PSICOLOGIA: ASPECTOS PSICOLÓGICOS E COMPORTAMENTAIS EM #WANDA VISION

Na coluna PSICOLOGIA desta sexta-feira Rossandro Klinjey faz a análise psicológica dos personagens da série Wanda Vision para que possamos aproveitar o caráter pedagógico e trazer para nossas vidas. O episódio final mostra a aprofundamento da vivência emocional de Wanda, nos falando sobre amor e tristeza. A forma como a personagem central Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) lida com a dor mostra seu egoísmo e sua ambiguidade moral. Embora ela não tenha sido exatamente uma vilã, ela fez sofrer as pessoas da cidade de Westview, que ela utilizou com verdadeiros fantoches para seu teatro de fantasias, tudo para tentar recuperar a vida que ela havia perdido e acreditava que um dia teria com Visão (Paul Bettany). Wanda aprende a lição de que nossa dor não nos autoriza a fazer os outros sofrerem, nem podemos machucar ninguém para administrar nossas angústias. A série é uma história sobre como superar esse estado de escapismo, e acontece num período de luto e dor da humanidade. Todos nós sofremos perdas que nos fazem viver uma separação do real. É como se houvesse uma desconexão, a vida de todos parece continuar a nosso redor, enquanto nosso mundo parece estar desmoronando. Depois desse spoiler você deve estar curioso(a). Então comece logo a assistir ao vídeo, reflita e faça o seu juízo de valor.

Fonte:

Deixe uma resposta