PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 26 DE MAIO DE 2020

Por G1

 

Pesquisa indica que número de casos de coronavírus no Brasil é 7 vezes maior que o oficial. Partidos na Câmara articulam ampliar o prazo e manter valor de R$ 600 da ajuda emergencial. Hoje, mais 7,6 milhões de trabalhadores devem receber o benefício. Procuradores avaliam que Bolsonaro fez pressão indevida ao visitar Aras ontem. Paulo Marinho depõe no inquérito que apura se o presidente interferiu na PF. E o podcast O Assunto discute o isolamento do Brasil diante do mundo depois de Trump barrar entrada de brasileiros nos EUA. Após dor abdominal, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, passou por cirurgia de emergência. E a Latam pediu recuperação judicial nos EUA.

Pandemia: 7 vezes maior no Brasil

Brasil teria sete vezes mais infectados pelo coronavírus do que mostram dados oficiaisBrasil teria sete vezes mais infectados pelo coronavírus do que mostram dados oficiais

O Brasil tem sete vezes mais casos de coronavírus do que apontam as estatísticas oficiais, mostra a primeira etapa nacional de uma pesquisa coordenada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). O levantamento foi realizado durante uma semana, entre 14 e 21 de maio, para testar a presença da doença na população. enteda os números e a pesquisa.

Compare SP e a Espanha

Algumas pessoas praticam atividade física na ciclovia da Avenida Paulista — Foto: Antônio Molina / AEAlgumas pessoas praticam atividade física na ciclovia da Avenida Paulista

A taxa de casos e de mortes por Covid-19 a cada 100 mil habitantes é maior em São Paulo atualmente do que a registrada na Espanha quando o país decretou medidas de lockdown.

De acordo com dados, São Paulo tem 187 casos confirmados de coronavírus a cada 100 mil habitantes, segundo a Fundação Seade, e cerca de 13,9 mortes a cada grupo de 100 mil pessoas. Já a Espanha tinha 166 casos por 100 mil habitantes e 13,76 mortes por 100 mil habitantes no dia 29 de março, quando decretou a restrição de circulação de pessoas em todo o país.

Ajuda de R$ 600

 — Foto: Marcos Santos / USP ImagensFoto: Marcos Santos / USP Imagens

Líderes partidários na Câmara dos Deputados articulam a votação de uma proposta para ampliar o prazo e manter o valor do auxílio emergencial de R$ 600. O benefício é pago a autônomos, trabalhadores informais e famílias mais impactadas economicamente pela pandemia do coronavírus.

Parlamentares ouvidos pelo G1 disseram que a ideia é construir um texto de consenso nas próximas semanas. A votação em plenário deve ocorrer em meados de junho.

Auxílio Emergencial: 7,6 milhões recebem hoje

Caixa Econômica Federal (CEF) credita hoje novos lotes do Auxílio Emergencial, tanto da primeira parcela, para novos aprovados, quanto da segunda, para quem recebeu a anterior até 30 de abril. Ao todo, o benefício será pago a 7,6 milhões de trabalhadores, segundo o banco. Veja quem recebe:

  • 2ª parcela: 5 milhões trabalhadores inscritos no Cadastro Único ou que se cadastraram através do aplicativo e do site, e que receberam a primeira parcela até 30 de abril, nascidos em novembro e dezembro
  • 2ª parcela: 1,9 milhão de trabalhadores beneficiários do Bolsa Família, cujo NIS termina em 7
  • 1ª parcela: 0,7 milhões de trabalhadores do novo lote de aprovados do benefício, nascidos em setembro

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Bolsonaro pressiona

Bolsonaro se encontra em evento com procurador Augusto Aras

Bolsonaro se encontra em evento com procurador Augusto Aras

A visita inesperada de Jair Bolsonaro à sede da Procuradoria-Geral da República (PGR) causou grande desconforto entre integrantes do Ministério Público Federal. A presença do presidente no mesmo dia em que soltou uma nota na qual disse esperar o arquivamento natural do inquérito que apura se ele tentou interferir politicamente na Polícia Federal foi interpretada por procuradores como uma espécie de pressão indevida sobre o procurador-geral da República, Augusto Aras. Caberá a Aras decidir se, com base nas informações do inquérito, denuncia Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Depoimento de empresário

Paulo Marinho será ouvido em inquérito que apura suposta interferência de Bolsonaro na PFPaulo Marinho será ouvido em inquérito que apura suposta interferência de Bolsonaro na PF

O empresário Paulo Marinho será ouvido nesta terça, na Superintendência da PF no Rio de Janeiro, no inquérito que apura se o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir na PF. O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu impor sigilo no depoimento e ainda negou acesso do senador Flávio Bolsonaro e seus advogados ao depoimento.

