados por pacientes com Covid-19

Redação 24/08/2021 | 08:04 Desde julho, as internações diminuíram.

Foto: Ney Douglas

Ocupação de leitos Covid fica abaixo de 50% pela primeira vez desde novembro de 2020 no RN | Rio Grande do Norte | G1

O Rio Grande do Norte registra a taxa de ocupação de leitos críticos para pacientes com Covid-19 abaixo de 50% há cerca de um mês. No dia 22 de julho, o índice chegou a 50,44% em todo o estado – eram 341 UTIs disponíveis e 172, ocupadas. Desde então, as internações diminuíram. O dado é da plataforma Regula RN. Nesta terça-feira 24, a taxa está em 37,3%. Há 259 leitos críticos disponíveis e 94 ocupados por pacientes com Covid-19. Vale ressaltar que a diminuição de leitos de julho até agora se deve à reversão das UTIs para acomodar outros pacientes. A fila de espera por um leito de UTI Covid segue zerada. Na Região Metropolitana de Natal, a taxa de ocupação de leitos críticos é de 39,2%. No Seridó, taxa é de 29,4%. No Oeste, a ocupação está em 33,3%. No total, há ainda 158 leitos críticos Covid desocupados no RN.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo RN REGISTRA TAXA DE OCUPAÇÃO DE LEITOS CRÍTICOS PARA COVID-19 ABAIXO DE 50% HÁ UM MÊS

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

RN não registra mortes por covid-19 em 24 horas

Redação / Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Célio Duarte / PMM

O Rio Grande do Norte não registrou mortes por covid-19 nas últimas 24 horas. O dado consta no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN), neste domingo (15).

Foi confirmado apenas um óbito provocado pela doença registrada em período não divulgado pela Sesap. O total agora é de 7.210. O estado tem 1.443 mortes em investigação e outras 797 já descartadas.

A secretaria divulgou ainda que foram 39 casos confirmados entre sábado e domingo. Agora, o total de confirmações da doença é de 362.285. O RN ainda tem 168.247 casos suspeitos e 700.122 casos descartados.

De acordo com os dados da Sesap, 252.062 pacientes já se recuperaram da covid-19 no Rio Grande do Norte, enquanto 103.013 ainda estão em acompanhamento.

Neste domingo, por volta das 13h45, 34% dos leitos definidos para tratamento da doença eram utilizados. No Seridó, apenas 7,4% dos leitos estavam ocupados. Na Região Metropolitana de Natal, um táxon era de 35,8%. Já no Oeste, uma ocupação era de 40,7%.

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

INSTITUTO EM COSTA DO MARFIM CONFIRMA PRIMEIRO CASO DE EBOLA NO PAÍS DESDE 1994

Costa do Marfim registra primeiro caso de ebola desde 1994

País fez acordo com a Guiné para receber mais de 5 mil doses de vacina contra a doença

Costa do Marfim não registrava caso confirmado de ebola desde 1994

CELLOU BINANI / AFP

O Instituto Pasteur da Costa do Marfim confirmou neste sábado (14) o primeiro caso de ebola no país desde 1994, segundo divulgou o Ministério da Saúde do país e a Organização Mundial da Saúde.

De acordo com as primeiras informações, a paciente em questão havia viajado no último dia 12 para a capital marfinense, Abidjan, por via terrestre, vindo da vizinha Guiné, que anunciou em 19 de junho o fim do último surto da doença.

A mulher que foi diagnosticada com ebola tem 18 anos, nasceu em Guiné e foi internada em um hospital após sentir febre, conforme indicou o Ministério da Saúde da Costa do Marfim.

Segundo a OMS, não há indicação até o momento de que haja uma conexão entre o surto no território marfinense com o de Guiné, “mas pesquisas e a sequenciação genética identificarão a cepa e determinação se existe uma conexão entre ambos”.

Durante este ano, também chegaram a ser declarados surtos na República Democrática do Congo (RDC), cujo fim foi declarado em 3 de maio.

No entanto, esta a última vez em que foi registrado um surto em uma grande capital, como Abidjan, foi entre 2014 e 2016, resultando na morte de 11,3 mil pessoas.

Na Costa do Marfim, nenhum caso havia sido confirmado desde 1994, quando o vírus saltou de uma família de chimpanzés para um pesquisador que trabalhava na região.

“É uma grande preocupação que este surto tenha sido declarado em Abidjan, uma metrópole com mais de 4 milhões de habitantes”, indicou a diretora regional da OMS para a África, Matshidiso Moeti, por meio de comunicado.

A agência, além disso, indicou que 5 mil doses de vacina contra a doença que tinham sido reservadas para enfrentar o surto na Guiné, estão sendo transferidas para a Costa do Marfim, graças a um acordo entre os Ministérios da Saúde dos dois países.

Continuar lendo INSTITUTO EM COSTA DO MARFIM CONFIRMA PRIMEIRO CASO DE EBOLA NO PAÍS DESDE 1994

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid de 33%, a menor desde outubro de 2020

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 33%, registrada no início da tarde deste sábado (7). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 162.

É a menor taxa de ocupação de leitos de UTI desde o dia 23 de outubro de 2020. Naquela data, a taxa registrada no RN foi de 33,,94%.

Até o momento desta publicação são 199 leitos críticos (UTI) disponíveis e 98 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 258 disponíveis e 64 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 34,2% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 33,8% e a Região Seridó tem 22,2%.

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

GOVERNADOR DE NY É ACUSADO DE ASSÉDIO SEXUAL POR ASSISTENTE

Assistente do governador de NY registra queixa criminal por assédio

Mulher acusa Andrew Cuomo de ter apalpado seus seios por baixo da blusa no escritório dele em novembro de 2020

INTERNACIONAL

Do R7, com AFP

Governador de Nova York, Andrew Cuomo, acusado de assédio por 11 mulheres

JOHANNES EISELE / AFP

Uma mulher que acusa o governador de Nova York, Andrew Cuomo, de assédio sexual entrou com uma queixa criminal contra o político, informou à AFP um funcionário do gabinete de polícia do condado de Albany nesta sexta-feira (6), levantando a possibilidade de que ele seja indiciado.

A vítima não teve a identidade revelada, mas trabalha como assistente de Cuomo. Ela relata que estava no escritório do político, em novembro de 2020, quando ele apalpou seus seios sob sua blusa.

A acusação faz parte do relatório divulgado, na última terça-feira (3), pela Procuradora Geral do estado de Nova York, Letitia James. Segundo o documento, o político teria assediado sexualmente 11 funcionárias públicas, de gestões anteriores e atuais.  Desde então, pelo menos cinco procuradores distritais abriram investigações sobre seu comportamento.

O relatório também acusa Cuomo de criar um local de trabalho tóxico para as mulheres e de retaliar pelo menos uma de suas acusadoras.

Cuomo rejeitou os pedidos do presidente Joe Biden e de outros democratas para renunciar ao cargo, mas os legisladores estaduais estão tentando impeachment.

Continuar lendo GOVERNADOR DE NY É ACUSADO DE ASSÉDIO SEXUAL POR ASSISTENTE

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

RN registra 5 mortes por Covid nas últimas 24 horas e total chega a 7 mil

Estado bate marca de 7 mil óbitos neste domingo 18

Redação 18/07/2021 | 17:13

Rn tem 15 dos 21 hospitais públicos com 100% de ocupação em uti para covid; apenas 13 leitos estão disponíveis

RN registra 5 mortes por Covid nas últimas 24 horas e total ultrapassa 7 mil. Foto: Reprodução A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou parcialmente os números do coronavírus no RN neste domingo 18. Em razão de atualização no sistema SUVEPI, não foram registrados os números casos confirmados, suspeitos e descartados. Segundo a Sesap, estes dados serão disponibilizados na segunda-feira 19. Os dados mais recentes, registrados no sábado 17, totalizam 353.188 casos confirmados de Covid-19 no RN. Já o número de óbitos no RN chegou a 7 mil, com a confirmação de 05 mortes nas últimas 24h: Poço Branco (01), Macaíba (01), Acari (01), Alexandria (01) e São Miguel (01). Óbitos em investigação são 1.461.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

TERRA TREME 8 VEZES EM UM MÊS NO RIO GRANDE DO NORTE

RN registra 8 tremores de terra em um mês; veja lista

Rio Grande do Norte registra 8 tremores de terra em um mês | Rio Grande do Norte | G1

Em um mês o estado do Rio Grande do Norte registrou oito tremores de terra, sendo o mais recente na última sexta-feira (2). A cidade campeã de sismos é Caraúbas. Entre 2 de junho de 2 de julho, o local registrou seis tremores. Os dados são do Laboratório Sismológico da Universidade Federal do estado (LabSis/UFRN).

Na sexta, foi a vez do município de Pedra Preta registrar um tremor de terra de magnitude de 1.8. Além dos registros nas estações sismográficas, moradores da região também relataram sentir o tremor, considerado leve pelo instituto.

Registros no Rio Grande do Norte no período de um mês

02.06 Caraúbas (magnitude 1.5)
04.06 Caraúbas (magnitude 2.0)
14.06 Parazinho (magnitude 1.9)
17.06 Caraúbas (magnitude 1.3)
24.06 Caraúbas (magnitude 2.7)
26.06 Caraúbas (magnitude 1.5)
28.06 Caraúbas (magnitude 2.0)
02.07 Pedra Preta (magnitude 1.8)

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo TERRA TREME 8 VEZES EM UM MÊS NO RIO GRANDE DO NORTE

TAXA DE OCUPAÇÃO DE LEITOS CRÍTICOS DA COVID-19 É O MAIS BAIXO DESDE FEVEREIRO

RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid de 62,4%, a mais baixa desde o início de fevereiro

Imagem: reprodução/Regula RN

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 62,4%, registrada no início da tarde deste sábado (03). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 426.

A taxa de ocupação é a mais baixa registrada desde o dia 3 de fevereiro deste ano, quando era de 60%.

Imagem: reprodução/Regula RN

Até o momento desta publicação são 146 leitos críticos (UTI) disponíveis e 242 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 241 disponíveis e 181 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 55,3% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 81,7% e a Região Seridó tem 55%

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo TAXA DE OCUPAÇÃO DE LEITOS CRÍTICOS DA COVID-19 É O MAIS BAIXO DESDE FEVEREIRO

SAÚDE: EQUIPE DE MULTIPROFISSIONAIS DO HOSPITAL NATAL SUL COMEMORA 200 ALTAS HOSPITALAR DE PACIENTES DA COVID-19

Hospital de Campanha Natal Sul registra 200 altas de pacientes com covid-19

Redação / Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Joana Lima/Prefeitura de Natal

Trabalhando incansavelmente desde a abertura no dia 25 de março, a equipe multiprofissional do Hospital Natal Sul, instalado pela Prefeitura de Natal e voltado exclusivamente para atender pacientes com Covid-19, comemora a marca de 200 pessoas que venceram a doença e receberam alta hospitalar. A paciente de número 200 a receber alta no Hospital Natal Sul foi Joseane Silva Pereira, de 50 anos.

“Ela chegou com mialgia, dispneia, tosse seca, vômito, diarréia e fizemos um tratamento com protocolo de medicamentos aliado ao catéter nasal. É uma senhora com pressão alta, diabetes, obesa e que já teve trombose no membro inferior direito, que esteve conosco do dia 21 ao dia 27 e hoje sai vitoriosa. Estamos muito felizes aqui”, afirma o diretor médico do Hospital Natal Sul, Edney Agra.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, comemora a marca desta unidade que trata pacientes com covid e parabeniza os profissionais da saúde. “São 200 pacientes internados naquela unidade hospitalar que receberam alta e sem nenhum óbito. Uma grande vitória para todos os profissionais da saúde que merecem os parabéns, todos aqueles que atuam e trabalham naquela instituição”, afirma o prefeito.

Segundo o diretor técnico da unidade de saúde, Raiff Villarim, o sucesso na recuperação dos pacientes se deve ao empenho da equipe multiprofissional que está na linha de frente de combate à doença, levando assistência segura aos internados, como também ao tratamento em tempo hábil.

“Esta paciente começou a sentir os sintomas em casa dia 11 e só chegou ao hospital dia 21. Ela já chegou bem debilitada. Pedimos a população que não espere agravar a doença para poder ir ao hospital. O tratamento precoce é fundamental para tratar em tempo hábil e recuperar o mais rápido possível o paciente. Vir assim que sentir os sintomas e pronar o paciente [manobra hospitalar colocando a pessoa de barriga para baixo]  fazem toda a diferença em sua evolução”, afirma.

Com esse trabalho, os 200 pacientes curados passam a integrar a lista das mais de 12.500 pessoas recuperadas da Covid-19 no RN. O diretor Edney Agra reforça ainda a preocupação de que as solicitações por leito tenham diminuído nos últimos meses não só pelo aumento da vacinação como também pelos pacientes que não estão indo para o hospital logo no início da doença. “Pedimos à população que se dirija ao hospital até o 7º dia da doença. Aqui no hospital temos uma farmácia estruturada. Tratar precocemente a doença significa prevenir para não piorar”, garante.

“Tive dez dias de diarréia e dor no peito para poder procurar o hospital. Sabia que estava grave e tive muito medo de morrer, mas quando entrei neste hospital os profissionais me passaram uma segurança muito grande. Fui acolhida, me deram atenção. Estou cheia de gratidão. Receber alta é uma sensação maravilhosa. Estou saindo daqui com um outro olhar da vida. Fazer coisas simples que deixei para depois. A primeira coisa que quero fazer ao chegar em casa é abraçar minhas filhas e sentir o prazer de estar em casa novamente”, desabafa Joseane.

Hospital

Localizado às margens da BR-101, próximo ao Campus da UFRN, o Hospital Natal Sul opera com 41 leitos exclusivos de Covid -19, sendo 33 leitos de enfermaria clínica, dois de estabilização, dois de admissão e quatro para pacientes com suspeitas. O hospital recebe pacientes em estado de saúde no estágio intermediário da doença. Na semana passada, o hospital estava com 28 leitos ocupados. Nesta segunda-feira, 13 leitos estavam ocupados.

O Hospital Natal Sul tem atendimento voltado a usuários que, ao buscar as Unidades de Pronto Atendimento, centros covid ou Unidades Básicas de Saúde, demonstrem algum quadro clínico sugestivo de agravamento.

Na parte de recursos humanos, a equipe multidisciplinar da unidade conta com 138 funcionários dentre os quais 6 médicos plantonistas e intensivistas, 24 enfermeiros, 56 técnicos em enfermagem, 10 fisioterapeutas, 6 assistentes sociais, 4 psicólogas, 4 farmacêuticos, 6 técnicos em radiologia, 10 servidores da parte administrativa e 12 maqueiros.

Apesar da queda da incidência de covid-19 e consequentemente uma diminuição das internações em Natal, a população conta atualmente com dois hospitais exclusivos para tratamento da doença montados pela Prefeitura do Natal, que são o Hospital de Campanha, com capacidade para até 109 leitos de enfermaria e até 38 pacientes críticos, e o Hospital Natal Sul que atende até 41 pacientes de enfermaria. O Hospital Nivaldo Júnior permanece com atendimento para crianças com covid-19 e não covid-19 e o Hospital Municipal iniciou o atendimento a pacientes covid em suas enfermarias como também em uma de suas UTIs.

Continuar lendo SAÚDE: EQUIPE DE MULTIPROFISSIONAIS DO HOSPITAL NATAL SUL COMEMORA 200 ALTAS HOSPITALAR DE PACIENTES DA COVID-19

O RN REGISTROU 107 PACIENTES À ESPERA DE UM LEITO DE UTI

Por Igor Jácome, G1 RN

 

Leitos de UTI Covid-19 estão lotados no RN (Arquivo) — Foto: Divulgação/SesapLeitos de UTI Covid-19 estão lotados no RN (Arquivo) — Foto: Divulgação/Sesap

O Rio Grande do Norte registrou 107 pacientes à espera de uma vaga em um leito de Unidade de Tratamento para Covid-19 no Rio Grande do Norte no início da tarde desta sexta-feira (12), dia em que o estado completa um ano desde o primeiro caso confirmado da doença. Com taxa de ocupação superior a 97%, o estado só tinha 9 leitos críticos disponíveis.

Do total de 107 pacientes, 106 estão na região metropolitana de Natal, de acordo com dados do sistema Regula RN. 17 hospitais da rede pública estão com todos os seus leitos ocupados. Outros quatro, têm ocupação superior a 90%. De um total de 327 leitos, 309 estavam ocupados e 9 bloqueados.

Em Parnamirim, o Hospital Municipal fechou as portas para entrada de novos pacientes, na manhã desta sexta-feira (12), por causa da superlotação. Uma Unidade de Pronto-Atendimento também está há mais de 24 horas sem receber novos pacientes.

O governo afirma que tenta abrir novos leitos, mas também enfrenta dificuldades para isso. Nesta quinta-feira (11), o estado chegou a 314 leitos críticos operacionais na rede pública – o maior número desde o início da pandemia. Também na quinta, o estado chegou ao novo recorde de 962 pacientes internados com a doença, em leitos críticos e clínicos e nas redes pública e privada, que também está totalmente ocupada.

Entre as medidas que visam reduzir a pressão por leitos, o estado determinou toque de recolher das 20h às 6h todos os dias da semana, e integral, de 24 horas, nos domingos e feriados. Entretanto, algumas prefeituras, como Natal, flexibilizaram medidas e autorizaram, por exemplo, que restaurantes abram para atendimento presencial até às 21h, inclusive aos domingos.

Até esta quinta, o estado registrava uma letalidade de 2,77 pela doença em março – o número mais alto desde agosto de 2020. O índice compara o número de mortes ao número de casos confirmados. 178 óbitos já foram confirmados no estado somente nos 11 primeiros dias de março. Os dados ainda deverão passar por atualização.

Nesta sexta-feira (12), o diretor do Labotarório de Inovação em Saúde da UFRN e membro do comitê científico do estado, Ricardo Valentim, voltou a defender medidas de isolamento social para tentar reduzir a taxa de casos, internações e óbitos.

“Hoje temos 17 hospitais com 100% de ocupação dos leitos críticos. Neste cenário, é preocupante falarmos sobre flexibilizar medidas restritivas. Não é nada confortável a situação. Hoje o cenário é grave”, disse. “A partir do dia 8 de fevereiro, os dados apontam que há um crescimento nos números de internação de não idosos. Isso é preocupante, porque cada vez mais os jovens estão sujeitos ao vírus”, complementou.

O pesquisador Leonardo Lima reforçou que os dados reforçam a urgência da vacinação em massa da população. Ele reforçou ainda que não há medicamentos com eficácia comprovada para tratamento da covid-19. “No início da pandemia houve um trabalho no sentido do reposicionamento de certos medicamentos para tratar a covid-19. Um ano depois, há diversos estudos atestam que estes medicamentos usados há um ano não tem eficácia contra o coronavírus. Isso é um dado atestado e comprovado. O mundo inteiro está investindo em vacina, porque a vacina é a única forma para que tenhamos uma retomada segura das atividades”, afirmou ele.

Novas variantes e maior transmissibilidade

A infectologista Mônica Bay destacou durante a coletiva o papel das novas variantes do coronavírus no aumento do número de casos. De acordo com ela, “as novas cepas do vírus apresentam maior capacidade de transmissão”.

Ela destacou também que mesmo no caso de pessoas já vacinadas, é importante a manutenção das medidas de proteção individual. “A vacina começa a apresentar melhores resultados 14 dias após a aplicação da segunda dose. Assim, mesmo após vacinado, o indivíduo deve manter os cuidados, evitando assim a proliferaçãodo vírus. Quanto mais o vírus circular entre a população, maior a possibilidade de surgirem novas mutações. Devemos continuar realizando o uso de máscaras, a higienização das mãos, não compartilhar objetos, fazer o distanciamento social e, em caso de suspeita de infecção, iniciar imediatamente o isolamento”, disse.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo O RN REGISTROU 107 PACIENTES À ESPERA DE UM LEITO DE UTI

BOAS NOTÍCIAS 2: 8.363.677 É O NÚMERO DE CURADOS DO CORONAVÍRUS NO BRASIL ATÉ O MOMENTO

BOAS NOTÍCIAS 2: 8.363.677 É O NÚMERO DE CURADOS DO CORONAVÍRUS NO BRASIL ATÉ O MOMENTO
Uso de máscara para proteção contra o novo coronavírus.

 SAÚDE

Brasil registra 8.363.677 curados do coronavírus


Foto: Pixabay

O Brasil registrou neste sábado (6) mais 36.879 pacientes recuperados do coronavírus, totalizando 8.363.677 pessoas curadas da doença.

O número de pessoas curadas já representa 88% do total de casos acumulados.

A quantidade de pessoas curadas no Brasil é mais de nove vezes superior ao número de casos ativos (903.106), que são os pacientes em acompanhamento médico.

No mundo, estima-se que pelo menos 77,8 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 já se recuperaram, de acordo com o site Wolrdometers.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS 2: 8.363.677 É O NÚMERO DE CURADOS DO CORONAVÍRUS NO BRASIL ATÉ O MOMENTO

NO AUGE DA PANDEMIA PORTUGAL REELEGE O PRESIDENTE MARCELO REBELO

Portugal reelege Marcelo Rebelo no auge da pandemia

O país registra a maior média de novos casos e mortes per capita em sete dias

INTERNACIONAL

 por Agência Estado

presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, cumprirá um segundo mandato após conquistar pouco mais de 60% dos votos na eleição de domingo (24), evitando um segundo turno, de acordo com resultados preliminares. A taxa de abstenção foi a maior desde a instauração do regime democrático, em 1974, chegando a 61,6%.

O Partido Socialista do primeiro-ministro Antônio Costa, no poder, não apresentou candidato oficial. Ana Gomes, candidata socialista que foi eurodeputada e não teve apoio do partido, ficou em segundo lugar, com 12,5%. Em terceiro apareceu o candidato André Ventura, de extrema direita, que obteve 11,9% para seu movimento ‘Chega’. Embora as medidas de confinamento estejam em vigor devido à pandemia do coronavírus, viagens foram permitidas para votação.

Rebelo de Sousa, professor de direito e ex-líder do partido de centro-direita PSD, tornou-se popular como comentarista político na televisão antes de sua primeira eleição em 2016. Nas últimas décadas, os presidentes portugueses têm cumprido dois mandatos – a última vez que houve segundo turno foi em 1986.

Em Portugal, o primeiro-ministro e o seu governo definem a política. Com mandatos de cinco anos, o presidente exerce um cargo relativamente decorativo, mas tem autoridades como nomear o primeiro-ministro e dissolver o Parlamento.

As eleições deste domingo serviram para medir a temperatura do país em relação à extrema direita, cujo candidato André Ventura queria “esmagar a esquerda”. O jurista de 38 anos causou surpresa ao conquistar uma cadeira no Parlamento nas eleições legislativas de 2019, quando atingiu 1,3% dos votos.

O país de 10 milhões de habitantes passa por um grave surto de pandemia após o Natal, com a maior média de novos casos e mortes per capita em sete dias, de acordo com o rastreador de dados da Universidade de Oxford.

O número de mortes por covid-19 bateu recordes pelo sétimo dia consecutivo neste domingo – 275 – com hospitalizações também em recorde e ambulâncias em fila de espera durante várias horas nos hospitais de Lisboa lotados. / W. Post e Reuters

Continuar lendo NO AUGE DA PANDEMIA PORTUGAL REELEGE O PRESIDENTE MARCELO REBELO

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

Por G1 RN — Natal

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

O Rio Grande do Norte tem 57.898 casos confirmados de Covid-19 e 2.081 vítimas da doença. Os dados estão no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) nesta segunda-feira (17). Outras 231 mortes estão sob investigação.

O estado também registra 22.832 casos suspeitos e outros 98.170 foram descartados. O número de confirmados recuperados segue em 34.186. No novo boletim, os casos inconclusivos, que agora são tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, somam 51.688.

De acordo com a Sesap, o RN tem atualmente 323 pessoas internadas por causa da Covid-19, sendo 243 na rede pública e 80 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 62,06% na rede pública e de 23% na rede privada.

O novo boletim também destaca que 152.710 testes de coronavírus foram realizados no estado desde o início da pandemia, sendo 72.510 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 80.200 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 57.898 casos confirmados
  • 2.081 mortes
  • 34.186 confirmados recuperados
  • 22.832 casos suspeitos
  • 98.170 casos descartados

Fonte: G1 RN

 

Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO RN

DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO ESTADO DO RN

Por G1 RN — Natal

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

O Rio Grande do Norte tem 54.717 casos confirmados de Covid-19 e 1.965 mortes pela doença. Os dados estão no boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública desta sexta-feira (7). Outros 193 óbitos estão sob investigação.

O estado tem ainda 17.935 casos suspeitos e 88.307 descartados. Os números de confirmados recuperados (28.243) e casos inconclusivos (50.841) não foram alterados em relação ao dia anterior.

A Sesap informa ainda que há 378 pessoas internadas por causa da Covid-19, sendo 264 na rede pública e 114 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 57,01% na rede pública e de 37% na rede privada.

O boletim aponta também que 151.505 testes de coronavírus foram realizados no estado desde o início da pandemia, sendo 68.662 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 82.843 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 54.717 casos confirmados
  • 1.965 mortes
  • 28.243 confirmados recuperados
  • 17.935 casos suspeitos
  • 88.307 casos descartados
  • 50.841 casos inconclusivos
Fonte: G1 RN
Continuar lendo DADOS ATUALIZADOS DO CORONAVIRUS NO ESTADO DO RN

BOLETIM DIÁRIO INFORMATIVO DA COVID_19 NO RN

Por G1 RN — Natal

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

O Rio Grande do Norte chegou a 48.374 casos confirmados e 1.714 mortes pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. Os dados são do boletim epidemiológico desta terça (28). Foram 1.083 novos casos e 17 mortes em relação ao boletim de segunda (27).

O Estado tem ainda 187 óbitos em investigação, 60.552 casos suspeitos da doença, e 76.150 casos descartados. O número de pacientes recuperados se mantém em 22.901, segundo o boletim.

Em relação às internações, atualmente o estado conta com 438 pacientes internados, sendo 292 na rede pública e 146 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 63,19%% na rede pública e 45,75% na rede privada.

O Rio Grande do Norte também já realizou 132.348 testes de coronavírus desde o início da pandemia, sendo 58.293 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 74.065 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 48.374 casos confirmados
  • 1.714 mortes
  • 22.901 confirmados recuperados
  • 60.552 casos suspeitos
  • 76.150 casos descartados

Fonte: G1 RN

Continuar lendo BOLETIM DIÁRIO INFORMATIVO DA COVID_19 NO RN

NÚMEROS ATUALIZADOS DA COVID-19 NO RN

Por G1 RN
 
Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

O Rio Grande do Norte chegou nesta terça-feira (21) a 44.267 casos confirmados de Covid-19 e 1.621 mortes pela doença desde o início da pandemia. Os dados são do novo boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública do RN (Sesap). São 36 óbitos a mais em relação à publicação do dia anterior.

O estado tem ainda 56.143 casos suspeitos, outros 68.806 descartados e 201 mortes sob investigação. A Sesap também atualizou o número de recuperados: 16.222 pacientes. O último registro apontava 3.441 recuperados.

Até segunda-feira (20), os números no RN eram de 43.957 casos confirmados e 1.585 óbitos por Covid-19.

O novo boletim destaca que 502 pacientes estão internados pela Covid-19 no estado, sendo 336 na rede pública e 166 na rede privada. Em relação aos leitos críticos (semi intensivo e UTIs), a taxa de ocupação na rede pública é de 83,72% e na rede privada de 55%.

O Rio Grande do Norte já registrou 119.957 testes do novo coronavírus, sendo 53.259 RT-PCR e 66.698 testes sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 44.267 casos confirmados
  • 1.621 mortes
  • 16.222 confirmados recuperados
  • 56.143 casos suspeitos
  • 68.806 casos descartados

Fonte: G1 rN

Continuar lendo NÚMEROS ATUALIZADOS DA COVID-19 NO RN

SESAP DIVULGA NOVOS NÚMEROS DA COVID-19 NO RN

Por G1 RN — Natal

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

O Rio Grande do Norte registra 43.766 casos confirmados de Covid-19 e 1.577 mortes pela doença. São 315 casos e cinco mortes a mais que sábado (18).

Os números são da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), porém, aos domingos o boletim epidemiológico com dados sobre casos suspeitos, descartados e curados não é divulgado.

O número de testes realizados e a ocupação de leitos também não foram divulgados neste domingo (19).

Fonte: G1 RN
Continuar lendo SESAP DIVULGA NOVOS NÚMEROS DA COVID-19 NO RN

SESAP DIVULGA BOLETIM ATUALIZADO – COVID-19

Por G1 RN — Natal

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

O novo boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública foi divulgado na noite desta quinta-feira (16) e aponta que o Rio Grande do Norte tem 40.978 casos confirmados de Covid-19 e 1.501 mortes pela doença. São 28 óbitos a mais em relação aos dados publicados no dia anterior.

Outras 215 mortes estão sob investigação. O estado tem ainda 53.865 casos suspeitos e outros 63.860 descartados. O número de recuperados desta vez foi atualizado e subiu para 3.441 pacientes.

O novo boletim da Sesap apresenta ainda que 109.231 testes para Covid-19 foram realizados em todo o Rio Grande do Norte, sendo 49.006 RT-PCR e 60.225 testes sorológicos.

Quanto aos leitos, há 593 pessoas internadas por coronavírus, sendo 381 na rede pública e 212 na rede privada. A ocupação dos leitos críticos (semi intensivo e UTI) na rede pública é de 80,13% e de 71% na rede privada.

Situação do coronavírus no RN

  • 1.501 mortes
  • 40.978 casos confirmados
  • 53.865 casos suspeitos
  • 63.860 casos descartados
Fonte: G1 Rn
Continuar lendo SESAP DIVULGA BOLETIM ATUALIZADO – COVID-19

EVOLUÇÃO DOS CASOS CONFIRMADOS E MORTES POR COVID-19 NO RN

Por G1 RN — Natal

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológicos

A Secretaria Estadual de Saúde Pública confirmou nesta terça-feira (14) que o Rio Grande do Norte bateu a marca dos 40 mil casos confirmados de Covid-19 – são exatamente 40.341. De acordo com o novo boletim epidemiológico, são 1.443 mortes pela doença – 39 a mais que o dia anterior. Outros 211 óbitos estão sob investigação.

O RN tem ainda 54.185 casos suspeitos e 63.023 descartados. O número de recuperados continua com 3.258 pacientes.

No total, 107.303 testes para Covid-19 foram realizados em todo o estado, sendo 47.593 RT-PCR e 60.010 testes sorológicos. Em relação aos leitos, há 615 pessoas internadas por coronavírus, sendo 400 na rede pública e 215 na rede privada. A ocupação dos leitos críticos (semi intensivo e UTI) na rede pública é de 84,49% e de 73% na rede privada.

Situação do coronavírus no RN

  • 1.443 mortes
  • 40.341 casos confirmados
  • 54.185 casos suspeitos
  • 63.023 descartados

Fonte: G1 RN

Continuar lendo EVOLUÇÃO DOS CASOS CONFIRMADOS E MORTES POR COVID-19 NO RN

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO CORONAVÍRUS: CASOS DE CORONAVIRUS NO RN CONTINUAM EVOLUINDO

Por G1 RN — Natal

 

Evolução dos casos confirmados e mortes por coronavírus no RN
Dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde através de comunicados e boletins epidemiológico

A Secretaria Estadual de Saúde Pública divulgou nesta terça-feira (7) que o Rio Grande do Norte soma 35.820 casos confirmados de Covid-19 e 1.291 óbitos pela doença. Foram registradas 43 mortes a mais em relação ao boletim epidemiológico do dia anterior.

Natal é a cidade com o maior número de casos – 13.664 – de mortes – 544. Mossoró tem atualmente 3.548 casos confirmados e 141 óbitos. Parnamirim registrou 3.675 casos e 94 mortes.

Situação do coronavírus no RN

  • 1.291 mortes
  • 35.820 casos confirmados

Fonte G1 RN

Continuar lendo ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO CORONAVÍRUS: CASOS DE CORONAVIRUS NO RN CONTINUAM EVOLUINDO

ATUALIZAÇÃO DE NÚMEROS DO CORONAVÍRUS NO RN NESTE DOMINGO

Covid-19: RN registra 44 mortes, 289 curados e 825 infectados

Casos confirmados neste domingo (26) são 44 a mais que no sábado (25), quando registrou 781 infectados

Por Redação – Publicado em 26/04/2020 às 14:41

Na última 24 horas foram registradas quatro mortes

ASecretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou neste domingo (26) os dados sobre a Covid-19 no Rio Grande do Norte. O novo boletim epidemiológico soma 44 mortes causadas pela doença no estado com quatro óbitos registrados nas últimas 24h.Ainda de acordo com o boletim, o Rio Grande do Norte em 825 casos confirmados da doença. São 44 casos a mais que no sábado (25), quando registrou 781 infectados.

O número de curados se mantém em 289. Ainda de acordo com a Sesap, os dados estão sujeitos a alterações a partir da evolução dos casos e à medida que os municípios enviarem novos dados.

Fonte: Agora Rn

Continuar lendo ATUALIZAÇÃO DE NÚMEROS DO CORONAVÍRUS NO RN NESTE DOMINGO

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar