EX-ASSESSOR DE TRUMP SE APRESENTA AO FBI MAS FOI LIBERADO HORAS DEPOIS

Ex-assessor de Trump, Bannon é liberado após se apresentar ao FBI

Aliado do ex-presidente dos EUA responde duas acusações por não cooperar com investigação sobre a invasão ao Capitólio

INTERNACIONAL

Lucas Ferreira, do R7,

com informações da AFP

Steve Bannon declarou que começará uma ofensiva contra o atual governo dos EUASteve Bannon declarou que começará uma ofensiva contra o atual governo dos EUAWIN MCNAMEE/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/GETTY IMAGES VIA AFP – 15.11.2021

O ex-assessor e conselheiro do ex-presidente Donald Trump, Steve Bannon, foi liberado horas após se apresentar ao FBI, nesta segunda-feira (15), em Washington, capital dos Estados Unidos. Ele possuía um mandado de prisão em aberto por duas acusações relacionadas a não cooperação com a investigação do Congresso norte-americano sobre a invasão ao Capitólio.

Segundo informações da agência AFP, a juíza federal Robin Meriweather foi a responsável por apresentar oficialmente as acusações a Bannon, indiciado na última sexta-feira (13). Horas após chegar ao escritório do FBI, o ex-assessor de Trump foi liberado e deve comparecer na próxima quinta-feira (18) diante de outro juiz.

Ao sair do escritório do FBI, Bannon afirmou à imprensa que iniciará uma ofensiva contra o governo de Joe Biden e disse estar “cansado de jogar na defensiva”, responsabilizando diretamente o democrata pela abertura do processo.

“Estamos indo para o ataque, estamos cansados de jogar na defesa. […] Este país foi construído com base na liberdade de expressão”, declarou Bannon aos repórteres na tarde desta segunda-feira.

ex-assessor de Trump não compareceu perante o Congresso dos EUA para testemunhar sobre a invasão ao Capitólio, ocorrida em janeiro deste ano, além de não ter enviado documentos pedidos pelos parlamentares que podem ajudar na investigação.

Caso seja condenado pelas duas acusações, Bannon pode pegar até dois anos de prisão e pagar uma multa de cerca de R$ 550 mil.

Continuar lendo EX-ASSESSOR DE TRUMP SE APRESENTA AO FBI MAS FOI LIBERADO HORAS DEPOIS

CASA BRANCA REJEITOU PEDIDO DE TRUMP PARA PROTEGER DOS LEGISLADORES UM CONJUNTO DE DOCUMENTOS SOBRE INVASÃO DO CAPITÓLIO

Casa Branca nega pedido de Trump para ocultar documentos sobre invasão do Capitólio

 

Dossiê foi solicitado pelo comitê da Câmara que investiga o ataque ao Capitólio dos Estados Unidos em 6 de janeiro

Kaitlan

CNN

Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e os ex-presidente Donald TrumpPresidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e os ex-presidente Donald TrumpGetty Images

A Casa Branca rejeitou formalmente o pedido do ex-presidente Donald Trump para afirmar o privilégio executivo de proteger dos legisladores um conjunto de documentos. O dossiê foi solicitado pelo comitê da Câmara que investiga o ataque ao Capitólio dos Estados Unidos em 6 de janeiro, e definiu um cronograma para sua liberação.

A última carta veio depois que a administração Biden informou aos Arquivos Nacionais, na última sexta-feira (8), que não reivindicaria privilégio executivo sobre documentos relacionados a 6 de janeiro.

Quando a Casa Branca enviou sua primeira carta na semana passada, o ex-presidente ainda não havia apresentado formalmente suas objeções.

A carta enviada na sexta-feira e divulgada nesta quarta-feira (13), da advogada da Casa Branca Dana Remus ao arquivista dos Estados Unidos David Ferriero, solicita que os documentos sejam divulgados “30 dias após sua notificação ao ex-presidente, na ausência de qualquer ordem judicial interveniente”.

Depois que essa decisão foi relatada, Trump escreveu aos Arquivos Nacionais, objetando à liberação de certos documentos ao comitê com base no privilégio executivo.

