RN TEM PIOR RESULTADO DO PAÍS EM DÉFICIT DE EMPREGOS FORMAIS NO MÊS DE JANEIRO

RN encerra janeiro com déficit de 2.430 empregos formais e tem pior resultado do país

Redação/Portal da Tropical

– Atualizado em:

Foto: Heilysmar Lima

O Rio Grande do Norte registrou um déficit de quinta de 2.430 postos de emprego no mês de janeiro de 2022. O dado foi divulgado nesta feira (10), pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

De acordo com os números, foram registradas 14.154 admissões no estado durante o primeiro mês do ano. Contudo, foram 16.584 demissões. O resultado fez o RN registrar o pior saldo do Brasil . Os nordestinos Ceará e Sergipe, com saldos negativos de 1.508 e 1.253, completam o “Top 3” dos piores índices.

Em Natal, de acordo com os dados do Caged, o mês registrou 6.298 admissões e missões.238 demissões, resultando em um saldo positivo de apenas 60 vagas. Em Mossoró, foram 1.973 contratações e 1.912 desligamentos, refletindo em saldo positivo de 61 vagas. Já Parnamirim, o saldo foi negativo em 4, sendo 1.500 contratações e 1504 demissões.

No período dos últimos 12 meses – entre fevereiro de 2021 e janeiro de 2022 -, o saldo do estado é positivo de 27.987, sendo 189.339 contratações e 161.352 desligamentos, conforme aponta o cadastro.

Atividades

Em aos grupos de atividades na, o Rio Grande do Norte comércio registrado.323 geral (-1.528 e no comércio geral (-1.39). Por outro lado, os setores de serviços (1.184) e construção (276) registraram números positivos.

Deixe uma resposta