CLIPES NACIONAIS- ROBERTO CARLOS- ROTINA

 

Na coluna CLIPES NACIONAIS, hoje quem nos embala com seu romantismo é o maravilhoso Roberto Carlos Braga OMC (Cachoeiro de Itapemirim, 19 de abril de 1941) é um cantor, compositor e empresário brasileiro. Conhecido no Brasil e na América Latina como “Rei”, Roberto Carlos começou a sua carreira no início da década de 1960 sob influência do samba-canção e da bossa nova.

Fonte:

Continuar lendo CLIPES NACIONAIS- ROBERTO CARLOS- ROTINA

CLIPES NACIONAIS: JOSÉ AUGUSTO- SÁBADO

Na coluna clipes nacionais deste sábado nada mais sugestivo do que SÁBADO COM JOSÉ AUGUSTO. Que, aos 8 anos começou a estudar piano, harmonia e solfejo no conservatório nacional de música do Rio de Janeiro. Logo depois ganha um piano de presente do pai para praticar em casa. Com 12 anos ganhou o primeiro violão, e aprende a tocar o básico. Aos 14 anos participou do festival de música de Santa Teresa quando recebeu o seu primeiro prêmio como melhor interprete do festival. Dos 14 aos 17, fez testes em quase todas as gravadoras do Brasil sendo reprovado em todas. A carreira do cantor e compositor começou em 1972, Augusto continuou lançando discos no Brasil e compondo para vários artistas.afastado do cenário musical, resolve se dedicar as composições até que em 2006 com a Música “Cuba” ele retorna com a sua turnê pelo exterior e decide morar em Miami até o final de 2007 quando retornou ao Brasil para gravar o CD-DVD “Agüenta coração” Ao vivo.

Fonte:

Continuar lendo CLIPES NACIONAIS: JOSÉ AUGUSTO- SÁBADO

CLIPES NACIONAIS- TIAGO IORC-COISA LINDA

 

Tiago Iorc é um cantor e compositor brasileiro nascido em Brasília, que se tornou conhecido publicamente por cantar músicas em inglês. Filho de um engenheiro agrônomo e de uma professora de inglês, ele morou na Inglaterra dos dez meses aos cinco anos, voltou a morar no Brasil, onde se alfabetizou, e se mudou para os Estados Unidos. Caçula de três irmãos, se encantou pela música com apenas 8 anos. Coleciona várias músicas em trilhas sonoras de novela da Globo. Já lançou quatro álbuns do início da carreira até 2015. O cantor compôs e gravou a música “Coisa Linda” para a namorada, a atriz Isabelle Drummond.

Fonte:

Continuar lendo CLIPES NACIONAIS- TIAGO IORC-COISA LINDA

CLIPES NACIONAIS-BELCHIOR- APENAS UM RAPAZ LATINO AMERICANO

Antonio Carlos Belchior, mais conhecido como Belchior (Sobral26 de outubro de 1946 foi um cantor, compositor, músico, produtor, artista plástico e professor brasileiro. Um dos membros do chamado Pessoal do Ceará,  foi um dos primeiros cantores de MPB do nordeste brasileiro a fazer sucesso internacional, em meados da década de 1970.Belchior ganhou o primeiro lugar no IV Festival Universitário de 1971 com a música “Hora do Almoço”, interpretada por Jorginho Telles e Jorge Neri. Entre os seus maiores sucessos estão “Apenas um Rapaz Latino-Americano“, “Como Nossos Pais“, “Mucuripe” e “Divina Comédia Humana“.O cantor cearense faleceu em 30 de abril de 2017 em decorrência de um aneurisma da aorta.

Fonte:

Belchior – Tema

Continuar lendo CLIPES NACIONAIS-BELCHIOR- APENAS UM RAPAZ LATINO AMERICANO

CLIPES MUSICAIS: MILTON NASCIMENTO – CORAÇÃO DE ESTUDANTE

A nossa coluna MUSICAL deste sábado tem a honra de apresentar em CLIPES NACIONAIS a lenda Milton Nascimento, interpretando “Coração de Estudante”. Milton Nascimento (Rio de Janeiro26 de outubro de 1942) é um cantorcompositor e multi-instrumentista brasileiro, reconhecido mundialmente como um dos mais influentes e talentosos músicos da Música Popular Brasileira. Carioca de nascimento, mas mineiro de coração, tornou-se conhecido nacionalmente, quando a canção “Travessia”, composta por ele e Fernando Brant, estourou nas paradas musicais. Cantou com dúzias de outros artistas. 

Fonte:

Continuar lendo CLIPES MUSICAIS: MILTON NASCIMENTO – CORAÇÃO DE ESTUDANTE

CLIPES NACIONAIS: FAGNER- TANTO FAZ

Neste domingão de eleição vamos de CLIPES NACIONAIS, aqui na coluna MUSICAL, apresentando o incrível FAGNER, que interpreta “Tanto Faz”. Raimundo Fagner Cândido Lopes, mais conhecido apenas como Fagner (Orós13 de outubro de 1949), é um cantor, compositor, instrumentista, ator e produtor brasileiro, e um dos integrantes do chamado Pessoal do Ceará.

O nome de Fagner vem sendo incluído na lista dos maiores cantores de música latina, principalmente pela sua filiação com outros músicos latinos não-brasileiros, como Mercedes Sosa, Raimundo Fagner nasceu em 13 de outubro de 1949 foi registrado na cidade de Orós, no interior do estado do Ceará e batizado em 27 de dezembro na Igreja do Carmo em Fortaleza. Aos seis anos ganhou um concurso infantil na rádio local, cantando uma canção em homenagem ao dia das mães. Na adolescência, formou grupos musicais vocais e instrumentais e começou a compor suas próprias músicas. Venceu em 1968 o IV Festival de Música Popular do Ceará com a música “Nada Sou”, parceria sua com Marcus Francisco. Tornou-se popular no estado em 1969, após comparecer em programas televisivos de auditório na TV Ceará, e juntou-se a outros compositores cearenses como Belchior, Jorge Mello, Rodger RogérioEdnardo e Ricardo Bezerra.

Fonte:

Continuar lendo CLIPES NACIONAIS: FAGNER- TANTO FAZ

CLIPES NACIONAIS: VITOR KLEY – O SOL

Vitor Kley – O Sol

Hoje vamos de Vitor Kley continuando a nossa série CLIPES NACIONAIS, aqui na coluna MUSICAL. Vitor Barbiero Kley (Porto Alegre18 de agosto de 1994) é um cantor, musicista e compositor brasileiro. Em 2009, lançou seu álbum de estreia, Eclipse Solar. Seu segundo álbum, Luz a Brilhar, foi lançado em 2012 e teve a produção do cantor Armandinho. Em 2015, assinou com a gravadora Midas Music, lançando seu primeiro EP, o homônimo Vitor Kley, em 2016. Ganhou notoriedade nacional após o lançamento da canção “O Sol“, que lhe rendeu uma certificação de disco de diamante duplo no Brasil e disco de platina em Portugal, se tornando uma das canções mais ouvidas do país

Adrenalizou, seu terceiro álbum de estúdio, foi lançado em 2018 e recebeu certificação de disco de platina no Brasil, pelas 80 mil cópias vendidas. Em 2019, lançou o álbum Microfonado. Em 2020, lança seu segundo EP, Ao Vivo em Portugal, com participação do cantor e compositor Gabriel Demoliner. Então vamos curtir o seu maior sucesso “O Sol”!

Fonte:

Continuar lendo CLIPES NACIONAIS: VITOR KLEY – O SOL

CLIPES INTERNACIONAIS: BRYAN ADAMS- PLEASE FORGIVE ME

Nesta terça-feira você vai conhecer melhor a história de um dos maiores astros do pop rock internacional. Bryan Guy Adams nasceu em 5 de novembro de 1959, no Canadá. Aos dez anos de idade inicia-se no mundo musical, quando aprende a tocar guitarra e participa de algumas bandas que acabam não dando certo. Foi aos 18, quando conheceu o baterista e compositor Jim Vallance, seu maior parceiro de composições, que sua carreira começou a deslanchar. Seu primeiro álbum, Bryan Adams, sai em 1980. Com a carreira já consolidada, Adams continua a produzir talento de Bryan Adams não se restringe apenas a música. O artista fez um livro de fotos preto e branco de 80 mulheres canadenses, com destaque para as cantoras Celine Dion, Joni Mitchell e Alanis Morrissete. A renda adquirida com a vendagem do livro foi destinada a um instituto do Canadá dedicado à  pesquisa do câncer de mama. É um dos músicos canadenses mais vendidos de todos os tempos. E agora curta uo dos seus maiores sucessos: Please Forgive me!

Fonte:/www.google.com/search?q=Clipes+internacioais

Continuar lendo CLIPES INTERNACIONAIS: BRYAN ADAMS- PLEASE FORGIVE ME

BOAS NOTÍCIAS: JOVEM AUTISTA CANTA ROCK, IMPRESSIONA E VIRALIZA NAS REDES SOCIAIS

Nesta segunda-feira de feriado nacional você vai conhecer, aqui na coluna BOAS NOTÍCIAS o brasileiro autista que impressionou e viralizou nas redes sociais cantando rock. Confira na reportagem e no vídeo a seguir. Vale a pena!

Brasileiro autista cantando rock impressiona e viraliza nas redes: vídeo

É impressionante a voz do Matheus Cuelbas. Ele tem 20 anos, é de Campinas, no interior de São Paulo e foi diagnosticado com autismo aos 14 anos.

O jovem postou no Facebook um vídeo cantando “Baba ORiley”, da banda britânica The Who e ele viralizou em questão de dias.

Matheus, conhecido como David Sue, disse que o vídeo estourou depois que foi publicado pela página “Rock Eterno”, que divulga talentos da música.

Foram mais de 32 mil curtidas, 28 mil compartilhamentos e 1 milhão de visualizações. “Não tinha criado qualquer expectativa com aquilo, foi algo que conseguiu juntar as palavras ‘fantástico’ e ‘amedrontado’ no mesmo ambiente”, disse.

A música

Matheus usa a música para se comunicar desde pequeno, antes de aprender a falar.

“Quando eu tinha uns 2 anos, meu pai, com um gosto assustadoramente eclético, começou a colocar algumas coisas de MPB (Música Popular Brasileira), umas coisas de Legião Urbana. Quando ele colocou o disco “Heaven and Hell” do Black Sabbath fiquei louco, elétrico”, revela.

Diagnosticado com síndrome de Asperger, a forma mais leve entre os tipos de autismo, ele sempre se sentiu mais à vontade com as palavras escritas, ou cantadas, do que aquelas trocadas em conversas.

“Claro que o Asperger não se limita a isso (dificuldades nas habilidades de convivência), mas essa coisa das habilidades sociais foi o aspecto que mais me causou problemas. A música foi algo muito importante, já que o principal ingrediente de uma interação é justamente o repertório, algo que ajuda a evitar um diálogo monossilábico”, comentou em entrevista ao ACidadeON Campinas.

Ele conta que se encantou com Raul Seixas quando era adolescente.

“Após isso, conheci Legião que me levou para o rock internacional, já que Renato (Russo) sempre menciona essas bandas num livro de entrevistas que encontrei na casa da minha avó – o qual lia direto”, acrescenta.

Compositor

Além de dominar o vocal, Matheus também tem talento para compor.

“Eu fazia letras de duas até cinco páginas. Era um pesadelo tentar colocar qualquer ideia melódica e harmônica. Eu também carecia muito de habilidades vocais e instrumentais, o que possa ter contribuído para essa dificuldade de compor”, lembra.

Dois anos depois Matheus conseguiu dar vida a sua primeira composição estruturada: a canção “Nordeste Song”, cuja letra ocupava quatro páginas.

Em 2017, o jovem começou a compor em inglês. Pra ele, as palavras da língua inglesa são “menos extensas do que as nossas”.

As letras

As canções do Matheus falam da relação dele com a vida.

“Posso me definir como um arquiteto de tudo que encontro nos buracos que residem em meu ser, polindo os destroços pouco a pouco”, explica.

E ele compõe nos momentos mais íntimos “Já tive ideias de madrugada, no banheiro, enquanto fazia minhas necessidades fisiológicas, ou ao descobrir um novo artista, etc”.

Os planos do jovem para o futuro são terminar a faculdade, escrever um livro, ter o próprio estúdio e morar sozinho.

“Me imagino morando sozinho e com uma situação financeira em que poderia dormir tranquilo. Se meus planos para 2024 se concretizarem, aos 30 anos estarei formado (ou quase) numa faculdade de letras (o que iria me agregar muito quanto escritor). Enquanto músico, terei progredido o suficiente para ter meu home studio e gravar de forma profissional. Quanto escritor, pretendo ter publicado uns 5 livros de poemas e uns 2 de prosa”, respondeu.

“Quero apenas sobreviver do meu trabalho (tanto no aspecto literário quanto musical). Quero publicar vários livros, concluir todas as estórias que tenho engavetadas”, concluiu.

Veja o trabalho do Matheus no Facebookno Youtube, no Spotify, Instagram e também no blog “Escritor Preguiça”.

Veja o vídeo que viralizou:

Com informações do ACidadeON

Fonte: Só Notícia Boa

Continuar lendo BOAS NOTÍCIAS: JOVEM AUTISTA CANTA ROCK, IMPRESSIONA E VIRALIZA NAS REDES SOCIAIS

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar