QUANTIDADE DE VAGAS PARA AGENDAMENTO DE EXAMES PRÁTICOS DE DIREÇÃO VEICULAR É AMPLIADA PELO DETRAN

Detran amplia vagas de agendamento diário de exame prático de direção veicular

Redação/Portal da Tropical

Atualizado em:

Foto: Divulgação/Detran

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) ampliou, nesta sexta-feira-06, a quantidade de vagas de agendamento do exame prático monitorado de direção veicular protetor aos condutores que pesquisa habilitação na categoria AB (carro e motocicleta). Estão disponíveis mais 108 vagas diárias, sendo 72 para a unidade do Detran Natal (Cidade da Esperança) e 36 para o Detran Mossoró.

Segundo o coordenador de Habilitação de Condutores do Detran, Jonas Godeiro, o que tem processo aberto para o usuário AB e que já foi aprovado no exame médico e psicológico, cumpriu à carga horária das aulas teóricas e prática no Centro de Formação de Condutores e foi aprovado na prova de trânsito, já pode entrar no site do Detran ( www.detran.rn.gov.br ) e fazer o seu agendamento com dados disponíveis a próxima segunda-feira (09).

“A Direção do Detran está ampliando a quantidade de exames práticos monitorados de direção veicular com 108 vagas diárias, resultando mais num implemento mensal de mais de 2 mil agendamentos. Nosso objetivo é tornar o processo mais ágil e, logo que o usuário as aulas no CFC, possa concluir o exame, lembrando que para isso todas as aulas devem ser validadas”, explicou Jonas.

Para agendar o exame prático monitorado é simples, bastando acessar o site do Detran e clicar no botão “Agendamentos” na parte central do portal. Na página seguinte, aciona o ícone “Habilitação”, depois “Exame Prático” por fim, digita no formulário de identificação do CPF do solicitante e escolhe a opção de serviço “Agendamento Exame Prático AB”, escolhendo, em seguida, data e horário disponível para o serviço.

De acordo com os dados fornecidos pelo setor de estatística do presente Detran, somente no primeiro trimestre foram realizados 20.991 exames práticos monitorados de veicular no RN. O dado aponta para uma média de 6.997 testes por mês. Esse número contempla uma aplicação de remédios nas unidades fixas do Órgão e no sistema itinerante nas cidades do interior.

Deixe uma resposta