PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 21 DE MAIO DE 2020 NO G1

Por G1

 

O ator Mário Frias pode ser confirmado no comando da Secretaria de Cultura. Bolsonaro discute ajuda aos estados, enquanto governadores esperam veto de reajuste de servidores. O Assunto fala que a realidade do socorro à economia é outra, diferente do discurso oficial. Veja quem recebe novo lote do auxílio emergencial. 81% dos estabelecimentos que buscaram crédito não conseguiram. Ano letivo perdido: estudantes, pais e professores narram um “apagão” do ensino público. STF segue análise da MP que livra servidores de responsabilidade durante a pandemia. As mortes por coronavírus nas favelas do Rio. E as lives de hoje.

Secretário de Cultura

Mario Frias — Foto: Reprodução / InstagramMario Frias

Jair Bolsonaro se reuniu com o ator Mário Frias, cotado para assumir a Secretaria de Cultura do governo federal no lugar de Regina Duarte, que vai para para a Cinemateca Basileira. O presidente fez convite para o ator assumir a secretaria, e Mário Frias aceitou e seu nome pode ser confirmado hoje.

Videoconferência com governadores

O presidente Jair Bolsonaro fará uma videoconferência com governadores hoje de manhã, para discutir o projeto que prevê ajuda financeira a estados e municípios. Os governadores esperam que o presidente vete o trecho da lei que abre espaço para reajuste salarial de servidores públicos.

Governo, pessoas e empresas

Auxílio emergencial de R$ 600, complemento salarial pago pelo governo e crédito para empresas. A realidade do socorro à economia é muito diferente do discurso oficial. Filas, juros altos, o dinheiro que não cai na conta… Neste “O Assunto”, Renata Lo Prete conversa com Juliana Rosa, repórter especial de economia da GloboNews, que explica o fiasco dos programas de crédito e onde está o nó para a ajuda chegar a quem mais precisa. Participa também Manoel Pires, economista pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da FGV, que fala como a incerteza sobre o futuro prejudica empréstimos a microempresários e como a falta de ação agora pode comprometer a economia brasileira ainda mais no pós-crise. Ouça:

Ajuda de R$ 600

 — Foto: Marcos Santos / USP Imagens

A Caixa Econômica Federal (CEF) credita hoje novos lotes do Auxílio Emergencial, tanto da primeira parcela, para novos aprovados, quanto da segunda, para quem recebeu a anterior até 30 de abril. Veja quem recebe:

  • Segunda parcela: 5,3 milhões trabalhadores inscritos no Cadastro Único ou que se cadastraram através do aplicativo e do site, e que receberam a primeira parcela até 30 de abril, nascidos em março e abril
  • Segunda parcela: 1,9 milhão de trabalhadores beneficiários do Bolsa Família, cujo NIS termina em 4
  • Primeira parcela: novo lote de aprovados do benefício, nascidos em março

Bares e restaurantes em apuros

Donos de bares e restaurantes relatam dificuldade em acessar linhas de créditoDonos de bares e restaurantes relatam dificuldade em acessar linhas de crédito

Com as portas fechadas e trabalhando apenas com entregas em boa parte do país, bares e restaurantes lutam para não fechar definitivamente. E assim como diversos setores, têm encontrado dificuldades para conseguir crédito e manter as contas em dia, apesar dos programas de financiamento já lançados pelo governo. Associação aponta 81% dos estabelecimentos que buscaram crédito não conseguiram. Abrasel indica ainda que 78% das empresas do setor precisaram renegociar o contrato de aluguel, e 62% estão com dificuldades para repor os estoques.

5 milhões de casos

Mundo registra 5 milhões de casos de novo coronavírus, aponta universidade — Foto: Reprodução / Site Johns Hopkins University (JHU)Mundo registra 5 milhões de casos de novo coronavírus, aponta universidade

Os casos de coronavírus no mundo superaram os 5 milhões, de acordo com o monitoramento da Universidade Johns Hopkins. O marco representa uma nova fase na disseminação do vírus, que atingiu um pico na China em fevereiro e depois se espalhou em surtos de grande escala na Europa e nos Estados Unidos. O portal mostra ainda 328.172 mortos em todo o planeta.

Educação ‘faz de conta’

Sala de aula vazia em escola pública de Alagoas — Foto: Valdir RochaSala de aula vazia em escola pública de Alagoas

Alunos da rede pública de todo o Brasil vivem a sensação de que 2020 será um ano perdido em suas trajetórias escolares. Estudantes, pais e professores narram um “apagão” do ensino público em meio à pandemia. Em 7 estados e no DF, aula remota não vai contar para o ano letivo. Redes estaduais e municipais relatam improviso com aulas via WhatsApp e em outras ferramentas. Alunos sofrem com falta de internet e equipamentos. Entenda o drama de quem quer estudar.

  • Ensino à distância faz desigualdade ficar ‘escandalosa’, diz avó de aluno que não consegue estudar por falta de equipamentos em SP
  • ‘Desanimado mesmo tendo adiamento’, diz aluno do RJ sem computador, celular e internet para estudar para o Enem

Transparência em tempos de pandemia

Os governos de Roraima e São Paulo são os menos transparentes na divulgação dos contratos emergenciais feitos durante a pandemia de Covid-19, mostra ranking inédito divulgado pela Transparência Internacional. Entre as capitais, o pior índice é o da Prefeitura de Belém. Espírito Santo, Distrito Federal, Goiás e Paraná aparecem com uma avaliação ótima. Veja o estudo.

Responsabilidade de agente público

STF julga ações que questionam MP que limita punição a agentes públicos no combate à CovidSTF julga ações que questionam MP que limita punição a agentes públicos no combate à Covid

O Supremo Tribunal Federal (STF) continua hoje a análise das sete ações que questionam a medida provisória que, na prática, pode livrar de responsabilidade agente público sobre eventuais equívocos ou omissões nas ações de combate à pandemia do novo coronavírus. A sessão deve ser retomada com o voto do ministro Alexandre de Moraes. Ontem, o relator, ministro Luís Roberto Barroso, votou por manter a validade da MP.

Mortes nas favelas

Painel de grafite informativo feito em residência do Complexo da Maré — Foto: Divulgação / Frente de Mobilização da MaréPainel de grafite informativo feito em residência do Complexo da Maré

As 174 mortes por coronavírus de moradores de favelas da cidade do Rio, segundo dados reunidos pelo Voz das Comunidades até ontem, já ultrapassam o número de óbitos por Covid-19 de 15 estados. O estado do Rio é o segundo da federação com mais mortes, num total de 3.237, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), atrás apenas de São Paulo.

Lives de hoje

Iza, Manu Gavassi e Ferrugem fazem lives nesta quinta-feira (21) — Foto: DivulgaçãoIza, Manu Gavassi e Ferrugem fazem lives nesta quinta-feira (21)

Show para ver em casa nesta quinta-feira: Iza, Manu Gavassi, Ferrugem, César Menotti & Fabiano, Letrux, Jau, Joanna com Padre Reginaldo Manzotti e Mart’nália com Celso Fonseca. Veja a lista e como assistir.

E mais:

Entrevista ao G1: Iza lança ‘Be the one’, música de campanha da ONU, e fala sobre primeira live e planos para segundo álbum.

  • Lives da nostalgia: 5 reencontros de elencos que emocionaram fãs na quarentena

Curtas e Rápidas:

  • Blog da Sandra Cohen: Uruguai, o oásis na pandemia na América do Sul
  • Médico de Nova York que adiou aposentadoria para atuar em pandemia morre de Covid-19
  • Familiares e amigos rezam por 40 dias em frente a hospital em SC para apoiar mulher com Covid-19
  • Museus automotivos pelo mundo têm visitas virtuais durante a pandemia; veja como acessar
  • Blog do Altieres Rohr: como funciona a fraude que usa e-mail falso dos Correios?
Fonte: G1

Deixe uma resposta