REFLEXÃO: AS CONSEQUÊNCIAS DOS NOSSOS PENSAMENTOS, SENTIMENTOS E DESEJOS

O texto que trago nesta quarta-feira, aqui na coluna REFLEXÃO, contém extratos dos ensinamentos do Mestre Aïvanhov postados como pensamentos diários. São verdadeiras gotas de luz e discernimento espiritual para a reflexão diária dos estudantes espirituais. Neste ele fala sobre as consequências dos nossos pensamentos, sentimentos e desejos. Convido você a ler essas palavras de pura sabedoria, refletir e fazer o seu juízo de valor!

Você é o que acredita ser: veja como os pensamentos criam a sua realidade - Blog do Prem Baba

Efeitos dos nossos pensamentos, sentimentos e desejos

Pensamento do dia 02 de outubro de 2014.

Efeitos dos nossos pensamentos, sentimentos e desejos

“Alguém considera esta ou aquela pessoa como inimiga e, muitas vezes, pensa como seria cômodo que ela desaparecesse… Finalmente, estaria tranquilo! Obviamente, não se incomodará a ponto de assassiná-la, pois não se decide assim tão facilmente cometer um homicídio. Ele, porém, pensa naquela morte, a deseja… Pois bem, deve-se saber que, permanecendo neste estado de ânimo, a pessoa talvez se torne responsável pela morte de uma outra, em algum outro lugar. Sim, pois estes pensamentos, sentimentos e desejos são entidades vivas, circulam e vão influenciar no mundo os seres que se encontram nos mesmos estados psíquicos e que gostariam, por sua vez, de se verem livres de algum inimigo. Se o seu desejo de vingança for mais forte, ou se a pessoa não souber resistir aos próprios instintos criminosos, um dia, sob a influência de algo que não compreende – um impulso, uma corrente que a impele – cometerá um homicídio. Nós ignoramos aquilo em que se tornam os nossos estados de consciência através do espaço, mas, um dia, quando retornarmos para o outro mundo, as consequências dos nossos pensamentos, sentimentos e desejos nos serão apresentadas. Então, pode ser que alguns, que se achavam irrepreensíveis, fiquem assustados ao ver que foram os causadores de grandes infelicidades.”

Omraam Mikhaël Aïvanhov

Mensagem recebida em italiano da Edizioni Prosveta e traduzida para o português (brasileiro).

Fonte: IPPB

Deixe uma resposta