PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 30 DE OUTUBRO DE 2020 POR G1

Por G1

 

França em alerta contra o terror: homem esfaqueia e mata três pessoas em basílica em Nice. Entre as vítimas, uma brasileira. Anvisa recebe pedido de ‘avaliação prévia’ de documentos da vacina russa. O SUS é tema do podcast ‘O Assunto’, e o médico Drauzio Varella é um dos convidados. Os Estados Unidos voltam a bater recorde diário de casos de Covid: 91 mil em 24 horas. Na corrida à Casa Branca, Trump e Biden fazem comícios na Flórida, estado-chave na eleição. Já nas eleições municipais brasileiras, na disputa pelo voto, os quatro principais candidatos a prefeito de São Paulo e Rio de Janeiro travam uma outra batalha: no mundo digital. E #sextou: saiba as lives de hoje.

Terror na França

Simone Barreto Silva morreu no ataque à basílica de Nice, na França — Foto: Reprodução/Facebook/Simone Barreto SilvaSimone Barreto Silva morreu no ataque à basílica de Nice, na França — Foto: Reprodução/Facebook/Simone Barreto Silva

brasileira Simone Barreto Silva, de 44 anos, nascida em Salvador (BA), está entre as vítimas do atentado terrorista na basílica Notre-Dame, em Nice, nesta quinta. Simone chegou a fugir e a se abrigar em um restaurante, mas não resistiu aos ferimentos. Ela estava na França havia 30 anos e deixou três filhos. O Itamaraty divulgou uma nota oficial na qual repudia o ataque e lamenta a morte da brasileira.

O presidente francês, Emmanuel Macron, classificou o ataque como um “ato terrorista islâmico” e disse que os franceses não vão abrir mão de seus valores. As outras vítimas são uma idosa, que foi decapitada, e o sacristão da basílica. O suspeito de 21 anos, que é da Tunísia, foi baleado e preso. Ele teria gritado ‘Allahu Akbar’ (Deus é grande).

Ivana Gomes Amorim, amiga de Simone, contou que a mulher era brincalhona e que tinha o sonho de rodar o mundo com um food truck. E a prima Rita de Cássia Barreto, que é brasileira e também mora na França, diz que está sem chão.

Vacina russa

Enfermeira prepara dose da vacina Sputnik V, desenvolvida pela Rússia para proteger população da Covid-19 — Foto: Tatyana Makeyeva/ReutersEnfermeira prepara dose da vacina Sputnik V, desenvolvida pela Rússia para proteger população da Covid-19 — Foto: Tatyana Makeyeva/Reuters

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que recebeu “documentos prévios que tratam da vacina Sputnik V contra a Covid-19”. O órgão regulador esclarece, no entanto, que esse “ainda não é um pedido formal” de aprovação para as pesquisas clínicas – testes em humanos – no Brasil.

Relembre: a Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, em Moscou, foi a primeira vacina registrada contra a Covid-19 no mundo. No Brasil, o governo do Paraná já havia demonstrado interesse no imunizante e, o da Bahia, também assinou um acordo para conduzir testes clínicos de Fase III.

Panorama Covid

Covid: médias de casos e de mortes têm evolução diferente nas últimas semanas
Covid: médias de casos e de mortes têm evolução diferente nas últimas semanas

Brasil chegou a 159 mil mortos por Covid, com a média móvel de 439 óbitos. Na véspera, essa média chegou a 432, a menor marca desde o dia 5 de maio, quando estava em 411. Agora, volta a subir, após três dias em queda. Cinco estados apresentam indicativo de alta de mortes: Espírito Santo, Acre, Amazonas, Amapá e Ceará. Outros 11 estados e o DF têm curvas que apontam queda. Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 5.496.402 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus.

Covid nos EUA

Aumento de casos de Covid nos EUA — Foto: JGAumento de casos de Covid nos EUA — Foto: JG

Os Estados Unidos registraram 91.290 novos casos do coronavírus em apenas 24 horas, informou a Universidade Johns Hopkins, sendo o recorde diário em diagnósticos desde o início da pandemia. A nova onda da doença no país, que está perto dos 9 milhões de infectados, ocorre a menos de uma semana da eleição presidencial americana. Mais de 228 mil pessoas morreram de Covid-19 nos EUA.

Corrida à Casa Branca

Trump e Biden — Foto: Jonathan Ernst/Reuters e Brian Snyder/ReutersTrump e Biden — Foto: Jonathan Ernst/Reuters e Brian Snyder/Reuters

Os dois candidatos a presidente dos Estados Unidos, o republicano Donald Trump e o democrata Joe Biden, visitaram apoiadores na Flórida, estado considerado essencial na disputa das eleições americanas de 3 de novembro.

Em Tampa, milhares de pessoas, muitas delas sem máscaras, se aglomeraram em um evento ao ar livre para ouvir Trump. Por sua vez, Biden promoveu um comício drive-in em uma faculdade no Condado de Broward, ao norte de Miami, onde os presentes permaneceram em seus carros para evitar a possível propagação do novo coronavírus.

📌 Eleções 2020

Na disputa pelo voto, os quatro principais candidatos a prefeito de São Paulo e Rio de Janeiro travam uma outra batalha: no mundo digital. Batalha essa que já gerou até agora neste ano eleitoral mais de 17 milhões de engajamentos. Um levantamento feito pelo G1 apresenta pela primeira vez nesta eleição dados das estratégias adotadas pelos candidatos das duas capitais nas suas postagens no Twitter. Na batalha virtual em SP, Boulos aparece em destaque. Na capital fluminense, Benedita da Silva e Eduardo Paes dominam a rede social. Leia mais.

Pesquisa Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para prefeito:

O Assunto

SUS é o tema desta sexta no podcast ‘O Assunto’. Para falar do alcance e das características do sistema de saúde público e os dos desafios para sustentá-lo, dois convidados: o médico Drauzio Varella e o economista Rudi Rocha.

Desemprego

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga hoje dados de agosto sobre o desemprego no Brasil. Em julho, a taxa de desemprego no Brasil subiu para o recorde de 13,8%, atingindo 13,13 milhões de pessoas, com um fechamento de 7,2 milhões de postos de trabalho em apenas 3 meses.

Críticas à Febraban

Paulo Guedes criticou a Febraban — Foto: Adriano Machado/ReutersPaulo Guedes criticou a Febraban — Foto: Adriano Machado/Reuters

ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) é uma “casa de lobby” e que a instituição agiu para derrubá-lo. Vale lembrar que o lobby é exercido por grupos de interesse junto a agentes públicos com o objetivo de tentar influenciar na aprovação de projetos ou atender a demandas de um determinado setor. A prática é bastante comum nos órgãos públicos.

As declarações foram dadas durante audiência pública na comissão mista do Congresso que acompanha as medidas de enfrentamento à Covid-19. Consultada, a Febraban emitiu nota defendendo teto de gastos e sustentabilidade fiscal, mas não respondeu à acusação.

 

Novo serviço de pagamento

O Pix se assemelha a operações já conhecidas, mas tem peculiaridades e vantagens frente às opções já utilizadas. — Foto: DivulgaçãoO Pix se assemelha a operações já conhecidas, mas tem peculiaridades e vantagens frente às opções já utilizadas. — Foto: Divulgação

Banco Central (BC) aprovou novas funcionalidades para o PIX, sistema de pagamentos instantâneos que entra em operação no próximo dia 3 para uma base restrita de clientes e no próximo 16 para todos os usuários.

Uma das novas funcionalidades aprovadas é o PIX Cobrança, que, segundo o BC, permitirá a lojistas, prestadores de serviços e outros empreendedores emitir um QR Code — o consumidor escolherá o produto, apontará o celular para o QR Code e a compra estará concluída. Saiba mais.

 

#Sextou 🎤

Pitty — Foto: AutorretratoPitty — Foto: Autorretrato

Chegou a sexta-feira e tem live sim! 😍 Pitty, Fióti, Boogarins fazem showsveja horários e links.

Previsão do Tempo

Confira a previsão para esta sexta-feira

Confira a previsão para esta sexta-feira

A virada no tempo prevista para as regiões Sul e Sudeste está confirmada. O frio e a chuva devem ser os destaques em parte das duas regiões.

Curtas e Rápidas:

Fonte: G1

Deixe uma resposta