REFLEXÃO: ESPANTAR O MEDO E VIBRAR NUMA FREQUÊNCIA AMOROSA PARA SERMOS PORTAIS DE CURA

Para sermos Portais de Cura, precisamos apenas vibrar numa frequência amorosa, para atravessarmos as ilusões e sermos capazes de restaurar o equilíbrio de nossas células, de nossas mentes, de nossas emoções. Ao despertarmos tornamo-nos canalizadores dessa frequência amorosa. Sendo assim fica mais para que os demais sigam o mesmo caminho, até que todos possam vibrar nessa mesma frequência. Então convido você a ler esse texto incrível e maravilhoso, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Somos os Portais

 em 

 

“Imagine que, agora mesmo, exista ao redor do nosso planeta uma linda nuvem de energia verde esmeralda. Uma vibração sutil amorosa, capaz de restaurar o equilíbrio de nossas células, de nossas mentes, de nossas emoções.

Para que nos conectemos a ela, tudo o que precisamos é abrir nossos corações. Vibrar numa frequência amorosa. Para fazer isso, num momento como este que enfrentamos, precisamos ser capazes de atravessar as ilusões. Esse é o chamado para todos nós.

Quando não somos capazes disso, ficamos aprisionados na teia do medo e reagimos, atacando uns aos outros. Mas se formos capazes de nos conectar a essa energia superior, nos tornamos portais para a luz. Isso significa que a luz passa a fluir através de nós, ancorando-se no mundo físico.

Quantos mais de nós despertam, tornado-se canalizadores dessa frequência amorosa, mais fácil fica para que os demais sigam o mesmo caminho, até que todos possam vibrar nessa mesma frequência. Toda a perturbação que temos vivenciado no planeta tem a função de tornar a energia por aqui tão desconfortável a ponto de fazer com que até o mais resistente de nós entregue-se à luz que é.

Ouçam. A escuridão só se torna maléfica quando se separa da luz. Viemos a este planeta para integrar luz e sombra. Quando integradas, não existe o mal, apenas aprendizado. A saída para todos nós agora não está em negar a escuridão, mas sim em a envolvermos na luz da compreensão, da aceitação. Na luz do amor. Essa luz existe, forte como nunca e está  pronta para nos abraçar em aceitação e cura, mas a decisão precisa ser nossa. Isso se chama “livre arbítrio” .Precisamos escolhê-la conscientemente. Assim nos tornarmos os portais de cura para este momento. Nós somos os portais. Basta ativá-los. Vibre o amor que você é.” (Patricia Gebrim)

Paz e Luz!

Deixe uma resposta