Um dos principais aliados de Bolsonaro na campanha eleitoral de 2018, Paulo Marinho disse ao jornal “Folha de S.Paulo” que o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho de Bolsonaro, foi avisado com antecedência por um delegado da PF sobre a deflagração da Operação Furna da Onça.

Ibaneis internado

Ibaneis Rocha — Foto: Reprodução / NBRIbaneis Rocha

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, passou por uma cirurgia de emergência na madrugada desta terça-feira. Ele deu entrada em um hospital particular de Brasília com uma dor abdominal aguda. A previsão é de que um boletim médico do governador seja divulgado às 8h de hoje.

O ‘centrão’ como base do governo

Liderança do governo na Câmara faz reunião da base de apoio de BolsonaroLiderança do governo na Câmara faz reunião da base de apoio de Bolsonaro

Pela primeira vez desde que Jair Bolsonaro assumiu a presidência, a liderança do governo na Câmara dos Deputados reuniu líderes de partidos que integram uma base formal de apoio. O líder Major Vitor Hugo recebeu representantes dos partidos que formam o chamado “centrão”. Estavam presentes líderes, como Arthur Lira, do Progressistas, Jhonatan de Jesus, do Republicanos, além de líderes de outros partidos do grupo, como PRB, PATRIOTA, PSC, PP, PTB, PSD e PROS. Apesar de não estarem presentes, os líderes do PL e do Avante também apoiam a iniciativa. Juntos, eles representam 183 deputados. Leia no blog do Gerson Camarotti.

O Brasil isolado do mundo

O que significa, na prática, a decisão de Trump de barrar viajantes que estiveram em território brasileiro? Como o Brasil está sendo visto lá fora? Para responder a estas e outras perguntas, Renata Lo Prete conversa com o diplomata e ex-ministro Rubens Ricupero e com o jornalista da GloboNews Marcelo Lins. Ricupero explica a mudança de rumo da diplomacia brasileira, como o governo Bolsonaro adotou uma posição “autoexcludente” em várias questões – e as consequências que isso pode ter. Lins fala da relação Trump-Bolsonaro e da linha divisória entre os dois presidentes. Ouça:

Latam em recuperação judicial

Avião da Latam no Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís (MA) — Foto: DivulgaçãoAvião da Latam no Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís (MA)

O grupo Latam e suas afiliadas no Chile, Peru, Colômbia, Equador e Estados Unidos entraram com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos. As unidades do grupo no Brasil, Argentina e Paraguai não estão envolvidas no processo de recuperação.

Educação à distância

Acesso limitado à internet e falta de equipamentos dificultam ensino remoto no Brasil. — Foto: Reprodução / PixabayAcesso limitado à internet e falta de equipamentos dificultam ensino remoto no Brasil.

Desde que as aulas presenciais foram suspensas, por causa da pandemia do novo coronavírus, as redes de ensino buscam alternativas de educação remota. Pesquisas mostram, no entanto, que há obstáculos para o ensino à distância, principalmente pelas limitações de acesso a tecnologias. Entre crianças e adolescentes de 9 a 17 anos, 66% não se conectam à internet em ambientes privados – seja na própria residência ou na de amigos e familiares. Veja números que mostram dificuldades no ensino à distância.

Chile em risco de novo

Moradores do bairro de Puente Alto, em Santiago protestam e pedem cestas básicas em meio ao lockdown decretdo na capital chilena — Foto: Ivan Alvarado / ReutersMoradores do bairro de Puente Alto, em Santiago protestam e pedem cestas básicas em meio ao lockdown decretdo na capital chilena

A pandemia põe Chile sob ameaça de nova convulsão social. Recorde de cinco mil novos casos diários e distúrbios violentos em bairros carentes desafiam governo de Sebastián Piñera. Veja no Blog da Sandra Cohen.

Lives de hoje

Dupla Munhoz e Mariano

Curtas e Rápidas:

Frank já soma títulos mundiais no Jiu Jitsu, esporte que transformou sua vida — Foto: Reprodução/FacebookFrank já soma títulos mundiais no Jiu Jitsu, esporte que transformou sua vida

Fonte: G1

Deixe uma resposta