ROSA WEBER ENVIA À PGR NOTÍCIA -CRIME CONTRA PACHECO E OUTROS SENADORES POR CRIME DE CORRUPÇÃO

Rosa Weber manda PGR se manifestar sobre investigação contra Pacheco e outros senadores

Senador Alessandro Vieira (PSDB-SE) apresentou notícia-crime contra o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e os senadores Davi Alcolumbre (União Brasil-AP) e Marcos do Val (Podemos-ES)

Gabriela Coelho

da CNN

em Brasília

Ministra Rosa Weber durante sessão do STFMinistra Rosa Weber durante sessão do STF04/04/2018 REUTERS/Adriano Machado

A ministra Rosa Weber, presidente em exercício do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou para a Procuradoria-Geral da República (PGR) uma notícia-crime apresentada pelo senador Alessandro Vieira (PSDB-SE) na qual acusa o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e os senadores Davi Alcolumbre (União Brasil-AP) e Marcos do Val (Podemos-ES) por crime de corrupção envolvendo emendas do chamado “orçamento secreto”.

“(…) Antes de qualquer providência, determino a abertura de vista dos autos à Procuradoria-Geral da República, a quem cabe a formação da opinio delicti em feitos de competência desta Suprema Corte, para manifestação no prazo regimental. Brasília, 12 de julho de 2022”, disse a ministra.

No documento, o parlamentar cita como fato a afirmação do senador Marcos do Val, em entrevista, dada ao Estado de S.Paulo, de que recebeu R$ 50 milhões em emendas do chamado orçamento secreto por ter apoiado a campanha de Rodrigo Pacheco à Presidência do Senado, em fevereiro de 2021.

Na notícia-crime apresentada por Vieira, o senador pede a investigação do caso e afirma que oferecer emendas “configura vantagem indireta e dever ser repudiado”.

Deixe uma resposta