SECRETÁRIO GERAL DA ONU COBRA QUE OS TALIBÃS GARANTAM AS LEIS INTERNACIONAIS E O DIREITO À LIBERDADE

Secretário geral da ONU alerta sobre direitos das mulheres afegãs

Antonio Guterres cobrou que os talibãs e os demais envolvidos no conflito garantam as leis internacionais e o direito à liberdade

INTERNACIONAL 

por Agência EFE

Secretário geral da ONU, Antonio Guterres

MAXIM SHEMETOV/REUTERS – 12.5.2021

O secretário geral da ONU, Antonio Guterres, lançou um alerta neste domingo (15) sobre os direitos das mulheres e das crianças no Afeganistão, em meio a tensão provocada com a tomada de parte do território pelos talibãs.

“O secretário geral está acompanhando com profunda preocupação a volátil situação no Afeganistão”, indica comunicado emitido hoje pela ONU à imprensa.

“O conflito está forçando centenas de milhares de pessoas a deixar suas casas. Segue havendo informação de abusos e violações de direitos humanos sérios nas comunidades afetadas pelos confrontos”, completa Guterres.

A nota aponta que o diplomata português está “especialmente preocupado” pelo futuro de mulheres e crianças afegãs, cujos “direitos obtidos com esforço, devem ser mantidos”.

Além disso, o secretário geral da ONU cobrou que os talibãs e os demais envolvidos no conflito garantam o cumprimento das leis internacionais e o direito à liberdade de todas as pessoas.

Guterres ainda exigiu que as agências de ajuda humanitária tenham “acesso sem restrições” aos necessitados.

Mais cedo, o presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, fugiu do país, o que resultou na tomada de Cabul pelos talibãs e acelerou a retirada das delegações diplomáticas estrangeiras que já estava em curso

Fonte: R7

Deixe uma resposta