Na carta divulgada na quarta-feira, Remus escreveu: “O presidente Biden considerou a afirmação do ex-presidente e me envolvi em consultas adicionais com o Gabinete de Assessoria Jurídica do Departamento de Justiça. Pelas mesmas razões descritas na carta anterior [sic], o presidente mantém sua conclusão de que uma afirmação de privilégio executivo não atende aos melhores interesses dos Estados Unidos e, portanto, não se justifica com relação a nenhum dos documentos fornecidos à Casa Branca em 8 de setembro de 2021”.

“Consequentemente, o presidente Biden não apoia a afirmação de privilégio do ex-presidente.”

Especialistas jurídicos dizem que Biden tem a palavra final sobre se esses documentos são cobertos pelo privilégio executivo e, considerando que o comitê é liderado por membros do partido de Biden, o poder de Trump de influenciar o resultado é uma questão em aberto.

O comitê selecionado da Câmara lançou uma investigação abrangente em 6 de janeiro. Como parte disso, o painel enviou pedidos de informações a várias agências federais, incluindo o Arquivo Nacional, o guardião dos registros da Casa Branca da administração Trump.

O comitê pediu “todos os documentos e comunicações dentro da Casa Branca” daquele dia, incluindo registros de chamadas, agendas e reuniões com altos funcionários e consultores externos, incluindo Rudy Giuliani.

Até o momento, o ex-presidente não foi tão agressivo legalmente ao tentar afirmar esse privilégio executivo quanto suas declarações públicas podem sugerir e o anúncio da Casa Branca indica que ele provavelmente terá problemas para evitar que o lote inicial de documentos seja liberado para o comitê.
Dito isso, Trump ainda pode tentar proteger seus registros processando agências relevantes – presumindo que ele possa reunir capacidade ofensiva legal suficiente para uma batalha judicial cara e complexa.

Se Trump entrar com uma ação judicial, isso poderia, no mínimo, retardar o processo de entrega dos documentos, mas o ex-presidente tem pouco tempo para tomar essa medida, segundo Deborah Pearlstein, professora de direito constitucional da Cardozo Faculdade de Direito que é especialista em poderes presidenciais.

“Se o presidente em exercício disse que não vai fazer valer o privilégio, então há um certo tempo (antes) que os documentos tenham de ser liberados, a menos que o ex-presidente consiga obter uma ordem judicial, uma liminar, por exemplo, proibindo sua lançamento “, disse ela à CNN .

“Isso exigiria uma decisão bastante significativa de um tribunal federal.”

“Não é impossível, mas tudo isso está sob um relógio correndo”, acrescentou ela, observando que poderíamos ver atividade “se o ex-presidente e sua equipe forem incisivos legalmente, mais cedo ou mais tarde”.

(Texto traduzido, leia original em inglês aqui)

 

Continuar lendo CASA BRANCA REJEITOU PEDIDO DE TRUMP PARA PROTEGER DOS LEGISLADORES UM CONJUNTO DE DOCUMENTOS SOBRE INVASÃO DO CAPITÓLIO

COMISSÃO DOS DIREITOS HUMANOS DO AFEGANISTÃO DENUNCIA OCUPAÇÃO DO TALIBÃ NOS ESCRITÓRIOS E IMPEDIMENTO DA RETOMADA AOS TRABALHOS

Talibã ocupa sede da Comissão de Direitos Humanos do Afeganistão

Radicais estariam impedindo retomada dos trabalhos do grupo independente que luta por direitos humanos

INTERNACIONAL

 Da EFE

Grupo radical tomou o poder no Afeganistão em 15 de agosto

KARIM SAHIB / AFP

A Comissão Independente de Direitos Humanos do Afeganistão (AIHRC, na sigla em inglês) denunciou neste sábado (18) que os talibãs ocuparam seus escritórios e estão impedindo a retomada normal dos trabalhos deste organismo, que é fundamental no atual contexto afegão.

“O Talibã não apenas ocupou todos os escritórios e edifícios da AIHRC, mas continua usando esses escritórios para suas reuniões, ao mesmo tempo que faz uso de seus bens, como carros e computadores”, disse a agência em um comunicado.

A AIHRC pediu aos islâmicos que “respeitem a independência” da instituição e, embora eles tenham esclarecido que, por enquanto, o Talibã não “dissolveu” o órgão, eles não puderam retomar seu trabalho desde a queda do antigo governo afegão em 15 de agosto.

Considerando a indiferença dos radicais islâmicos em relação aos direitos humanos no passado, incluindo ataques a ativistas, o órgão “tem pouca confiança de que um governo talibã respeitará o mandato e a independência do AIHRC”, diz o comunicado.

No mês passado, vários funcionários da comissão fugiram do país, enquanto aqueles que permanecem no Afeganistão estão “preocupados com sua segurança”, alertou à Agência Efe um representante da AIHRC, solicitando anonimato.

Continuar lendo COMISSÃO DOS DIREITOS HUMANOS DO AFEGANISTÃO DENUNCIA OCUPAÇÃO DO TALIBÃ NOS ESCRITÓRIOS E IMPEDIMENTO DA RETOMADA AOS TRABALHOS

PEDIDO DE INVESTIGAÇÃO SOBRE UMA POSSÍVEL INVASÃO AOS SISTEMAS DIGITAIS FOI ENCAMINHADO PELO TSE À POLÍCIA FEDERAL APÓS SEGUNDO TURNO EM 2018

TSE pediu à PF apuração sobre invasão 10 dias após segundo turno em 2018

Um pedido encaminhado para a Polícia Federal no dia 7 de novembro de 2018 solicitava investigação sobre uma possível invasão aos sistemas digitais

Caio Junqueira

Por Caio Junqueira, CNN  

 Atualizado 04 de agosto de 2021 às 21:34

TSE pediu à PF apuração sobre invasão 10 dias após segundo turno em 2018

O então secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) durante as eleições de 2018, Giuseppe Dutra Janino, encaminhou à Polícia Federal no dia 7 de novembro de 2018 um pedido para a PF investigar uma invasão aos sistemas digitais da corte.

A carta foi elaborada a pedido da então presidente do TSE, Rosa Weber, a partir do recebimento de uma denúncia feita por um hacker ao portal de notícias “Techmundo”. Weber pediu que a Secretaria de Tecnologia analisasse o caso.

No documento, o secretário de tecnologia avalia ser necessário a abertura de uma investigação pela Polícia Federal uma vez que “existe a possibilidade de manipulação de arquivos de configuração que alimentam o software da urna”.

Ofício Giuseppe Janino

Veja abaixo os detalhes do documento:

– Trata-se de informar acerca do recebimento de denúncia de acesso indevido de dados relativos aos sistemas eleitorais e ao projeto do hardware da UE2018. tal denúncia foi encaminhada por e-mail a assessoria de comunicação deste tribunal, a qual solicitou esclarecimentos sobre o teor do e-mail encaminhado pelo sr. Felipe Payão, identificado como repórter do portal “Techmundo”.

– Tal conteúdo evidencia o acesso indevido dos seguintes dados: 1) Código-fonte completo do Gedai UE possivelmente da versão usada nas eleições 2018, porém sem assinaturas da cerimônia de lacração; 2) chaves e credenciais de acesso a servidores usadas pelo Gedai UE; 3) senhas para oficialização dos sistemas, candidaturas e horário eleitoral utilizadas para eleição suplementar 2018 de Aperibé/RJ; 4) manual técnico da impressora de votos desenvolvidas pelo FIT; 5) manual do QR Code do boletim de urna.

– Não há evidência de acesso indevido do código fonte do software da urna – Uenux, embora exista evidência de acesso indevido de código comum entre o Gedai-UE e o Unenux.

– Com relação ao material acessado indevidamente, o impacto é o seguinte:

1) o manual do QR-Code já é de domínio público e encontra-se publicado na Internet;

2) o manual da impressora de votos não possui informação sensível uma vez que trata-se da documentação de um protótipo que nunca entrou em operação – o seu caráter sigiloso se deve a uma relação contratual entre o FIT e a Quattro Eletronica;

3) as senhas de oficialização permitem, a alteração de dados de partidos e candidatos “até mesmo a sua exclusão” no contexto de um processo eleitoral. Ou seja, no caso concreto afeta apenas a eleição suplementar 2018 de Aperibé/RJ;

4) as credenciais de acesso aos servidores usados pelo Gedai UE podem permitir que alguém dentro na intranet da Justiça Eleitoral consiga copiar os dados de eleitores e candidatos que alimentam as urnas n, mas sem a capacidade de adulterá-los;

5) as chaves usadas pelo Gedai ainda requerem uma análise de risco mais detalhada isso porque parte das chaves são geradas no momento da lacração e os acesos indevido diz respeito ao material presente no ambiente de desenvolvimento, ou seja, o software lacrado usa chaves diferentes na hipótese de serem as mesmas existe a possibilidade de manipulação de arquivos de configuração que alimentam o software da urna;

6) o código fonte do Gedai acompanhado de seus binários compilados permite a importação de dados oficiais das eleições e carregamento de urnas com esses dados contudo o software de urna utilizado não tem as assinaturas oficiais da lacração que fica evidenciado pelo LED de segurança da urna e pelos procedimentos de verificação de hash e assinatura; também não seria possível a geração de um boletim de urna válido para a totalização a partir disso;

7) diante desse cenário solicita-se a abertura de inquérito policial junto a Polícia Federal para apuração dos fatos;

8) Outras providencias já estão em andamento nessa STI para sanar as fragilidades que resultaram nesse acesso indevido assim como tornar os sistemas expostos ainda mais seguros;

9) Finalmente, alerta-se sobre a necessidade de tramitação urgente desse processo.

A própria nota enviada pelo secretário de tecnologia ressalta que, apesar do risco de ter havido material acessado indevidamente, tal ato seria incapaz de alterar o resultado das eleições de 2018.

Procurado, o TSE não se manifestou.

Continuar lendo PEDIDO DE INVESTIGAÇÃO SOBRE UMA POSSÍVEL INVASÃO AOS SISTEMAS DIGITAIS FOI ENCAMINHADO PELO TSE À POLÍCIA FEDERAL APÓS SEGUNDO TURNO EM 2018

‘AMPLITUDE’ DE ATAQUE CIBERNÉTICO À EMPRESAS NOS EUA É DESTACADO PELO FBI

FBI destaca ‘amplitude’ do ataque cibernético nos EUA

Invasão a empresa que vende programas para varejo fez hackers espalharem vírus por mais de mil empresas no mundo

INTERNACIONAL

 por AFP

Ataques com ransomware vêm se espalhando pelos EUA nas últimas semanas

KACPER PEMPER / REUTERS – ARQUIVO

O FBI destacou neste domingo (4) que a “amplitude” do ataque cibernético em curso desde sexta-feira contra a empresa Kaseya, que afeta seus clientes nos EUA e vários outros países, poderia impedir uma resposta a todas as vítimas individualmente.

Os hackers atacaram a Kaseya na sexta-feira, pouco antes do fim de semana prolongado do Dia da Independência nos Estados Unidos, para exigir um resgate de potencialmente mais de 1.000 empresas por meio do software de gerenciamento oferecido por essa empresa norte-americana.

“Se você acredita que seus sistemas foram comprometidos, encorajamos você a usar todas as medidas recomendadas e seguir o conselho da Kaseya para desligar imediatamente os servidores (que hospedam o software afetado) e relatar isso ao FBI”, informou a autoridade em uma mensagem.

“Embora a escala deste incidente possa nos impedir de responder a cada vítima individualmente, todas as informações que recebemos serão úteis para combater essa ameaça”, enfatizou.

Busca pelos autores

O FBI abriu uma investigação e está trabalhando com a Agência de Segurança de Infraestrutura e Cibersegurança dos Estados Unidos (CISA) e outras agências “para entender a escala da ameaça”.

O presidente americano, Joe Biden, declarou no sábado que ordenou uma investigação, em particular para determinar se o ataque veio ou não da Rússia. “Ainda não temos certeza”, havia dito.

É difícil estimar a extensão desse ataque de “ransomware”, um tipo de programa que paralisa sistemas de computador e exige um resgate financeiro para desbloqueá-los.

De acordo com a Kaseya, menos de 40 clientes foram afetados, mas alguns deles também têm outros clientes, e o ataque pode ter se espalhado para centenas ou até milhares deles.

Com sede em Miami, a Kaseya, que afirma ter mais de 40.000 clientes, oferece ferramentas de TI para empresas, incluindo o software VSA, que permite o gerenciamento da rede de servidores, computadores e impressoras de uma única fonte.

Em uma nova mensagem no domingo, a empresa disse que estava trabalhando 24 horas por dia, “em todas as regiões”, para resolver o problema e restaurar o serviço para seus clientes que usam o software afetado remotamente “dentro de 24 a 48 horas”.

A empresa de segurança cibernética ESET Research identificou vítimas do ataque cibernético em 17 países no sábado.

Como consequência direta do ataque cibernético, uma rede de supermercados sueca teve que fechar 800 lojas no sábado, depois que seu sistema de caixas ficou paralisado.

Fonte: R7
Continuar lendo ‘AMPLITUDE’ DE ATAQUE CIBERNÉTICO À EMPRESAS NOS EUA É DESTACADO PELO FBI

REFLEXÃO: UMA CONSPIRAÇÃO ESPIRITUAL SILENCIOSA

Um movimento das forças da luz e do bem, tal qual uma conspiração espiritual silenciosa é o destaque desta terça-feira, aqui na coluna REFLEXÃO. O texto a seguir publicado por Beth Michepud em seu blog Sabedoria Universal, cujo título é “Invasão Silenciosa” aborda com sutileza as consequências dessa transição planetária a qual estamos passando, onde muitos estão no processo evolutivo de mudança de plano dimensional e trabalham silenciosamente no intuito de ajudar aos que ainda não despertaram a saírem da inércia. Este é um texto que você precisa ler e dar um salto quântico evolutivo! 

Invasão Silenciosa

 em 

 

“Na superfície da Terra, exatamente agora, há guerras e violência e tudo parece negro. Mas, simultaneamente, algo silencioso, calmo e oculto está acontecendo e certas pessoas estão sendo chamadas por uma Luz mais elevada.

Uma revolução silenciosa está se instalando de dentro para fora. De baixo para cima. É uma operação global. Uma conspiração espiritual. Há células dessa operação em cada nação do planeta. Vocês não vão nos assistir na TV, nem ouvir nossas palavras nos rádios e nem ler sobre nós nos jornais. Não buscamos a glória. Não usamos uniformes. Nós chegamos em diversas formas e tamanhos diferentes. Temos costumes e cores diferentes.

A maioria trabalha anonimamente. Silenciosamente trabalhamos fora de cena, em cada cultura e lugar do mundo. Nas grandes e pequenas cidades, em suas montanhas e vales. Nas fazendas, vilas, tribos e ilhas remotas. Você talvez cruze conosco nas ruas, e nem perceba, seguimos disfarçados. Ficamos atrás da cena, e não nos importamos com quem ganha os louros do resultado, e sim, que se realize o trabalho.

De vez em quando nos encontramos pelas ruas. Trocamos olhares de reconhecimento e seguimos nosso caminho. Durante o dia muitos se disfarçam em seus empregos normais. Mas a noite, por trás de nossas aparências, o verdadeiro trabalho se inicia. Alguns que conhecem o trabalho nos chamam de “O Exército da Consciência”. Lentamente estamos construindo um novo mundo, com o poder de nossos corações e mentes. Seguimos com alegria e paixão.

Nossas ordens nos chegam da Inteligência Espiritual e Central. Estamos jogando bombas suaves de amor sem que ninguém note, poemas, abraços, músicas, fotos, filmes, palavras carinhosas, meditações e preces, danças, ativismo social, sites, blogs, atos de bondades. O mundo precisa de amor!

Expressamo-nos de uma forma única e pessoal, com nossos talentos e dons. Sendo a mudança que queremos ver no mundo. Essa é a força que move nossos corações. Sabemos que essa é a única forma de conseguir realizar a transformação. Sabemos que no silêncio e humildade teremos o poder de todos os oceanos juntos.

Nosso trabalho é lento e meticuloso. Como na formação das montanhas. O amor será a religião do século XXI. Sem pré-requisitos de grau de educação. Sem requisitar um conhecimento excepcional para a sua compreensão. Porque nasce da inteligência do coração, escondida pela eternidade no pulso evolucionário de todo ser humano.

Seja a mudança que quer ver acontecer no mundo. Ninguém pode fazer esse trabalho por você. Nós estamos recrutando. Talvez você se junte a nós ou talvez já tenha se unido. Todos são bem-vindos, a porta está aberta.” (Emmanuel)

Luz e Paz!

Fonte: Sabedoria Universal

Continuar lendo REFLEXÃO: UMA CONSPIRAÇÃO ESPIRITUAL SILENCIOSA

APÓS INVASÃO AO CAPITÓLIO, DUAS SECRETÁRIAS DE DONALD TRUMP PEDEM DEMISSÃO

Duas secretárias de Trump pedem demissão após invasão ao Capitólio

Elaine Chao, de Transporte, e Betsy DeVos, de Educação, são as primeiras baixas oficiais no gabinete do presidente dos EUA

INTERNACIONAL |

 por Reuters | Do R7

Elaine Chao é casada com o senador republicano Mitch McConnell

A secretária de Transportes, Elaine Chao, e a secretária de Educação, Betsy DeVos, renunciaram na quinta-feira (7), juntando-se a uma lista de funcionários que deixaram o governo do presidente Donald Trump em protesto contra a invasão do Capitólio dos EUA por seus apoiadores.

Chao, esposa do líder republicano do Senado, Mitch McConnell, disse em um e-mail para a equipe que o ataque “me incomodou profundamente de uma forma que simplesmente não posso deixar de lado”. Ela disse que sua renúncia entrará em vigor na segunda-feira (11).

Em uma carta a Trump, DeVos disse que o ataque ao Capitólio foi ‘inescrupuloso’. “Não há dúvidas sobre o impacto que sua retórica teve sobre a situação, e é o ponto de inflexão para mim”, escreveu ela, acrescentando que sua renúncia entraria em vigor na sexta-feira. A Casa Branca não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre a renúncia de DeVos.

Fonte: R7
Continuar lendo APÓS INVASÃO AO CAPITÓLIO, DUAS SECRETÁRIAS DE DONALD TRUMP PEDEM DEMISSÃO

A INVASÃO DO CAPITÓLIO ENTRARÁ PARA HISTÓRIA DOS EUA E TERÁ REFLEXOS NOS PRÓXIMOS CAPÍTULOS DA POLÍTICA NORTE-AMERICANA

Quais os impactos da invasão do Capitólio para o futuro dos EUA

Partido Republicano, governo Biden e sistema político norte-americano devem sentir os reflexos das ações de trumpistas

INTERNACIONAL 

| Pablo Marques, do R7

Invasão do Capitólio deve ter reflexo na política dos Estados Unidos

A invasão do Capitólio por apoiadores do presidente Donald Trump entrará para a história dos EUA e terá reflexos nos próximos capítulos da política norte-americana.

As declarações de Trump sobre a ocorrência de fraudes no sistema eleitoral para beneficiar Joe Biden e a decisão de não reconhecer a derrota para o adversário foram alguns dos motivos que fizeram trumpistas se organizarem e partirem para Washington para barrar a sessão no Congresso que certificaria a vitória democrata nas urnas.

“O Trump não tem responsabilidade sobre as informações que ele divulga. Não é possível confirmar tudo o que as pessoas falam na internet, mas o presidente não pode divulgar mentiras”, diz o professor Leonardo Paz, pesquisador do Núcleo de Prospecção e Inteligência Internacional da FGV, apontando a parcela de culpa do líder americano pela invasão do Capitólio.

Desde a derrota, em novembro passado, o candidato republicano questiona a apuração de votos em estados onde os eleitores mudaram de lado e votaram no partido democrata. “A retórica do presidente convenceu muitas pessoas de que o resultado foi roubado, mas não existem provas que justifiquem essa postura”, diz Paz.

Consequências para os republicanos

O Partido Republicano está dividido internamente entre aqueles que seguem apoiando Trump e aqueles que buscam um distanciamento. O professor da FGV afirma ser difícil apontar impactos de algo tão recente, mas acredita que a postura do partido pode indicar o que vai acontecer daqui para frente.

“Um possível caminho será reconhecer que o governo Trump foi um erro e iniciar uma reconstrução e deixar que os Democratas governem, já que Biden terá maioria no legislativo. Outro cenário seria uma aproximação com os democratas para tentar a aprovação de projetos de maneira conjunta, ou seja, bipartidária e assim conseguir alguns crédito”, explica.

O professor destaca, porém, que Trump é uma potência de popularidade e ir contra os seus apoiadores também pode ser uma manobra arriscada eleitoralmente.

Fonte: R7
Continuar lendo A INVASÃO DO CAPITÓLIO ENTRARÁ PARA HISTÓRIA DOS EUA E TERÁ REFLEXOS NOS PRÓXIMOS CAPÍTULOS DA POLÍTICA NORTE-AMERICANA

CHICO RODRIGUES: ALÉM DE DINHEIRO NA CUECA, SENADOR RESPONDE POR CRIMES DE OCUPAÇÃO DE TERRAS PÚBLICAS E FRAUDE EM LICITAÇÃO

Chico Rodrigues tem processos por invasão de terras e fraude em licitação

Fernando Molica

Por Fernando Molica, CNN  

Atualizado 20 de outubro de 2020 às 23:13

Chico Rodrigues tem processos por invasão de terras e fraude em licitação | CNN Brasil

Flagrado com dinheiro na cueca pela Polícia Federal, o senador licenciado Chico Rodrigues (DEM-RR) responde na Justiça Federal por crimes como ocupação de terras públicas e fraude em licitação.

Levantamento feito pela CNN encontrou sete ações em andamento que citam o senador (a relação não inclui processos eleitorais). Ele foi excluído de uma das ações por conta de um erro no processo: a denúncia feita pelo Ministério Público Federal foi recebida pela Justiça antes de ter sido autorizada pela Assembleia Legislativa de Roraima (na época, Rodrigues era vice-governador e a licença é exigida pela Constituição estadual).

A mulher do senador, Selma Maria Ferreira Rodrigues, continua como ré no processo, acusada de invasão de terras públicas. Ela recorreu ao Supremo Tribunal Federal para ser excluída da ação, mas não obteve sucesso.

Há outros três processos relacionados a questões de ocupação de terras. Um deles é movido pelo Incra, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária.

A maior parte das ações corre em segredo de Justiça, o que dificulta a obtenção de detalhes sobre seus andamentos. O extrato de um dos processos informa apenas que se trata de investigação em torno de fraude em processo licitatório.

Em 2017, o MPF recorreu contra uma absolvição de Rodrigues, acusado de desviar verba de R$ 1 milhão que era destinada ao plantio de café no município de São Luiz do Anauá (RR).

Os recursos foram obtidos por emenda parlamentar proposta pelo próprio Rodrigues, então deputado federal. Ele foi absolvido na primeira instância da Justiça Federal por falta de provas.

Oito pessoas, acusadas de terem atuado em conluio com o hoje senador chegaram a ser condenadas em outro processo relacionado ao caso. A empresa beneficiada com a verba federal pertencia a parentes de Rodrigues.

A investigação começou em 2010, quando o Supremo Tribunal Federal aceitou denúncia contra o então deputado. Por conta da legislação que prevê prerrogativa de foro para ocupantes de determinados cargos públicos, o processo ainda passou pelo Superior Tribunal de Justiça e pelo Tribunal Reginal Federal da 1ª Região, onde agora tramita o recurso do MPF.

A busca e apreensão na casa de Rodrigues, ocorrida na semana passada, foi motivada por suspeita de desvios de verbas federais destinados ao combate ao novo coronavírus em Roraima.

Fonte: CNN

Continuar lendo CHICO RODRIGUES: ALÉM DE DINHEIRO NA CUECA, SENADOR RESPONDE POR CRIMES DE OCUPAÇÃO DE TERRAS PÚBLICAS E FRAUDE EM LICITAÇÃO

PONTO DE VISTA: O DRAGÃO CHINÊS AVANÇA E SORRATEIRAMENTE SE APODERA DA NOSSA SOBERANIA NACIONAL

Caro(a) leitor(a),

Venho, a tempos falando aqui da grande ameaça que a China representa, não apenas para o Brasil, mas para o mundo todo. Não é a toa que países como Estados Unidos, França, Alemanha e Japão já começaram a retirar suas bases operacionais de solo chinês. A china, que foi a origem do coronavírus já se recuperou do impacto da pandemia, sua economia voltou a crescer e suas companhias estão comprando empresas em apuros pelo resto do mundo. No Brasil já comprou várias empresas importantes e estratégicas e continua comprando, inclusive áreas imensas para agricultura. Então, minha gente, é hora de dar um basta nisso.Precisamos abrir o olho parar essa expansão chinesa no nosso país. E isso não só pode, como deve ser feito por nós cidadão através das redes sociais mandando recados aos nossos políticos que estão facilitando as regras e a legislação para dar esse acesso ao governo Chinês. Portanto você que ler o corajoso texto a seguir, do  Cláudio Hellmeister, não deixe que ele corra todo esse risco em vão.Vamos ajudar a divulgar para o máximo de cidadãos brasileiros, pois isso é conscientização, é expansão da consciência e só quando todo cidadão brasileiro tiver acesso ao conhecimento conseguiremos mudar o rum desse país! 

Australianos veem com preocupação crescente influência da China no país - 20/11/2017 - Mundo - Folha de S.Paulo

A INVASÃO SILENCIOSA DO IMPÉRIO CHINÊS QUE NINGUÉM ESTÁ PERCEBENDO

Enquanto o povo se preocupa só com o covid-19 vendo na Globo esquecem que a China já comprou através do Dória:

SABESP- CPTM – COMGAZ – ANEL – MINERADORA DE EXTRAÇÃO DE FERRO EM MINAS GERAIS – TV BAND
CNN
NO PARANÁ COMPRARAM TODA A OPERAÇÃO DE CONTAINERS DO PORTO DE PARANAGUÁ
VAI COMPRAR E PAGAR TODA DIVIDA DA GLOBO
ESTÁ DE OLHO NO NORDESTE ONDE NINGUÉM DA ATENÇÃO VAI COMPRAR MUITAS TERRAS NO NORDESTE PARA PRODUZIR ALIMENTOS PARA SI MESMA ESTA DE OLHO NOS PORTOS QUE SÃO A SAÍDA  DE ALIMENTOS PARA ELES, PRINCIPALMENTE O PORTO DE SANTOS O MAIOR PORTO DA AMÉRICA LATINA  !!
REALIDADE É QUE A CHINA ESTÁ LEGALMENTE COMENDO PELAS BEIRADAS O BRASIL INTEIRO ENQUANTO O POVO SE DISTRAI.
A CHINA VAI TOMAR CONTA DE ÁREAS PRODUTIVAS E NÃO PRODUTIVAS E TRANSFORMA-LAS EM TERRITÓRIO COMUNISTA LEGALIZADO.
ACORDA FORÇAS ARMADAS NOSSA SOBERANIA ESTÁ INDO PRA CHINA MESMO !!
A ÍNDIA  EXPULSOU TODAS AS EMPRESAS CHINESAS QUE LA ESTAVAM, TIVERAM QUE USAR DINHEIRO DE SUAS RESERVAS PARA COMPRAR AS EMPRESAS.
A CHINA ESTÁ COMPRANDO TODAS AS EMPRESAS NÃO ARREMATADAS POR EMPRESAS BRASILEIRAS QUE QUEBRARAM NO BRASIL A PREÇO DE BANANA !!
Com certeza só estão ajudando a prorrogar esta Pandemia no Brasil pra que os empresários chineses venham e comprem todas as empresas quebradas junto com políticos corruptos, e que toda esquerda tem camuflada no Brasil através de promessas comunistas façam e já fazem como nosso Governador DÓRIA está vendendo o Estado mais rico do Brasil para os chineses.
QUANDO O POVO ACORDAR  SERÁ TARDE !!!
Por Cláudio Hellmeister
Continuar lendo PONTO DE VISTA: O DRAGÃO CHINÊS AVANÇA E SORRATEIRAMENTE SE APODERA DA NOSSA SOBERANIA NACIONAL

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar