PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 18 DE MAIO DE 2020 NO G1

Por G1

 

segunda parcela de R$ 600 de ajuda do governo está chegando. Celso de Mello, do STF, assistirá ao vídeo com a gravação da reunião ministerial de 22 de abril, e depois decidirá sobre divulgação. A PF afirmou que investigará se houve vazamento de informações para o filho do presidente Bolsonaro. Um alerta e a volta do tradicional rodízio em São Paulo. “O Assunto” fala sobre o futuro das relações entre China e EUA após a pandemia. O retorno à telinha do “Conversa com Bial” e a reabertura da Basílica de São Pedro no Vaticano. E os concursos em andamento no país.

Ajuda de R$ 600: 2ª parcela

 — Foto: Marcos Santos / USP Imagens Foto: Marcos Santos / USP Imagens

Começa a ser paga hoje a segunda parcela do Auxílio Emergencial de R$ 600. Os primeiros a receber serão os beneficiários do Bolsa Família cujo NIS termina em 1. Amanhã, serão pagos os recursos aos beneficiários do bolsa com NIS terminado em 2.

Trabalhadores que estão no Cadastro Único e não recebem o Bolsa Família, assim como os que se inscreveram através do site ou aplicativo, começam a receber a parcela na quarta-feira (20).

O calendário da segunda parcela vale apenas para quem recebeu a primeira parcela até 30 de abril. O governo não informou quando vai pagar a segunda parcela para quem receber a primeira depois desta data.

Vídeo de reunião ministerial

O ministro Celso de Mello, do STF — Foto: Carlos Moura / SCO / STFO ministro Celso de Mello, do STF — Foto: Carlos Moura / SCO / STF

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), vai assistir nesta segunda-feira ao vídeo com a gravação da reunião ministerial de 22 de abril, no Palácio do Planalto. Depois, vai decidir se autoriza a divulgação. O ex-ministro Sérgio Moro aponta o encontro como uma prova da interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal (PF). Depois, Mello decide se autoriza a divulgação total ou em partes da gravação.

Um inquérito foi aberto pelo STF, a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), para investigar as acusações de Moro. Bolsonaro nega ter interferido na corporação.

Vazamento de informações

PF afirma que investigará se houve vazamento de informações a Flávio Bolsonaro

PF afirma que investigará se houve vazamento de informações a Flávio Bolsonaro

A PGR pediu ontem que a PF colha o depoimento do empresário Paulo Marinho no âmbito do inquérito no STF que apura se o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir na PF. Em entrevista ao jornal “Folha de S. Paulo”, o empresário afirmou que o senador Flávio Bolsonaro (PSL) foi avisado com antecedência por um delegado da PF sobre a deflagração da Operação Furna da Onça, que culminou na prisão de diversos parlamentares do estado do Rio em novembro de 2018. A PF afirmou que investigará se houve vazamento de informações ao filho do presidente.

Alerta em SP

Curva de mortes no estado de SP — Foto: Arte / G1

Curva de mortes no estado de SP — Foto: Arte / G1

Pesquisadores que acompanham a evolução do novo coronavírus no estado de São Paulo alertam que a curva de mortes causadas pela doença, que chegou a entrar em processo de achatamento, teve forte aceleração nos últimos 15 dias. Os cientistas admitem a possibilidade de que o vírus não cause um pico de contaminação, mas sim um “platô”, como os especialistas classificam uma situação de pico contínuo, que demora a cair. Nesse caso, o número de novos casos por dia se mantém alto por várias semanas seguidas e a capacidade da rede hospitalar se esgota, levando ao colapso do sistema. Entenda a preocupação dos cientistas.

Rodízio em São Paulo

Trânsito na região do Vale do Anhangabaú, no Centro de SP, na manhã de quarta (13) — Foto: Uriel Punk / Futura Press / Estadão ConteúdoTrânsito na região do Vale do Anhangabaú, no Centro de SP, na manhã de quarta (13)

O rodízio tradicional volta a vigorar às 7h desta segunda-feira em São Paulo. O prefeito Bruno Covas (PSDB) anunciou que o rodízio ampliado e mais restritivo não surtiu efeito no índice de isolamento da cidade, que se manteve abaixo do esperado pela gestão municipal.

Com o novo decreto, o rodízio volta a restringir a circulação de veículos de acordo com o número final da placa e o dia da semana, apenas no centro expandido e nos horários de pico, como era realizado anteriormente:

  • Segunda-feira: final de placa 1 e 2
  • Terça-feira: final de placa 3 e 4
  • Quarta-feira: final de placa 5 e 6
  • Quinta-feira: final de placa 7 e 8
  • Sexta-feira: final de placa 9 e 0

Basília de São Pedro reaberta

Turistas em fila no vaticano — Foto: Vincenzo Pinto / AFP PhotoTuristas em fila no vaticano .

Basílica de São Pedro no Vaticano, fechada desde 10 de março, reabriu ao público com medidas de precaução após a pandemia de Covid-19. Na presença de numerosos policiais com máscaras, visitantes (também com máscaras), respeitaram a distância de dois metros um do outro para entrar no templo. Todos têm que medir a temperatura e desinfetar as mãos.

Visitantes têm que manter distância de dois metros uns dos outros — Foto: Vincenzo Pinto / AFP PhotoVisitantes têm que manter distância de dois metros uns dos outros

Estudo

Mulher observa máscaras à venda em mercado de rua em Berlim, na Alemanha, no sábado (25) — Foto: Annegret Hilse / Reuters Mulher observa máscaras à venda em mercado de rua em Berlim, na Alemanha, no sábado (25)

Um levantamento sobre ações de combate à pandemia do coronavírus em 24 países apontou que 83% deles adotaram “lockdown” e 13% o isolamento vertical para frear o aumento no número de casos. Entenda o estudo.

A relação China-EUA após a pandemia

Maiores economias, maiores parceiros comerciais, maiores inimigos… China e EUA travaram uma guerra comercial nos últimos anos, e ensaiaram um acordo nos últimos meses. Mas chegou a pandemia de Covid-19 e com ela nova troca de acusações e disputa entre os dois lados. Renata Lo Prete conversa com Rubens Barbosa, ex-embaixador do Brasil em Washington, e Tatiana Prazeres, ex-secretária de Comércio Exterior do Brasil. Os dois falam como fica a relação entre as duas potências no pós-pandemia, quais os impactos da disputa entre os dois países para a economia e, principalmente, para o Brasil. Ouça:

Conversa com Bial

Gloria Maria estreia o 'Conversa com Bial' — Foto: Reprodução / TV GloboGloria Maria estreia o ‘Conversa com Bial’ —

Em clima de isolamento social, o “Conversa com Bial” retorna à grade da TV Globo adaptado à quarentena necessária à prevenção ao coronavírus. O programa vai ao ar nesta segunda-feira à noite, após o Jornal da Globo. De sua casa, Pedro Bial inicia a quarta temporada em um papo com uma das jornalistas mais queridas da história, Gloria Maria.

“Graças a Deus eu não cubro mais política: ou já teria apanhado, ou já teria batido”, disse Gloria Maria

O caminho das doações

Doações distribuídas pela Cufa em Curitiba; a instituição é uma das campeãs de arrecadação em lives da quarentena — Foto: Reprodução / Facebook / CufaDoações distribuídas pela Cufa em Curitiba; a instituição é uma das campeãs de arrecadação em lives da quarentena —

No modelo de live adotado por artistas durante a quarentena, eles cantam e fazem estripulias para divertir o público, enquanto pedem doações para instituições que ajudam a combater os prejuízos causados pelo coronavírus. Shows já arrecadaram mais de R$ 7 milhões. Mas, depois qual é o caminho do dinheiro? Conheça também projetos que mais receberam ajuda.

Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC)

 — Foto: Divulgação / iStock Photos Foto: Divulgação / iStock Photos

O Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) pode ser diagnosticado a partir de diferentes sintomas. Com a pandemia do novo coronavírus, alguns pacientes com TOC ligados à contaminação ou à limpeza, podem sofrer com as formas de prevenção e com a ideia de que o vírus possa estar em qualquer lugar.

“Comecei a lavar muito as mãos a ponto de feri-las”, diz bancária.

Concursos

 — Foto: Divulgação

Pelo menos 107 órgãos estão com inscrições abertas para vagas em concursos públicos. Ao todo, são mais de 15 mil oportunidades em disputa em todo o país. Há vagas para todos os níveis de escolaridade.

Fonte: G1

Deixe uma resposta