Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!

GEORGIANA DE 111 ANOS DE IDADE POSA SORRIDENTE NA SAÍDA DO HOSPITAL ONDE SUPEROU O COVID-19

Mulher de 111 anos de idade supera a covid-19 na Geórgia

A centenária Leonila Gvajava posou animada para a foto, nesta segunda-feira (6), na saída do hospital em Tbilisi

VIRTZ  Do R7

Leonila tem 111 anos e superou a covid-19, na Geórgia

EFE/ ZURAB KURTSIKIDZE

A georgiana Leonila Gvajava, de 111 anos de idade, é uma inspiração em tempos de pandemia. Nesta segunda-feira (6), a centenária posou sorridente, com flores no colo, ao sair do hospital em Tbilisi, na Geórgia, onde ficou internada por causa da covid-19, de acordo com informações da agência EFE.

Apesar da idade avançada, Leonila superou a doença e recebeu alta nesta segunda. Segundo o site georgiano Agenda.GE, a idosa esteve no hospital junto com sua filha de 80 anos, que permaneceu internada, porém com estado de saúde estável.

Continuar lendo GEORGIANA DE 111 ANOS DE IDADE POSA SORRIDENTE NA SAÍDA DO HOSPITAL ONDE SUPEROU O COVID-19

ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: A IKEA COMPRA FLORESTA COM 11.000 HECTARES NOS EUA PARA PRESERVAR A NATUREZA

No intuito de garantir que florestas não serão divididas em segmentos menores e desenvolvidas o Ingka Group está criando servidões permanentes que legalmente impedem a floresta seja dividida. A IKEA comprou 11.000 hectares de floresta dos EUA para se manter fiel aos seus princípios – proteger o meio ambiente e se esforçar para se tornar uma empresa neutra em carbono. O artigo a seguir conta os detalhes dessa empreitada!

IKEA compra 11.000 hectares de floresta dos EUA para evitar que seja desenvolvida

A IKEA continua tentando e se mantendo fiel aos seus princípios – proteger o meio ambiente e se esforçar para se tornar uma empresa neutra em carbono, ao mesmo tempo em que continua sendo uma das experiências de compra mais prazerosas do mundo.

Sua última mudança é uma grande compra de 11.000 acres de floresta na Geórgia que parecia que seria perdida para o desenvolvimento.

Para garantir que permaneça intacta e funcionando para sugar o CO2 da atmosfera, a floresta foi comprada pela IKEA como parte de uma estratégia para reduzir mais carbono do que cria em sua cadeia de valor.

Lar da valiosa tartaruga gopher, a floresta produtiva na Bacia de Altamaha agora é propriedade da subsidiária da IKEA, Ingka Group, que trabalhou com o The Conservation Fund, uma organização sem fins lucrativos que protegeu mais de 8 milhões de acres de florestas nos EUA da fragmentação e do desenvolvimento.

Uma floresta produtiva é aquela em que a madeira é colhida e cultivada novamente – e são essas florestas que muitas vezes sofrem ao serem divididas em segmentos menores e desenvolvidas, algo que o Fundo de Conservação e o Inka estão garantindo que não acontecerá criando servidões permanentes que legalmente impedem a floresta de ser dividido em pedaços menores.

E, essas ações irão, por sua vez, proteger a tartaruga gopher – uma espécie prioritária para a conservação.

O Grupo Ingka possui atualmente 616.000 acres dessas florestas nos Estados Unidos e na Europa, ao mesmo tempo em que opta por garantir os mais altos padrões internacionais para um bom manejo florestal. Um porta-voz acrescentou que “nenhuma quantidade significativa” de madeira das florestas é usada atualmente nos produtos da Ikea.

“Florestas bem administradas fornecem benefícios essenciais, incluindo água limpa e habitat importante para a vida selvagem, bem como mitigação das mudanças climáticas”, disse Larry Selzer, presidente e CEO do The Conservation Fund.

Gopher tortoise por Val Keefer para The Conservation Fund 

“A transferência dessas terras para a Ingka Investments completa nosso  processo do Working Forest Fund , por meio do qual identificamos e compramos importantes florestas privadas em risco; desenvolver planos sustentáveis ​​de colheita e restauração; (e) garantir proteções de conservação permanentes para bloquear a fragmentação e o desenvolvimento ”, observou ele.

O manejo florestal é apenas uma maneira pela qual a maior loja de móveis do mundo está tentando se tornar uma empresa neutra em carbono. Recentemente, eles anunciaram que começariam a comprar móveis usados ​​da IKEA de clientes para revenda, enquanto vans elétricas e menos materiais emissores de carbono são usados ​​na embalagem e no produto.

Fonte: Good News Network

Continuar lendo ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE: A IKEA COMPRA FLORESTA COM 11.000 HECTARES NOS EUA PARA PRESERVAR A NATUREZA

BIDEN TERÁ MAIORIA NO SENADO APÓS VITÓRIA DOS DEMOCRATAS NA GEÓRGIA

Democratas vencem na Geórgia e Biden terá maioria no Senado

Raphael Warnock e Jon Ossoff venceram por uma pequena margem de votos a disputa pelas duas últimas cadeiras

INTERNACIONAL |

 Do R7

Democrata Joe Biden terá maioria no Senado e na Câmara nos primeiros anos de mandato

O estado da Geórgia realizou o segundo turno da eleição para o Senado, na terça-feira (5), e os dois candidatos democratas na disputa Raphael Warnock e Jon Ossoff venceram, respectivamente, com uma pequena margem, os republicanos Kelly Loeffler e David Perdue.

Com esse resultado, o Senado fica dividido em 50 cadeiras para cada partido. No entanto, a vice-presidente eleita, Kamala Harris, que é democrata, tem o papel de decidir o desempate e deve favorecer seu partido. Pela legislação norte-americana, Kamala assume também a presidência da Câmara Alta, o Senado dos EUA, a partir de 20 de janeiro.

Com as vitórias do partido, Joe Biden vai governar durante os dois primeiros anos de seu mandato com a maioria no Senado, que era controlado pelos republicanos desde 2015, quando Barack Obama ainda estava na Casa Branca. O democrata conta também com maioria na Câmara que é presidida pela deputada Nancy Pelosi.

Eleição histórica

Raphael Warnock, de 51 anos, é pastor na Igreja Batista Ebenezer, em Atlanta, que foi dirigida por Martin Luther King.

Com a vitória se tornou o primeiro senador negro na história da Geórgia e o primeiro democrata negro a ser eleito para o Senado no estados do sul.

“Esta noite, mostramos que com esperança, trabalho árduo e pessoas ao nosso lado, tudo é possível”, disse Warnock a seus apoiadores, em um discurso virtual transmitido por várias mídias. Sua adversária ainda não admitiu a derrota.

Derrota republicana

O atual presidente, Donald Trump, segue em sua batalha online para reverter o resultado das urnas. No Twitter, suas postagens fazem denúncias de que a eleição nos estado da Geórgia foi fraudada, mas não foram apresentadas provas.

No último domingo (3), o jornal Washington Post publicou trechos de uma ligação telefônica entre Trump e o secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger. No diálogo, o presidente tentou pressionar para que o resultado da eleição fosse alterado.

Trump também direcionou postagens ao vice-presidente, Mike Pence, com um pedido para que o Congresso não reconheça nesta quarta-feira (6) a eleição de Joe Biden.

“Os Estados querem corrigir seus votos, que agora sabem que foram baseados em irregularidades e fraudes, além de que o processo corrupto nunca recebeu aprovação legislativa. Tudo que Mike Pence precisa fazer é mandá-los de volta para os Estados Unidos, E NÓS GANHAMOS. Faça isso Mike, este é um momento de extrema coragem!”, publicou o presidente.

Derrota republicana

Um segundo turno em eleição norte-americana é uma ocorrência rara e ainda se junta ao fato de ambas as cadeiras estarem em disputa. A vaga do senador David Perdue é a que estaria em jogo normalmente seguindo o calendário eleitoral. Ele foi eleito em 2014 e cumpriu os seis anos regulamentares.

A cadeira ocupada por Kelly Loeffler está em uma eleição especial porque o senador Johnny Isakson, eleito em 2016, se aposentou em 2019 por motivos de saúde. O governador do Estado, Brian Kemp, apontou Loeffler para ocupar o cargo ao longo de 2020 até a votação de terça-feira.

Ao contrário de outros Estados, a Geórgia não teve apenas dois candidatos para cada vaga. Na votação de Perdue e Ossoff, havia um candidato independente na lista e na de Loeffler e Warnock, mais um republicano e um democrata. Como nenhum candidato teve mais de 50% dos votos, foi necessário realizar um segundo turno.

Fonte: R7
Continuar lendo BIDEN TERÁ MAIORIA NO SENADO APÓS VITÓRIA DOS DEMOCRATAS NA GEÓRGIA

TERMINA SEM INCIDENTES A VOTAÇÃO PARA O SENADO NA GEÓRGIA

Votação para Senado na Geórgia termina sem incidentes

Eleição que fechará as bancadas do Senado aconteceu nesta terça-feira e resultados podem sair já na quarta-feira de manhã

INTERNACIONAL

  Do R7

Eleitor deposita seu voto para o Senado em uma urna em Atlanta

O segundo turno da eleição para as duas vagas do Estado da Geórgia (EUA) no Senado norte-americano terminou sem grandes incidentes na noite desta terça-feira (5), apesar de em algumas cidades os locais de votação terem ampliado o horário por causa de filas.

A expectativa agora é de que os resultados demorem bem menos para serem finalizados do que aconteceu na primeira votação, em novembro, quando houve uma demora de mais de 10 dias para que a contagem fosse finalizada. Desta vez, a grande maioria dos votos ocorreu de maneira antecipada e os responsáveis puderam processar as cédulas antes do fim da votação. Com isso, a expectativa é saber o fim da corrida até a manhã desta quarta-feira (6).

Dois senadores republicanos, David Perdue e Kelly Loeffler, disputam as vagas contra dois desafiandes democratas, Jon Ossoff e Raphael Warnock, em uma corrida que pode ter sérias implicações para o governo do presidente eleito Joe Biden.

Se Ossoff e Warnock forem eleitos, o Partido Democrata, que já tem a maior bancada na Câmara dos Representantes ficará com 50 cadeiras no Senado. Os republicanos já têm 50 senadores e, caso Perdue ou Loeffler vençam, teriam maioria na casa. Em caso de empate no Senado, o voto decisivo seria sempre da vice-presidente Kamala Harris.

Fonte: R7

Continuar lendo TERMINA SEM INCIDENTES A VOTAÇÃO PARA O SENADO NA GEÓRGIA

RECONTAGEM DOS VOTOS CONFIRMOU VITÓRIA DE BIDEN NA GEÓRGIA

 

Recontagem não alterou a vitória de Biden, diz Secretário da Georgia

Brad Raffensperger disse que ‘não havia dúvida’ de que o estado certificaria a vitória de Biden na sexta-feira (20)

INTERNACIONAL

Do R7, com Reuters

 

Secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger disse que terminou recontagem

O secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, disse na quinta-feira (19) que uma recontagem manual das cédulas nas urnas no estado havia confirmado Joe Biden como o vencedor da eleição de 3 de novembro na Geórgia.

Uma recontagem foi feita depois que resultados não oficiais mostraram Biden à frente do presidente Donald Trump por cerca de 14.000 votos.

Raffensperger disse que “não havia dúvida” de que o estado certificaria a vitória de Biden na sexta-feira (20).

“A auditoria ficou muito próxima do que tínhamos nas reportagens da noite das eleições”, disse Raffensperger à estação local WSB-TV. “É tão perto, não é um dedal cheio de diferenças.”

 

Continuar lendo RECONTAGEM DOS VOTOS CONFIRMOU VITÓRIA DE BIDEN NA GEÓRGIA

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar

Fechar Menu
×

Carrinho