MAIS DE 650 APENADOS DO RN DEVEM COMEÇAR NESTE DOMINGO (09) FAZER PROVAS DO ENEM PARA PESSOAS PRIVADAS DE LIBERDADE

Por g1 RN

 

Mais de 650 presos do RN farão provas do Enem a partir deste domingo (9) — Foto: DivulgaçãoMais de 650 presos do RN farão provas do Enem a partir deste domingo (9) — Foto: Divulgação

Mais de 650 apenados do Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte devem começar, neste domingo (9), a fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL) de 2021, segundo informou a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária.

Seguindo o mesmo formato da edição regular do Enem, as provas também são divididas em dois domingos e a próxima deve ocorrer no dia 16 de janeiro. O estado teve 654 inscritos. Na mesma data está sendo realizada a reaplicação das provas do Enem 2021 para quem fez inscrição com isenção de pagamento, mas faltou ao Enem 2020 e não tinha conseguido fazer a inscrição no ano passado.

A aplicação do exame realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) ocorre em parceria com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Segundo o secretário da Administração Penitenciária, Pedro Florêncio, a pasta apoiou os internos que se candidataram às provas com a realização de revisões em parceria com o IFRN e secretarias municipais de educação.

No primeiro dia de provas, os internos terão 5h30 para a realização das provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias. A aplicação começará às 13h30 e terminará às 19h.

No segundo dia, serão aplicadas as provas de ciências da natureza e suas Tecnologias e matemática e suas tecnologias.

A coordenadora do Departamento de Promoção à Cidadania da Secretaria da Administração Penitenciária (SEAP), Alcineia Rodrigues, ressaltou a importância das parcerias para a revisão que os presos receberam.

“Isso mostra que os privados de liberdade estão buscando novas oportunidades, querendo construir uma vida para além do cárcere. Eles estão vendo a educação como uma forma de recomeçar a sua história de vida. A cada ano conseguimos aumentar o número de participantes”, disse.

As provas serão aplicadas em 15 unidades prisionais no Rio Grande do Norte. Veja quais:

  • Centro de Detenção Provisória de Parnamirim;
  • Unidade Psiquiátrica de Custódia e Tratamento;
  • Complexo Penitenciário Regional de Pau dos Ferros;
  • Cadeia Pública de Nova Cruz;
  • Centro de Detenção Provisória de Apodi;
  • Cadeia Pública de Caraúbas;
  • Centro de Detenção Provisória de Parnamirim;
  • Cadeia Pública de Ceará Mirim;
  • Complexo Penitenciário João Chaves Masculino e Feminino;
  • Cadeia Pública de Natal;
  • Cadeia Pública de Mossoró;
  • Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga;
  • Complexo Penal Agrícola Doutor Mário Negócio;
  • Penitenciária Estadual do Seridó
  • Penitenciária Estadual de Alcaçuz.

Fonte: G1 RN

Continuar lendo MAIS DE 650 APENADOS DO RN DEVEM COMEÇAR NESTE DOMINGO (09) FAZER PROVAS DO ENEM PARA PESSOAS PRIVADAS DE LIBERDADE

SEGUNDO MP ELEITORAL, DEVEM SER JULGADAS IMPROCEDENTES AS AÇÕES DE CASSAÇÃO DA CHAPA BOLSONARO-MOURÃO NO TSE

MP Eleitoral opina por rejeição de ações de cassação de chapa Bolsonaro-Mourão

Ações acusavam a chapa de Bolsonaro e Mourão de abuso de poder econômico por disparo de mensagens no WhatsApp

Caio Junqueira

O Ministério Público Eleitoral afirma, em petição de 55 páginas obtida pela CNN, que devem ser julgadas improcedentes as ações de cassação da chapa Bolsonaro-Mourão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Para o MPE, não existem ilícitos da conduta descrita pelo Partido dos Trabalhadores nas ações, que acusam a chapa de Jair Bolsonaro de abuso de poder econômico e utilização indevida dos meios de comunicação por disparos em massa no WhatsApp.

“Em síntese, ante o conjunto probatório dos autos, conclui-se pela não comprovação da gravidade dos ilícitos narrados em grau apto para viciar substancialmente a legitimidade e a normalidade das eleições, o que inviabiliza o pedido de cassação do diploma. Do mesmo modo, porque não existem elementos concretos sólidos caracterizadores da participação ou da anuência dos candidatos representados nos atos abusivos, não prospera a declaração de inelegibilidade postulada.”

A ação é assinada por Paulo Gustavo Gonet Branco, vice-procurador-geral eleitoral.

Leia a íntegra abaixo:

Continuar lendo SEGUNDO MP ELEITORAL, DEVEM SER JULGADAS IMPROCEDENTES AS AÇÕES DE CASSAÇÃO DA CHAPA BOLSONARO-MOURÃO NO TSE

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar