PONTO DE VISTA: O POVO BRASILEIRO PRECISA DAR UM BASTA EM TANTA HUMILHAÇÃO E DESONRA

Caro(a) leitor(a),

É simplesmente incrível e surreal ter que viver num país onde o óbvio, em determinadas instituições, precisa ser constatado e reconhecido pelos seus próprios pares e mesmo assim nada muda. Principalmente quando esse óbvio e essa constatação se dá numa instituição como o STF, que é bastião da Constituição brasileira, cuja única e exclusiva responsabilidade é defender essa dita cuja. Um instituição que, ao contrário, não para de ofendê-la, de subjugá-la, de humilhá-la e de desrespeitá-la, explicitando que os seus 11 membros nada sabem de constitucionalidade e de jurisdição, ao invadirem recorrentemente as competências dos outros poderes. Membros esses que, num país sério seriam reprovados até mesmo na escolinha do professor Raimundo. No entanto são os representantes máximos da justiça no nosso país. Parece mais uma piada de mau gosto ou, no mínimo, humor negro de primeira qualidade. Não podemos mais suportar essas aberrações. Temos que pegar o ministro Marco Aurélio pela palavra e botar a boca no trombone com força. Essa é a oportunidade de desmoralizarmos esse bando de togados de meia tigela. Tá na hora do povo brasileiro parar de ser humilhado, envergonhado e desonrado! Repassem com força! 

Contando os dias para a aposentadoria, Marco Aurélio abre a “caixa preta” e confessa que STF está invadindo a competência de outros Poderes (veja o vídeo)

Marco Aurélio Mello - Foto: Adriano MachadoMarco Aurélio Mello – Foto: Adriano Machado

Marco Aurélio parece não ter mais nada a perder.

No início do próximo mês, o decano vai se aposentar e resolveu revelar os segredos mais obscuros da Suprema Corte.

Recentemente, o ministro disse que o STF está sendo usado por partidos políticos e que, inclusive, acaba invadindo a competência de outros poderes.

Em entrevista a um podcast do jornal O Globo, Marco Aurélio disse que o Tribunal “precisa de autocontenção”.

“O Supremo está sendo acionado por pequenos partidos, que não figuram no Congresso Nacional como deveriam figurar, visando a fustigar o presidente da República, daí haver a necessidade de o Supremo perceber essa manobra, que não é uma manobra sadia, e observar acima de tudo a autocontenção, não invadir esfera que não é a própria dele, o Supremo”, disse.

Ao que parece, Marco Aurélio vai revelar muitos mais até o seu último dia no STF.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O POVO BRASILEIRO PRECISA DAR UM BASTA EM TANTA HUMILHAÇÃO E DESONRA

PONTO DE VISTA: NÃO PODEMOS BAIXAR A GUARDA NESTE MOMENTO, TEMOS QUE IR À LUTA!

Caro(a) leitor(a),

Na nossa coluna PONTO DE VISTA desta quarta-feira escolhi uma postagem publicada no Jornal da Cidade Online sobre a última manifestação do José Dirceu sobre a volta ao poder do PT e da esquerda no Brasil. Essa declaração gerou uma live do JCO muito esclarecedora e importante para o máximo de pessoas, que são patriotas e querem ver esse país sair do lamaçal e do brejo que se enfiou. A ameaça comunista é iminente e real. O risco que corremos de retroagirmos política, social e economicamente é enorme e só enxerga isso quem tem a informação na mão. Por isso peço que assistam essa live esclarecedora e compartilhem com quem você puder e achar que vale a pena. O meu PONTO DE VISTA de hoje é: o brasileiro precisa levantar a bunda da cadeira e ir a luta, através de manifestações de rua, assédio aos sites e redes sociais dos nossos representantes nas Câmaras, Assembleias Estaduais e Congresso Nacional, Ações judiciais junto ao STF pedindo impeachment dos representantes corruptos (inclusive ministros do próprio STF), ou seja, toda e qualquer ação que estiver ao nosso alcance como a que estou fazendo agora, escrevendo esse artigo e compartilhando com a audiência desse Blog. Vamos lá, você que está lendo isso aqui, faça alguma coisa, o que estiver ao seu alcance, vá a luta!!

AO VIVO: O plano de Zé Dirceu contra Bolsonaro / STF vai suspender Copa América? (veja o vídeo)

Fotomontagem: JCO (Reprodução)Fotomontagem: JCO (Reprodução)

O Jornal da Noite de hoje está imperdível, com a presença da advogada Flavia Ferronato e do comentarista político Mauro Fagundes.

Zé Dirceu está confiante de que vão voltar em 2023, fazendo até planos para ajudar Cuba, usando nosso dinheiro!

E o STF, em sessão extraordinária, vai decidir se a Copa América será decidida no Brasil ou não.

O presidente da CPI, Omar Aziz, disse, durante uma live, que na Amazônia existem pessoas que falam de pátria, família, mas, na verdade, são milicianos e fazem fake news!

E agora? A liberação do cultivo da maconha para uso medicinal e industrial foi aprovada por comissão da Câmara.

O presidente da França levou um tapa no rosto durante um evento. Será que não está na hora de ele se preocupar mais com o próprio país, do que com as girafas da Amazônia?

Termine o dia bem informado com o Jornal da Noite!

Assista AO VIVO e compartilhe:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: NÃO PODEMOS BAIXAR A GUARDA NESTE MOMENTO, TEMOS QUE IR À LUTA!

OPINIÃO: O TRATAMENTO PRECOCE É UMA QUESTÃO DE LIVRE ARBÍTRIO

Caro(a) leitor(a),

Na minha humilde OPINIÃO o campo de batalha que se formou no Brasil em torno do tratamento precoce é algo simplesmente surreal e bizarro. Primeiro porque remédios como ivermectina e cloroquina estão no mercado há pelo menos 70 anos e já se sabe de todos os efeitos colaterais que por ventura possam surgir nos pacientes que utilizarem como tratamento precoce e cabe ao médico única e exclusivamente a prerrogativa de orientar ao paciente o seu uso. E este uso é consensual médico/paciente. Segundo porque tudo na vida é uma questão de crença. Se o paciente acredita que um determinado remédio pode salvar a sua vida, ninguém tem o direito de tolhe-lo desse arbítrio, pois como sabemos, todo e qualquer remédio para ser produzido precisa passar pela fase de testes em humanos, onde uma parte dessas cobaias recebem um placebo e historicamente parte desses pacientes que recebem placebo se curam simplesmente pela força da fé e/ou crença. Então, isso é apenas uma questão de livre arbítrio. A escolha é do paciente junto com o médico e cada um que cuide da sua vida!

Ludmila Ferber diz que venceu Covid-19 com tratamento precoce: ‘Funciona’

Cantora cristã diz ter seguido protocolo.

Published on 06.06.2021

Reprodução | Facebook

Em um vídeo publicado na última sexta-feira (4), a cantora gospel Ludmila Ferber, um dos principais nomes do segmento cristão, revelou ter testado positivo para a Covid-19.

Ao lado do ex-senador Magno Malta, Ludmila contou que contraiu a doença em setembro do ano passado. Além dela, outros familiares também foram infectados.

Lutando contra um câncer de pulmão há quase três anos, ela surpreendeu ao dizer que fez uso do ‘tratamento precoce’— adotando medicamentos como cloroquina e ivermectina.

“Sim, foi em setembro do ano passado [que contraiu a Covid]. Mas eu dou graças a Deus que eu fiz o tratamento precoce. Então, eu passei pela Covid de uma forma impressionante. Estamos aí para testemunhar: funciona!”, afirmou.

Embora o novo coronavírus (Sars-CoV-2) ainda seja um mistério em muitos aspectos, médicos e pesquisadores do mundo todo já sabem que o pulmão é o órgão mais afetado pela doença.

Nos pulmões, o vírus infecta células dos alvéolos —onde ocorre a troca de gases entre o pulmão e corrente sanguínea— passando a se multiplicar, matando a célula hospedeira e atuando rapidamente para contaminar outras células.

Ainda no vídeo, Ludmila fez questão de frisar que seguiu o protocolo de modo completo.

“Fiz todo o protocolo. Não só eu, mas parte da minha família também fez o tratamento precoce”, completou.

O ex-senador, por sua vez, reiterou o que foi dito pela pastora evangélica e lamentou o cenário que o país atravessa, afirmando que há uma ‘inversão de valores’.

“Então quem nega o protocolo não é negacionista, negacionista é quem quer o protocolo pra que as pessoas não precisem ser entubadas e serem levadas a UTI, nós estamos vivendo uma inversão, um drama espiritual no país“, acrescentou Malta.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Continuar lendo OPINIÃO: O TRATAMENTO PRECOCE É UMA QUESTÃO DE LIVRE ARBÍTRIO

PONTO DE VISTA: QUEM É O MAIOR LADRÃO DO MUNDO? O GOOGLE RESPONDE!

Caro(a) leitor(a),

Fiquei surpreso quando vi a repercussão das declarações do cantor Amado Batista sobre Lula e seus filhos, já que a coisa mais comum nesse imenso país é ouvir as pessoas se referirem a Lula como “Ladrão”. Até o Google, quando se coloca lá: “maior ladrão do mundo”, responde com inúmeras opções de sites e citações sobre Lula como sendo essa pessoa. E isso não é de hoje. Fiz a minha primeira pesquisa com essa dita frase no Google há pelo menos 10 anos e a primeira imagem que surgiu como resposta foi a de Lula. Jornalistas renomados como Augusto Nunes, da Jovem Pan, Felipe Moura Brasil da BAND e Caio Coppolla da CNN chamam Lula de Ladrão, praticamente, todos os dias e ele ou Gleisi Hoffmann, sua fiel escudeira, nunca tinham reagido, porque sabem que se processar esses jornalista irão abrir uma ferida que não tem como fechar e vão perder a causa fragorosamente. Por que então resolveram reagir com o Amado Batista? Agora compraram uma briga interminável, pois por esse caminho terão de processar bem mais da metade da população brasileira acostumada a chamá-lo de ladrão diuturnamente. E eu sou um deles. Aqui no Blog do Saber tem centenas de publicações nesse sentido. Desse jeito nem a bilionária fortuna do maior ladrão do mundo vai ser suficiente para pagar honorários de advogados com tantos milhões de processos!

PT articula processo contra Amado Batista após cantor chamar Lula de ‘ladrão’

Assunto segue repercutindo nas redes sociais.

Publisher on 05.06.2021

Marcos Oliveira | Agência Senado

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, usou o Twitter para dizer que deve processar o cantor Amado Batista, depois de o músico chamar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de ‘ladrão’ em uma entrevista concedida à Rede Nordeste de Rádio.

A declaração, reproduzida na íntegra pelo jornalista Magno Martins, foi ao ar na semana passada, mas só causou repercussão na cúpula do PT após o conteúdo ser noticiado pelo Conexão Política nesta sexta-feira (4).

Na entrevista, Batista defende o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e acusa Lula e os filhos dele.

Natural de Goiás, o músico disse que o petista não merece um novo voto de confiança porque possui um longo histórico de corrupção.

“Lula é um ladrão, só vota nele quem gosta de ladrão. Diferente de Bolsonaro, que não rouba”.

Ainda de acordo com Amado Batista, a riqueza acumulada pelos filhos do petista, especialmente o ‘lulinha’, retrata o antes e depois de Lula no Palácio do Planalto.

“Saiu do nada, [e] hoje é milionário. Não estou exagerando. Digo [isso] porque conheço seus negócios no agronegócio. Ande pelo Mato Grosso, como eu, e você comprovará”, reiterou.

Em reação, Gleisi afirmou que ‘quem faz acusação falsa’ é preciso que seja responsabilizado.

“Amado Batista terá de enfrentar a Justiça, assim como outros que mentiram sobre Lula e sua família. Quem faz acusação falsa tem de ser responsabilizado pelo que diz, seja famoso ou não”, escreveu hoje a presidente da sigla, nas redes sociais.

“Cuidado com a língua, mentirosos”, completou, em seguida.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Continuar lendo PONTO DE VISTA: QUEM É O MAIOR LADRÃO DO MUNDO? O GOOGLE RESPONDE!

OPINIÃO: REDE GLOBO ABRE OFICIALMENTE A TEMPORADA DE CAÇA AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Caro(a) leitor(a),

O artigo a seguir deixa bem claro o modus operandi da Rede Globo, quando convoca um senador de oposição e outro da situação para debater, mas tem na sua bancada de jornalistas uma militância comprometida em única e tão somente destituir o presidente Bolsonaro provocando um impeachment. O vídeo, ao final do artigo comprova isso, na medida que expõe a agressividade e deselegância da jornalista Natuza Nery, como eu nunca havia visto antes. Foi necessário a apresentadora pedir os comerciais. Fiquei impressionado com o comportamento da jornalista, a quem eu tanto admirava. É algo que não me contaram, eu presenciei. Portanto, está escancarada e definitivamente aberta a temporada de caça da TV Globo ao presidente Jair Bolsonaro. Convido você a assistir ao vídeo e constatar esse vexame!

Marcos Rogério derruba ‘armação’ em debate da GloboNews e faz repórter perder a educação e a elegância (veja o vídeo)

Fotomontagem reproduçãoFotomontagem reprodução

A Globo News reuniu para um debate sobre a CPI da Covid os senadores Marcos Rogério e Otto Alencar.

Preparado, inteligente e habilidoso, o senador de Rondônia não permitiu que o plano adredemente preparado pela emissora prevalecesse.

A Globo visivelmente se agarra na CPI para tentar criminalizar o presidente Jair Bolsonaro. Joga com todas as suas forças pelo impeachment.

O que a Globo quer, na realidade, é o retorno dos ‘bons’ tempos de outrora, quando faturava enormes verbas publicitárias com o carimbo oficial do Governo Federal.

Para tanto, precisa derrubar Bolsonaro.

Nesse sentido tem planejado sua programação, tentando dar ares de credibilidade as encenações protagonizadas pelos senadores do famigerado grupo G7.

Eis que surge um jovem senador, até então desconhecido do grande público, e simplesmente diz, com absoluta propriedade, a verdade que tentam esconder e desmantela a armação da emissora.

O mundo desaba e a jornalista Natuza Nery sobe nas tamancas.

No vídeo abaixo, a performance do brilhante parlamentar e a intervenção imprópria e deselegante da jornalista, que tenta encenar pose de vitima, mas não convence.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

Veja o vídeo:

da Redação

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: REDE GLOBO ABRE OFICIALMENTE A TEMPORADA DE CAÇA AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

PONTO DE VISTA: MANIPULAÇÃO NAS PESQUISAS FAZ ESQUERDA PASSAR VEXAME

O vexame da esquerda hoje é a prova incontestável da manipulação nas pesquisas

Evento em Aracajú (foto postada pela deputada Sâmia Bomfim, do PSOL)Evento em Aracajú (foto postada pela deputada Sâmia Bomfim, do PSOL)

Nos últimos dias o Brasil assistiu a algumas manifestações em apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

Um estrondo.

Sem grande divulgação, mas com um maciço apoio popular.

Épico!

A esquerda, por sua vez, vem alardeando há vários dias a manifestação deste sábado (29).

Fizeram um grande estardalhaço nas redes sociais.

O resultado, no entanto, um fiasco retumbante

O povo não compareceu.

Ruas vazias, pífia adesão.

Nem eles tinham noção de sua pequenez.

O Brasil não suporta mais a esquerda.

E o choque com a medíocre adesão foi revelador.

E assim, fica óbvio o motivo para tanta aversão da esquerda a urna eletrônica com voto impresso auditável.

A bandidagem sabe que só ganha eleição na “roubalheira”.

Querem tomar o poder na marra.

O esquema parece estar sendo montado para o roubo.

A sociedade não pode permitir.

Esse é o grande desafio.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: MANIPULAÇÃO NAS PESQUISAS FAZ ESQUERDA PASSAR VEXAME

RESUMO DA SEMANA: SEMANA DA PAN: MAYRA PINHEIRO E DIMAS COVAS NA CPI DA COVID

Neste domingo você vai ver, aqui no RESUMO DA SEMANA o banho que a secretária do Ministério da Saúde deu nos senadores que tentaram inquiri-la, mas deram com os burros n’água diante da sabedoria, categoria, segurança e controle de Mayra Pinheiro. Isso e mais tudo que foi destaque na política nacional nesta semana. 

Fonte: Semana da Pan

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: SEMANA DA PAN: MAYRA PINHEIRO E DIMAS COVAS NA CPI DA COVID

PONTO DE VISTA: O DEPOIMENTO DE MAYRA PINHEIRO FOI UM PASSEIO E SEGUIDO DE UM BAILE

Na minha humilde opinião a Secretária do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, dançou, bailou e deu um verdadeiro olé nos senadores imbecis dessa CPI sem futuro. A secretária de governo mostrou sabedoria, firmeza, profundo conhecimento, serenidade e classe durante toda a oitiva aos senadores. Foi uma situação vergonhosa e vexatória para as hienas e abutres que tentavam almoçar a Mayra. Mas, na verdade, quem acabou sendo, literalmente engolido foi o presidente, juntamente com o vice-presidente e o relator dessa mísera comissão. Parabéns Mayra Pinheiro, você deu show e tanto no Congresso Nacional hoje!

Diferente de Pazuello, que “jantou” a CPI, Mayra “engoliu” sem precisar mastigar (veja o vídeo)

Mayra Pinheiro - Foto: Jefferson Rudy/Agência SenadoMayra Pinheiro – Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A secretária do Ministério da Saúde entrou como a vilã da vez, no tribunal da inquisição de Renan e seus comparsas. Mas saiu livre, leve e solta, com resposta para tudo o que foi perguntado … com começo, meio, fim e um pouquinho de “cala boca”.

Mayra Pinheiro mostrou um conhecimento técnico absoluto sobre todos os temas relacionados ao ministério e, principalmente, sobre as ações e tudo o que tem sido feito no combate à pandemia.

Derrubou narrativas e trouxe provas e números que tornaram sua presença indigesta aos parlamentares de oposição.

Com muita classe, Mayra chegou a dar uma aula ao “senador, sabichão e pretenso professor de medicina Otto Alencar”, que saiu de fininho e não voltou mais.

No final, os senadores, desesperados por ainda não terem conseguido uma vírgula para ir atrás do alvo que sempre almejaram – o presidente da República, Jair Bolsonaro – saíram com a narrativa de sempre, de que ela havia mentido ou caído em contradição.

Renan foi além e, como de costume apelou à sua matemática inventada… Mayra mentiu ou se contradisse 11 vezes!

O fato é que Mayra Pinheiro, assim como Pazuello, fez um banquete. A diferença é que ela os engoliu sem nem precisar mastigar.

O reconhecimento ao grande trabalho da médica diante do Ministério e, principalmente, no covil de lobos em que esteve hoje, veio pelo Twitter da deputada federal Bia Kicis, em parceria com a deputada Carla Zambelli.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O DEPOIMENTO DE MAYRA PINHEIRO FOI UM PASSEIO E SEGUIDO DE UM BAILE

OPINIÃO: ESSA CPI É A MAIOR FALTA DE RESPEITO COM OS PALHAÇOS PROFISSIONAIS

Caro(a) leitor(a),

O vídeo a seguir deixa explícito o vexame e o constrangimento que os senadores Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues passaram ao tentar responder a pergunta feita pela repórter Berenice Leite do Jornal da Cidade Online: eu gostaria de saber, assim como a população, quando é que os senhores irão convocar governadores e prefeitos e investigar a questão do desvio de verbas que eram destinadas ao combate a pandemia? Embromaram, embromaram e não responderam uma pergunta tão óbvia e ululante! Mas é muito claro que eles não têm como responder essa pergunta, simplesmente porque o objetivo dessa CPI é unicamente o ataque direto ao presidente Bolsonaro. É a maior palhaçada já produzida pela nossa política tupiniquim. Uma palhaçada que tem patrocínio do STF, outro antro de palhaços, que deixa qualquer palhaço morto de vergonha! Enfim, pela primeira vez na vida eu torço para que uma CPI vire pizza de verdade! 

Viralizou: A pergunta que desmontou a CPI virou até meme (veja o vídeo)

Imagem em destaque

A forma como ‘vossas excelências’ tentaram escapar dos questionamentos foi tão ridícula que virou meme na internet.

Confira o vídeo que o vereador Paulo Chuchu, de São Bernardo (SP), colocou nas redes e está provocando muitas risadas.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: ESSA CPI É A MAIOR FALTA DE RESPEITO COM OS PALHAÇOS PROFISSIONAIS

PONTO DE VISTA: DE UMA FORMA OU DE OUTRA A VERDADE SEMPRE APARECE, ATÉ MESMO PELA SENILIDADE

Caro(a) leitor(a),

O artigo a seguir é apenas o mote para eu desenvolver o meu pensamento sobre essa vergonha que é essa aproximação de Fernando Henrique com Lula. Apesar de, hoje, sabermos que o Ex-Presidente FHC é um militante de esquerda e que na época que foi presidente estava no guarda roupa, é algo altamente repugnante a sua declaração antecipada de que votaria em Lula caso vá para o segundo turno, em 2022, com Bolsonaro. Não tem a ver com a ideologia, pois sabemos que ambos são esquedopatas gourmet, mas pelos princípios e pela reputação. Fernando Henrique admitir que pode votar em Lula é o mesmo que dizer que concorda com a roubalheira e corrupção criada pela maior Organização criminosa já existente no planeta e não só isso, desta forma ele também admite que no seu governo também houve essa prática abusiva e criminosa. Não dá para não associar e/ou pensar de outra forma. Também admite que o seu partido, o PSDB, não tem candidato a altura para concorrer as eleições presidenciais. Agindo assim, ele está jogando na lata do lixo a reputação que construiu como governante que tirou o país de uma situação patética, horrorosa de penúria e hiperinflação para a prosperidade. E não vale mais a antiga máxima do “rouba mais faz”. A sociedade não admite mais isso. Se ele pensa assim também está admitindo que faz parte da velha política e ainda em vida joga o seu nome na lama. Não estou alertando o ex-presidente e muito menos lamentando, apenas constatando, pois quem tem de defender a reputação e ele e não eu. Ele é um homem de intelecto farto. Não precisa de ninguém para lhe dizer se falou demais ou verborragizou. Ele poderia, do alto dos seus quase 90 anos falar menos e se dar ao respeito, mas preferiu a exposição e ter que estar retuitando para esclarecer as bobagens que falou. Talvez esteja variando por conta da idade, mas ai alguém de sua confiança poderia intervir para preservar a sua imagem. Bem, a única certeza que tenho é que a mentira a cada dia está com as pernas mais curtas e a verdade está emergindo cada vez mais rápido. E não é de se estranhar que seja através da senilidade de alguns políticos da velha política!

Rui Costa defende união entre Lula e FHC contra Bolsonaro

Declarações ocorreram nesta sexta.

Publicado em 21.05.2021

Valter Campanato | Agência Brasil

O governador da Bahia, Rui Costa, do PT, resolveu falar sobre encontro político entre os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso, divulgado nesta sexta-feira (21) pela cúpula petista.

Para Rui, a aproximação é consequência do cenário político atual, que é uma projeção de ‘tragédia’ e ‘incompetência’, na visão dele.

Apesar das críticas explícitas, ele não fez menção direta ao nome do presidente Jair Bolsonaro.

“As pessoas podem divergir. O Fernando Henrique tem ideias para a sociedade, de Estado, de como tocar a economia, tem um monte de ideias. O Lula tem outras ideias. Mas a política é isso. São ideias diferentes que têm que dialogar, todas a favor do Brasil”, declarou o petista, em entrevista a rádios locais.

“O que nós temos que buscar é salvar o nosso país dessa tragédia. Então é como se você trabalhasse numa empresa e alguém se tornou presidente, alguém incompetente da sua empresa, que não saber fazer nada. Você tá vendo sua empresa ir à falência. Então os funcionários, os sócios têm que se juntar pra salvar a empresa. Então nós somos os donos do Brasil. O povo brasileiro é o dono desse país. Então nós temos que salvar o Brasil dessa tragédia”, acrescentou.

Ainda sobre o assunto, o chefe do Executivo baiano usou o Twitter para dizer que é preciso ‘virar a página’.

“Lula e FHC podem ter divergências políticas e ideológicas, mas concordam que o Brasil precisa virar a página desta história trágica que estamos vivendo. Ninguém aguenta mais. O Brasil pertence ao povo brasileiro e todos nós temos nos unir para viver um novo tempo”, escreveu.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: DE UMA FORMA OU DE OUTRA A VERDADE SEMPRE APARECE, ATÉ MESMO PELA SENILIDADE

RESUMO DA SEMANA: ERNESTO ARAÚJO, PAZUELLO E OS DESDOBRAMENTOS DA CPI DA COVID

No RESUMO DA SEMANA deste domingo você vai ver tudo que rolou na CPI da Covid durante a semana que passou, como os depoimentos dos ex-ministros Ernesto Araújo e Eduardo Pazuello. Por isso aproveite seu domingão para se atualizar com as notícias da política.

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: ERNESTO ARAÚJO, PAZUELLO E OS DESDOBRAMENTOS DA CPI DA COVID

PONTO DE VISTA: VAMOS LEVANTAR A BANDEIRA DO BRASIL EM DEFESA DO BRASIL

Caro(a) leitor(a),

O alerta que venho dando insistentemente precisa ser observado e analisado por você com total isenção e imparcialidade. Veja bem, precisamos ter a sobriedade de enxergar atitudes populistas vindas dos nossos governantes e/ou representantes dos poderes constituídos, sob pena de sucumbirmos a um lamaçal ainda maior do que o que já estamos. Preste atenção, a história sempre se repete, seja na China, da índia, no Congo, no Irã, na Venezuela ou aqui mesmo no Brasil. O governante ditador, autoritário e chauvinista nunca demonstra sua verdadeira intenção. É lobo em pele de cordeiro e invariavelmente se utiliza dos dispositivos constitucionais para alcançar o seu projeto de poder. Sabemos que, neste momento difícil que estamos vivendo na política brasileira é necessário e imprescindível o mandatário do poder, o Povo, ir às ruas para demonstrar toda a sua insatisfação com o comportamento dos seus representantes, seja a nível municipal, estadual ou federal, já que nas três esferas esses representantes  não estão honrando e muito menos obedecendo a vontade do Povo. Mas não podemos confundir as coisas e defender  o interesse ou a vontade de A ou B e única e exclusivamente a vontade e o interesse do titular do Poder: o Povo. Não se iluda! A retórica de Bolsonaro não é diferente da retórica de um Hugo Chaves, de um Evo Morales ou de um Getúlio Vargas. Por isso, vamos levantar a bandeira do Brasil em defesa do Brasil!

“Não roubarão a liberdade do nosso povo”, diz Bolsonaro durante manifestação

Publicado em 15.05.2021

Alan Santos | PR

O presidente Jair Bolsonaro participou da manifestação promovida por apoiadores neste sábado (15) na Esplanada dos Ministérios, na capital federal.

Em discurso em cima de um carro de som, ele defendeu a aprovação do voto impresso nas eleições de 2022, cuja Proposta de Emenda à Constituição (PEC) teve a comissão especial instalada na Câmara dos Deputados.

Em seu discurso, o mandatário voltou a criticar medidas de restrição social impostas por governadores e prefeitos como justificativa de conter a pandemia de covid-19.

O chefe do Executivo sobrevoou a Esplanada dos Ministérios de helicóptero, voltou ao Palácio do Planalto e foi para o meio dos manifestantes montado a cavalo.

“O maior poder do Brasil não é o Legislativo, o Judiciário ou o Executivo. O maior poder é de vocês. […] Não desafiamos ninguém nem queremos o confronto com ninguém, mas não ousem confrontar ou roubar a liberdade do nosso povo”, disse Bolsonaro, na ocasião.

Continuar lendo PONTO DE VISTA: VAMOS LEVANTAR A BANDEIRA DO BRASIL EM DEFESA DO BRASIL

RESUMO DA SEMANA: BARRA TORRES E WAJNGARTEN NA CPI DA COVID

Domingo é dia de RESUMO DA SEMANA com os principais destaques dos fatos políticos da semana, através do programa SEMANA DA PAN sob o comando de Vitor Brown, para você que ficar atualizado e ser um formador de opinião. Então, aproveite o seu dia de folga, relaxe e assista tudo!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: BARRA TORRES E WAJNGARTEN NA CPI DA COVID

OPINIÃO: O POVO NÃO TEM QUE SAIR EM DEFESA DE BOLSONARO E SIM DA CONSTITUIÇÃO E DE SI PRÓPRIO

OPINIÃO: O POVO NÃO TEM QUE SAIR EM DEFESA DE BOLSONARO E SIM DA CONSTITUIÇÃO E DE SI PRÓPRIO
Bolsonaro anda de moto e visita deputada Bia Kicis em Brasília

Caro(a) leitor(a),

O que estamos assistindo de camarote no cenário da política brasileira é algo único, inusitado e muito estranho. Aqui podemos usar o termo popular “faca de dois gumes”. Haja vista as arbitrariedades do STF à margem da Constituição, se faz necessário uma ação firme da parte do titular do poder neste país: o Povo, como já foi dito por mim  na coluna PONTO DE VISTA. E o Povo começa a fazer a sua parte, indo às ruas como o fez no domingo passado, feriado nacional pelo dia do trabalho. O presidente Jair Bolsonaro na sua sede insaciável de poder se aproveita dessas ocasiões para protagonizar episódios como o deste domingo com os motociclistas. O Povo precisa e deve, mais do que nunca voltar às ruas, diante da situação esdruxula, bizarra e surreal pela qual estamos passando. Mas não para defender Bolsonaro de coisa nenhuma. Ele é maior de idade, raposa velha na política, conhece a Constituição de cabo a rabo, está muito bem assessorado e se vier a se dar mal é única e exclusivamente por sua decisão e culpa. Se tem algo ou alguém que precisa de defesa nesse momento é a nossa débil e frágil Constituição e em consequência o próprio Povo brasileiro. Por isso, não podemos confundir as coisas. É hora de muita responsabilidade, pois um erro pode levar o nosso país para o caos absoluto e isso está por um fio para acontecer. Neste momento sejamos patriotas e vamos compartilhar essa mensagem com força!

Motociclistas se unem a Bolsonaro em homenagem ao Dia das Mães

Este é o 2° ato consecutivo em apoio ao presidente neste mês de maio.

Publicado em 09.05.2021

Marcos Corrêa | PR

O presidente Jair Bolsonaro realizou um passeio de moto de aproximadamente 1 hora em homenagem ao Dia das Mães na manhã deste domingo (9) passando pelas ruas de Brasília.

Ele foi acompanhado por centenas de motociclistas, inclusive o deputado Hélio Lopes (PSL-RJ), que postou em suas redes sociais o trajeto percorrido pelo presidente e pelos demais motociclistas.

O passeio foi anunciado por Bolsonaro durante sua live de quinta-feira (6). Na ocasião, o presidente falou que esperava cerca que 1 mil motociclistas o acompanhassem no passeio em homenagem ao Dia das Mães.

Neste domingo, ele postou sobre o passeio em suas contas no Facebook e no Twitter.

“Esse passeio hoje aqui, com toda certeza, havendo convite, iremos para São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. É uma demonstração não política, uma demonstração de amor à Pátria, demonstração de todos aqueles que querem paz, tranquilidade, e liberdade acima de tudo. Pode ter certeza, nosso exército são vocês, o que vocês determinarem, nós faremos”, afirmou o mandatário.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Continuar lendo OPINIÃO: O POVO NÃO TEM QUE SAIR EM DEFESA DE BOLSONARO E SIM DA CONSTITUIÇÃO E DE SI PRÓPRIO

PONTO DE VISTA: O BRASILEIRO NÃO PODE CONTINUAR ASSISTINDO O HUMOR NEGRO CIRCENSE DA CPI DA COVID. É SIMPLESMENTE FÉTIDO E INTRAGÁVEL

Caro(a) leitor(a),

Diante do comentário político, conciso, eloquente e convincente do jornalista Carlos Junior a seguir, não me resta muito a acrescentar, pois suas palavras são muito claras e cristalinas, para qualquer pessoa, até mesmo a da mais incipiente cognição entender o que está havendo no nosso congresso nacional. O circo que foi armado com o único objetivo de sangrar o governo Bolsonaro até a sua completa inanição é muito nítido e óbvio. Você me acompanha, aqui no Blog do Saber sabe que não estou nenhum pouco satisfeito com a postura de Bolsonaro diante dos políticos do Centrão e das negociações feitas para se manter no cargo a todo custo. Um custo muito alto, cuja fatura já começa a ser cobrada e o resultado nós já sabemos que será péssimo para o Brasil e os brasileiros. Mas não é tentando destituí-lo do cargo ou mesmo destruindo a sua imagem com o objetivo de inviabilizá-lo como candidato às eleições de 2022 que teremos um Brasil melhor no próximo ano. Muito pelo contrário. Toda a energia que está sendo empregada com esse objetivo vai deixar um rastro de destruição, caos e calamidade não na imagem de Bolsonaro, mas na economia, na educação, na saúde e principalmente na dignidade do povo brasileiro. Quando os gananciosos que só pensam no poder terminarem o seu confronto não restará muita coisa para governar, pois teremos uma economia quebrada, uma taxa de desemprego como nunca vista antes, um número de mortos pela covid muito maior do que se poderia imaginar até mesmo depois de terem sido ceifadas 420 mil vidas e a educação que há muito tempo anda na sarjeta, estará nos subterrâneos dos esgotos povoados por ratazanas, vermes e fedor. Pode ser muito forte o que estou falando, mas é iminentemente REAL. Venho clamando que você que lê este Blog  compartilhe estas informações com o máximo de pessoas que você ama e do seu conhecimento, pois não temos outra forma de lutar contra essa podridão que avança e só aumenta dia a dia na nossa sociedade. Por isso eu peço: compartilhe, compartilhe, compartilhe e compartilhe!

COLUNA: CPI da Covid tem objetivo político-eleitoral muito claro

Publicado em 07.05.2021

Conexão Política conteúdo ®

Enquanto Europa e Estados Unidos presenciavam um aumento no número de casos e óbitos provocados pelo coronavírus em meados de setembro e outubro, prefeitos e governadores no nosso país desativavam hospitais de campanha e leitos para o atendimento de pacientes com a doença. Todos os sinais de que a segunda onda iria acontecer por aqui eram claros. Não via quem não queria. Os resultados estão aí para o leitor tirar suas próprias conclusões.

Parte importante do dinheiro enviado pelo governo federal aos estados e municípios acabou indo parar no bolso dos amigos do rei – e dos próprios reis. Não sou que digo isso: é a Polícia Federal (PF). O dito ‘Covidão’ colocou inúmeros gestores na mira da Justiça, com dois deles perdendo seus respectivos mandatos – os governadores Wilson Witzel (PSC-RJ) e Carlos Moisés (PSL-SC), mas este último conseguiu retornar ao cargo nesta sexta-feira (7).

Em um país sério – que não é evidentemente o caso do Brasil – e com pessoas sérias, tais fatos seriam motivos para banir da vida pública seus respectivos protagonistas, além de colocá-los no xilindró.

Temos no Senado Federal uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada para supostamente investigar práticas e omissões do poder público no combate à pandemia. Os supracitados serão os alvos prioritários? Não. Quem irá sangrar e ter o dedo apontado na cara é o governo Bolsonaro.

A narrativa apresentada pelo establishment é a seguinte: o governo foi omisso ao não decretar um lockdown nacional, demorou para comprar vacinas e distribuiu remédios sem eficácia comprovada cientificamente. Vira e mexe a tragédia de Manaus (AM) é colocada na conta. Para os antibolsonaristas, tais fatos são mais do que suficientes para a instalação da CPI – muitos deles têm um juízo completamente formado da questão e não escondem o desejo de ver o presidente da República no banco dos réus.

Pois bem, a realidade mostra que (I) prefeitos e governadores tiveram liberdade para decretar medidas restritivas após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), (II) a vacina Oxford/AstraZeneca foi comprada em agosto de 2020 pelo governo federal, em uma época que a sua equivalente da Pfizer/BioNTech sequer era lembrada e (III) há inúmeros estudos comprovando a eficácia de remédios como cloroquina e ivermectina – o uso de ambos não é e nunca foi obrigatório. Não me espanta que tais fatos sejam alardeados como crueldades do governo Bolsonaro, mas dá preguiça. Como dizia Nelson Rodrigues, nada é mais difícil e cansativo do que defender o óbvio. É um truque besta que não engana rigorosamente ninguém.

Se o governo Bolsonaro não tem culpa no cartório, por que temer a CPI? A resposta deve levar em consideração o presente estado de coisas no país. Ele demonstra a canalhice contida nessa farsa megalomaníaca vestida com trajes moralizantes.

Em primeiro lugar: essa CPI tem um objetivo político-eleitoral muito claro. Dos onze membros, apenas quatro são considerados governistas – e nem mesmo são. Uma investigação contra o Executivo conduzida por seus adversários declarados é uma piada de péssimo gosto. Ninguém é tonto o bastante para não admitir que a instalação dessa CPI visa desgastar Bolsonaro e minar a sua reeleição em 2022. O que querem os senhores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Renan Calheiros (MDB-AL), Humberto Costa (PT-PE) e tutti quanti é um palanque eleitoral antes do tempo. Além, é claro, tentar emplacar algum factoide para complicar a vida do governo na Justiça.

Cabe lembrar que não vivemos em uma democracia normal, muito menos em uma República. O atual regime de governo vigente no país é a juristocracia, no qual o Poder Judiciário governa, legisla e julga, ou seja, tem o poder absoluto nas mãos e não deve satisfações a ninguém. O inquérito do fim do mundo, conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes, violou de modo irreversível as normas do Direto e do Código de Processo Penal, instaurando o relativismo jurídico a bel-prazer de quem julga. Se não há confiança no Judiciário – e ele se transformou em um poder onipotente e ilimitado –, a democracia morre. E como se pode confiar no Supremo com as repetidas declarações políticas de seus membros contra o chefe do Executivo?

A origem dessa CPI é autoexplicativa: decisão monocrática de um ministro do STF. O mesmo que disse que o presidente defendeu a tortura e a ditadura. Não há dúvidas de que esse circo foi montado contra o governo. A inclusão de prefeitos e governadores na investigação foi um prêmio de consolação muito chinfrim – além de ilegal, pois essa responsabilidade é das Câmaras Municipais e Assembleias Legislativas.

Se a preocupação fosse mesmo para com os responsáveis pela pandemia, o establishment estaria clamando por uma união do Brasil com as grandes nações em uma resposta conjunta contra a China. A ditadura comunista chinesa omitiu informações, perseguiu médicos e censurou jornalistas que nada mais fizeram do que o seu trabalho em alertar sobre a gravidade da doença enquanto era tempo. Isso sem falar na suspeita de o vírus ter sido criado em laboratório – eu não acredito nessa hipótese, mas o estudo de uma cientista embasa a possibilidade. Ao invés disso, a classe política abaixa as calças para a China e aponta o dedo em riste a Bolsonaro.

Não é pela saúde. É política pura e simples. Essa CPI da COVID é canalhice e nada mais.


Referências:

1.https://noticias.r7.com/prisma/augusto-nunes/os-larapios-do-covidao-03032021

2.https://www.poder360.com.br/coronavirus/medica-diz-que-coronavirus-foi-criado-em-laboratorio-chines-governo-nega/

Jornalista. Escreve sobre politica brasileira e americana com análises não vistas na grande mídia.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O BRASILEIRO NÃO PODE CONTINUAR ASSISTINDO O HUMOR NEGRO CIRCENSE DA CPI DA COVID. É SIMPLESMENTE FÉTIDO E INTRAGÁVEL

RESUMODA SEMANA: A CPI DA COVID É O CENTRO DAS ATENÇÕES

Domingo é dia de se atualizar com os principais fatos políticos nacionais, você que não teve tempo para acompanhar o desenrolar dos acontecimentos e foram muitos devido a CPI da Covid, que tomou conta de toda a mídia nacional, com os depoimentos dos ex-ministros da Saúde Henrique Mandetta e Nelson Teich, bem como do atual ministro Marcelo Queiroga. Então lhe convido a assistir o vídeocompleto  aseguir sob o comando de Vitor Brown.

Fonte:

Continuar lendo RESUMODA SEMANA: A CPI DA COVID É O CENTRO DAS ATENÇÕES

OPINIÃO: A ÚNICA SAÍDA PARA O POVO BRASILEIRO SÃO AS GRANDES MANIFESTAÇÕES

Caro(a) leitor(a),

A situação política deste grande país chegou num check mate, onde o povo brasileiro vai ter de escolher entre ficar em casa obedecendo aos seus governantes estaduais e municipais fazendo o lockdown da burrice ou ir para as ruas empunhar a bandeira verde e amarela do nosso Brasil em nome da manutenção e sobrevivência da nossa jovem e incipiente democracia. Ir para as ruas significa aglomerar, aglomerar significa correr o risco de se infectar com Covid-19, se infectar com a Covid-19 significa correr o risco de morrer. Mas se formos às ruas cumprindo protocolos como usar máscara, portando álcool em gel e tentando manter o distanciamento de pelo menos 1,5 metros, diminuiremos substancialmente esse risco. Ao passo que, se ficarmos em casa, calados, sem tomar nenhuma atitude estaremos apenas esperando a morte chegar e ela virá através do desemprego, da pobreza, da fome e do caos. Ir às ruas requer um risco calculado e cuja chance de morte está abaixo de 1¢ de probabilidade. Ficar em casa será a morte certa da nossa democracia e o iminente caminho para virarmos uma Venezuela, pois o nosso país está desgovernado, já a procuração que passamos para os nossos representantes foi rasgada juntamente com a nossa Constituição, por todos os poderes constituídos. Estamos em guerra e em tempos de guerra o que menos importa é a vida individual de cada cidadão, mas a defesa da integridade e da soberania da nação. Isso é algo pelo qual justifica darmos a vida se assim for necessário. Então só nos resta assumir as rédeas da situação na condição de legítimos detentores do poder. Portanto, vamos às ruas, não em apoio a Bolsonaro, mas a Democracia e vamos mostrar quem realmente manda nesse país e que isso aqui não é uma republiqueta de bananas!

Manifestação em defesa de Bolsonaro tem grande adesão na Avenida Paulista: ‘Eu autorizo’, gritava a multidão

Maior concentração foi registrada entre as ruas Pamplona e Itapeva.

Publicado em 02.05.2021

Reprodução | Douglas Garcia

Em São Paulo, manifestantes foram às ruas neste sábado (1°), Dia do Trabalhador, em um ato de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com pedido de acionamento do Artigo 142 da Constituição, na Avenida Paulista.

A concentração teve início por volta das 9h, nas proximidades da sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Com forte adesão desde cedo, um trio elétrico foi posicionado com uma faixa gigante exigindo a reabertura econômica em todo o estado durante a pandemia da Covid-19.

Utilizando máscaras e trajes nas cores verde e amarelo, apoiadores do presidente registraram maior volume nas ruas Pamplona e Itapeva, em ambos os sentidos da Paulista.

Com bandeiras do Brasil e diversas faixas e cartazes, a multidão gritava: ‘Eu autorizo, presidente’, em referência à recente fala do chefe do Executivo sobre aguardar um sinal da população para intervir com maior vigor contra medidas autoritárias de Estados e Municípios.

Várias figuras políticas discursaram no veículo, entre elas Carla Zambelli (PSL), Douglas Garcia (PTB) e Roberto Jefferson (PTB).

Ao todo, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), os manifestantes ocuparam 4 quarteirões, da Alameda Campinas até a Alameda Ministro Rocha Azevedo.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo OPINIÃO: A ÚNICA SAÍDA PARA O POVO BRASILEIRO SÃO AS GRANDES MANIFESTAÇÕES

PONTO DE VISTA: BÁRBARA E A SUA POLÍTICA COM HUMOR

A nossa coluna PONTO DE VISTA deste domingo abre uma exceção para dar passagem a política com humor e a irreverente Bárbara, já que o seu último vídeo está repleto de novidades incríveis da nossa política e você vai ver: Mandetta, Globo em situação constrangedora, o abandono da mídia para Doria e outros assuntos de relevância. Então, prepara a pipoca, senta na poltrona e vamos lá!

Fonte:

Continuar lendo PONTO DE VISTA: BÁRBARA E A SUA POLÍTICA COM HUMOR

RESUMO DA SEMANA: SEMANA DA PAN: CPI DA COVID – RENAN CALHEIROS RELATOR – 01/05/21

Você que não teve tempo de acompanhar os fatos políticos da semana assista agora, aqui na coluna RESUMODA SEMANA deste domingo tudo que rolou na política nacional, através do programa Semana da Pan sob o comando de Nicole Fusco e se atualize!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: SEMANA DA PAN: CPI DA COVID – RENAN CALHEIROS RELATOR – 01/05/21

PONTO DE VISTA: UM INSULTO SEM NOME, RENAN CALHEIROS RELATOR DA CPI DA COVID

Caro(a) leitor(a),

Diante dos últimos fatos políticos eu me pergunto e pergunto a você: até quando vamos assistir e engolir toda essa bosta passivos e imóveis? 

Peço perdão pela má palavra, mas não tenho como nominar de forma mais educada toda essa verborragia que vem lá do planalto central1 Porque chamar de palhaçada eu chamei em infindáveis e inúmeras publicações, aqui nesse blog. Assistir um bandido como Renan Calheiros assumir o cargo de relator de uma CPI que vai investigar atos corruptos e de improbidade administrativa, onde o seu próprio filho estaria sendo investigado e ele, na cara de pau, se diz suspeito quando a investigação atingir o seu filho, como se ele como relator pudesse, na conclusão final da CPI separar as coisas. Além de toda a palhaçada ainda somos considerados completos idiotas. São tantos insultos a nossa dignidade, sanidade menta e honra que não existem adjetivos para ou seja lá qual tipo de palavra para designar tanta falta de respeito, consideração e compaixão com o povo brasileiro. Não podemos mais ficar inertes diante de tanta barbaridade. Por isso eu peço a você que lê esse artigo, compartilhe com o máximo de pessoas do seu conhecimento para que possamos mudar essa triste realidade.

CPI da Covid é instalada e Renan Calheiros é confirmado relator

Decisão é vista como desfavorável ao governo federal.

Publicado em 27.04.2021

Fábio Rodrigues Pozzebom | Agência Brasil

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), confirmou a indicação de Renan Calheiros (MDB-AL) como relator dos trabalhos.

Com isso, o emedebista será o responsável por produzir o relatório que atribui responsabilidades tanto relacionadas ao governo Bolsonaro como a estados e municípios.

A nomeação de Renan tem sido considerada uma clara derrota contra o governo federal, que buscou resistir e atuou nos bastidores para reverter a situação.

Ainda nesta terça-feira (27), o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) derrubou a liminar concedida pela primeira instância da Justiça Federal, na noite de ontem (26), para barrar a indicação de Calheiros (MDB-AL) como relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia.

O vice-presidente do TRF1, desembargador Francisco de Assis Betti, agiu neste sentido por considerar uma interferência indevida “na autonomia e no exercício das funções inerentes ao Poder Legislativo”.

Assis Betti destacou que, pelo regimento interno do Senado, a escolha do relator de uma CPI cabe exclusivamente ao presidente da comissão.

O desembargador escreveu que “tal ato não se submete ao controle jurisdicional em virtude da necessária manutenção da autonomia do Parlamento”.

Ele atendeu a um recurso protocolado pela Assessoria Jurídica do Senado Federal.

Em nota, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse que a escolha do relator de uma CPI é questão interna, que “não admite interferência de um juiz”.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: UM INSULTO SEM NOME, RENAN CALHEIROS RELATOR DA CPI DA COVID

OPINIÃO: SE A CORDA ARREBENTAR AS CONSEQUÊNCIAS SÃO IMPREVISÍVEIS

Caro(a) leitor(a),

A corda está esticando muito e pode arrebentar a qualquer momento. Algo que venho alertando aqui na coluna OPINIÃO há algum tempo. Até o momento as Forças Armadas têm conseguindo se manter à margem dessa celeuma política entre os três poderes da república. Também tenho alertado que Bolsonaro não é diferente de nenhum outro governante extremista, seja da esquerda ou da direita. Até porque esses polos se encontram nos extremos e o que os caracteriza é o “autoritarismo”. Lula tentou muito dar um golpe, mas nunca conseguiu a adesão das Forças Armadas. Bolsonaro não é diferente. O infindável número de postos ocupados por militares em seu governo que o diga, mas ele sabe que as Forças Armadas não o apoiariam numa ofensiva autoritária contra as instituições dos outros poderes. Entretanto, ao que parece está preparando uma cartada arriscada, mas que poderá dar certo. Ao colocar as Forças Armadas nas ruas para garantir o restabelecimento do artigo 5º da Constituição poderá provocar um clima de confronto com os poderes legislativo e judiciário que arrebentará a corda e teremos uma situação sem volta, onde as Forças Armadas finalmente serão obrigadas a se posicionar e ai, só Deus sabe o que poderá acontecer. Elas poderão se submeter a imposição de Bolsonaro ou se rebelar e destituí-lo. Então, vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos!

Bolsonaro diz que pode colocar Forças Armadas nas ruas para “restabelecer todo o artigo 5º da Constituição”

Se aplicada, medida deve ser feita cumprindo todos os requisitos da Constituição.

Publicado em 25.04.2021

Alan Santos | PR

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (23) que há, sim, um plano para um eventual ‘caos no Brasil’.

Segundo ele, existe a possibilidade de as Forças Armadas irem às ruas para “restabelecer todo o artigo 5º da Constituição [que estabelece o direito da livre locomoção no território nacional em tempo de paz]“.

“O que eu me preparo? Não vou entrar em detalhes. Essa política de lockdown, fique em casa, toque de recolher, isso é um absurdo. Se tivermos problema, nós temos o plano de como entrar em casa. Eu falo ‘o meu [Exército]’ o pessoal reclama, mas eu sou o chefe supremo das Forças Armadas. Se precisar, iremos para as ruas, não para manter o povo dentro de casa, mas para restabelecer todo o artigo 5.º da Constituição”, afirmou o presidente, em entrevista à TV A Crítica, do Amazonas.

Ainda segundo o mandatário, medidas que promovem o distanciamento social extremo descumprem a Constituição e retiram as liberdades individuais do cidadão.

“Se eu decretar isso, vai ser cumprido esse decreto. As Forças Armadas podem ir para a rua sim, dentro das quatro linhas da Constituição, para fazer cumprir o artigo 5.º, direito de ir e vir, acabar com essa covardia de toque de recolher, direito ao trabalho, liberdade religiosa e de culto, para cumprir tudo aquilo que está sendo descumprido por alguns governadores e alguns poucos prefeitos, mas trabalha toda a sociedade. É um poder excessivo que lamentavelmente o Supremo Tribunal Federal delegou”, afirmou.

Por fim, garantiu à população que se tal decisão for aplicada, não haverá nenhum tipo de excesso.

“Agora, eu não posso extrapolar. Isso que alguns querem, que extrapole. Estou junto com os 23 ministros, da Damares ao Braga Netto, praticamente conversado sobre isso daí: o que fazer se um caos generalizado se implantar no Brasil. Pela fome, pela maneira covarde que alguns querem impor essas medidas restritivas para o povo ficar dentro de casa. O caldo não entornou ano passado em função do auxílio emergencial”, completou.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo OPINIÃO: SE A CORDA ARREBENTAR AS CONSEQUÊNCIAS SÃO IMPREVISÍVEIS

PONTO DE VISTA: UMA SÁBIA DECISÃO DE MORO, CASO SE CONFIRME A INFORMAÇÃO

Caro(a) leitor(a),

Apesar de toda a especulação e de ser muito cedo ainda para um posicionamento do ex-juiz Sergio Moro quanto a uma possível candidatura política, vejo com bons olhos e como uma sábia decisão, caso se confirme, a de se filiar ao Podemos. Um Partido Político que defende a unhas e dentes a Lava Jato e o combate a corrupção. Um partido comandado por um dos poucos políticos de decência e vergonha na cara, que facilmente conseguimos contar nos dedos das palmas das mãos nessa atual formação do Congresso Nacional. Caso essa decisão venha a se confirmar combina com a estratégia, que venho prevendo nesta coluna há tempos, de Moro com relação entrar definitivamente na vida pública, que é: silêncio, paciência e surpresa. Essas, as melhores armas de um grande estrategista!

O partido escolhido por Sergio Moro para disputar as eleições 2022

Decisão colide com cenário de suspeição no âmbito da Lava Jato.

Publicado em 23.04.2021

Marcelo Camargo | Agência Brasil

 

O cenário político segue movimentado em torno da disputa eleitoral de 2022.

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, terá que decidir se entra ou não para a política.

Segundo a coluna Radar, da Veja, Moro conversou com aliados nos últimos dias e apresentou algumas percepções sobre o futuro.

Ele teria definido o mês de outubro para confirmar ou não a sua candidatura ao Palácio do Planalto ou algum outro cargo político.

Ainda de acordo com a coluna, se o nome de Moro for realmente lançado, o partido será o Podemos, liderado pelo senador Álvaro Dias, que é um dos principais parlamentares em defesa da Lava Jato.

Raul Holderf Nascimento

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.
Continuar lendo PONTO DE VISTA: UMA SÁBIA DECISÃO DE MORO, CASO SE CONFIRME A INFORMAÇÃO

RESUMO DA SEMANA: CÚPULA DO CLIMA, STF FORMA MAIORIA POR SUSPEIÇÃO DE MORO

Neste domingo você que não teve tempo de acompanhar os principais fatos políticos da semana vai se atualizar sobre assuntos como: a cúpula do clima e a maioria formada pela suspeição de Sergio Moro no STF, no programa Semana da Pan, sob o comando de Nicole Fusco. Então, não perca tempo, sente na sua poltrona e comece logo a assistir o vídeo a seguir!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: CÚPULA DO CLIMA, STF FORMA MAIORIA POR SUSPEIÇÃO DE MORO

PONTO DE VISTA: O POVO BRASILEIRO É COMO AQUELA RÂ NA PANELA EM BANHO MARIA E MORRENDO POR INANIÇÃO

O destaque desta quarta-feira aqui na coluna PONTO DE VISTA é o meu grande amigo e colaborador desta coluna Ricardo Araújo, que mostra toda a sua indignação com a letargia e passividade do povo brasileiro diante dos descalabros e desmandos que estão se sucedendo, um atrás do outro, patrocinados pelo STF no nosso pobre Brasil. Então convido você a ler o artigo ácido e provocante deste talentoso comentarista político!

AME-RIO: SELAMAT DATANG MUSIM BUNGA !

De que adianta “aguardar sinalização” com o povo covarde e sem atitude que temos? Que acha que passeata de família em domingos ensolarados resolve? A Praça dos Três Poderes e a frente do Congresso Nacional são muito pequenos para um país de 211 milhões de habitantes. Bastariam 500 mil pessoas tomando aqueles espaços, só saindo de lá depois que o Presidente e as forças armadas atendessem à vontade do povo, expressa no Art. 1º da Constituição. Se o povo está (estrategicamente) desarmado, que fosse às ruas com foice, faca ou inchada. Para lutar, se preciso fosse! Mas temos povo para isso? O pobre se acomoda e se contenta com “auxílios” (mentalmente condicionado a isto!). A classe média vive numa ilusão de “estabilidade”, em especial os servidores públicos, pagando prestação de AP, carro, TV e geladeira, presa dentro de condomínios, protegidos por cerca elétrica e monitorados por câmeras, para escapar de bandidos (armados e protegidos pelos parceiros do STF), iludidos com seus pequenos confortos materiais, churrasquinhos com amigos nos finais de semana e futebol toda quarta e domingo. E a classe rica, ou faz parte do “sistema” que sabota e explora a pátria e os cidadãos ou indiretamente se beneficia deste sem qualquer sentimento de culpa. Vivendo nesse mundo paralelo de “conforto e segurança”, quem das classes média e alta vai se arriscar a “quebrar o pau” para transformar o Brasil num país justo, de homens dignos e honrados? Num país sério, de povo educado, forte e produtivo, respeitado pela comunidade internacional? Me diga aí, quem?

Por Ricardo Araújo

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O POVO BRASILEIRO É COMO AQUELA RÂ NA PANELA EM BANHO MARIA E MORRENDO POR INANIÇÃO

RESUMO DA SEMANA: CPI DA COVID E CONVERSA ENTRE BOLSONARO E KAJURU

Você que não teve tempo de acompanhar os principais fatos da política nacional aproveite para se atualizar, aqui na coluna RESUMO DA SEMANA assistindo o Semana da Pan, sob o comando de Vitor Brown, neste domingo. Você vai ver a repercussão da conversa entre Bolsonaro e o senador Kajuru, que foi gravada e divulgada pelo mesmo e viralizou nas redes sociais e na mídia nacional. Também verá tudo sobre a CPI da Covid. Então, não perca essa oportunidade!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: CPI DA COVID E CONVERSA ENTRE BOLSONARO E KAJURU

OPINIÃO: VAMOS HONRAR O NOSSO SENADOR KAJURU COMPARTILHANDO ESSA POSTAGEM COM FORÇA

Caro(a) leitor(a),

O que podemos dizer do senador Jorge Cajuru? Aqui no nordeste nos dizemos que um cara como ele é um “Cabra Macho”. Fazer o que ele fez é algo raríssimo na política, aqui no Brasil, merece todo o nosso respeito e aplauso. Ele não apenas protocolou o pedido de impeachment contra o ministro Alexandre de Moraes do STF, com mais de 3 milhões de assinaturas, com impetrou mandado de segurança no mesmo STF, forçando a corte a se pronunciar sobre o assunto. Coisa que jamais aconteceu antes na história republicana. Parabéns a Kajuru e o mínimo que nós, brasileiros podemos fazer é compartilhar com força essa postagem para que esse impeachment se concretize! 

Kajuru pressiona STF e impetra mandado de segurança por impeachment de Moraes (veja o vídeo)

Fotomontagem: Jorge Kajuru e Alexandre de Moraes (Reprodução - Câmara e STF)Fotomontagem: Jorge Kajuru e Alexandre de Moraes (Reprodução – Câmara e STF)

Na última sexta-feira (09), o senador Jorge Kajuru entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF), para que a Corte agilize o impeachment aberto por ele contra o ministro Alexandre de Moraes.

O pedido de impeachment, entregue por Kajuru no final de março, foi acompanhado por um abaixo-assinado com mais de 3 milhões de assinatura.

“O pedido principal do mandado de segurança é que o ministro Barroso determine, como ele fez ontem (8), no mandado de segurança determinando a instalação de CPI, que ele também faça o mesmo, determine ao presidente do Senado que respeite o regimento interno”, informou o advogado Paulo Faria, responsável por apresentar o pedido ao STF.

“Impetramos um mandado de segurança contra o presidente do Senado e o presidente da mesa diretora do Senado para que eles adotem as medidas cabíveis necessárias de acordo com o regimento interno do Senado Federal”, explicou ele.

Em um vídeo publicado neste sábado (10), o advogado Luan Amâncio analisa esta e outras situações sobre o ministro do STF, Alexandre de Moraes:

Veja o vídeo:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: VAMOS HONRAR O NOSSO SENADOR KAJURU COMPARTILHANDO ESSA POSTAGEM COM FORÇA

PONTO DE VISTA: SÓ O IMPEACHMENT DE MINISTROS DO STF ACABA COM ESSA INSEGURANÇA JURÍDICA

Caro(a) leitor(a),

Hoje, gostaria de contextualizar uma situação altamente esdruxula e surreal que vem ocorrendo no nosso país e com a nossa mais alta corte do judiciário, o STF. Já se tornou hábito corriqueiro os ministros desta corte tomarem decisões monocráticas. Mas o pior de tudo não são as decisões monocráticas em si, que as vezes, em alguns casos se tornam necessárias, como remédio temporário, para sanar algum vício de outra instância. O pior de tudo é a qualidade dessas decisões que, em sua maioria, tem causado desastres irreparáveis, gerando uma instabilidade jurídica jamais experimentada pelos brasileiros em toda a existência dessa corte. O exemplo citado no artigo a seguir explicita o que acabo de afirmar. Portanto, algo precisa ser feito urgentemente para corrigir essa grave falha na mais alta cote do judiciário, que pode num curto espaço de tempo levar o país a um caos insolúvel. E, neste momento, só o povo tem essa autoridade e esse poder para executar essa correção de rumo. A meu ver a forma mais rápida e precisa para fazer essa correção é provocar o impeachment de pelo menos dois ministros da corte. Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes. Então, é imprescindível começarmos um movimento de assinaturas para pressionar o Senado a fazê-lo em forma de ORDEM a ser cumprida sem mais delongas, pois todo o poder emana do povo! Por favor, divulguem essa postagem!

Nunes Marques lidera divergência e manda de volta para o “xilindró” três investigados que Gilmar havia soltado

Fotos: Agência Brasil/STFFotos: Agência Brasil/STF

É como diz o ditado: às vezes, perdemos uma batalha, mas não a guerra… Apesar de ter saído derrotado no julgamento de liberação dos cultos religiosos durante a pandemia da Covid-19 que, por sinal, se alastra por mais de um ano no Brasil, o ministro Kássio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), conseguiu vencer o ‘poderoso’ Gilmar Mendes, na Segunda Turma da Corte após reverter decisões que soltaram presos pelo juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas.

Até o momento, três habeas corpus (157.972, 191.068 e 176.004) referente a investigados em operações da Polícia Federal foram revistos. Os investigados haviam sido presos e, depois, Gilmar, generosamente, mandou soltar.

O julgamento dessas questões foi online. Mendes deu o primeiro voto e argumentou pela manutenção da soltura dos investigados. Ricardo Lewandowski concordou com ele. Em seguida, Nunes Marques abriu a divergência e foi seguido por Carmen Lúcia e Edson Fachin.

Assim, os empresários Arthur Pinheiro (investigado na “Operação Rizoma”, que apura irregularidades nos fundos de pensão dos Correio e Serpro), Josemar Pereira (alvo da “Operação Lava Jato”, que apura o pagamento de propina a conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro) e Luiz Arthur Andrade Correia (também investigado a respeito de manipulação no mercado para favorecer os interesses do empresário Eike Batista) terão que voltar para a prisão.

A relação entre os ministros do Supremo tem se deteriorado, nos últimos meses, e piorou quando Kássio Nunes Marques tentou, no sábado (3), reabrir as igrejas de todo o país com as devidas medidas de segurança sanitária, mas foi impedido no Plenário da Casa. Porém, o clima já vinha “esquentando” bem antes, quando a Segunda Turma do STF decidiu que o ex-juiz Sergio Moro foi parcial na condução de investigações contra o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

No julgamento, Mendes foi desaforado com seu colega de Corte e chegou a “mandar o recado”:

“Atrás da técnica de não conhecimento de habeas corpus, se esconde um covarde”.

Nunes Marques tinha acabado de discordar dele no quesito “parcialidade” de Moro. Ainda durante a mesma sessão, Mendes foi, novamente, mal educado com Kássio e falou que garantismo “nem aqui, nem no Piauí”, em alusão ao estado natal de Nunes Marques.

Após ser atacado e menosprezado, seguidamente, Nunes Marques respondeu à altura dos “lords” e, humildemente, pediu desculpas caso tivesse ofendido alguém com seu voto.

Mas, quando teve a palavra, Nunes Marques afirmou que a fala de Gilmar poderia ser interpretada como um menosprezo ao estado do Piauí.

“Isso pode ser interpretado e mal utilizado entendendo que talvez, além de um menoscabo à opinião de um colega, seria uma forma de desprezar um estado pequeno. Sei, conheço vossa excelência, que não teve essa intenção”, disse o ministro, deixando claro que conhece a forma de agir de Mendes.

De qualquer forma, mesmo diante das agressões e do destempero de Gilmar, o ‘novato’ acaba de impor-lhe três derrotas consecutivas.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: SÓ O IMPEACHMENT DE MINISTROS DO STF ACABA COM ESSA INSEGURANÇA JURÍDICA

RESUMO DA SEMANA: STF RESTRINGE CULTOS E MISSAS, BOLSONARO DESCARTA LOCKDOWN NACIONAL

Domingo é dia de RESUMO DA SEMANA aqui no Blog do Saber pra você que não conseguiu acompanhar os fatos políticos desta semana. Aproveite para se atualizar assistindo o Semana da Pan sob o comando de Vitor Brown e formar sua opinião.

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: STF RESTRINGE CULTOS E MISSAS, BOLSONARO DESCARTA LOCKDOWN NACIONAL

PONTO DE VISTA: ESTAMOS NA IMINÊNCIA DE VIVER A FÁBULA DO SAPO E DO ESCORPIÃO COM LULA E CIRO GOMES

Caro(a) leitor(a),

O Brasil já é de longe o país das bizarrices e do surrealismo, já que os atores políticos perderam até o senso do ridículo, visto que, personagens como o jurássico Ciro Gomes continuam em cena vociferando barbaridades, antes, jamais imagináveis, como a que ele propõe nesse momento, visando única e exclusivamente materializar o seu projeto particular de poder acalentado há mais de 30 anos pelo seu ego. Propor ao meliante Lula, a quem já acusou publicamente e por diversas vezes de ser o maior ladrão do mundo e ter levado o Brasil a situação em que está, como repete em seu último discurso: “Imaginem vocês uma campanha em 2022, o Bolsonaro querendo se recuperar da impopularidade, a lembrar da esculhambação do Palocci, a esculhambação do Zé Dirceu, a esculhambação não sei de quem”. Mas mesmo explicitando toda a “esculhambação” do governo Lula, ele o quer ao seu lado, como vice-presidente numa chapa, onde vale tudo, até se unir a bandido condenado pelo poder e para o poder. Eu pergunto, meu caro leitor: Alguém em sã consciência é capaz de acreditar que há espaço para dois egos tão inflados num único pedestal? Alguém tem dúvidas que um governo tendo Ciro Gomes como Presidente e Lula como Vice, não duraria seis meses? Eu só consigo imaginar aquela fábula do sapo e do escorpião que pede carona no lombo do sapo para atravessar o rio e termina os dois se afogando. Então, precisamos enterrar definitivamente esses atores da velha política que jamais irão mudar o seu projeto de poder em prol de um Brasil melhor e mais desenvolvido. Parar de se iludir é a única e melhor coisa que os brasileiros podem e devem fazer nesse momento tão delicado!  

Para derrotar Bolsonaro, Ciro sugere que Lula concorra como vice em 2022

Publicado em 06.04.2021

Por  

 

Marcelo Camargo | Agência Brasil

 

O ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), sugeriu ao ex-presidente Lula (PT) que ele dispute as eleições de 2022 como vice-presidente, em prol de uma aliança contra Jair Bolsonaro, atual mandatário. A declaração foi proferida nesta última segunda-feira (5), durante debate sobre a proposta de reforma administrativa.

Para o político, o ex-presidiário deve se espelhar no exemplo de Cristina Kirchner, na Argentina, que topou ser vice na chapa de Alberto Fernández.

“A gente devia pedir generosidade a quem já teve oportunidade, como o Lula, que é um grande líder da história brasileira, mas a gente devia pedir a ele que se compenetrasse e que não imitasse o exemplo desastrado do Maduro na Venezuela ou o exemplo desastrado do Evo Morales na Bolívia. E que olhasse o que a Cristina Kirchner fez na Argentina, em que, tendo uma força grande, deu um passo pra trás e ajudou a Argentina a se reconciliar”, afirmou.

Para justificar a estratégia, Ciro mencionou a corrupção que marcou as gestões do PT. Segundo ele, os escândalos poderiam minar uma eventual campanha de Lula.

“Imaginem vocês uma campanha em 2022, o Bolsonaro querendo se recuperar da impopularidade, a lembrar da esculhambação do Palocci, a esculhambação do Zé Dirceu, a esculhambação não sei de quem. Eu não digo nem que seja verdade ou que seja mentira, eu estou dizendo é o que eu estou vendo pela minha experiência. […] É fazer de novo a campanha antipetista em cima dos exemplos”, declarou.

E acrescentou:

“Derrotar Bolsonaro é muito importante, não por ódio a ele, mas para derrotar o desastre que ele está produzindo, na saúde, na economia, na relação internacional, em que o Brasil está desmoralizado. […] Quem vai operar esse novo projeto nacional é a política, uma nova e ampla aliança, generosa aliança que vai permitir ao Brasil se reconciliar consigo mesmo.”

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: ESTAMOS NA IMINÊNCIA DE VIVER A FÁBULA DO SAPO E DO ESCORPIÃO COM LULA E CIRO GOMES

OPINIÃO: O MELIANTE LULA É UM MENTIROSO E O INESCRUPULOSO ARNALDO AZEVEDO UM VIRA-LATA

Caro(a) leitor(a),

Faz tempo que esperava uma oportunidade de dizer quem eu penso que é o senhor Reinaldo Azevedo. Acontece que ao sair da Rádio Jovem Pan, mais precisamente, do programa Os Pingos Nos Is, onde até então se travestia de ativista de direita, ficou na berlinda um bom tempo e eis que ressurge há algum tempo  como militante petista. Como alguém, de meia idade, pode mudar da água pro vinho, assim, de repente? Eu sempre me perguntava. Mas quando descobri que a BAND foi comprada por capital chinês consegui associar e entender as coisas. O Reinaldo Azevedo não tem formação, caráter, princípios e muito menos identidade ideológica. O que ele tem é amor e apego ao dinheiro. Ele não serve a dois senhores, mas ao senhor que lhe pagar mais. E o resultado está ai na entrevista que fez com o meliante Lula da Silva. Então, casou tomé com bebé: o mentiroso e o vira-lata. Assista ao vídeo e verá! 

Lula e o “Dia da Mentira”: Um “casamento perfeito” (veja o vídeo)

Fotomontagem: Reinaldo Azevedo e Lula (Reprodução)Fotomontagem: Reinaldo Azevedo e Lula (Reprodução)

Reinaldo Azevedo fez uma entrevista com o ex-presidente e ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva, no Dia da Mentira.

Reinaldo, é o mesmo jornalista que disse uma frase marcante anos atrás:

“Quem quebrou o pais, Lula, foi o seu partido. Quem deixou o país com 13 milhões de desempregados foi o PT! Deixa de ser picareta, cara!”

Lula, como sempre, aproveitou o “palanque” para novamente tentar atacar o presidente Jair Bolsonaro. Foi um fiasco.

O advogado Luan Amâncio analisou a entrevista e trouxe revelações importantes sobre as “falácias” ditas pelo ‘ex-criminoso’.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo OPINIÃO: O MELIANTE LULA É UM MENTIROSO E O INESCRUPULOSO ARNALDO AZEVEDO UM VIRA-LATA

PONTO DE VISTA: A VERDADEIRA FACO DE JOÃO DORIA ESTÁ ESTÁ SE REVELANDO

Caro(a) leitor(a),

Você que acompanha as publicações do Blog do Saber e desta coluna, sabe do nosso compromisso em mostrar a verdadeira face de um personagem da política nacional que engana o eleitor há muito tempo. Esse personagem se chama João Doria e, a meu ver, é a mente mais doente da política nacional. Por isso a minha preocupação em impedir que esse crápula alcance seu objetivo maior que é ser presidente da república. O artigo a seguir é mais uma evidência e constatação do que venho falando aqui. O cara é capaz de tudo para chegar ao poder. Desde se aliar e usar o nome de Bolsonaro em 2018 para se eleger governador de São Paulo, como se aliar ao maior bandido e ladrão que a história da humanidade já conheceu, o meliante Lula. Portanto, peço a você que está consciente dessa verdade que me ajude a divulgar essa postagem!

Doria diz que aceita “sentar com Lula” e revela sua verdadeira face

Foto: Arquivo/Agência BrasilFoto: Arquivo/Agência Brasil

Em entrevista ao site esquerdista “Revista Fórum”, o deputado federal Orlando Silva, do PCdoB-SP, fez uma revelação bombástica: ele disse que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), chegou a apelar para ele, em certa ocasião, e afirmar que toparia conversar com o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na tentativa de unir forças contra a reeleição do atual presidente, Jair Bolsonaro.

Em vídeo, o esquerdista detalhou o encontro com o tucano.

“Lá pelas tantas, ele (Doria), falando de política, falou a seguinte frase: “em 2022, para derrotar o Bolsonaro, eu sento até com o Lula”. Eu falei: “vai muito bem por aí. É um bom caminho”. Eu disse ainda para ele que fiquei com a frase na cabeça e, quando tivesse chance, ia falar sobre isso para um jornalista. E ele me respondeu: “pode falar”, contou em conversa com Cynara Menezes.

Sobre a tal “Frente Ampla”, que congrega artistas e adversários políticos de diversas vertentes contra Bolsonaro, Orlando Silva foi enfático ao dizer que apoiaria qualquer pessoa contra o chefe do Executivo, em um eventual segundo turno.

“Eu sou muito contra Bolsonaro. Eu e todo mundo que seja razoável. O que ele está fazendo no Brasil é inacreditável. Esse cara é tão perverso quanto esses ditadores que exerceram poder no Brasil. Ele equivale a Emílio Gastarrazu Médici”, acredita.

A afirmação de João Doria contrasta com a narrativa para se eleger, em 2018. Durante aquele ano, o tucano utilizava o slogan “BolsoDoria” e fazia duras críticas à corrupção e ao ex-presidente Lula, que era investigado na Operação “Lava Jato”, da Polícia Federal. Doria tentou de todas as formas vincular o próprio nome à imagem de Jair Bolsonaro, que era visto como político confiável, crível, sincero e empático. Mas, depois de eleito às custas da “onda Bolsonaro”, virou as costas pro atual presidente, tornando-se opositor ferrenho do Planalto.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: A VERDADEIRA FACO DE JOÃO DORIA ESTÁ ESTÁ SE REVELANDO

RESUMO DA SEMANA: REFORMA MINISTERIAL, TROCA NO COMANDO DAS FORÇAS ARMADAS

Neste domingo você vai ver, aqui na coluna RESUMO DA SEMANA as principais notícias e tudo que rolou na política nacional, no programa Semana da Pan, sob o comando de Vitor Brown. Então, se você não conseguiu acompanhar os fatos da semana, aproveite e se atualize agora! 

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: REFORMA MINISTERIAL, TROCA NO COMANDO DAS FORÇAS ARMADAS

PONTO DE VISTA: AS FORÇAS ARMADAS ESTÃO VACINADAS CONTRA ARROUBOS DITATORIAIS

Caro(a) leitor(a),

Não é preciso ser expert em política, filosofia e história para perceber que, desde o início, a intenção maior do presidente Bolsonaro é dar um golpe e assumir o poder sozinho. Com um perfil explicitamente autoritário, Bolsonaro, assim como todo autoritário usa pee de cordeiro para camuflar a sua verdadeira intensão. O movimento dos últimos dias com as profundas mudanças nos cargos de primeiro escalão e a demissão coletiva do comando das forças armadas deixa a coisa mais explícita ainda. Há muito que ele tenta fazer o que Lula tentou, mas não conseguiu. Subjugar as forças armadas a sua ideologia, pois só assim teria condições de promover o tão sonhado golpe. Ocorre que as Forças Armadas estão vacinadas quanto a uma nova empreitada ditatorial. Madura o suficiente para dar o explícito e claro recado com a demissão coletiva da sua cúpula. A verdade é que, para não passar por vexame Bolsonaro se antecipou e demitiu a todos, já que as cartas de demissão já estavam prontas. As Forças armadas Brasileira jamais se submeterá a ideologia ditatorial de quem quer que seja. Em última análise, se a corda esticar demais a ponto de romper, o máximo que vai acontecer é uma intervenção sob o comando da vontade do povo. E tenho dito!

AO VIVO: Bolsonaro muda comando das Forças Armadas (veja o vídeo)

Jair Bolsonaro (Reprodução)Jair Bolsonaro (Reprodução)

A mudança no comando das Forças Armadas deixou os militantes de esquerda muito preocupados, no entanto, o que há, de fato, por trás disso?

A notícia veio na sequência da troca de seis ministros.

Para comentar esses assuntos, o Jornal da Noite, da TV Jornal da Cidade Online, de hoje recebe Renato Gomes, mestre em Direito Público, e Frederico Rodrigues, analista político.

Em pauta ainda a doação, em um primeiro momento, de US$ 300 mil (aproximadamente R$ 1,7 milhão) feita pela China para centrais sindicais brasileiras.

Qual a intenção do Partido Comunista Chinês e de seu líder, Xi Jinping?

Destaque também para a aposentadoria do ministro Marco Aurélio, do STF, marcada para 5 de julho.

Imperdível!

Assista AO VIVO e compartilhe:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: AS FORÇAS ARMADAS ESTÃO VACINADAS CONTRA ARROUBOS DITATORIAIS

OPINIÃO: JÁ ESTAMOS VIVENDO UM ESTADO DE EXCEÇÃO, POR WAGNER BRAGA

Caro(a) leitor(a),

Quando foi a última vez que você viu ou ouviu falar alguém ou algum jornalista pudesse ir preso por causa das suas palavras? Particularmente eu só vi isso acontecer durante os governos militares. Lembro de Juca Chaves ter ido preso por ter dito a célebre frase: Sabe como se reconhece um ladrão? Médici dos pés a cabeça! Em pleno governo do General Emílio Garrastazu Médici, uma ditadura. Depois disso nunca mais ouvi falar em coisas desse tipo. Recentemente tivemos o episódio do Oswaldo Eustáquio, preso porque falou a verdade e depois apareceu paraplégico, numa cadeira de rodas, dentro da cadeia numa circunstância muito tenebrosa, ainda sem uma explicação plausível. Quando um jornalista, como Caio coppolla vem a público dizer que corre risco de ser censurado, investigado e preso, algo de muito estranho está acontecendo num país que se diz democrático. São tempos muito estranhos o que estamos vivendo e não pode continuar assim. Temos de fazer alguma coisa. Temos que pelo menos apoiar o Caio Coppolla nessa empreitada do Impeachment. Dar as mãos a ele e deixar bem claro para todos os poderes que a sociedade brasileira está de acordo com ele. Mais de 3 milhões já fizeram isso. Desta forma para colocar Caio Coppolla na cadeia será necessário colocar todos os 3 milhões de abaixo assinados. Quero ver quem vai ser o cabra macho!

Caio Coppolla diz que corre o risco de ser censurado, investigado e preso

Redação

Publicado em

Por  

 

Reprodução | CNN Brasil

Bacharel em direito e comentarista político da CNN Brasil, Caio Coppolla voltou a dizer que ele pode ser censurado pelo Supremo Tribunal Federal, alvo de investigações da Polícia Federal e até mesmo preso arbitrariamente após criar, no dia 15 deste mês, um abaixo-assinado virtual para pressionar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a pautar o impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do STF.

O analista decidiu gravar um vídeo comentando uma matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, assinada pela jornalista Mônica Bergamo, em que juristas e advogados rebateram argumentos que foram apresentados por ele em críticas ao ministro Alexandre de Moraes.

“Eu tenho fundadas razões para acreditar que estou prestes a ser censurado pelo STF, investigado pela Polícia Federal e até preso arbitrariamente. Até o final do vídeo vocês vão entender porque estou correndo esses riscos”, disse.

“No dia 22 de março, a Folha de S. Paulo, que vive publicando informações falsas a meu respeito, quebrou o seu silêncio constrangedor e se manifestou sobre o abaixo-assinado pela análise do pedido impeachment contra o ministro Alexandre de Moraes. Para surpresa de ninguém, a Folha ficou do lado errado e publicou uma coluna difamatória contra mim, defendendo a coluna do ministro Alexandre de Moraes (…) Eis o título do texto, assinado por Mônica Bergamo: ‘Juristas e advogados defendem Alexandre de Moraes contra ‘ataques’ de Caio Coppolla, da CNN. Comentarista tem feito mobilização pelo impeachment do magistrado’”, questionou.

Para Caio, a Folha serve de “assessoria de imprensa de imprensa de advogados milionários e juristas militantes que são bajuladores do STF”.

“(…) É uma iniciativa legitima, republica e pacífica que engajou milhões de brasileiros. Mas a Folha de S. Paulo optou por não noticiar essa mobilização histórica em defesa da Constituição e da liberdade de expressão. Preferiu servir de assessoria de imprensa de advogados milionários e juristas militantes que são bajuladores do STF, onde os seus clientes mais poderosos são julgados. E, para fazer o serviço sujo, esses profissionais do direito utilizaram os serviços da jornalista Mônica Bergamo”, prosseguiu o comentarista.

Coppolla fez questão de confrontar as entidades que assinaram o documento, considerando que essas, segundo ele, servem de ‘peso artificial’ no debate público.

“Perceberam o perfil de quem me ataca gratuitamente? (…) Essa manifestação contra mim e contra o abaixo-assinado é nitidamente política. Não deveria ter nenhuma credibilidade jurídica (…) Por serem reputados como especialistas no direito, essas entidades ganham peso artificial no debate público, mesmo que os fatos narrados sejam flagrantemente falsos. (…) Percebam a quantidade de mentiras que a Folha de S. Paulo veiculou a meu respeito, usando como pretexto a publicação de manifestação militante. Se a senhora Mônica Bergamo tiver um pingo de decência jornalística (…) Ela vai me conceder direito de resposta (…) Eu faço aqui um apelo à sua ética profissional. Me conceda esse justo direito de resposta na sua coluna”, acrescentou.

Por fim, ele lamentou a seletividade no âmbito jurídico, frisando grupos de esquerda. Segundo ele, a Folha de S. Paulo tem gerado desinformação para resultar numa eventual ação de censura contra ele, além de uma possível prisão.

“Sabem quais os objetivos dessas entidades e da Folha de S. Paulo ao veicular esse tipo de desinformação? É criar um contexto jurídico e midiático para ensejar medidas judiciais de censura, de investigação e de prisão contra mim com base na Lei de Segurança Nacional (…) Preparei uma série de conteúdos que serão publicados por outros influenciadores, inclusive no exterior, caso eu seja preso injustamente e minhas contas nas redes sociais sejam bloqueados por uma ordem judicial censora (…) O mais triste é perceber que espírito democrático dos advogados e juristas da esquerda é muito seletivo. Eles só defendem os direitos de quem pensa como eles”, finalizou.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo OPINIÃO: JÁ ESTAMOS VIVENDO UM ESTADO DE EXCEÇÃO, POR WAGNER BRAGA

PONTO DE VISTA: GILMAR MENDES É O PIVÔ DO FIM DA LAVA JATO E DA LIBERDADE DE LULA

Caro(a) leitor(a),

O artigo a seguir faz a linha do tempo de uma armação, tal qual uma peça de teatro muito bem ensaiada, da história mais tenebrosa da nossa débil e frágil república, orquestrada por um personagem malévolo, mal caráter e sombrio, que atende pelo nome Gilmar Mendes. Ao ler o artigo você vai relembrar dos fatos que, aos poucos, paulatinamente, materializaram a deprimente situação que todos os brasileiros dobem estão vivenciando neste exato momento. Ao ler o artigo completo a seguir é muito fácil perceber que o principal responsável pelo desmonte da Lava Jato e a libertação do meliante Lula é esse personagem tenebroso, mau caráter, sem princípios nem honra que pauta seu discurso e decisões de acordo com os interesses dos amigos, comparsas, sócios e por que não dizer: de acordo com quem paga mais. Apesar de não termos provas de atos de corrupção envolvendo dinheiro por esse crápula, qualquer que tenha pelo menos dois neurônios, tico e teco, sabe que um jogo pesado como esse só acontece com muito, mas muito dinheiro por trás. E se não rolar dinheiro, rola ameaças de vida, como foi o caso do ex-ministro Joaquim Barbosa. Querer fazer-nos acreditar que isso não existe é subestimar a nossa inteligência. Que o diga a atitude da ministra Carmen Lúcia ao mudar o seu voto no julgamento sobre a suspeição de Sergio Moro. Tenho dito!

O papel de Gilmar Mendes na desestabilização da Lava Jato e na elegibilidade de Lula

Foto: Marcelo Camargo/Agência BrasilFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Analisar a atitude do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), empenhado em acabar com a “Operação Lava Jato”, não é tarefa fácil nem para os principais juristas do Brasil.

Isso porque as ações tomadas, nos últimos meses, contrastam, totalmente, com o Gilmar do passado.

Em 2016, por exemplo, quando o ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, foi preso coercitivamente; o ministro fez piada durante uma palestra para estudantes em Fortaleza.

“Antes, batiam à nossa porta e a gente sabia que era o leiteiro, não a polícia”, ironizou.

Em outra ocasião, ele anulou a nomeação de Lula como ministro da ex-presidente Dilma Roussef (PT), que tinha o claro objetivo de obter a proteção do malfadado foro privilegiado. E, em seguida, minimizou uma outra queixa dos advogados de Lula relacionada aos grampos; dizendo que o ex-juiz federal Sérgio Moro “justificou” a “confusão” que resultou na quebra de sigilo da linha telefônica usada pela banca que defende o petista.

Ainda em 2016, após a votação de impeachment de Dilma Roussef, Gilmar se mostrava plenamente satisfeito com o curso das investigações, no centro do programa Roda Viva, da TV Cultura. Até fez elogios à condução da “Lava Jato”, citando o procurador Deltan Dallagnol como exemplo de que “as instituições brasileiras estão funcionando” e que a operação se desenrolava bem “graças a Deus e graças ao juiz Moro”.

“Eu acho que ele (Moro) está conduzindo um processo extremamente complexo, sofrendo uma pressão imensa, e tem conduzido muito bem”, afirmou o ministro no programa.

E completou:

“Eu não vejo essa transformação de magistrados em justiceiros“, destacou, acrescentando que a “carência de liderança” no país transformava Moro em herói.

Porém, passados cinco anos desses eventos, eis que surge um “novo” Gilmar e um novo Supremo, prontos a fulminar a “Lava Jato”, por uma suposta “parcialidade” do ex-juiz federal e em virtude de “práticas autoritárias” de um “modelo soviético” de persecução penal adotado pela “República de Curitiba”.

O início da “guerra” de Gilmar contra a “Lava Jato” coincide, exatamente, com a queda do PT do poder e o avanço das investigações sobre empresários e políticos que são próximos do ministro, como o ex-presidente Michel Temer, o senador José Serra e o deputado Aécio Neves, no segundo semestre de 2016.

Gilmar é considerado o mais político dos membros do Supremo e sustenta uma narrativa de que a operação é “autoritária”, teoria desmentida pelos fatos.

Hoje, ele é o líder da oposição à “Lava Jato” no Judiciário e para proteger os amigos e a si próprio – o patrimônio da família de Gilmar chegou a ser alvo de uma apuração da Receita Federal –, o ministrou não se furtou a usar o caso de Lula como emblema de sua nova guerra particular.

Em dezembro de 2018, o placar do julgamento estava 2 a 0 contra a suspeição de Moro, quando Gilmar pediu vista do processo e levou o habeas corpus impetrado pela defesa de Lula para o seu gabinete. Mas, havia um entrave: o voto do decano Celso de Mello. Por isso, Gilmar só voltou a cogitar retomar o julgamento depois que as mensagens roubadas dos telefones celulares da força-tarefa começaram a ser divulgadas, em junho de 2019. Celso de Mello aposentou-se em 2020 e o aval de Ricardo Lewandowski para que a defesa de Lula tivesse acesso formal ao acervo de mensagens, no início deste ano, fez com que Gilmar agendasse o julgamento, novamente.

Mesmo com provas roubadas por hackers, Gilmar sinalizava que estava prestes a retomar o julgamento após mais de dois anos. Fachin fez a sua parte: anulou todas as decisões da 13ª Vara Federal de Curitiba envolvendo os casos do ex-presidente, inclusive as condenações nas ações do tríplex e do sítio de Atibaia e determinou a remessa dos casos para a Justiça Federal de Brasília, conferindo ao novo juiz a possibilidade de usar as provas produzidas contra o petista no Paraná e extinguiu o habeas corpus que pedia a suspeição de Moro.

Beneficiar Lula e não punir Moro não era o que Gilmar esperava. O voto do ministro foi carregado com uma série de diálogos hackeados na tentativa de desqualificar toda a operação; imputando crimes aos procuradores e a Moro. Ricardo Lewandowski fez o mesmo.

Apesar do ensaio orquestrado, usar provas ilícitas no processo judicial não convenceu o ministro Kassio Marques Nunes, que rechaçou o uso das mensagens roubadas. Mas, a ministra Cármen Lúcia “salvou a pátria” de Mendes e alterou o voto de dois anos atrás para julgar Moro parcial, alegando que o “cenário” que se tinha em 2018 mudou.

Há novas batalhas nessa guerra e e já ficou claro pra todos que ela é controlada por Gilmar.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: GILMAR MENDES É O PIVÔ DO FIM DA LAVA JATO E DA LIBERDADE DE LULA

RESUMO DA SEMANA: SUSPEIÇÃO DE SERGIO MORO, COMITÊ ANTI-COVID E MAIS…

Neste domingo você vai ver, aqui na coluna RESUMO DA SEMANA os principais fatos políticos da semana, dentre os quais, a suspeição de Sergio Moro e o Comitê Anti-Covid, sob o comando de Vitor Brown, no programa Semana da Pan. Então, não perca tempo e comece logo a assistir e se atualize!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: SUSPEIÇÃO DE SERGIO MORO, COMITÊ ANTI-COVID E MAIS…

OPINIÃO: O CHORO É LIVRE DE MAJU PRECISA SER COMBATIDO COM VEEMÊNCIA

Caro(a) leitor(a),

É simplesmente incrível como as pisadas de bola da imprensa marrom não têm nem de longe a repercussão de um mero comentário que venha de uma personalidade de direita, como é o caso de Bolsonaro. “O choro é livre” da bela, porém cabeça oca da Maju, foi a maior piada de mau gosto dos últimos tempos, principalmente num momento delicadíssimo como o que estamos passando, onde as mortes por covid/dia quase triplicaram. É realmente totalmente e completamente desproporcional e até covarde o que essa imprensa faz. Precisamos reagir e fazer a nossa parte esclarecendo os fatos e desmascarando essas fake news e descontextualizações espalhadas por essa imprensa marrom. Vamos em frente espalhar a verdade! 

O choro é livre, Maju? A fome, o desemprego e a depressão também são!

Filipe Altamir

Publicado em

Filipe Altamir

Divulgação | Conexão Política

Em apoteose da insensibilidade e completamente desprovida de empatia, a apresentadora Maju Coutinho manda um “o choro é livre” diante das medidas radicais de isolamento após um enorme lapso temporal. O Brasil está sentindo os fortes efeitos da pandemia? Sim, mas existe uma grande janela de oportunidade para investir em mais leitos e aprimorar a estrutura hospitalar como medida preventiva. O choro parece ser livre, mas o cidadão de bem continua preso no desemprego; preso diante da fome e completamente desprovido de liberdade para colocar comida na despensa. Não resta mais liberdade individual para o cidadão brasileiro a não ser chorar e lamentar os impropérios provenientes da classe artística, do jornalismo militante e dos falsos profetas da falsa ciência.

Não posso evitar fazer aquele velho jogo imaginativo e hipotético em cima disso: e se fosse Bolsonaro proferindo um “o choro é livre” diante de um recorde de mortos por coronavírus anunciado diante dele? Isso provavelmente moveria toda a estrutura narrativa e militante cibernética, com elevação ostensiva de hashtags nas redes sociais, pronunciamentos e notas de repúdio, além de manchetes lacradoras e mais uma campanha por impeachment.

Não vai demorar muito também para a esquerda militante iniciar sua operação de passar pano invocando as cartas do baralho do vitimismo. Vão ignorar a insensibilidade da Maju e com certeza vão operar com a retórica de que ela está sofrendo ataques racistas e misóginos, pois é assim que a esquerda responde quando um dos seus cometem os erros. As maiores barbaridades dos seus bajuladores são atenuadas com uma retórica vitimista que adorna todo o sentimentalismo tóxico característico no modus operandi da militância e do virtuosismo retórico da esquerda.

A Maju vomitou um “o choro é livre” como se a medida de isolamento radical fosse a única resposta diante de um caos generalizado cujas proporções só alcançaram esse patamar graças à leniência difuso de governadores e prefeitos. Avisamos aqui que as eleições e o estranho silêncio catacumbal sobre o aumento de contaminações durante as carreatas, aglomerações durante as votações e comícios promoveriam. Essa janela silenciosa foi crucial para uma nova onda de contaminação que se alastrou pelo país inteiro, transmutando-se na sua forma mais agressiva e contagiosa. Enquanto isso os nossos ilustres governadores e prefeitos receberam aportes econômicos estrondosos do governo federal e em nada investiram.

lockdown defendido com tanto afinco pela Maju como uma medida ‘necessária e inevitável’ segue completamente desprovido de comprovação de eficácia, ao contrário do que ela tenta passar. A Argentina passou pelo mais longo e radical lockdown da história e continuou enfrentando picos e recordes de contaminação e óbitos por covid-19. Reino Unido, Itália, Bélgica e outros países também aplicaram o bloqueio total de atividades e são recordistas em contaminação e óbitos por milhão de habitantes.

Suécia, Taiwan, Japão, Coreia do Sul e até mesmo países africanos resolveram adotar um caminho mais sensato: encarar o vírus como um gigantesco problema de saúde pública sem sacrificar a economia. Os resultados são incomparavelmente melhores que os países mais desenvolvidos líderes em lockdown.

O vocabulário militante é bastante claro. Quando falam em ‘ciência’, eles querem dizer que vale apenas os cientistas preferidos, num esquema de cherry peacky, daqueles estudos e pesquisadores que estão mais alinhados à visão de mundo do intelectual ungido e da classe iluminada do “fique em casa”. No mundo pseudocientífico dessa turma, não existe confrontação de teses, falseabilidade e plena dissonância com inúmeros estudos sendo publicados. Só aqueles favoritos são escolhidos para embasar a visão de mundo encantada do isolamento radical.

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo OPINIÃO: O CHORO É LIVRE DE MAJU PRECISA SER COMBATIDO COM VEEMÊNCIA

PONTO DE VISTA: “O PODER EMANA DO POVO”, ISSO É FATO, NÃO É UTOPIA. ACORDA BRASIL!

Caro(a) leitor(a),

Parece que quase ninguém percebeu a “coincidência” dos fatos quando o comentarista político Caio Coppolla teve a atitude de iniciar um abaixo assinado pelo Impeachment do Ministro Alexandre de Moraes. Um dia antes o ex-Ministro da Justiça Sergio Moro havia se manifestado no Tweeter afirmado que quem não estivesse satisfeito com a atitude do ministro Fachin que se manifestasse formalmente como manda a lei, através de uma ação judicial. Mas o Caio Coppolla entendeu o recado sim. Um dia depois ele elaborou um abaixo assinado e fez um vídeo pedindo a colaboração da sociedade. A resposta foi mais do que imediata. Em apenas 24 horas o abaixo assinado já tinha mais de 2 milhões de assinaturas. Um fato inédito na breve história das redes sociais, que, também, parece ter finalmente se perpetrado como o mais novo foro de debate para as resoluções dos complexos problemas de uma nação continental como o Brasil. Há tempos eu venho dizendo que o povo, como detentor maior do poder precisa e deve intervir através das redes sociais para por ordem e impor a sua vontade perante seus pseudos “representantes”, que insistem em priorizar os seus interesses particulares em detrimento dos interesses coletivos do seu patrão maior: O POVO!

Espero que essa ação evolua, que o senado receba e acate a petição de Impeachment e que o famigerado “Xerife” Alexandre de Moraes seja devidamente punido, para que sirva de lição para os seus pares. Que suas fichas caiam e eles entendam que são tão mortais quanto cada um de nós. Que estão lá única e exclusivamente porque permitimos e que devem lealdade ao Povo.

Quero deixar ainda a minha concordância geral com o artigo publicado no Jornal da Cidade Online, o qual reproduzo a seguir e que precisa ser divulgado o máximo possível. Por isso peço a sua colaboração nesse sentido. Só assim conseguiremos conscientizar o povo brasileiro do poder que está em suas mãos!

Dois tartufos, um homem e a liberdade

Fotomontagem reproduçãoFotomontagem reprodução

“Pois que adianta ao homem ganhar o mundo todo e perder sua alma?” (Marcos, 8.36 – Bíblia).

Daniel Silveira, Danillo Gentili, Caio Copolla. Três nomes conhecidos. Três funções distintas: o primeiro é político, o segundo é apresentador e humorista, o terceiro analista político. Os três se notabilizaram por fazer críticas ácidas ao poder indiscriminado das mais diferentes “autoridades” do Brasil.

Daniel Silveira, Deputado Federal (PSL-RJ), é um fortão que foi eleito prometendo aos eleitores um duro combate às injustiças e roubalheiras no Brasil. Dizia nada temer. Fez um vídeo onde proclamou aos quatro ventos:

– “O que acontece, Fachin, é que todo mundo tá cansado dessa tua cara de filha da puta, que tu tem, essa cara de vagabundo, né? […] Por várias e várias vezes já te imaginei levando uma surra”. No vídeo, Silveira afirmou que os 11 ministros do Supremo “não servem para p… nenhuma para esse país”, “não têm caráter, nem escrúpulo, nem moral” e deveriam ser destituídos para a nomeação de “11 novos ministros”.

Foi preso injustamente. A ordem de prisão partiu de outro Ministro do Supremo que foi chamado de Xerife pelo Ministro Marco Aurelio. Na prisão chorava todos os dias, segundo notícias publicadas nos jornais. Quando teve oportunidade de se defender, mudou o discurso e manso como um cordeirinho disse:

– “Reconhecendo, sempre reconheci, a importância do Supremo Tribunal Federal. É uma instituição muito importante. Outrora, em ataques, por exemplo — não estou atacando os ministros aqui de maneira alguma — mas já me contrapus a decisão de vários ministros. São ministros que decidem realmente toda a jurisprudência, mas que às vezes tomam uma decisão que nós não entendemos, não vemos a ilegalidade do fato, ou às vezes caímos ali no campo da discussão totalmente ideológica. E muitas vezes somos movidos pela raiva, mas em nenhum momento isso me torna um criminoso.”

Todos nós ficamos atônitos. Onde estava o homem fortão? Onde o defensor dos fracos e oprimidos? Por que não sustentou o discurso que o elegeu? Por que não gritou contra a forma injusta pela qual foi preso? Dizia defender os injustiçados, e quando foi injustiçado ao invés de se revoltar rastejou e bajulou seus verdugos! Por que não reafirmou todos os crimes cometidos pelos Ministros? Chorou como um menor abandonado, pedindo ajuda e implorando perdão…Como acreditar em um homem desses?

Que belo exemplo teria dado Daniel Silveira aos que votaram nele e aos que não votaram, se não tivesse se acovardado!

Mas agora conhecemos seu coração!

Danillo Gentili, o apresentador-humorista, um homem-grande de um metro e noventa, que também afirmava para todo Brasil que era corajoso e indomável, atacou pelas redes sociais:

– “Eu só acreditaria que esse País tem jeito se a população entrasse agora na câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar”.

A Procuradoria Parlamentar da Câmara dos Deputados pediu ao ministro Xerife-Alexandre de Moraes a decretação da prisão do humorista. Na peça, os advogados alegam violação à Lei de Segurança Nacional, comparam a publicação à invasão do Capitólio americano, em janeiro, e pedem abertura de inquérito.

De novo, incrédulos, assistimos o outro defensor dos oprimidos, com medo de ser preso, escrever no Twitter bajulações aos deputados e covardemente afirmar:

– “Eu fiz um tuíte que foi alvo de justas críticas por alguns deputados. Quem me segue sabe que sempre defendi as instituições. Aliás, minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”.

Como acreditar em um sujeito desses? Na primeira batida de pé sai correndo e pedindo arrego… Por que não aproveitou e esfregou na cara dos deputados todas as malandragens cometidas por eles? Por que não serviu de porta-voz aos oprimidos e preferiu se acovardar? Que tipo de homem é esse?

Também este abriu seu coração para nós!

Caio Copolla, jovem e brilhante comentarista, nunca prendeu ninguém, não é fortão, não vive contando vantagens e todos os dias na CNN abre sua metralhadora giratória e com inteligência detona Ministros do Supremo criticando suas arbitrariedades. Cansado de só falar, o jovem Caio resolveu agir e fez um vídeo em que pede aos brasileiros apoio para o Impeachment do Ministro-Xerife-Alexandre de Morais, protocolado pelo Senador Jorge Cajuru.

Mostrando toda indignação e revolta do povo brasileiro, em menos de 24 horas o abaixo-assinado já atingiu a incrível marca de quase dois milhões e quinhentas mil assinaturas, rumando à casa dos 3 milhões. É surpreendente a participação da população brasileira. É notável sua repulsa ao Ministro-Xerife e a todos os seus atos, que são referendados, diga-se de passagem, por todos os outros Ministros. E é um fato que a posição tomada pelo povo, apoiando o Impeachment, respinga em todos os 11 ministros.

Somos homens livres, conservadores, racionais, não com a liberdade aludida por Danillo Gentili, que disse…” minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”. Nenhum homem livre pede o fechamento do Congresso ou do STF, mas pede que saiam das instituições maiores do país aqueles homens que a estão deslustrando, desonrando, que se apossaram dessas instituições e agem como Deuses. A parte mínima não pode ser tomada pelo todo.

Somos homens livres, racionais, conservadores, não como Daniel Silveira, que se acovardou frente ao primeiro desafio. Acovardou-se frente a primeira montanha em seu caminho, a qual precisava fazer uma amarga escolha: “Sobe ou perece!” Acovardou-se frente à selva que precisava limpar. Acovardou-se perante o deserto que estava à sua frente e que gritava a ele: vença-me!

Somos homens livres, racionais, conservadores como Caio Copolla, que não fugiu da batalha. Lutamos por um Supremo constituído por verdadeiros sábios e que seja um núcleo irradiador de verdade e justiça.

Exigimos que os Senadores aceitem o pedido de Impeachment, pois é o povo que os elegeu que está demandando. Você que é livre, racional e conservador assine também. Eis o link para o abaixo-assinado:

https://bit.ly/30Q5qTW

Este texto foi inspirado na escritora americana Ângela Morgan e seu poema “Se a Natureza quer fazer um Homem” (When Nature Wants a Man) e concluo com os versos da canção de Raul Seixas:

“Oh morte, tu que és tão forte/ Que matas o gato, o rato e o homem/ Vista-se com a tua mais bela roupa quando vieres me buscar/ Que meu corpo seja cremado e que minhas cinzas alimentem a erva/ E que a erva alimente outro homem como eu/ Porque eu continuarei neste homem/ Nos meus filhos, na palavra rude/ Que eu disse para alguém que não gostava/ E até no uísque que eu não terminei de beber aquela noite” (Canto Para Minha Morte – Raul Seixas).

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: “O PODER EMANA DO POVO”, ISSO É FATO, NÃO É UTOPIA. ACORDA BRASIL!

RESUMO DA SEMANA: FACHIN ANULA CONDENAÇÕES DE LULA E DECISÃO SUSPEIÇÃO DE MORO É ADIADA

Neste domingo temos a maior bomba que já explodiu em meio apolítica brasileira. A anulação de todas as condenações de Lula por Fachin, o próprio relator da Lava Jato e em seguida o julgamento sobre suspeição de Moro. Dois assuntos bombásticos e de muito pano pra manga, pra tomar o seu tempo neste fim de semana. Então, falta de distração e tédio não são pautas pra sua vida, aproveite! 

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: FACHIN ANULA CONDENAÇÕES DE LULA E DECISÃO SUSPEIÇÃO DE MORO É ADIADA

RESUMO DA SEMANA: BOLSONARO CRITICA RESTRIÇÕES; PETROBRAS REAJUSTA PREÇO DA GASOLINA E DO DIESEL

Domingo é dia de atualização para quem não teve tempo de acompanhar os fatos e notícias da política nacional durante a semana. Então você acessa a nossa coluna RESUMO DA SEMANA e assiste o SEMANA DA PAN sob o comando de Vitor Brown, que trás os principais destaques pra você. Ai você assiste e se transforma em um formador de opinião!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: BOLSONARO CRITICA RESTRIÇÕES; PETROBRAS REAJUSTA PREÇO DA GASOLINA E DO DIESEL

PONTO DE VISTA: SALIM MATTAR NÃO É O PRIMEIRO NEM O ÚLTIMO A RECONHECER QUE FOI TRAÍDO POR BOLSONARO

Caro(a) leitor(a),

Acho que a reputação do sr. Salim Mattar, ex-secretário especial da desestatização é incontestável. Todos sabemos que este senhor é um mega empresário, dono da maior locadora de carros do Brasil, a LOCALIZA. Portanto, alguém que não precisa de maneira nenhuma de um cargo público para garantir a sua sobrevivência. É antes de tudo, um liberal patriota, que veio a fazer parte do governo Bolsonaro para ajudar a tirar o país do buraco em que, ainda, se encontra e recolocá-lo nos trilhos do progresso e da prosperidade. Quando ele deixou o governo, saiu discretamente. Assisti várias entrevistas com ele onde, ao ser questionado sobre o motivo da sua saída, sempre falava que por motivos particulares. Dizia que a sua missão já estava cumprida e outras amenidades. Agora, veio a público expor o real motivo da sua dissidência, aproveitando os últimos fatos políticos e a mudança de comportamento do presidente Bolsonaro com relação as políticas públicas liberais. Muita gente critica Moro pela forma como saiu do governo, lavando a roupa publicamente, mas a verdade é que, tanto ele como o sr. Salim Mattar foram traídos por Bolsonaro, que mostra sua verdadeira face agora. A face de quem nunca foi um liberal e que a sua real intenção é permanecer no poder tanto quanto Lula e o PT queriam. O título do artigo a seguir, publicado em O Antagonista diz tudo: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”. É o mesmo sentimento de Moro ao ser traído por Bolsonaro quando deixou o seu projeto ser totalmente desfigurado no texto final aprovado pelo Congresso Nacional e quando, também não fez nada sobre a questão do juiz de garantias, assim com tantas outras promessas feitas a Moro e não cumpridas. Portanto, como venho dizendo há um bom tempo, Bolsonaro não é confiável, enganou o seu eleitorado e os que acreditaram nele. Mas, como diz aquele velho jargão “me engana que eu gosto”, parece que é assim que o povo gosta mesmo!

Mattar: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”

Mattar: “O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro”
Foto: Edson Lopes Jr./G5 Partners/Ministério da Economia

Salim Mattar, ex-secretário especial de Desestatização, também criticou a escolha de um general para o comando da Petrobras.

Me desculpe, estamos militarizando demais o país”, disse em entrevista à CNN Brasil. “O militar é para quartel. Temos que colocar um homem de mercado na Petrobras. Um homem que saiba o que é um departamento de relações com os investidores. Esse é o tipo de pessoa que precisamos em uma empresa listada. O governo brasileiro está mostrando que não é confiável.”

Afirmou ainda que a decisão de substituir Roberto Castello Branco no comando da empresa mostra mais uma vez que o governo Jair Bolsonaro não é liberal.

O governo não é liberal e eu acreditei no candidato Bolsonaro. No candidato que falava em privatizar a “TV da Dilma”, que é a EBC, a empresa do trem bala, que é a EPL. Ele falava em tirar o estado do cangote do cidadão. Mas foi um discurso de campanha. Eu deixei todos os meus negócios para ir para o governo. Fui motivado pelo desafio espetacular, que era um projeto de Brasil e não do governo.”

Fonte: O Antagonista

Continuar lendo PONTO DE VISTA: SALIM MATTAR NÃO É O PRIMEIRO NEM O ÚLTIMO A RECONHECER QUE FOI TRAÍDO POR BOLSONARO

RESUMO DA SEMANA: TROCA NA PETROBRAS,MORAES X DANIEL SILVEIRA E TOMBO DE CAROL CONKÁ

Neste domingo você que não teve tempo de acompanhar os fatos políticos da semana vai poder se atualizar assistindo o RESUMO DA SEMANA, com apresentação de Vitor Brown no SEMANA DA PAN que trás os principais destaques do cenário político nacional. Então, o que está esperando? Acomode-se na poltrona e fique por dentro!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: TROCA NA PETROBRAS,MORAES X DANIEL SILVEIRA E TOMBO DE CAROL CONKÁ

PONTO DE VISTA: LUGAR DE PALHAÇO É NO PICADEIRO E NÃO NA ARQUIBANCADA. QUEM OS POLÍTICOS PESSAM QUE SÃO?

Caro(a) leitor(a),

Ao ler o artigo completo a seguir a vontade que dá é desenterrar o antigo jargão do personagem Tavares de Jô Soares, no programa Viva o Gordo, que dizia: “Tem pai que é cego”. Já que o que se viu no episódio do julgamento do deputado Daniel Silveira pela Câmara dos deputados foi mais um espetáculo teatral, com tudo previamente combinado, inclusive essa patética PEC “Daniel Silveira” que de maneira nenhuma tem o intuito de se vingar do STF, pois a hora da vingança era justamente no julgamento do deputado, que poderia ter sido solto, para desmoralização do STF, e em seguida ter sido aplicada uma punição, que poderia variar de suspensão por um determinado período até a cassação do mandato. Essa trup de bandidos do Centrão estão pensando que são o quem, para subestimar assim a inteligência do povo brasileiro? E o autor desse artigo é inocente ou faz parte desse teatro? Na verdade, o que essa bandidagem que teoricamente nos representa no Congresso Nacional quer mesmo é a impunidade ampla, irrestrita e geral. Já estava tudo combinado. O deputado Silveira já era persona non grata para a maioria dos deputados, precisavam de um motivo para criar algo que os blindassem totalmente. Então uniram o útil ao agradável. Se livraram do deputado usando-o como boi de piranha e para evitar abrir precedentes futuros inventaram essa PEC com ares de “vingança”. Uma fuleragem maior do que essa eu nunca vi! 

Congresso se “vinga” do Supremo com ‘Emenda Daniel Silveira’

Foto: Antonio Cruz/Agência BrasilFoto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Congresso se “vinga” do Supremo com ‘Emenda Daniel Silveira’

Câmara, sob o comando de Arthur Lira (PP-AL), decide votar em primeiro turno a PEC que ampliará a imunidade parlamentar, pelo menos, no quesito opiniões, palavras e votos. O texto, apelidado de ‘Emenda Daniel Silveira’, é a resposta do Congresso ao Supremo, após a prisão do deputado.

O texto da PEC garante que deputados e senadores são “invioláveis civil e penalmente por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos, cabendo, exclusivamente, a responsabilização ético-disciplinar por procedimento incompatível com o decoro parlamentar”.

A PEC reafirma também o foro privilegiado de parlamentares, que não podem ser alcançados por decisões judiciais de primeira e segunda instâncias, por crimes relacionados ao atual mandato. Somente o Supremo poderá autorizar busca e apreensão envolvendo deputados e senadores.

Apenas crimes inafiançáveis poderão levar um parlamentar à prisão.

“No caso da prisão em flagrante, prevista no § 2º, o membro do Congresso Nacional deverá ser encaminhado à Casa respectiva logo após a lavratura do auto, permanecendo sob sua custódia até o pronunciamento definitivo do Plenário.”

O deputado Celso Sabino (PSDB-PA) concordou com a nova PEC e avaliou que “não se ignora a gravidade dos fatos perpetrados pelo deputado. Ocorre que os valores envolvidos neste e em outros casos que envolvem as imunidades parlamentares são por demais caros ao regime democrático.”

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: LUGAR DE PALHAÇO É NO PICADEIRO E NÃO NA ARQUIBANCADA. QUEM OS POLÍTICOS PESSAM QUE SÃO?

PONTO DE VISTA: O PONTO FORA DA CURVA NO DISCURSO DE ARTHUR LIRA É SINÔNIMO DE SUCUMBÊNCIA

Caro(a) leitor(a),

O discurso moderado, conciliador e de permissividade do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, quando fala em “ponto fora da curva” prevendo o resultado final do julgamento do deputado Daniel Silveira pelos seus pares, mostra para onde está caminhando a nossa frágil e imberbe democracia. Desta vez os pesos e contrapesos, dispositivo tão importante da nossa Constituição, não funcionou e deu ao STF um poder desproporcional, confirmando a tendência que vinha se delineando nos últimos episódios políticos desta débil democracia. Depois deste último episódio a tirania e a soberba do STF vai se exacerbar cada vez mais. Foi assim que começou na Venezuela e veja onde foi parar a democracia lá. Na lata do lixo. Portanto, há a necessidade de o povo, através das suas prerrogativas como detentor do poder intervir, já que o Congresso nacional não cumpriu com suas prerrogativas no episódio do deputado Daniel Silveira sucumbindo a uma decisão nitidamente inconstitucional do STF ao prender o deputado por flagrante delito. Não estou aqui concordando com a atitude de Silveira, mas analisando a letra fria da lei, que estabelece ser algo bem diferente o flagrante delito, bem como a imunidade parlamentar e a liberdade de expressão. Também da inconstitucional prisão preventiva de ofício por um integrante do STF. Eleprecisa ser provocado pela PGR. O que só ocorreu horas depois da prisão decretada de ofício. Portanto, se o povo brasileiro não tomar as rédeas, agora, da situação o que ainda nos resta de democracia terminará de correr para o ralo!

Prisão de Daniel Silveira pelo STF foi intervenção extrema, diz Arthur Lira

Publicado em 19.02.2021

Por  

 

Luis Macedo | Agência Câmara

Durante a abertura da sessão de julgamento da prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), nesta sexta-feira (19), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que o episódio foi uma “intervenção extrema” do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Essa intervenção extrema sobre as prerrogativas parlamentares deve ser o que foi: um ponto fora da curva, sob o risco de banalizarmos excessos que, pelo caminho oposto, ultrapassariam o plano do razoável e passariam a orbitar também a atmosfera da irresponsabilidade”, disse.

O comandante da Casa Legislativa, contudo, lembrou que a inviolabilidade da atividade parlamentar não pode estar acima da “mais sagrada das inviolabilidades”, a do regime democrático.

VEJA O DISCURSO DE ARTHUR LIRA NA ÍNTEGRA:

Minhas Senhoras e Meus Senhores,

Fiz questão de trazer para esta sessão histórica um documento também histórico: a primeira versão da Constituição promulgada por esta Casa há 33 anos. Este é o símbolo da nossa Democracia, das liberdades e da cidadania, o guia que todos aqui assumimos o juramento de respeitar, honrar e defender.

Esta Constituição é uma obra viva que vem sendo aperfeiçoada e modernizada pelo esforço contínuo desta Casa e do Senado da República, pelo Executivo e também pelo seu guardião maior, o Supremo Tribunal Federal, no decorrer das últimas três décadas, o maior período de estabilidade democrática da história do pais.

Os momentos de turbulência são da própria natureza da Democracia, mas uma Democracia sólida é e será sempre mais forte do que todas as turbulências.

O que estaremos deliberando aqui hoje?

O que está em discussão são exclusivamente dois princípios e sua aplicabilidade: o da livre manifestação do pensamento e o da inviolabilidade do mandato parlamentar.

Antes de mais nada, como representante deste Poder, quero expressar posição que tenho certeza é da maioria desta Casa e desta Instituição.

Foi o Congresso Nacional, com poderes constituintes, que definiu e desenhou o atual arcabouço constitucional e que, portanto, conferiu as atuais atribuições do Supremo Tribunal Federal.

Tenho certeza de que a grande maioria desta Casa, entre os quais me incluo, respeita a instituição máxima do Poder Judiciário brasileiro.

Todos aqui temos diferentes formas e diferentes maneiras de expressar nossas diferenças e, muitas vezes, divergimos sobre o modo e o conteúdo sobre como as opiniões de cada um são enunciadas. Mas todos, também, historicamente, sempre reconhecemos que acima de qualquer disparidade todos aceitamos o sagrado direito de manifestação do outro.

Mas ao mesmo tempo, mesmo que discordando, sempre procuramos encontrar um grau de tolerância em relação àqueles ou àquelas que exercem suas prerrogativas de modo diverso, baseado no princípio do artigo 53 de nossa Constituição.

Agora, coloca-se diante de nós um julgamento, antes de tudo, de nós sobre nós mesmos.

Sou ferrenhamente defensor da inviolabilidade do exercício da atividade parlamentar. Mas, acima de todas as inviolabilidades, está a inviolabilidade da Democracia. Nenhuma inviolabilidade pode ser usada para violar a mais sagrada das inviolabilidades, a do regime democrático.

Portanto, o que está em discussão hoje não é a inviolabilidade do mandato parlamentar exclusivamente. Mas até que ponto essa inviolabilidade pode ser considerada se ela fere a Democracia, pondo em risco a sua inviolabilidade.

É essa avaliação que vossas excelências irão realizar.

Neste momento de enorme aflição do povo brasileiro, clamo para que superemos o quanto antes este impasse, que é pontual, um ponto fora da curva, como já declarei.

Um ponto fora de curva que precisa estar muito bem definido para todos. Fora da curva dentro do Parlamento, quando ultrapassa o plano do razoável e passa a orbitar a atmosfera da irresponsabilidade, sim.

Mas também um ponto fora da curva para aqueles e aquelas que tem res-pon-sa-bi-li-da-de.

Repito: aos que tem responsabilidade, essa intervenção extrema sobre as prerrogativas parlamentares deve ser o que foi: um ponto fora da curva, sob o risco de banalizarmos excessos que, pelo caminho oposto, ultrapassariam o plano do razoável e passariam a orbitar também a atmosfera da irresponsabilidade

Foi esta Casa que aprovou a Lei de Abuso de Autoridade. Não poderia ser ela a tolerar o abuso das prerrogativas. Estamos, aqui, dando o nosso exemplo.

Esse episódio servirá também como um ponto de inflexão para o modo de comportamento e de convivência internos, que trarão de volta maior urbanidade, respeito e empoderamento do Conselho de Ética para que o ambiente da democracia nunca se contamine a ponto de se tornar toxico.

Mas, em nome da responsabilidade, o alicerce da Democracia, quero anunciar a criação de uma Comissão Extraordinária pluripartidária para propor alterações legislativas para que, nunca mais, Judiciário e Legislativo corram o risco de trincarem a relação de altíssimo nível das duas instituições, por falta de uma regulação ainda mais clara e específica do artigo 53 da nossa Carta.

A inviolabilidade do mandato foi inscrita de forma cabal no mesmo texto Magno – no mesmo! – pelos mesmos constituintes, que definiram o papel do poder Judiciário. Respeitar a Constituição é respeitá-la por inteiro. E vamos zelar por isso.

Temos de dirigir nossas energias políticas para os problemas urgentes que aguardam soluções imediatas, no tocante à superação dos efeitos dramáticos da pior crise social e econômica causada pela maior pandemia em um século.

Não podemos perder o nosso foco. O povo brasileiro exige de nós que tomemos decisões que podem significar a vida ou a morte de milhões de brasileiros. Vamos ultrapassar o tema de hoje, vamos seguir em frente e nos concentrar em nossa missão maior.

O parlamento é o coração da democracia. Daqui nunca saíra qualquer ação institucional que fragilize ou apequene a Constituição. Somos, fomos e sempre seremos a Casa vital e pulsante da Democracia.

Muito obrigado!

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br

Fonte: Conexão Política

Continuar lendo PONTO DE VISTA: O PONTO FORA DA CURVA NO DISCURSO DE ARTHUR LIRA É SINÔNIMO DE SUCUMBÊNCIA

RESUMO DA SEMANA: VILLAS BÔAS X FACHIN, AGLOMERAÇÃO NO CARNAVAL E DECRETOS DE BOLSONARO SOBRE ARMAS

Neste domingo, dia de RESUMO DA SEMANA, você vai ver em detalhes os principais fatos da política nacional que se sucederam nessa semana que passou. Teve o choro de Fachin sobre a fala do General Villas Bôas, aglomeração no Carnaval e a repercussão dos decretos de Bolsonaro sobre armas. Portanto não perca o programa conduzido por Vitor Brown e fique atualizado!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: VILLAS BÔAS X FACHIN, AGLOMERAÇÃO NO CARNAVAL E DECRETOS DE BOLSONARO SOBRE ARMAS

RESUMO DA SEMANA: NOVA DERROTA DA LAVA JATO, AÉCIO X DORIA E PLANOS DO PT PARA 2022

O SEMANA DA PAN é um programa da Jovem Pan que resume todos os fatos da política nacional da semana que passou e você vê aqui na coluna RESUMO DA SEMANA todos os domingos, sob o comando do competente apresentador Vitor Brown para você ficar super atualizado(a). Então, prepare a pipoca, se acomode na poltrona e bora lá!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: NOVA DERROTA DA LAVA JATO, AÉCIO X DORIA E PLANOS DO PT PARA 2022

PONTO DE VISTA: AS MÁSCARAS VÃO CAIR CADA VEZ MAIS RÁPIDO

Caro(a) leitor(a),

Hoje vou ser curto e grosso. Declarações como a que o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto deu nesta segunda-feira ao rebater a fala do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, só realça e explicita o que venho declarando sobre a mentira. A mentira tem pernas curtas e estão ficando cada vez mais curtas. A verdade está vindo a tona, a cada dia, mais rapidamente em tudo que se vê e ouve. A verdade revelada por ACM Neto sobre o candidato oculto de Rodrigo Maia à presidência da Câmara, normalmente só viria à tona muito tempo depois que todo esse imbróglio tivesse passado. Mas com a mudança comportamental que a humanidade está vivendo atualmente as meias verdades se transformarão em verdades completas, cada vez, bem mais rápido. Então, aguardemos as cenas dos próximos capítulos que serão cada vez mais surpreendentes! 

ACM Neto desmascara Maia e revela quem era o candidato a presidente da Câmara, antes de Baleia

Foto: ValorFoto: Valor

Depois do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM-GO) desmentir Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi a vez do ex-prefeito de Salvador e presidente do Democratas, ACM Neto, contradizer, nesta segunda-feira (8), as declarações dadas pelo ex-presidente da Câmara ao site “Valor Econômico”.

ACM Neto disse: “(ele) procura culpados por erros que ele cometeu”.

Maia teria afirmado em entrevista que ACM Neto “entregou nossa cabeça numa bandeja para o Palácio do Planalto”, numa referência à movimentação do presidente do DEM em favor da neutralidade da sigla na disputa pela presidência da Câmara.

De acordo com as projeções de Maia, a suposta “neutralidade” do partido ajudou a eleger Arthur Lira (PP-AL), no comando da Casa.

ACM Neto negou e rebateu as acusações:

“Ele (Maia) está sendo péssimo perdedor e está saindo menor do que entrou. Deixou o poder subir à cabeça”, disparou.

E completou:

“Na verdade, ele sempre teve um candidato a presidente da Câmara, que era ele mesmo, Rodrigo Maia”, finalizou.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Continuar lendo PONTO DE VISTA: AS MÁSCARAS VÃO CAIR CADA VEZ MAIS RÁPIDO

RESUMO DA SEMANA: ELEIÇÕES NO CONGRESSO, FIM DA LAVA JATO? E YOUTUBE X TERÇA-LIVRE

Neste domingo, como sempre, você que não viu nada de política esta semana vai poder se atualizar, aqui na coluna RESUMO DA SEMANA, assistindo ao vídeo com os principais destaques da política nacional, sob o comando de Vitor Brown do Semana da Pan, da Jovem Pan. Então, não perca tempo, comece logo a se atualizar!

Fonte:

Continuar lendo RESUMO DA SEMANA: ELEIÇÕES NO CONGRESSO, FIM DA LAVA JATO? E YOUTUBE X TERÇA-LIVRE

PODCASTS: NATUZA NERY FALA SOBRE AMEAÇA DE MAIA COM PEDIDO DE IMPEACHMENT

Segunda-feira é dia de PODCASTS, aqui no Blog do Saber, com Natuza Nery, que hoje comenta sobre a ameaça de Rodrigo Maia com o Impeachment contra Bolsonaro após o DEM anunciar o desembarque da candidatura de Baleia Rossi. Então, não perca e se atualize!

SEGUNDA, 01/02/2021, 08:51Conversa de Política – Natuza Nery

Maia ameaça aceitar pedido de impeachment

Em reunião tensa na noite de domingo, Rodrigo Maia disse que poderia aceitar pedido de impeachment depois de o DEM ter anunciado o desembarque da candidatura de Baleia Rossi. Em consequência ao anúncio do partido, legendas de esquerda também ameaçaram abandonar Rodrigo Pacheco na disputa do Senado.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil (Crédito: )O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Fonte: CBN

Continuar lendo PODCASTS: NATUZA NERY FALA SOBRE AMEAÇA DE MAIA COM PEDIDO DE IMPEACHMENT

OPINIÃO: A HIPOCRISIA AVANÇA A PASSOS LARGOS E NIGUÉM ESTÁ FAZENDO NADA

Caro(a) leitor(a),

A manchete a seguir já diz tudo sobre o comportamento da esquerda que vem assolando não só o nosso país, mas boa parte dos países onde a democracia imperava soberana há muito tempo, como é o caso dos Estados Unidos. A hipocrisia é patente e explícita. E o pior é que eles agem assim com a cara e a coragem e estão ganhando terreno. A direita e os liberais  precisam aprendera lutar e combater esses sangue-sugas  que estão tentando destruir todas as conquistas da democracia. Não podemos ficar inertes, de braços cruzados. Temo de fazer a nossa parte. Eu já estou fazendo a minha e você?

Bispos respondem à hipocrisia de Biden: ‘Pare de financiar abortos ou pare de alegar ser católico’

Publicado em 01.02.2021

 

O bispo da cidade texana de Tyler, Joseph Strickland, enviou uma mensagem a Joe Biden, instando-o a parar de usar fundos federais para promover e financiar o aborto em todo o mundo. “Você alega ser católico, mas obviamente está ignorando os ensinamentos princípios básicos da fé católica. Por favor, tome a decisão de seguir o ensino católico ou pare de alegar ser católico”, disse ele no Twitter.

“Presidente Biden, por favor, pare de gastar nossos dólares de impostos para financiar abortos em todo o mundo. Você afirma ser católico, mas obviamente está ignorando os ensinamentos básicos da fé católica. Por favor, tome a decisão de seguir o ensino católico ou parar de alegar ser católico”, escreveu o Bispo J. Strickland, em 30 de janeiro.

 

Não foi a primeira que autoridades católicas se expressaram a respeito da hipocrisia da “fé” de Biden.

Na semana passada, o arcebispo americano Joseph F. Naumann, presidente do Comitê de Atividades Pró-Vida da Conferência dos Bispos dos EUA, e David J. Malloy, presidente do Comitê Internacional de Justiça e Paz, expressaram sua firme oposição à nova ordem executiva assinada por Biden que reverte o legado pró-vida de Donald Trump e permite o envio de fundos financiados pelos contribuintes para ONGs que promovem e fornecem abortos em outros países.

Ambos denunciaram que a decisão do Governo Biden, que anula a chamada “Política da Cidade do México“, que separa o aborto das atividades de planejamento familiar, impedindo entidades que oferecem aconselhamento ou promovem o aborto de receber financiamento público, viola a dignidade humana e é incompatível com o ensino católico.

A Política da Cidade do México foi criada pelo presidente Ronald Reagan para proteger os bebês em gestação do aborto. Todo presidente democrata reverteu a regra, usando dinheiro dos EUA para promover o aborto. E todo presidente republicano restabeleceu a política.

Nesse sentido, os bispos lamentaram que “um dos primeiros atos oficiais de Biden como presidente promova ativamente a destruição de vidas humanas nos países em desenvolvimento”. “Esta ordem é incompatível com o ensino católico”, disseram eles, enquanto conclamavam Biden a priorizar “os mais vulneráveis, incluindo os nascituros”.

Biden, que foi vice-presidente junto a Barack Obama em um mandato no qual organizações pró-aborto como a Planned Parenthood recebia 4.000 milhões de dólares em recursos federais, também eliminou a proibição de que recursos públicos sejam usados ​​para subsidiar clínicas de abortistas e encaminhar pacientes para o aborto.

Joseph F. Naumann também falou sobre a decisão de Joe Biden, chamando-a de “perturbadora e trágica” por negar aos nascituros seu direito humano mais básico, o direito à vida. Naumann lembrou que “desde o primeiro século, a Igreja afirma o mal moral de cada aborto provocado, um ensinamento que não mudou e permanece o mesmo”.

“A remoção das restrições do Estado pavimentou o caminho para a morte violenta de mais de 62 milhões de crianças não-nascidas e de inúmeras mulheres que experimentam a dor da perda, do abandono e da violência”, acrescentou.

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

Continuar lendo OPINIÃO: A HIPOCRISIA AVANÇA A PASSOS LARGOS E NIGUÉM ESTÁ FAZENDO NADA

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar