FISCALIZAÇÃO DESCOBRE MAIS DE 40 LEITOS DE UTI DO SUS OCULTOS, EM HOSPITAIS DE 8 CIDADES, NO RIO DE JANEIRO

Após fiscalização, RJ descobre mais de 40 leitos de UTI ocultos do SUS

Unidades estavam em hospitais de oito cidades que foram inspecionadas desde quinta-feira (18); ao menos 381 pessoas aguardavam por um leito de UTI no estado

Everton Souza, da CNN, no Rio de Janeiro
21 de março de 2021 às 10:28
Leitos de UTI no Hospital Ronaldo Gazzola, na zona norte do Rio de JaneiroLeitos de UTI no Hospital Ronaldo Gazzola, na zona norte do Rio de Janeiro, durante pandemia da Covid-19Foto: Wilton Júnior/Estadão Conteúdo (10.mar.2021)

O governo do Rio de Janeiro identificou mais de 40 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) ocultados por alguns municípios da Central Estadual de Regulação (CER). O estado começou a fiscalização dessa situação na quinta-feira (18) e, até agora, já inspecionou unidades de saúde de oito cidades.

Os números exatos de leitos que não estavam à disposição da Secretaria Estadual da Saúde devem ser divulgados nos próximos dias, segundo o secretário da Saúde, Carlos Chaves. “Essa fiscalização será contínua e não tem previsão para acabar. Precisamos de todos os leitos disponíveis para população fluminense”, afirmou.

A fiscalização é feita de surpresa e o objetivo é incluir os leitos supostamente ocultos na central de regulação, para distribuir de forma equilibrada as vagas nas UTIs e atender toda a população fluminense, inclusive em caso de transferência.

A Secretaria Estadual de Saúde publicou em edição extra do Diário Oficial do estado, em janeiro, uma resolução que criou a regulação unificada para leitos destinados a pacientes com Covid-19 em todo o território fluminense.

O documento assinado por Chaves estabeleceu que todos os leitos clínicos, obstétricos, pediátricos e de terapia intensiva com suporte ventilatório destinados ao tratamento do novo coronavírus estão sob a gestão estadual, por meio da CER, enquanto durar o estado de emergência em saúde pública.

A regulação feita pelo estado é o processo responsável por garantir o acesso ágil e de forma mais justa aos leitos hospitalares. O governo alega que algumas cidades do Rio de Janeiro estão “escondendo” leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) ao não cadastrar todas suas vagas no CER.

Continuar lendo FISCALIZAÇÃO DESCOBRE MAIS DE 40 LEITOS DE UTI DO SUS OCULTOS, EM HOSPITAIS DE 8 CIDADES, NO RIO DE JANEIRO

GOVERNADORA ACOMPANHOU PELAS CÂMERAS DO CIOSP AS ACÕES DAS FORÇAS DE SEGURANÇA À FISCALIZAÇÃO AO TOQUE DE RECOLHER

Governadora acompanha toque de recolher através de câmeras do Ciosp

08 mar 2021

Governadora acompanha toque de recolher através de câmeras do Ciosp | Política em Foco

A governadora Fátima Bezerra acompanhou neste domingo (07) as ações das forças integradas de segurança pública que fiscalizam o toque de recolher determinado pelo decreto estadual 30.388/21. O acompanhamento foi feito por meio das câmeras do sistema de videomonitoramento do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) – órgão de controle de emergências da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).

Ao lado dos secretários Francisco Araújo (Segurança) e Fernando Mineiro (Gestão de Projetos e Metas), a governadora foi até o Ciosp e fez uma avaliação positiva do segundo dia da operação: “Como podemos ver pelas imagens das câmeras, não há pontos de aglomeração e a população entendeu a nossa postura, aderindo à nossa recomendação de ficar em casa, o que quero agradecer aos potiguares. Sou grata também às forças policiais do Estado, sob a liderança do coronel Araújo, que têm atuado de forma integrada para ajudar a vencer esse vírus”, declarou.

Hoje (07) é o segundo dia de vigência do decreto estadual, que determina o toque de recolher durante todo o dia nos domingos e feriados, e das 20h às 6h nos demais dias da semana. “A governadora foi, mais uma vez, protagonista ao emitir um decreto que limita a circulação de pessoas e o cumprimento da orientação do Governo está sendo bem sucedida”, completou o vice-governador, Antenor Roberto.

Para o coronel Araújo, “as câmeras potencializam as atividades das forças de Segurança, que estão agindo de forma integrada para enfrentar a pandemia, executando desde ações simples como orientar pessoas a usarem a máscara, até coibir festas e aglomerações. Estamos na rua para ajudar”, disse.

Ainda no CIOSP, Fátima Bezerra revelou que, na noite de sábado (06), ligou para o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e dele obteve a garantia do envio de aparelhos respiradores convencionais que possibilitarão a sustentabilidade dos leitos críticos de UTI no Rio Grande do Norte. A previsão é que os equipamentos sejam entregues na próxima terça-feira (09).

INVESTIMENTOS

O sistema de videomonitoramento possui câmeras integradas que funcionam 24 horas por dia e foi ampliado pelo Governo do RN com o investimento de R$ 6,9 milhões em recursos viabilizados pelo projeto Governo Cidadão e pelo Banco Mundial.

Os equipamentos são do tipo PTZ que realizam movimentos de 360 graus e são altamente eficazes na identificação de atos de descumprimento do decreto, como aglomerações de pessoas e o funcionamento indevido de estabelecimentos. Somente na Grande Natal há 144 câmeras monitoradas pelo Ciosp que cobrem, inclusive, as praias urbanas de Natal, em um percurso que vai de Ponta Negra à Redinha. Nas praias, é permitido apenas a prática esportiva individual, como surf e caminhadas. A operação de fiscalização se estende por todos os 167 municípios do estado.

“Para além das ações específicas da segurança pública em si, o Ciosp, que foi financiado com recursos do Estado via empréstimo viabilizado junto ao Banco Mundial, tem um papel inovador nesta pandemia. Esse é um espaço que dá orgulho de apoiar e que temos que fazer isso de forma continuada”, defendeu o secretário Fernando Mineiro, coordenador do Projeto Governo Cidadão e do Pacto Pela Vida.

A operação Toque de Recolher tem o objetivo de fiscalizar, orientar e coibir aglomerações, eventos paredões e a circulação desnecessária. É comandada pelo secretário de segurança, coronel Francisco Araújo. Em Natal, envolve as Polícia Civil e Militar, o Corpo de Bombeiros Militar (CBMRN) e órgãos municipais:  Guarda Municipal, Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos) e STTU (Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana).

Acompanharam a governadora na ida ao CIOSP o secretário adjunto da Sesed, delegado Osmir Monte; a delegada geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva; o comandante da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo; o comandante do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRN), coronel Monteiro Júnior; e o diretor do Ciosp, Tenente-Coronel Kleber Macedo.

Fonte: Política em Foco
Continuar lendo GOVERNADORA ACOMPANHOU PELAS CÂMERAS DO CIOSP AS ACÕES DAS FORÇAS DE SEGURANÇA À FISCALIZAÇÃO AO TOQUE DE RECOLHER

PLANOS MUNICIPAIS DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 SERÃO FISCALIZADOS PELO TRIBUNAL DE CONTAS DO RN

Tribunal de Contas vai fiscalizar planos municipais de vacinação contra a Covid-19 no RN

05 fev 2021

Resultado de imagem para Tribunal de Contas vai fiscalizar planos municipais de vacinação contra a Covid-19 no RN

Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) incluiu no Plano de Fiscalização Anual (PFA 2020-2021) o Levantamento dos Planos Municipais de Vacinação Contra a Covid-19. A atuação, de caráter concomitante, foi aprovada na sessão do Pleno desta quinta-feira (04/02), após proposição do presidente, conselheiro Paulo Roberto Alves.

O levantamento tem o objetivo de conhecer a situação atual da operacionalização dos planos de vacinação contra a Covid-19. A ação vai permitir a definição de linhas de atuação quanto ao devido acompanhamento desta medida de combate à doença.

A ação fiscalizatória será executada pela Diretoria de Administração Municipal (DAM) em parceria com o Tribunal de Contas da União, no contexto do Acordo de Cooperação entre as duas instituições. No Estado do Rio Grande do Norte, o TCU é representado pelo Secretário de Controle Externo, José de Arimathea Valente Neto, que fez recente visita ao TCE e reafirmou a continuidade da parceria entre os dois Tribunais.

O TCE-RN contou com a colaboração do Tribunal de Contas do Estado do Paraná. O Coordenador Geral de Fiscalização do TCE-PR, Rafael Moraes Gonçalves Ayres, forneceu subsídio para o planejamento da ação no que tange ao instrumento de coleta que será aplicado nos municípios potiguares. O TCU e o TCE do Paraná também firmaram parceria com esse mesmo objetivo de verificar os planos municipais de vacinação.

Fonte: Política em Foco

Continuar lendo PLANOS MUNICIPAIS DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 SERÃO FISCALIZADOS PELO TRIBUNAL DE CONTAS DO RN

FORÇA-TAREFA PARA FISCALIZAR FALÉSIAS DE PIPA É CRIADA PELO GOVERNO DO ESTADO

Por G1 RN e Inter TV Cabugi

 

Decisão foi comunicada após reunião — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV CabugiDecisão foi comunicada após reunião — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou na noite desta quinta-feira (19) que vai criar uma força-tarefa para auxiliar o município de Tibau do Sul na fiscalização das áreas interditadas temporariamente nas falésias de Pipa.

Na terça-feira (17), uma parte da falésia desabou e matou um casal, o filho de sete meses e o cachorro deles.

O Poder Executivo também garantiu instalar a estrutura para o isolamento da orla, no trecho do Centro de Pipa até à Praia do Madeiro, no intuito de proteger banhistas e comerciantes.

As decisões foram comunicadas na noite desta quinta-feira (19) após reunião da governadora Fátima Bezerra com representantes do Ministério Público Federal e da Defesa Civil estadual e nacional.

Farão parte da equipe que auxiliará na fiscalização da área agentes da força de segurança e de órgãos ambientais.

“O MPF sai daqui com o compromisso da governadora de dar o apoio logístico necessário para as medidas preventivas de isolamento, que são necessárias agora, enquanto os estudos estão sendo finalizados para a classificação dos riscos e identificação e sinalização das medidas necessárias”, disse o procurador da República Victor Mariz.

Uma nova reunião foi marcada para esta sexta-feira (20) entre representantes do Governo do RN e da Prefeitura de Tibau do Sul para definição de como funcionará a força-tarefa.

Equipe da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil concorda com interdição no trecho — Foto: Emilly Virgílio/Inter TV Cabugi

Nesta tarde, equipe da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil esteve no trecho da falésia que desabou ao lado de equipes da Defesa Civil do RN e do Idema para vistoria do local.

Segundo o órgão nacional, a medida atual de interdição é a melhor alternativa a curto prazo. Outras atuações serão pensadas após estudo das áreas. O trecho foi interditado um dia após o acidente pela Prefeitura de Tibau do Sul.

“A ação de curto prazo é essa que já está sendo feita pelo município, que é a ação de isolamento. Porque as outras ações carecem de estudo e de projeto. Então, tudo isso tem que ser feito com muita calma e muita tranquilidade pra que se tenha a eficiência desejada”, disse o geólogo Érico Borges, da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Estudos vão pautar medidas futuras

A equipe coletou amostras das falésias para análises que podem ser usadas para decisões futuras no trecho. O geólogo explicou que qualquer medida de proteção a médio ou longo prazo na região depende de um estudo mais aprofundado.

“Tudo isso carece de estudo. Nós temos uma coleta de dados e já existe um trabalho sendo feito pelo município, que é anterior ao evento que ocorreu, justamente para propor uma norma de conduta para proteger o turista e o morador local”, disse ele em referência ao mapeamento das áreas de risco feito por uma equipe técnica da prefeitura.

Equipe da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil esteve no trecho da falésia que desabou em Pipa — Foto: Emilly Virgílio/Inter TV Cabugi

Segundo o geólogo, as interdições temporárias feitas pela Prefeitura de Tibau do Sul por recomendação da Defesa Civil do RN garantem a segurança neste momento.

“No que diz respeito à preservação de vidas, acho que essa questão já foi equacionada pelo isolamento”.

O técnico explica que a decisão final sobre o que deve ser feito na região não vai depender apenas da Defesa Civil. Ele diz que os relatórios técnicos devem basear as decisões, mas que elas vão se dar em uma análise conjunta de outros órgãos.

“O Idema tem que se posicionar sobre qualquer tipo de interferência que vá ser feita em área de falésia. O Ministério Público tem que se posicionar também sobre ações que são pertinentes ou não. Outros órgãos têm que se posicionar e isso carece de demandas, reuniões”, disse.

Investigação do MPF

O Ministério Público Federal do RN (MPF) promoveu a instauração de um procedimento específico para apurar a situação da estabilização e dos riscos das falésias na região em que aconteceu o acidente.

Ao todo, segundo o MPF, há 18 inquéritos abertos envolvendo ocupações irregulares em bordas de falésias no litoral do estado, principalmente no Tibau do Sul, onde Pipa fica localizada. Ainda há seis ações judiciais, inclusive uma penal sobre o tema.

Falésias são um tipo de acidente geográfico formado por uma encosta íngreme ou vertical, que geralmente termina no mar e sofrem ação erosiva causada pela água. Falésias de grande dimensão costumam ser chamadas de penhasco.

Família morreu soterrada

O desabamento de uma falésia causou a morte de Hugo Pereira, de 32 anos, Stela Souza, de 33, do filho do casal, Sol Souza Pereira, que tinha 7 meses de vida, e do cachorro da família.

Uma das vítimas, Hugo Pereira, de 32 anos, era gerente de recepção no hotel Sunbay. Ele é natural de Jundiaí, no interior de São Paulo, e morava havia alguns anos em Pipa. Em 2017, o G1 contou a história de Hugo, que tinha rodado 14 mil quilômetros com uma cadelinha. A família aproveitava um dia de folga na praia quando aconteceu o acidente.

Testemunhas relataram que eles estavam sentados próximos à falésia, quando houve o desabamento. Stela ainda chegou a tentar salvar o filho e o abraçou antes da queda. A família foi velada e sepultada nesta quarta-feira (18) sob forte comoção, em Pipa.

“Ainda deu tempo de a mãe tentar segurar a criança, por isso que os adultos estavam mais machucados, porque a mãe estava abraçada com ele [o bebê]”, disse Igor Caetano, empresário de passeio náutico, que presenciou o acidente.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo FORÇA-TAREFA PARA FISCALIZAR FALÉSIAS DE PIPA É CRIADA PELO GOVERNO DO ESTADO

OS CAMINHOS ILEGAIS DE MADEIRAS DA AMAZÔNIA

Por Renata Lo Prete

 

Ao prometer divulgar uma lista de países que estariam comprando madeira retirada da Amazônia de forma criminosa, o presidente Jair Bolsonaro atraiu a atenção para uma atividade que vem burlando as normas e a fiscalização graças, em boa medida, ao desmonte regulatório promovido pelo próprio governo. Neste episódio, Renata Lo Prete explica e dimensiona o problema em conversas com Beto Veríssimo, engenheiro agrônomo e co-fundador do Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia) e Maurício Torres, professor do Instituto de Agriculturas Amazônicas da Universidade Federal do Pará. Beto faz um raio-X do negócio da madeira, descreve seu histórico declinante e mostra que o produto ilegal abastece majoritariamente o mercado interno. Ele também avalia a nova tecnologia de rastreamento da Polícia Federal, mencionada por Bolsonaro no mesmo evento em que falou da suposta lista. Maurício relata o passo-a-passo da extração na floresta e os expedientes para dar “verniz de legalidade” à madeira. Para ele, trata-se do “maior antro de trabalho escravo” da Amazônia.

Fonte: G1

Continuar lendo OS CAMINHOS ILEGAIS DE MADEIRAS DA AMAZÔNIA

BAR EM NATAL É INTERDITADO POR DESRESPEITAR AS NORMAS DE PREVENÇÃO CONTRA O CORONAVIRUS

Prefeitura interdita bar em Natal por desrespeito às normas de prevenção ao coronavírus

 SAÚDE

Uma ação conjunta dos órgãos de fiscalização da Prefeitura do Natal interditou, na tarde deste sábado (1º), um bar onde foram registradas imagens de aglomerações desrespeitando as normas legais do Decreto Municipal, que disciplina a abertura gradual da economia seguindo critérios sanitários de prevenção ao contágio do coronavírus. O bar alvo da medida fica situado na Avenida Engenheiro Roberto Freire, em Ponta Negra, zona Sul da capital.

A medida, coordenada pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), teve caráter punitivo e de orientação, já que, além da interdição, especificou as determinações legais para que o estabelecimento possa funcionar de acordo com o que preconiza os decretos. “A Prefeitura não pode admitir que um trabalho sério, planejado e importante para o retorno da economia seja desrespeitado colocando em risco o avanço das medidas que estão sendo fundamentais para os empresários e para população”, comentou a secretária da Semdes, Mônica Santos.

Durante a fiscalização, foram vistoriados todos os pontos do estabelecimento, a exemplo de área total, quantidade de pessoas que pode comportar, distância entre mesas e cadeiras, acesso ao alcance das pessoas de álcool gel a 70%, como também as exigências de uso obrigatório de máscaras de proteção. “Os bares podem funcionar e até comercializar bebida alcoólica, porém devem cumprir todas as exigências sanitárias que estão relacionadas no decreto. Caso contrário, interditaremos”, concluiu a Secretária.

O subcomandante de Segurança da Guarda Municipal do Natal (GMN), Carlos Cruz, alertou que as viaturas da corporação estão nas ruas e qualquer denúncia de desrespeito aos decretos podem ser feitas pelo número 190 do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). “Estamos vigilantes e pedimos que a população denuncie, que iremos agir”, disse.

De acordo com o Decreto Municipal, as fiscalizações do cumprimento legal das normas dos decretos são de responsabilidade da Semdes, Procon, Guarda Municipal do Natal (GMN), Semurb, Semsur e SMS, que estão trabalhando com o apoio das forças de segurança do Estado, a exemplo do Corpo de Bombeiros Militar, Polícias Militar e Civil.

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo BAR EM NATAL É INTERDITADO POR DESRESPEITAR AS NORMAS DE PREVENÇÃO CONTRA O CORONAVIRUS

POLÍTICA: FERNANDO AZEVEDO, MINISTRO DA DEFESA VISITA HOJE O RN PARA FISCALIZAR AÇÕES CONTRA A COVID-19

Ministro da Defesa visita o RN nesta terça (16) para acompanhar atividades de combate à Covid

Ministro chegará nesta terça-feira (16) para visitar o Comando Conjunto Rio Grande do Norte e Paraíba

Por Redação – Publicado em 16/06/2020 às 07:18

Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, em visita a Natal para conferência

O Ministro da Defesa, Senhor General de Exército Fernando Azevedo e Silva, visitará, nesta terça-feira, 16 de junho, o Comando Conjunto Rio Grande do Norte e Paraíba e acompanhará as atividades relacionadas à Operação Covid-19, no combate aos impactos do novo coronavírus.O Ministro participará de reunião realizada pelo Comando Conjunto, na qual serão apresentadas as atividades correntes, no âmbito da Operação Covid-19, nos estados do Rio Grande do Norte e Paraíba.

Após a reunião, o Ministro visitará o Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal, onde serão realizadas capacitação para desinfecção de instalações com a participação de integrantes do Tribunal Regional Eleitoral e da Cruz Vermelha, além da entrega de kits de alimentação às famílias atendidas pelo Programa Forças no Esporte (PROFESP). Na ocasião, poderá ser concedida entrevista à imprensa credenciada, às 11h.

O Comando Conjunto Rio Grande do Norte e Paraíba, composto pela Marinha do Brasil (Comando do 3º Distrito Naval), Exército Brasileiro (7ª Brigada de Infantaria Motorizada) e Força Aérea Brasileira (ALA 10), é um dos 10 Comandos Conjuntos ativados pelo Ministério da Defesa, em março deste ano, no âmbito da Operação Covid-19.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo POLÍTICA: FERNANDO AZEVEDO, MINISTRO DA DEFESA VISITA HOJE O RN PARA FISCALIZAR AÇÕES CONTRA A COVID-19

DENÚNCIA: DÓRIA FAZ PARCERIA COM LABRATÓRIO SUSPEITO PARA PRODUÇÃO DE VACINA

Caro(a) leitor(a),

Reafirmando o nosso compromisso de fiscalizar e acompanhar os movimentos e comportamento dos principais atores da política nacional, estamos publicando uma DENÚNCIA do colaborador Ricardo Paz acerca da parceria anunciada pelo governador de São Paulo, João Dória, com o laboratório Sinovac Biotech para a obtenção da vacina contra o coronavírus. Trata-se de ilicitudes cometidas pelo laboratório e envolvimento em escândalo anteriormente. Leia o texto completo a seguir e saiba os detalhes!

Doria anuncia que Butantan será parceiro de laboratório chinês para vacina contra o coronavírus em fase final de testes | São Paulo | G1

O governador João Dória anunciou parceria, e desembolsará R$85 milhões, com um dos maiores laboratórios privados do mundo, Sinovac Biotech, da China, para obtenção da vacina CoronaVac. Ocorre que, esse laboratório também se envolveu em escândalo na própria China, acusado em 2014 de ter pago cerca de US$50 mil a um membro do partido comunista, responsável pela liberação de drogas, para ajudar a Sinovac a ter suas drogas aprovadas. Fatos como este colocam a lisura da parceria sob suspeição, principalmente diante das fortes desconfianças, veiculadas nas redes sociais, de que Dória tem planos de “vender” São Paulo a China, e tirar comissão de cada negócio. Quem acha que a informação sobre o escândalo da Sinovac é “fake news”, leia o artigo do The New York Times, seção de Business, entitulado “China’s Coronavirus Vacine Drive Empowers a Troubled Industry”, de 4/5/2020.
Ricardo Paz
Empresário
Continuar lendo DENÚNCIA: DÓRIA FAZ PARCERIA COM LABRATÓRIO SUSPEITO PARA PRODUÇÃO DE VACINA

FISCALIZAÇÃO: VEJA A MONTANHA DE RECURSOS QUE O GOVERNO FEDERAL DISPONIBILIZOU PARA O RN

COVID-19: Além de repasses em mais de R$ 605 milhões, saiba o que o Governo Federal disponibilizou ao RN; de EPI´s a insumos em medicamentos como cloroquina

 SAÚDE

Num total de R$ 605,58 milhões, em ações de enfrentamento a Covid-19, o Governo Federal disponibilizou repasses, insumos e Equipamentos de Proteção Individual(EPI´s).

Nas EPI´s, itens como álcool gel, máscara, óculos e protetor facial, avental, luvas, sapatilha e toucas, além de testes e respiradores foram encaminhados.

Nos insumos, além da disponibilidade dos leitos via SUS, medicamentos como cloroquina e oseltamivir.

No total disponibilizado, oriundos do Fundo Nacional de Saúde, FPE, FPM e PFEC(Programa Federativo).

Fonte: Blog do BG

Continuar lendo FISCALIZAÇÃO: VEJA A MONTANHA DE RECURSOS QUE O GOVERNO FEDERAL DISPONIBILIZOU PARA O RN

FISCALIZAÇÃO DO GOVERNO DO RN AUTUA SUPERMERCADOS QUE DESRESPEITAM DECRETO

Supermercados de Natal são autuados por desrespeitarem prevenção contra o Covid-19

Governo do Estado tem orientado e fiscalizado estabelecimentos comerciais nos quatro cantos do Estado para fazer cumprir decreto

Por Redação – Publicado em 01/05/2020 às 17:55
Agência Brasil

Dois supermercados localizados à margem da BR-101, em Natal, foram autuados na última quinta-feira (30) por descumprirem medidas preventivas contra o contágio do Covid-19, no acesso dos clientes ao estabelecimento, conforme versa o Decreto governamental nº 29.583, de 1º de abril de 2020.O Governo do Estado tem orientado e fiscalizado estabelecimentos comerciais nos quatro cantos do Estado para fazer cumprir o Decreto. A multa varia entre R$ 5 mil e R$ 50 mil, de acordo com o nível de infração, o faturamento da empresa e a reincidência.

A Força Tarefa, formada em 15 de abril é formada por representantes do Procon RN, das polícias Militar e Civil e a Controladoria Geral do Estado. Semana passada três supermercados do município de Pau dos Ferros também foram autuados por descumprimento ao Decreto.

Em 45 dias de atuação, a Força Tarefa visitou mais de 300 estabelecimentos em todo o Estado. Foram aplicadas oito multas, sendo três na Grande Natal e cinco no interior do Estado. “Nosso foco tem sido mais educativo, de orientação e temos sido correspondidos na grande maioria das situações”, disse o coordenador geral do Procon RN, Thiago Silva.

Fonte: Agora RN

Continuar lendo FISCALIZAÇÃO DO GOVERNO DO RN AUTUA SUPERMERCADOS QUE DESRESPEITAM DECRETO

SOLICITAÇÕES DE VERIFICAÇÃO DE INSTRUMENTOS PODEM SER FEITAS POR E-MAIL AO IPEM/RNIPEM/RN

IPEM/RN informa que solicitações de verificação de instrumentos podem ser realizadas por e-mail

Apesar da suspensão do atendimento presencial no Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte – IPEM/RN, como medida de prevenção ao avanço do COVID-19, as solicitações para verificação de instrumentos como balanças, medidores de pressão arterial (esfigmomanômetros), bombas de combustíveis, bombas medidoras de combustíveis e medidores de velocidade continuam sendo realizadas e podem ser solicitadas pelo email: operacional.ipem@gmail.com.

Terão prioridades as solicitações feitas por farmácias de manipulação; clínicas médicas, hospitais e postos de saúde; postos de combustíveis, supermercados e indústrias que possuam balanças rodoviárias.

Uma equipe de plantão de fiscais do IPEM/RN também continua atendendo as denúncias feitas pela população. Caso o cidadão desconfie de alguma irregularidade pode informar o órgão pelo e-mail ouvidoriaipem.rn@gmail.com ou pelo whats app 84 98147-9433.

Fonte: Política em Foco

Continuar lendo SOLICITAÇÕES DE VERIFICAÇÃO DE INSTRUMENTOS PODEM SER FEITAS POR E-MAIL AO IPEM/RNIPEM/RN

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar