SECRETARIAS DE NATAL PASSARAM ATUAR JUNTAS NO DIRECIONAMENTO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL DE MULHERES VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Natal oferece capacitação profissional às mulheres protegidas pela Patrulha Maria da Penha

Redação / Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Semdes

As secretarias municipais de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) e a de Trabalho e Assistência Social (Semtas) passaram a juntas atuar no direcionamento e na capacitação profissional das mulheres sofridas pela violência doméstica que são protegidos pela Patrulha Maria da Penha, operada pela Guarda Municipal de Natal (GMN).

O trabalho conjunto passa a possibilitar às mulheres cursos de qualificação profissional com o objetivo de inserir essas pessoas no mercado de trabalho, concedendo a oportunidade da independência financeira e a construção de uma nova vida, já que um dos pontos da passividade da vítima em não denunciar a violência se encontra inserido na dependência financeira que ela tem do agressor.

Entre os cursos ofertados, conforme as escolhas foram pelos cursos de Libras, Camareira, Inglês, Espanhol e Repositor a de Mercadorias. Os cursos duração de 60 horas. Essa parceria que se iniciou recente se estenderá para outros serviços e benefícios deertados pela Semtas.

“Essa é uma iniciativa que vem reforçar ainda mais a rede de apoio às mulheres vítimas de violência em Natal. O secretário Adjuto Dias foi sensível a causa e de imediato integramos a Semdes e a Semtas nessa parceria que tem como meta maior qualificação com vistas a emprego e renda para mulheres provocadas de violência doméstica ou familiar ”, comentou a secretária da Semdes, Sheila Freitas.

As primeiras mulheres que aceitaram participar do projeto de capacitação profissional tiveram suas inscrições efetivadas na manhã desta sexta-feira (27). O sistema de inclusão segue um processo onde a Coordenação da Patrulha Maria da Penha identifica como mulheres que desejam ter uma capacitação voltada para geração de emprego e renda, e essas pessoas ao setor responsável pela Semtas, que vai receber e inscrever no curso desejado .

A coordenadora da Patrulha Maria da Penha, Michely Oliveira, esteve com a equipe da Semtas e todo o processo de acolhimento, inclusão e capacitação foi discutido para iniciar a formação profissional das primeiras mulheres protegidas pela Patrulha de Natal. “São mulheres que não tem emprego. e fornecem trabalhar, porém não possuem qualificação para se inserir no mercado de trabalho. Agora trazemos a oportunidade da mulher ser capacitada para trabalhar e ter uma vida com dignidade “, concluiu uma coordenadora.

Continuar lendo SECRETARIAS DE NATAL PASSARAM ATUAR JUNTAS NO DIRECIONAMENTO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL DE MULHERES VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

NESTE FIM DE SEMANA EM NATAL SERÃO VACINADOS FUNCIONÁRIOS DE BANCOS E CORREIOS

Por G1 RN

 

Natal vacina funcionários dos bancos e Correios neste fim de semana — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV CabugiNatal vacina funcionários dos bancos e Correios neste fim de semana — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

A Secretaria de Saúde de Natal (SMS) começa neste fim de semana a vacinação de profissionais dos Correios e bancários contra a Covid-19.

De acordo com a SMS, em Natal faltam apenas 1.710 profissionais dessas categorias a serem imunizados. A vacinação deste público vai acontecer nos drives Palácio dos Esportes e Sesi (o Sesi não abre aos domingos), das 8h às 16h.

Para receber a vacina é preciso que esses profissionais apresentem um desses documentos:

  • carteira de Trabalho;
  • crachá funcional;
  • contracheque acompanhado de documento de identidade;
  • ou carteira de sócio (a) de sindicatos de categoria profissional.

Durante o fim de semana, a SMS Natal vai continuar vacinando pessoas sem comorbidade na faixa etária de 36 anos ou mais, além de grávidas e puérperas.

Segunda dose

Coronavac
As pessoas que completaram 28 dias da primeira dose do imunizante Coronavac devem procurar exclusivamente o drive do Palácio dos Esportes.

Oxford
Durante o fim de semana os quatro drives estarão com aplicação da D2 da Oxford para quem se vacinou nos dias 24.04 e 25.04.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo NESTE FIM DE SEMANA EM NATAL SERÃO VACINADOS FUNCIONÁRIOS DE BANCOS E CORREIOS

PRÓXIMA SEGUNA-FEIRA (07) COMEÇA EM NATAL A VACINAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

Natal inicia vacinação dos profissionais da educação na próxima segunda-feira (7)

Foto: Joana Lima/Secom

Começa na próxima segunda-feira (07) a vacinação contra a Covid-19 para os profissionais da educação no município de Natal. A primeira remessa destinada aos profissionais das redes pública e privada contém 5.190 doses.

O quantitativo de doses destinadas aos profissionais da educação vai atender neste primeiro momento aos trabalhadores que atuam na Educação Infantil (Creche e Pré-escola), seguindo o Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde.

A secretária adjunta de Saúde, Rayanne Araújo explica que o boletim epidemiológico semanal da Secretaria Municipal de Saúde, aponta as regiões administrativas da cidade com os maiores registros de casos confirmados da Covid-19. “Vamos começar pelas zonas Sul e Leste, que estão atualmente apresentando os maiores índices de casos confirmados. A vacinação vai ser volante, uma vez que, técnicos da SMS irão em nas unidades de ensino para imunizar os profissionais. É importante que a unidade de ensino forneça uma lista com nome e função/cargo de todos os trabalhadores que irão receber a primeira dose da vacina”, afirmou. Todos os profissionais devem antecipar o cadastro no portal RN Mais Vacina.

“Com relação à vacinação das escolas privadas, a SMS e a SME aguardam o envio do e-mail com a documentação para definição da rota ”, complementa  Rayanne.

Cronograma

O cronograma estabelecido para a próxima segunda-feira (07), vai vacinar os profissionais dos seguintes Centros Municipais de Educação Infantil:

  • Professora Carmem Maria Reis
  • Haydée Monteiro Bezerra de Melo
  • Professora Antônia Fernanda Jales
  • Professora Maria dos Martírios Lisboa de Menezes
  • Claudete Costa Maciel
  • Kátia Fagundes Garcia
  • Professora Libânia Medeiros
  • Professora Maria Eunice Davim
  • Moema Tinoco da Cunha Lima
  • Vilma Teixeira Dourado Dutra
  • Professora Carla Aparecida Albernaz Bandeira
  • Professora Maria Ilka Soares da Silva
  • Professora Maria Celoni Campos
  • Núcleo de Educação da Infância da UFRN (NEI-UFRN).

Na terça-feira (08) a vacinação acontece nos Centros Municipais de Educação Infantil:

  • Amor de Mãe
  • Professora Cláudia de Farias
  • Galdina Barbosa Silveira Guimarães
  • Nossa Senhora de Lourdes
  • Padre João Perestrello
  • Professora Darilene Brandão Martins
  • São Francisco de Assis
  • Maria Eulália Gomes da Silva
  • José Alves Sobrinho

*A relação das unidades da rede de ensino está sendo organizada em conjunto com o SINEPE e AEEP. Importante que os profissionais entrem em contato com os diretores das suas respectivas unidades de ensino para serem informados do horário da vacinação volante.

Continuar lendo PRÓXIMA SEGUNA-FEIRA (07) COMEÇA EM NATAL A VACINAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

SEGUNDO GOVERNADORA DO RN, OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO SERÃO IMUNIZADOS A PARTIR DA PRÓXIMA REMESSA DE DOSES QUE CHEGAR AO ESTADO

Por G1 RN

 

Vacinação contra Covid-19 — Foto: Giuliano Gomes/PR PRESSVacinação contra Covid-19 — Foto: Giuliano Gomes/PR PRESS

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), anunciou nesta quinta-feira (27) que os profissionais da educação foram incluídos no plano de vacinação contra a Covid-19 e que vão começar a ser imunizados a partir da próxima remessa de doses que será entregue aos estados.

“Acaba de ser aprovado na CIT, a Comissão Tripartite, a inclusão dos trabalhadores da educação no grupo prioritário no plano de imunização pra ter início já na próxima semana”, disse a governadora no Twitter, sem ainda confirmar uma data no estado.

Segundo a gestora, uma nota técnica será encaminhada pelo Ministério da Saúde com as diretrizes para a imunização dos profissionais.

Poderão ser vacinados desde profissionais do ensino básico ao superior, assim como profissionais da rede pública e da rede privada.

“O início da vacinação já está previsto para a próxima remessa das vacinas a serem entregues aos estados. A cada remessa, a partir de agora, será destinada uma quantidade pra gente vacinar os trabalhadores de educação”, disse Fátima.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo SEGUNDO GOVERNADORA DO RN, OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO SERÃO IMUNIZADOS A PARTIR DA PRÓXIMA REMESSA DE DOSES QUE CHEGAR AO ESTADO

INÍCIO DE VACINAÇÃO EM PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO FOI SUSPENSO PELA SESAP

Sesap suspende início de vacinação em profissionais da Educação

Redação / Portal da Tropical

 – Atualizado em: 

Foto: Wilson Moreno / Prefeitura Municipal de Mossoró

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN) divulgou nesta sexta-feira (21) que suspendeu a vacinação nos profissionais da Educação. O início da imunização estava previsto para a próxima segunda-feira (24). Em nota, a Sesap destacou que “a decisão da Justiça Estadual emitida em 1º de abril deste ano impede que a Sesap inclua ou modifique a ordem de grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19 sem prévia autorização do Ministério da Saúde”.

Na semana passada, uma secretaria de Saúde havia anunciado a intenção de começar a vacinar os professores. A proposta indicava que são utilizadas 12.355 doses da reserva técnica do Estado, considerando as fases D1 e D2, da vacina de Oxford. Inicialmente, a prioridade seria para os trabalhadores da rede pública municipal e estadual, compreendendo professores que atuam em sala de aula, seguindo o escalonamento por idade de forma decrescente.

Uma justificativa para a ordem de prioridade era a falta de vacinas. “Como não temos vacinas para todo mundo nesse primeiro momento, a ideia é começar pelos professores da rede pública porque os alunos não têm ferramentas tecnológicas suficientes que o ensino a distância”, explicou Kelly Lima, coordenadora de vigilância em Saúde da Sesap.

O ponto foi questionado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e pela Defensoria Pública do Estado (DPE-RN). “Segundo dados prestados pela Sesap e pelo Governo do RN, os trabalhadores da educação somam um público de aproximadamente 130.000 mil pessoas. No entanto, a SESAP iniciaria a vacinação com o quantitativo de apenas 12.355 (doze mil, trezentos e cinquenta e cinco) doses . Além de não existirem doses suficientes de reserva técnica para a imunização de todo o grupo de trabalhadores de educação, segundo informações do RN Mais Vacina, o plano de imunização proposta trazendo distinção entre as categorias profissionais que exercem atividades laborais nas unidades de ensino, priorizando professores em detrimento de ASG, merendeiras, porteiros, além de preterir os trabalhadores da educação do ensino privado,

No texto, os órgãos reforçaram a decisão judicial que “definida que o Estado e Município deve se abster“ de incluir ou modificar a ordem dos grupos prioritários definidos pelo Plano Nacional de imunização sem prévia autorização do Ministério da Saúde “.

O Ministério Público e Defensoria Pública destacaram que os trabalhadores da educação básica e da superior estão na 18ª e 19ª posições, respectivamente, na ordem dos grupos prioritários. “Atualmente, o Rio Grande do Norte se encontra imunizando o 14º grupo prioritário (pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente que trazem o BPC e gestantes e puérperas). Sendo assim, a antecipação da vacinação dos professores implicaria na preterição de outros grupos vulneráveis ​​”, afirmaram em nota.

Veja as notas da Sesap e do MPRN / DPE-RN na íntegra:

NOTA / SESAP-RN

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) esclarece que o início da vacinação dos profissionais da Educação, anteriormente prevista para 24 de maio, está suspensa. A decisão da Justiça Estadual emitida em 1º de abril deste ano impede que um Sesap inclua ou modifique uma ordem de grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19 sem prévia autorização do Ministério da Saúde. A Sesap vem trabalhando para encontrar meios de equacionar essa situação e iniciar a vacinação entre os profissionais de educação do RN, com vistas ao retorno pleno das aulas presenciais.

NOTA / MPRN / DPE-RN

No tocante à intenção da Secretaria Estadual de Saúde de antecipar a vacinação contra a COVID-19 apenas dos professores da rede pública (estadual e municipal) do ensino no Rio Grande do Norte, o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN) e a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE / RN) esclarecem que, desde o dia 1º de abril de 2021, há decisão judicial nos autos da Ação Civil Nº 0801414-44.2021.8.20.5300 que visa ao cumprimento, sem alteração, da ordem proposta pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a COVID-19.

Tal decisão, dentre outras determinações, definidas que o Estado e Município devem se abster “de incluir ou modificar a ordem dos grupos prioritários definidos pelo Plano Nacional de imunização sem autorização do Ministério da Saúde”, em consonância com o entendimento exposto pelo Supremo Tribunal Federal (STF), na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 754, no sentido de que eventual alteração na ordem dos grupos técnicos só pode ser realizada pelo Ministério da Saúde e com apresentação de critérios-científicos, epidemiológicos e índices de vulnerabilidade social .

De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Imunização contra a Covid-19, os trabalhadores da educação básica ocupam a 18ª posição e os do ensino superior a 19ª posição na ordem dos grupos prioritários. Atualmente, o Rio Grande do Norte se encontra imunizando o 14º grupo prioritário (pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente que fornecem o BPC e gestantes e puérperas). Sendo assim, uma antecipação da vacinação dos professores implicaria na preterição de outros grupos extremamente vulneráveis: pessoas com deficiência permanente sem BPC, pessoas em situação de rua e funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade.

Ademais, segundo dados prestados pela Sesap e pelo Governo do RN, os trabalhadores da educação somam um público de aproximadamente 130.000 mil pessoas. No entanto, um SESAP iniciaria a vacinação com o quantitativo de apenas 12.355 (doze mil, trezentos e cinquenta e cinco) doses. Além de não existirem doses suficientes de reserva técnica para imunização de todo o grupo de trabalhadores de educação, segundo informações do RN Mais Vacina, o plano de imunização proposta traz distinção entre as categorias profissionais que exercem atividades laborais nas unidades de ensino, priorizando professores em detrimento de ASG, merendeiras, porteiros, além de preterir os trabalhadores da educação do ensino privado, que já retornaram às atividades presenciais.

O Plano de Imunização dos profissionais previu a utilização de parte da reserva técnica de vacinas da Oxford / Astrazeneca. No entanto, como as doses tem destinação específica para perdas técnicas / operacionais e, segundo o Ministério da Saúde, quando não mais necessário o seu armazenamento, devem, impreterivelmente, ser destinado ao grupo que se encontra sendo imunizado determinado momento em conformidade com as diretrizes do PNO, não se justificando o uso para antecipação de outros grupos ou categoriais profissionais.

O MPRN e DPE / RN esclarecem, ainda, que a antecipação da vacinação unicamente dos Professores da rede pública de ensino não asseguraria, por si só, o retorno às atividades presenciais nas escolas públicas, além de significar um risco ao ordenamento de todo o processo de vacinação em razão da possibilidade de falta de doses para completar o esquema vacinal dessas pessoas e de novas mudanças futuras, frustrando a expectativa da expectativa que aguardam a sua vez de serem imunizados.  

O MPRN e DPE / RN registram ainda que o Ministério da Saúde, na última pauta de distribuição de vacinas (Décimo Oitavo Informe Técnico, de 16/05/21) expressamente consignou que, “embora tenha sanado como irregularidades decorrentes do uso equivocado da vacina Coronavac por alguns Estados e Municípios, não mais se responsabilizará por quaisquer alterações / descumprimentos das orientações, sob pena de comprometimento de todo o planejamento nacional de combate à pandemia ”.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo INÍCIO DE VACINAÇÃO EM PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO FOI SUSPENSO PELA SESAP

PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DA REDE PÚBLICA DO RN SÃO PRIOZADOS PELO GOVERNO PARA VACINAÇÃO, AO CONTRÁRIO DOS DAS REDES PRIVADAS

Governo do Estado prioriza vacinação de profissionais de educação da rede pública; rede privada ficará para depois

Foto: Sandro Menezes

A Comisão Intergestores Bipartite-CIB aprovou a prioridade de vacinação de profissionais da educação da rede pública. Aqueles que atuam na rede privada ficarão para depois. A comissão é formada pela Secretaria Saúde Pública-RN, a Sesap e o COSEMS-RN (Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do RN).

Pela proposta, serão utilizadas 12.355 doses da reserva técnica do Estado, considerando as fases D1 e D2, da vacina Oxford/Astrazeneca.  A previsão da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) é de que a vacinação seja iniciada na segunda-feira, 24 de maio.

Segundo o governo, “inicialmente terão prioridade os trabalhadores da educação da rede pública municipal e estadual, compreendendo professores e professoras que atuam em sala de aula, seguindo o escalonamento por idade de forma decrescente. Posteriormente serão contempladas as demais categorias laborais que exercem atividades nas dependências das unidades escolares públicas, tais como merendeira, pessoal administrativo, porteiros e ASG. Na etapa seguinte serão imunizados os trabalhadores da rede privada.”

Entre as justificativas para priorizar a vacinação dos trabalhadores e trabalhadoras da educação da rede pública está “a dificuldade da rede de avançar nas ações do ensino EAD (Ensino a Distância)”, segundo a deliberação da Comisão Intergestores Bipartite-CIB.

Mas a pergunta que fica no ar e que não quer calar é:

A vida do professor e demais profissionais que atuam na rede pública de ensino vale mais do que a daqueles que trabalham na rede privada

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DA REDE PÚBLICA DO RN SÃO PRIOZADOS PELO GOVERNO PARA VACINAÇÃO, AO CONTRÁRIO DOS DAS REDES PRIVADAS

NO REINO UNIDO, EPI’S USADOS POR PROFISSIONAIS DE SAÚDE SÃO TRANSFORMADOS EM CADEIRAS ESCOLARES ENTRE OUTROS OBJETOS

Hospitais transformam EPIs em cadeiras escolares no Reino Unido

Máquina compacta máscaras e aventais usados pelos profissionais da saúde para fabricar vários outros objetos de plástico

TECNOLOGIA E CIÊNCIA J

oão Melo, Do R7*

Cinco hospitais já estão fazendo essa transformação

DIVULGAÇÃO/THERMAL COMPACTION GROUP

O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS, na sigla em inglês) está utilizando uma tecnologia para transformar em cadeiras escolares os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), como máscaras usadas para a prevenção contra o contágio da covid-19 e aventais.

Para fazer esta transformação, o Thermal Compaction Group, empresa do País de Gales, desenvolveu uma máquina capaz de compactar sacos com grandes quantidades de EPIs em blocos de plásticos em apenas uma hora, fazendo com que este material possa ser reutilizado.

Os blocos possuem cerca de um metro de comprimento e, após serem processados, podem ser utilizados como matéria-prima para uma grande variedade de produtos, como cadeiras escolares e caixas de ferramentas, entre outros objetos.

A máquina é especializada em compactar o polipropileno, exatamente o material utilizado na produção dos EPIs, e já está sendo utilizada em um hospital no País de Gales, e em quatro hospitais na Inglaterra.

Plásticos são compactados em blocos

“Estamos retirando o que é designado como plástico descartável de um fluxo de resíduos muito caro para o NHS, recuperando o plástico e transformando-o em uma fonte inerte de polipropileno que é, em seguida, reutilizado em vários produtos”, destacou Matt Rapson, diretor ambiental do Thermal Compaction Group, em entrevista à Sky News.

A empresa afirma que outros 11 hospitais administrados pelo Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido receberão as máquinas que diminuem o tamanho do lixo em cerca de 85% durante o processo de compactação.

Roz Davies, gerente do Royal Cornwall Hospital, afirma que a instituição utiliza cerca de 10 mil máscaras por dia, e espera que essa tecnologia mude a forma como o Reino Unido de maneira geral lida com EPIs descartáveis.

“O uso de máscaras cresceu extraordinariamente este ano, mas agora temos a opção de reciclá-las, assim como outros itens como capas de teatro e aventais que antes seriam transportados para fora da Cornualha para incineração especializada”, destacou Davies.

Fonte: R7
Continuar lendo NO REINO UNIDO, EPI’S USADOS POR PROFISSIONAIS DE SAÚDE SÃO TRANSFORMADOS EM CADEIRAS ESCOLARES ENTRE OUTROS OBJETOS

VARIEDADES: COMO FAZEM AS MULHERES PROFISSIONAIS EM DIFERENTES ÁREAS PARA LIDAR COM TRABALHO, FAMÍLIA E MANTER O EQUILÍBRIO

Servir vale a pena’: conheça cinco mulheres na linha de frente da pandemia

A trincheira é feminina. Profissionais de diferentes áreas contam o que fazem para lidar com seus trabalhos, suas famílias e manter o equilíbrio

Fernanda Colavitti, da CNN, em São Paulo

08 de março de 2021 às 05:00

Marisa Ferreira de Mello Pádua, 55 anos, psicólogaMarisa Ferreira de Mello Pádua, 55 anos, psicólogaFoto: Acervo pessoal

Um ano de pandemia e, em alguma medida, todos tiveram suas vidas transformadas pelo novo coronavírus — no trabalho, na vida pessoal, ou nos dois. A prevalência entre os afetados nas duas pontas é feminina.

Segundo levantamento da Organização das Nações Unidas (ONU), as mulheres representam 70% dos profissionais nos setores social e de saúde e são três vezes mais responsáveis pelos cuidados não-remunerados em casa do que os homens.

São mulheres como Vera, Fabiana, Fernanda, Clara e Marisa, que saíram para trabalhar ao longo desse ano, enfrentando o medo de serem contaminadas, bagunçando e reorganizando suas vidas domésticas e, ainda assim, encontrando maneiras de prosseguir. Aqui, elas compartilham como foi encarar a pandemia na linha de frente da batalha e suas estratégias para manter algum nível de positividade e saúde mental.

Marisa Ferreira de Mello Pádua, 55 anos, psicóloga

“Quem teve perdas de pessoas queridas ou precisou implorar por uma vaga de hospital para um familiar vai entender a importância de valorizar a vida”

“Coordeno o setor de psicologia do Hospital Saboya, no Jabaquara (SP), e atuo numa enfermaria psiquiátrica. Estando na linha de frente, ainda mais na área de saúde mental, foi impossível me isolar. Enquanto todos estavam reclamando de ficar em casa, isso era tudo o que eu mais queria.

Por mais cuidados que eu tenha tomado, acabei pegando Covid, em junho. Foi leve, tive apenas dor de cabeça e cansaço – sintomas que, mesmo agora, curada e tendo tomado as duas doses da vacina, continuo sentindo. Meu marido e minha sogra de 97 anos, que mora com a gente, também pegaram. Ela ficou assintomática. Ele teve sintomas mais fortes, que já passaram.

Houve aumento da carga de trabalho, com férias e feriados suspensos para darmos conta dos atendimentos a pessoas que tentavam o suicídio, pacientes com transtorno bipolar, esquizofrenia crônica. Eram casos muito graves que aumentaram demais durante a pandemia.

Foi (e está sendo) tudo muito pesado. E ainda vieram as perdas de colegas de trabalho, que foram muitas e significativas. E era inevitável não imaginar que eu poderia ser a próxima.

Tenho cinco irmãs e uma delas eu não vejo há um ano. Tenho dois filhos que moram no exterior, que também não sei quando vou poder encontrar. Já comprei a passagem para ver a minha filha, que está grávida, em julho, mas não sei se vai ser possível. Meu escape são a ioga e a meditação. É isso que me dá um suporte mental para poder confortar os pacientes e outras psicólogas com quem trabalho.”

Vera Aparecida dos Santos, 51, assistente social

“Aprendi que servir vale a pena, e quero sempre estar disponível para servir ao outro no combate à violêncVera Aparecida dos Santos, 51, assistente socialVera Aparecida dos Santos, 51, assistente socialFoto: Acervo pessoal

“Eu atuo na prevenção contra a violência sexual, dando orientação e apoio às vítimas de todos os gêneros e idades. Mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, acabei ficando imersa nesse universo. A pandemia trouxe um aumento nos casos de violência sexual contra mulheres e crianças. Fui deslocada para uma unidade de saúde para atender urgências.

No começo, faltavam equipamentos de proteção e tínhamos de atender vítimas que chegavam com sintomas de Covid. Convivi com a agonia de ver crianças com sangramento vaginal sem atendimento – todos os esforços estavam focados na pandemia. Tentava dialogar com as unidades e pedir atendimento médico a vítimas com sinais de violência sexual.

Isso me causava muita angústia. Tive dor de cabeça constante por conta da tensão. O caminho que encontrei para lidar com todo esse stress foi a descontração e o apoio dos colegas. Elegemos o horário de almoço como nosso momento de conforto, a hora de conversar sobre qualquer assunto que não fosse Covid, de brincar, dar risada, e de comer muito doce.

Sou solteira e moro sozinha. Tenho um irmão que mora do lado do meu apartamento, e desde março do ano passado eu não vou lá. A meditação, que já era importante na minha vida, ficou ainda mais. Eu segui fazendo acompanhamento psicológico online. Fui convidada a participar de lives sobre prevenção à violência e fiquei feliz em contribuir de uma forma nova para salvar a vida de mais mulheres.”

Fabiana Cristina de Oliveira, 30, diarista

“Aprendizado e empatia são as palavras que definem 2020 para mim. Em nenhum momento deixe de sentir e de transmitir amor”

Fabiana Cristina Almeida de Oliveira, 30, diaristaFabiana Cristina Almeida de Oliveira, 30, diarista Foto: Acervo pessoal

“Sou de Recife, mas vivo em São Paulo há 9 anos. Trabalho em diferentes casas, de segunda a sábado. Continuei indo para algumas famílias até o fim de março do ano passado. Em abril, parei de ir em todas as casas. Algumas pessoas se prontificaram, de uma maneira linda, a continuar me pagando. Mas nem todas puderam.

Eu ganhava 2 mil reais por mês, e passei a ganhar metade. Por sorte, meu marido trabalha em um mercado e não parou. Mesmo assim, temos três filhos. Foi uma geração de dívida enorme. Tive de reduzir as despesas, as compras de mercado. Era armário ficando vazio e nada de dinheiro entrando.

Esse período sem trabalhar foi o que eu senti mais medo de pegar Covid. Meus filhos não estavam indo para a escola e eu não deixava ninguém sair para nada, nem para colocar o lixo na rua. Imagina três crianças ansiosas para sair e brincar…

Apesar de todos os cuidados, acabei pegando Covid em setembro, quando voltei a trabalhar. Foi apavorante. A evolução foi muito rápida. Eu estava trabalhando e, de repente, senti uma falta de ar imensa, uma sensação de desmaio, e fiquei com febre. Passei cinco dias sem conseguir sair da cama.

Tivemos de fazer um esquema de guerra em casa para eu não contaminar meus filhos e meu marido. Fiquei trancada no quarto. Meu marido tirou uma licença do trabalho para cuidar de mim e das crianças, que choravam o tempo todo. Ninguém em casa pegou.

Minha fé me ajudou a manter a saúde mental. Em nenhum momento me senti sozinha. Voltei a trabalhar em todas as casas, estou com a semana fechada. Hoje, somos uma família mais feliz e meus filhos reconhecem meu esforço para trazer dinheiro para casa”.

Fernanda Justo Descio Bozola, 36, médica infectologista

“A pandemia me fez valorizar ainda mais as coisas simples, como um abraço de familiares e amigos”

Fernanda Justo Descio Bozola, 36, médica infectologista
Fernanda Justo Descio Bozola, 36, médica infectologista
Foto: Acervo pessoal

“Trabalho no controle de infecção do Hospital Sírio-Libanês. Em 2019, fiquei grávida e, no final da gestação, chegou a pandemia. Naquele momento, eu enfrentei o medo do vírus e o desconhecimento da maternidade. Por conta do isolamento, não tive ajuda de ninguém, além do meu marido. Me senti um pouco culpada, porque tive de ser afastada do hospital em abril, por causa da gravidez.

Minha filha nasceu em maio. Meu marido tirou férias e depois ficou trabalhando em home office. Éramos só ele e eu cuidando da Cecília. Sentia falta de ter a minha mãe perto de mim, ou uma amiga que pudesse ir em casa. Trocava mensagens, ligava, mas não é a mesma coisa. Por outro lado, isso fortaleceu o vínculo entre nós três em casa.

Quando tive de voltar a trabalhar presencialmente, veio o stress de encontrar alguém para ficar com a minha filha. Hoje uma profissional maravilhosa trabalha com a gente. Nesse momento, já tínhamos 6 meses de pandemia no Brasil. Eu sabia as medidas de prevenção e sempre tive equipamentos de proteção individual no hospital. Vou trabalhar com tranquilidade, porque sei que estou protegida.

Me senti realizada em poder participar do enfrentamento da pandemia como médica infectologista, colocar em prática tudo o que eu estudei. Mas o trabalho é muito intenso e preciso chegar em casa bem para cuidar da minha bebê. É ela que me mantém forte. A minha estratégia para lidar com a situação é separar minha vida profissional da minha vida doméstica. Quando saio para trabalhar, respiro fundo e entro na sintonia 100% trabalho. Na volta para casa, faço o inverso. Tomo um banho e digo: ‘pronto, mamãe chegou’.”

Clara Esther Maciel dos Santos, 35, enfermeira

“A pandemia me trouxe autoconhecimento, porque fui obrigada a me cuidar”

Clara Esther Maciel dos Santos, 35, enfermeira
Clara Esther Maciel dos Santos, 35, enfermeira
Foto: Acervo pessoal

“Quando a pandemia chegou, eu estava em período de experiência como enfermeira-líder no Hospital Sírio-Libanês. Hoje, sou coordenadora da UTI. Apesar dos ganhos profissionais, foi um período muito difícil, especialmente na minha vida pessoal.

Meu marido trabalha em uma indústria metalúrgica e o serviço caiu bastante. Ele ficou trabalhando em casa, com redução salarial, e cuidando dos nossos dois filhos. Tive de assumir praticamente todas as contas. Saía de casa às 5h e não tinha hora para voltar.

Eu tinha muito medo dessa doença, que era totalmente desconhecida. A gente não sabia como tratar, que tipo de paramentação utilizar. Eu tinha pavor de levar o vírus para casa. Passei quatro meses usando máscara dentro de casa, dormindo separada do meu marido. E sem abraçar meus filhos.

Sentia que eu não estava conseguindo dar conta de ser profissional, mãe e companheira. Em agosto, tive uma crise de ansiedade séria e precisei me afastar. Pensei em desistir de tudo. Conversei com a minha coordenadora e ela sugeriu que eu tirasse 15 dias de férias com o compromisso de me cuidar. Desde então, faço terapia toda semana.

O medo ainda existe, mas hoje me sinto mais protegida no hospital do que fora, porque temos todos os protocolos. A terapia tem sido fundamental para enfrentar esse período e entender que eu tenho vários papéis, como profissional, mãe, companheira, e ainda tem que sobrar um tempo para mim.”

Continuar lendo VARIEDADES: COMO FAZEM AS MULHERES PROFISSIONAIS EM DIFERENTES ÁREAS PARA LIDAR COM TRABALHO, FAMÍLIA E MANTER O EQUILÍBRIO

EM NATAL MAIS 28 SALAS DE VACINAÇÃO ESTARÃO DISPONÍVEIS PARA IMUNIZAR PROFISSIONAIS DA SAÚDE

Por G1 RN

 

Natal abre mais 28 salas de vacina a partir desta segunda-feira — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV CabugiNatal abre mais 28 salas de vacina a partir desta segunda-feira — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Mais 28 salas de vacina estarão disponíveis a partir desta segunda-feira (1º) para imunizar os profissionais de saúde de Natal. Os quatro pontos de drive-thru seguem em funcionamento, assim como as outras seis salas de vacina de Unidades Básicas de Saúde que já aplicavam as doses.

Os profissionais de saúde precisam ter vínculo ativo comprovado em clínicas médicas e odontológica, laboratórios, ILPs/Residências Terapêuticas. Todos devem apresentar no ato da vacinação Auto Declaração impressa (disponível no site da prefeitura), Declaração de Vínculo (impressa) com o estabelecimento indicado na Auto Declaração ou Carteira de Trabalho e Carteira de Classe.

A Secretaria Municipal de Saúde informa ainda que os profissionais de saúde das categorias já contempladas anteriormente têm até quarta-feira (3) para se vacinar.

A SMS contabiliza, até o momento, 20.431 profissionais de saúde e idosos institucionalizados vacinados contra a Covid-19.

Os quatro drives e salas de vacina (Arena das Dunas, Via Direta, Palácio dos Esportes e Ginásio Nélio Dias) funcionam de segunda a quinta-feira, das 8h às 16h.

As salas de vacinação das Unidade Básicas de Saúde funcionam de segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h.

Confira a lista das 28 Unidades de Saúde que estarão vacinando profissionais de saúde a partir desta segunda-feira (1º):

  • Distrito Sul – Nova Descoberta, Candelária, Pirangi, Rosangela Lima, Cidade Satélite.
  • Distrito Leste – Brasília Teimosa, São João, Alecrim, Passo da Pátria, Aparecida
  • Norte 1 – Redinha, Pajuçara, Vista Verde, Nova Natal, Nordelândia.
  • Norte 2 – Vale Dourado, Panatis, Nova Aliança, Santarém, Igapó, Jardim Progresso.
  • Oeste – Felipe Camarão II, Nazaré, Km06, USF Quintas, Bom Pastor, Guarapes e Novo Horizonte.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo EM NATAL MAIS 28 SALAS DE VACINAÇÃO ESTARÃO DISPONÍVEIS PARA IMUNIZAR PROFISSIONAIS DA SAÚDE

DOIS TRABALHOS DO RN SERÃO SELECIONADOS PARA PARTICIPAR DE OFICINA ONLINE COM PROFISSIONAIS RENOMADOS NA INDÚSTRIA DO CINEMA BRASILEIRO

Por G1 RN

 

Mostra de Cinema de Gostoso será virtual em 2021 — Foto: Rogério VitalMostra de Cinema de Gostoso será virtual em 2021 — Foto: Rogério Vital

Estão abertas as inscrições para a segunda edição do Gostoso Lab, promovido pela Mostra de Cinema de Gostoso com o objetivo de selecionar seis projetos de longa-metragem da região Nordeste em fase de desenvolvimento. Os trabalhos deverão ser enviados através de formulário online, até as 18h (horário de Brasília) do dia 3 de fevereiro.

Dos seis projetos de longa-metragem de ficção e/ou documentário selecionados, duas vagas estão reservadas para trabalhos do Rio Grande do Norte.

Consolidada no calendário dos principais festivais de cinema do Brasil e valorizada pelo impacto positivo na economia local do município de São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte, a Mostra de Gostoso está confirmada para o período de 24 a 28 de fevereiro, mas desta vez não vai acontecer na praia. Por causa da pandemia da Covid-19, esta edição será realizada em formato online, com acesso gratuito.

De acordo com a organização do evento, o Gostoso Lab configura-se como um espaço de discussão coletiva em torno do argumento, da narrativa, da realização, da produção e da distribuição de um longa-metragem. Os participantes terão oportunidade de trabalhar sob orientação e em interlocução com profissionais renomados da indústria audiovisual brasileira, sob tutoria do diretor Ramon Porto Mota, da roteirista Fernanda De Capua, da produtora Nara Aragão e do produtor e diretor do BrLab, Rafael Sampaio, responsável pela coordenação pedagógica.

A lista dos projetos selecionados será divulgada até 11 de fevereiro. Os responsáveis serão contatados pela organização do laboratório e deverão estar disponíveis para participar integralmente das atividades em formato online no período de 22 de fevereiro a 1º de março.

A expectativa da organização é que em novembro de 2021 seja realizada uma edição presencial, com a realização da 8ª Mostra de Cinema de Gostoso, no município de São Miguel do Gostoso, a 102 km de Natal.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo DOIS TRABALHOS DO RN SERÃO SELECIONADOS PARA PARTICIPAR DE OFICINA ONLINE COM PROFISSIONAIS RENOMADOS NA INDÚSTRIA DO CINEMA BRASILEIRO

GOVERNADORA DO RN PEDE A BOLSONARO ATRAVÉS DE OFÍCIO, A INCLUSÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO NAS FASES INICIAIS DA VACINA CONTRA COVID-19

Por G1 RN

 

Governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT) — Foto: Demis Roussus/Governo do RNGovernadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT) — Foto: Demis Roussus/Governo do RN

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), enviou nesta quinta-feira (7) um ofício ao presidente da República Jair Bolsonaro com um pedido para que os profissionais da educação do Brasil sejam incluídos nas fases iniciais dos grupos prioritários da vacinação contra a Covid-19.

O documento cita que é preciso considerar a importância dos profissionais “para a retomada do desenvolvimento socioeconômico, científico e cultural do país”.

De acordo com o Plano Nacional de Vacinação, os trabalhadores em educação entram nos grupos prioritários, mas o governo ainda não definiu em qual das três fases iniciais esse grupo será inserido. Isso só vai ocorrer após aprovação das vacinas e disponibilidade de doses.

No ofício, a governadora do RN diz que os impactos causados pela pandemia da Covid-19 “diretamente aos profissionais e aos estudantes, em especial na educação pública no País, aprofundam as desigualdades de acesso e de permanência já existentes nas escolas e promovem enormes prejuízos à qualidade da aprendizagem, em todos os níveis e etapas”.

Segundo o documento, são cerca de 50 milhões de estudantes e 2 milhões de professores da educação básica sem aulas presenciais atualmente, comprometendo a aprendizagem de estudantes entre 4 a 17 anos.

A governadora do RN disse ainda que providências para preparação das escolas na volta às aulas presenciais foram adotadas no Brasil. No RN, segundo ela, a previsão é de que o retorno aconteça no dia 1 de fevereiro, “com todas as medidas definidas nos protocolos de segurança internacionais, nacionais e locais”.

A chefe do Executivo potiguar cita também investimentos para reestruturação física das escolas e de profissionais e ações de formação e reorganização curricular.

“Essas providências, no entanto, serão insuficientes sem a garantia da vacinação”, diz o texto da governadora Fátima Bezerra (PT).

“Comprometer ainda mais a educação, retardando o retorno das atividades presenciais, constitui-se substancial ameaça ao avanço e à sobrevivência da ciência brasileira, bem como o futuro do desenvolvimento e soberania do País”.

O pedido da governadora potiguar pede a inclusão dos profissionais da educação sem prejuízo dos profissionais da saúde e demais grupos vulneráveis.

Segundo Fátima, essa medida permitirá a retomada, em menor tempo, das atividades educacionais e vai contribuir “para a redução das desigualdades entre os estudantes, a preservação de seus vínculos com a escola, a diminuição dos riscos de ficarem ainda mais para trás ou abandonarem os estudos, assegurando a reabertura das escolas e das instituições de educação superior, com seus profissionais protegidos e imunizados”.

Plano Nacional de Vacinação

De acordo com o Plano Nacional de Vacinação, os grupos prioritários para vacinação foram divididos em fases.

Primeira fase: trabalhadores de saúde; pessoas de 75 anos ou mais; pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas; população indígena aldeado em terras demarcadas aldeada; povos e comunidades tradicionais ribeirinhas.

Segunda fase: Pessoas de 60 a 74 anos.

Terceira fase: pessoas com comorbidades.

Trabalhadores da educação; trabalhadores dos demais serviços essenciais (forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema de privação de liberdade, trabalhadores do transporte coletivo, entre outros); populações quilombolas; população privada de liberdade e pessoas em situação de rua também entram nos grupos prioritários. Entretanto, o governo irá avaliar em qual fase esses grupos serão inseridos após aprovação das vacinas e disponibilidade de doses.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo GOVERNADORA DO RN PEDE A BOLSONARO ATRAVÉS DE OFÍCIO, A INCLUSÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO NAS FASES INICIAIS DA VACINA CONTRA COVID-19

NA FRANÇA LOCKDOWN É MOTIVO DE PROTESTOS PELOS PROFISSIONAIS DA CULTURA

Continuar lendo NA FRANÇA LOCKDOWN É MOTIVO DE PROTESTOS PELOS PROFISSIONAIS DA CULTURA

COM SALÁRIO QUE PODE CHEGAR À R$ 6,9 MIL, FUNPEC OFERTA 11 VAGAS PARA PROFISSIONAIS DE TI

Funpec oferta 11 vagas para profissionais de TI; salário pode chegar a R$ 6,9 mil

Redação/Portal da Tropical

Atualizado em:

Resultado do processo seletivo, bem como todas as etapas da triagem, serão publicadas no site da Funpec

A Fundação Norte-rio-grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec), instituição de apoio à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), está com processo seletivo aberto para contratação de profissional em Tecnologia da Informação (TI) para atuar em regime celetista. São ofertadas 11 vagas, para diferentes perfis, com remunerações que variam entre R$2.894,00 e R$6.968,00.

As inscrições para a seletiva são gratuitas e seguem abertas até a próxima segunda-feira (9). Para candidatar-se, o interessado deve preencher e assinar o formulário de inscrição, disponível no site da Funpec, e enviá-lo (digitalizado e em formato PDF), junto à documentação solicitada no edital nº10/2020 para o e-mail ps102020@funpec.br. Os arquivos devem ser digitalizados em uma única mensagem.

Além disso, de acordo com o certame, do total de vagas destinadas para cada cargo, 5% são destinadas às pessoas portadoras de deficiência.

Os candidatos selecionados atuarão no projeto acadêmico Smart Retail, conduzido no âmbito do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), sob carga horária semanal de 40 horas, desenvolvendo atividades relativas à programação de sistemas de informação e análise de desenvolvimento de sistemas.

Perfis

O total de vagas ofertadas apresentam-se em oito perfis diferentes de atuação, divididos em dois grupos. O primeiro trata-se de Programadores de Sistemas da Informação, cujas vagas distribuem-se da seguinte maneira: 1 para desenvolvimento front-end; 1 para desenvolvimento back-end; 2 vagas para testes; e 1 para infraestrutura/devops.

Já o segundo grupo volta-se a Analistas de Desenvolvimento de Sistemas (Júnior e Pleno) e divide-se da seguinte forma: 2 vagas para desenvolvimento front-end (Analista Júnior); 1 para desenvolvimento back-end (Analista Júnior); 2 vagas para desenvolvimento full-strack (Analista Júnior); e 1 para arquitetura de software (Analista Pleno).

As atividades a serem desenvolvidas pelos selecionados, os requisitos básicos para cada um dos cargos, bem como as comprovações necessárias, estão detalhadas no Anexo I do edital.

Seleção

O processo de seleção será realizado por meio de três etapas (todas de caráter eliminatório e classificatório) e consistirá na análise de currículo, avaliação técnica, e entrevista técnica. A primeira fase será aplicada a todos os candidatos cujas inscrições tenham sido deferidas e levará em consideração os critérios de pontuação definidos no Anexo II do edital.

A avaliação técnica será realizada somente com os candidatos aprovados na primeira etapa, sendo composta por uma prova sobre os conhecimentos e habilidades específicas para o cargo e experiências técnicas na área. O teste será aplicado de forma on-line em dia, horário, e duração a serem definidos pela Funpec.

Já a terceira etapa, a entrevista técnica, também será realizada de forma remota e avaliará, por meio da apresentação de um desafio técnico (proposto antes da conferência), conhecimentos e habilidades específicas para o cargo e experiências na área.

O resultado do processo seletivo, bem como todas as etapas da triagem, serão publicadas no site da Funpec.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Continuar lendo COM SALÁRIO QUE PODE CHEGAR À R$ 6,9 MIL, FUNPEC OFERTA 11 VAGAS PARA PROFISSIONAIS DE TI

PROGRESSÕES SALARIAIS DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE É CONFIRMADA PELA GOVERNADORA

Governo do RN confirma progressões salariais dos profissionais da saúde

Redação/Portal da Tropical

 – Atualizado em: 

Anúncio foi feito pela governadora Fátima Bezerra | Foto: Reprodução

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou que vai publicar, na edição desta terça-feira (20) do Diário Oficial do Estado, as progressões salariais dos profissionais da saúde. A medida que garante o direito dos servidores foi acertada entre a governadora Fátima Bezerra e o sindicato da categoria no fim de setembro.

De acordo com o Estado, a medida beneficiará 13 mil servidores e representa um impacto de aproximadamente R$ 1,4 milhão na folha de pagamento. O planejamento é de que o pagamento das progressões, que são relativas aos anos de 2017, 2018 e 2019, seja efetuado no fim do mês. O Governo já pagou a progressão relativa ao ano de 2016.

O ato cumpre o Plano de Cargos, Carreiras e Salários da Saúde correspondentes. “Essa era uma demanda antiga da categoria, porque nós vamos atualizar as progressões horizontais desde 2017. Essa negociação vem desde o início do Governo e estamos cumprindo o que foi discutido na mesa de negociação”, afirmou a governadora.

O pagamento das progressões se soma às medidas de apoio aos profissionais da saúde durante à pandemia, como a concessão da insalubridade e o aumento do valor da produtividade.

Fonte: Portal da Tropica -Notícias

Continuar lendo PROGRESSÕES SALARIAIS DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE É CONFIRMADA PELA GOVERNADORA

PROFISSIONAIS DA ESPANHA QUE LUTAM CONTRA A PANDEMIA, SÃO HOMENAGEADOSS

 

Espanha homenageia profissionais que lutam contra pandemia

Durante festa nacional, médicos, Forças Armadas, Polícia, Corpo de Defesa Civil e Emergência e Bombeiros foram alguns dos homenageados

INTERNACIONAL

Da EFE

Dia da Hispanidade, em Madri

Kiko Huesca/EFE – 12.10.2020

Durante as celebrações nesta segunda-feira (12) na Espanha pelo feriado nacional do Dia da Hispanidade, o país prestou homenagem aos profissionais que lutam contra a pandemia do novo coronavírus.

O tradicional desfile militar realizado anualmente no Paseo de la Castellana, a principal via de Madri, foi transferido em formato reduzido para a Plaza de la Armería do Palácio Real, onde as principais autoridades espanholas se reuniram com todas as medidas de segurança contra a covid-19.

O rei e a rainha da Espanha, Felipe VI e Letizia, junto com as filhas, as princesas Leonor e Sofia, assistiram ao evento, que também contou com a presença de toda a cúpula do governo, incluindo o primeiro-ministro Pedro Sánchez à frente.

O momento principal do evento foi a homenagem a todos os participantes na luta contra a pandemia: médicos, Forças Armadas, Polícia, Corpo de Defesa Civil e Emergência, Agentes Florestais e Bombeiros, entre outros.

Em reconhecimento a todos eles, o lema da celebração foi “O esforço que nos une”.

 

Continuar lendo PROFISSIONAIS DA ESPANHA QUE LUTAM CONTRA A PANDEMIA, SÃO HOMENAGEADOSS

PROFISSIONAIS QUE TRABALHAM EM LEITOS DE COVID-19 NO RN TERÃO INCENTIVO À PRODUTIVIDADE PRORROGADO PELO GOVERNO DO RN

Por G1 RN

 

Profissionais da saúde vão ter benefício — Foto: Beto Silva/TV ParaíbaProfissionais da saúde vão ter benefício

O Governo do Rio Grande do Norte prorrogou o incentivo à produtividade diferenciada aos profissionais que trabalham em leitos de UTI, clínicos ou de estabilização para tratamento da Covid-19.

portaria 2887 foi publicada na edição de sexta-feira (2) do Diário Oficial do Estado e abrange 11 mil trabalhadores da saúde em todo o RN. A prorrogação do incentivo à produtividade é para mais quatro meses, contando a partir de setembro.

“Sabemos que a pandemia não acabou e que precisamos continuar unindo esforços na área da Saúde. E esta prorrogação é mais um incentivo para que todos e todas possam desenvolver seus trabalhos da melhor forma possível”, disse a governadora Fátima Bezerra.

A portaria cita que a pandemia “acarretou consequências aos servidores que tiveram suas rotinas de trabalho intensificadas, gerando sobrecarga de trabalho, tanto física quanto mental, especialmente aos profissionais de saúde, que desempenham suas funções nos ambientes com leitos críticos de assistência aos pacientes acometidos por essa patologia”.

Além disso, o documento acrescenta ainda para o incentivo que deve ser considerado ainda “o contexto de ansiedade e medo que permeia toda a sociedade, especialmente os profissionais de saúde, que são expostos em grande medida aos riscos relacionados à COVID-19, explicitados a cada dia pelos números de mortes de profissionais de saúde amplamente divulgados em todo o mundo, causando absenteísmo e dificuldade de fixar trabalhadores para atenção direta à Covid-19”.

E reforça também que “a insalubridade de grau máximo foi concedida a todos os profissionais que realizam assistência direta”, e que o incentivo à produtividade não serve “de estímulo para os profissionais atuarem na assistência direta às pessoas com Covid-19”.

Além da produtividade diferencia, o Governo do Estado também já havia feito a concessão da insalubridade máxima de 40% para todos os profissionais que atuam na linha de frente dos hospitais e de 20% para os que exercem atividades administrativas nessas unidades.

“A pandemia acarretou consequências aos servidores que tiveram suas rotinas de trabalho intensificadas, gerando sobrecarga de trabalho, especialmente aos profissionais da saúde e que independente de qualquer coisa deram e continuam dando o máximo de si”, disse o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia.

Recentemente também foi feito o pagamento das progressões salariais referente ao Plano de Cargos, Carreiras e Salários correspondentes aos anos de 2017, 2018 e 2019, que beneficiará 13 mil servidores e representará um impacto de aproximadamente R$ 1,4 milhão na folha de pagamento.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo PROFISSIONAIS QUE TRABALHAM EM LEITOS DE COVID-19 NO RN TERÃO INCENTIVO À PRODUTIVIDADE PRORROGADO PELO GOVERNO DO RN

MUSICAL: CADASTRO DE PROFISSIONAIS DA MÚSICA DO RN QUE ESTÃO SEM RENDA SERÁ FEITO POR EMAIL

Por G1 RN — Natal

 

Projeto Cultural Ribeira Boêmia arrecada mais de 5 toneladas de alimentos em live — Foto: Luana TayzeProjeto Cultural Ribeira Boêmia arrecada mais de 5 toneladas de alimentos em live

Realizado há duas semanas, o “Samba Solidário em Casa” arrecadou mais de cinco toneladas de alimentos e o Projeto Cultural Ribeira Boêmia, então, decidiu reabrir as inscrições para os beneficiários. O principal objetivo é ajudar os profissionais da música que estão sem renda fixa desde o início da pandemia do novo coronavírus no Rio Grande do Norte.

Os interessados podem procurar a Casa da Ribeira para se cadastrar. Cerca de 100 famílias já receberam doações. Durante o mês de agosto, outras 300 devem ser contempladas com kits contendo cesta básica, material de higiene, produtos de limpeza, álcool em gel e máscaras de proteção.

A live solidária do Ribeira Boêmia arrecadou 5.166 kg de alimentos; 300 kits de higiene e limpeza; 1.400 litros de álcool em gel, desinfetante e água mineral, além de 4.600 máscaras de proteção. As doações partiram de empresas apoiadoras e pessoas físicas que assistiram à transmissão no YouTube. As contribuições em dinheiro foram convertidas em donativos. O montante foi contabilizado pelo Programa Mesa Brasil Sesc.

Cadastro

Os novos cadastros de profissionais que vivem da música e estão desamparados serão feitos pelo e-mail casadaribeiranatal@gmail.com ou pelo WhatsApp (84) 98704-0265. Os dados solicitados são: nome completo; CPF ou RG; endereço; profissão; ocupação atual; quantidade de dependentes; renda média mensal familiar atual e telefone de contato.

A primeira live do Ribeira Boêmia, realizada no dia 18 de julho, alcançou quase 3 mil acessos simultâneos e já teve até agora mais de 38 mil visualizações (veja aqui). Foram seis horas de muito samba e valorização do artista potiguar, com destaque para as participações de Dodora Cardoso, Berthone Oliveira, Junior Santos e Sueldo Soares.

Fonte: G1 RN
Continuar lendo MUSICAL: CADASTRO DE PROFISSIONAIS DA MÚSICA DO RN QUE ESTÃO SEM RENDA SERÁ FEITO POR EMAIL

OPINIÃO: MÉDICOS SÃO OS PROFISSIONAIS COM MAIS CREDIBILIDADE DENTRE OS BRASILEIROS

Médicos são os profissionais em quem os brasileiros mais depositam credibilidade

Segundo pesquisa Datafolha, 35% dos entrevistados aprovam e depositam maior grau de confiança e credibilidade nestes profissionais.

Por Redação – Publicado em 22/07/2020 às 09:46

Médicos são os profissionais em que os brasileiros depositam maior credibilidade, aponta pesquisa

“Qual o profissional em quem você mais confia e acredita?” Com essa pergunta em mãos, o Instituto Datafolha foi às ruas para saber o grau de confiabilidade da população brasileira em diferentes categorias de trabalhadores. O resultado confirmou os médicos, com 35% de aprovação, como aqueles que são depositários de maior grau de confiança e credibilidade por parte da população. Na segunda posição, aparecem os professores, com 21%, e os bombeiros, com 11%.

O mesmo levantamento indica que a situação provocada pela Covid-19, em que informações desencontradas têm deixado a população insegura, contribuiu para o aumento do percentual de confiabilidade dos médicos. Na pesquisa anterior, realizada em 2018, também pelo Datafolha a pedido do Conselho Federal de Medicina (CFM), os médicos tinham um índice de 24%, que agora cresceu nove pontos percentuais.

Atrás de médicos, professores e bombeiros, aparecem policiais (5%), militares e juízes (cada categoria com 4%) e advogados, jornalistas e engenheiros (3%, cada). Na sequência, surgem os procuradores de Justiça (com 1%) e os políticos (com 0,5%). A pesquisa ouviu 1.511 pessoas, com 16 anos ou mais, em entrevistas estruturadas por telefone, de todas as regiões do país. A amostra contemplou a distribuição da população segundo sexo, classes sociais e níveis de escolaridade.

Boa imagem

O alto nível de confiança e credibilidade depositado nos médicos de deve, principalmente, à percepção das mulheres (42%), da população com ensino fundamental (42%) e com idade a partir de 45 anos (37%). A boa imagem da categoria também é maior entre os que ganham até dois salários mínimos (41%) ou mais de 10 salários mínimos (33%). Do ponto de vista da distribuição geográfica, os percentuais são muito próximos, com ligeiro destaque para os estados do Nordeste (37%) e Sul (38%).

Os dados coletados pelo Datafolha ainda permitiram captar qual a percepção dos brasileiros com respeito à atuação dos médicos brasileiros no enfrentamento da pandemia de Covid-19. Na opinião de 77%, o trabalho desses profissionais é considerado ótimo ou bom. Outros 17% consideram essa performance como regular e apenas 6% como ruim ou péssimo.

As mulheres (78%), a população com idades de 45 a 59 anos (82%), os com nível superior (81%) e com rendimento maior do que dez salários mínimos (78%) são os segmentos que se destacam no que se refere à imagem positiva dos médicos. Geograficamente, o bom conceito não apresenta grandes variações por região, ficando, em média, em 76%.

Pandemia

Essa avaliação do trabalho dos médicos durante a pandemia vem amparada em percepções específicas. Por exemplo, 79% dos brasileiros avaliam como ótimo ou bom o empenho dos profissionais para atender os pacientes e 73% classificam da mesma forma a qualidade da assistência oferecida. Para 64%, o nível de confiança depositada no trabalho realizado durante a pandemia é alto.

Por outro lado, 49% dos brasileiros acreditam que o trabalho do médico não tem recebido a valorização merecida, considerando-a como regular, ruim ou péssimo. Já 65% avaliam com esses mesmos conceitos as condições de trabalho oferecidas aos médicos, ou seja, entendem que o trabalho desses profissionais tem sido prejudicado por falta de infraestrutura.

De forma geral, independentemente do período da pandemia, os brasileiros mantêm o entendimento de que os médicos são vítimas de problemas de gestão. Para 99% dos entrevistados, esses profissionais carecem de condições adequadas para o pleno exercício de suas atividades. Já na percepção de 95%, eles merecem ser alvos de medidas de valorização, como maior remuneração e plano de carreira.

Continuar lendo OPINIÃO: MÉDICOS SÃO OS PROFISSIONAIS COM MAIS CREDIBILIDADE DENTRE OS BRASILEIROS

GOVERNO DO RN PUBLICOU NESTE SÁBADO LISTA DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

Governo do RN convoca profissionais da saúde para atuar no combate à pandemia da Covid-19

Imagem: ilustrativa

O Governo do Rio Grande do Norte publicou, neste sábado (25), a lista de convocação dos profissionais de saúde aprovados no processo seletivo simplificado para reforçar o quadro de pessoal da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) durante o período de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Os aprovados podem conferir a relação no Diário Oficial do Estado (DOE), por ordem de cargo e classificação.

Os convocados deverão se apresentar à Coordenadoria de Recursos Humanos da Sesap, no período de 27 a 29 de abril (em horários agendados), munidos de toda documentação digitalizada em PDF exigida no Edital nº 001/2020-SESAP/RN. É preciso levar também os documentos originais para conferência. Quem não se apresentar a vaga será destinada para candidatos de cargos análogos do quadro de reserva.

Antes do comparecimento à Sesap, é necessário que o convocado acesse o http://portalsei.rn.gov.br para criar seu usuário externo e senha, na opção ”Clique aqui se você ainda não está cadastrado” ou usando o link direto de https://sei.rn.gov.br/sei/controlador_externo.php?acao=usuario_externo_enviar_cadastro&acao_origem=usuario_externo_avis-ar_cadastro&id_orgao_acesso_externo=0.

Após a criação do usuário externo, o candidato deve enviar e-mail para sei.sesap@gmail.com informando NOME e CPF com o título “LIBERAÇÃO CONCURSO SESAP”, para que seu usuário seja liberado. Em seguida, os candidatos precisam realizar um agendamento para poder comparecer na Sesap, através do link http://centraldocidadao.rn.gov.br.

Os candidatos convocados também estão dispensados temporariamente da inspeção médica oficial, conforme Portaria n°508, publicada no DOE de 24 de março de 2020 pela Secretaria de Estado da Administração (Sead), que estabelece a apresentação de convocados à Junta Médica do Estado. Ao final do estado de calamidade, entretanto, os profissionais devem se apresentar, em até 60 dias, para providenciar a emissão do Atestado de Saúde Ocupacional.

De acordo com a Coordenadoria de Recursos Humanos da Sesap, inscreveram-se no processo 3.540 profissionais, dentre médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos, biomédicos, técnicos de enfermagem e de radiologia, higienista hospitalar e maqueiros. Foram selecionados cerca de 2.500 profissionais para cobrir, inicialmente, 888 vagas do Edital, gerando um quadro de reservas para as necessidades do plano de contingência de enfrentamento à pandemia

Os profissionais convocados serão contratados pelo período de seis meses e atuarão em três regiões de saúde do Estado, ampliando a assistência hospitalar e o processo de abertura de leitos de UCI e UTI planejados para atender pacientes com a Covid-19.

CommentsFonte: Blog do BG

Continuar lendo GOVERNO DO RN PUBLICOU NESTE SÁBADO LISTA DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar