PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 17 DE FEVEREIRO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Após divulgar vídeo em que fez apologia ao AI-5, instrumento de repressão mais duro da ditadura militar, e defender o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), o que é inconstitucional, o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) foi preso. Sem vacina contra Covid: capitais começam a suspender vacinação por falta de doses. Mais imunizantes serão entregues só a partir da semana que vem. Em reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, governadores vão cobrar cronograma de entrega de vacinas em cada estado. Denúncias de falsa aplicação de imunizante são investigadas pelo país. O Brasil registra mais 1.090 mortes por Covid em 24 horas e se aproxima de 241 mil óbitos. Rio de Janeiro confirma 4 casos da variante brasileira no estado. Nego Di foi eliminado do BBB1, com um índice de rejeição histórico: 98,76%. ‘Não-carnaval’ 2021 no Rio: aglomerações, festas clandestinas e desrespeito às determinações sanitárias. E o G1 faz uma live, às 19h, sobre o megavazamento que expôs mais de 223 milhões de CPFs na internet.

Deputado preso

Polícia Federal prende em Petrópolis (RJ), o Deputado Federal Daniel Silveira (PSL)
Polícia Federal prende em Petrópolis (RJ), o Deputado Federal Daniel Silveira (PSL)

Polícia Federal (PF) prendeu na noite desta terça-feira (16), em flagrante, o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ). O parlamentar divulgou um vídeo no qual faz apologia ao AI-5, instrumento de repressão mais duro da ditadura militar, e defende o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), o que é inconstitucional. No vídeo, Silveira ataca seis ministros: Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e Dias Toffoli.

A prisão foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes. O deputado foi detido no fim da noite em Petrópolis, na Região Serrana do Rio. Na decisão, Moraes definiu que o mandado deveria ser cumprido “imediatamente e independentemente de horário por tratar-se de prisão em flagrante delito”.

Mesmo em flagrante e por crime inafiançável, a prisão de um deputado federal precisa passar pelo crivo da Câmara. Na decisão, Moraes diz que o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), deve ser “imediatamente oficiado para as providências que entender cabíveis”. Lira disse que vai conduzir análise da prisão de Daniel Silveira com ‘serenidade e consciência’ das responsabilidades

Sem vacina

Prefeituras suspendem vacinação com fim de estoques de imunizantes

Prefeituras suspendem vacinação com fim de estoques de imunizantes

falta de doses de vacina contra o Covid-19 tem levado capitais brasileiras a suspender a imunização da população — ou a anunciar a paralisação para os próximos dias. A partir desta quarta-feira (17), a campanha está suspensa no Rio de Janeiro. Nesta terça (16), Salvador e Cuiabá foram as primeiras capitais a interromper a vacinação. Nos três casos, a campanha será interrompida para quem ainda não tomou nenhuma dose da vacina. Ou seja, o calendário para aplicação da segunda dose do imunizante segue em andamento. Só na semana que vem, o Ministério da Saúde voltará a receber lotes de imunizantes.

Governadores de diferentes regiões pediram uma reunião hoje com o ministro Eduardo Pazuello para cobrar, entre outros pontos, um cr

onograma de entrega de vacinas em cada estado, com datas e números de vacinas previstas, mês a mês.as também protestaram. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) pediu a demissão de Pazuello em razão da suspensão de vacinação em cidades brasileiras. A Frente Nacional de Prefeitos questionou o Ministério da Saúde sobre a necessidade de um cronograma de imunização.

O Assunto

Neste episódio, a vacinação paralisada no Brasil. Depois do alívio da chegada da vacina, o desapontamento: cidades suspendem a imunização, e as variantes do coronavírus se espalham sem controle. Mas, se depender do governo, o que resta é esperar.

‘Vacina de vento’

Denúncias de aplicação incorreta da vacina contra Covid são investigadas
Denúncias de aplicação incorreta da vacina contra Covid são investigadas

Conselhos de enfermagem, Ministério Público e polícia investigam denúncias contra profissionais de saúde que não aplicaram a vacina contra a Covid-19 corretamente. As autoridades de saúde consideram as ‘vacinas fake’ fatos isolados, mas já viraram caso de polícia. Vídeos que registram a hora da vacinação servem de prova das irregularidades.

Em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, uma técnica de enfermagem usou uma seringa vazia em uma idosa de 94 anos. Em Niterói, na Região Metropolitana, a profissional de saúde inseriu a agulha, mas não aplicou a dose. Na capital, a cena se repetiu. A dose não foi injetada no braço de um senhor. O Ministério Público do Rio investiga se a falsa aplicação está relacionada ao desvio de frascos.

Quando serei vacinado?

Profissional de saúde retira dose de frasco da vacina de Oxford para aplicação em Brighton, no sul da Inglaterra, no dia 26 de janeiro. — Foto: Ben Stansall/AFPProfissional de saúde retira dose de frasco da vacina de Oxford para aplicação em Brighton, no sul da Inglaterra, no dia 26 de janeiro. — Foto: Ben Stansall/AFP

Para a maioria dos 77 milhões de brasileiros dos grupos prioritários e sobretudo para todos os demais, ainda não há resposta exata sobre quando será a vacinação. As vacinas contra a Covid-19 existem, são eficazes, mas a primeira dose só chegou a 5 milhões de brasileiros após um mês de campanha. Entre eles, pouco mais de 300 mil receberam a 2ª dose. Além disso, cidades pelo Brasil começam a suspender a campanha por falta do imunizante.

Especialistas ouvidos pelo G1 listam as pedras no caminho e dão as perspectivas do que precisa ser feito para a vacinação avançar no país. Veja na reportagem.

Vacinação em massa

Serrana (SP) inicia vacinação em massa contra a Covid-19 em voluntários da cidade cadastrados para um estudo clínico inédito do Instituto Butantan. A pesquisa vai avaliar a eficiência da CoronaVac na diminuição da taxa de transmissão do vírus. Os pesquisadores também querem identificar o impacto nas internações, nas mortes e no tempo que a cidade vai demorar para alcançar a imunidade de rebanho.

Avanço da pandemia

Brasil ultrapassa a marca de 240 mil mortos pela Covid
Brasil ultrapassa a marca de 240 mil mortos pela Covid

O Brasil ultrapassou a marca de 240 mil mortos por Covid-19, com média móvel de 1.056 óbitos por dia. Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 9.921.339 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus. Nove estados estão com alta nas mortes; veja os dados detalhados.

Em meio à escalada de casos da doença pelo país, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) confirmou, pela primeira vez, a presença no Rio de Janeiro da variante brasileira do coronavírus. O estado já possui pelo menos quatro casos da cepa. A P.1. foi identificada primeiro em Manaus e é mais transmissível, embora não se tenha confirmação de que seja mais letal.

‘Não-carnaval’ 2021 no Rio

Festa no Vidigal — Foto: Reprodução/TV GloboFesta no Vidigal — Foto: Reprodução/TV Globo

Só duas vezes na história o carnaval carioca foi cancelado. Em 1918, por causa da gripe espanhola que matou 15 mil pessoas, e agora em 2021, por causa da pandemia da Covid-19. Com o suspensão dos desfiles das escolas de samba e dos blocos de rua, o “não-carnaval” poderia ter sido o da conscientização e do respeito ao distanciamento social. Mas, ao contrário, o que se viu nos quatro dias foram aglomerações e festas clandestinas em casas de show, na areia das praias, nos bares e no mar. Veja os flagrantes de desrespeito às determinações sanitárias na reportagem.

Paredão

Nego Di no 'BBB21' — Foto: Reprodução/GloboNego Di no ‘BBB21’ — Foto: Reprodução/Globo

Nego Di foi o terceiro eliminado no paredão do “Big Brother Brasil 21”. Com 98,76% dos votos, ele se tornou o recordista em rejeição na história do reality show. Ele disputava a eliminação com Fiuk (0,87%) e com Sarah (0,37%). Clique aqui e veja as maiores rejeições no programa.

Resistência no Congresso

Decretos de Bolsonaro para facilitar acesso a armas encontram resistência no Congresso
Decretos de Bolsonaro para facilitar acesso a armas encontram resistência no Congresso

Decretos do presidente Jair Bolsonaro para facilitar acesso às armas no país encontram resistência no Congresso Nacional. Até aliados do governo federal resistem às mudanças. A senadora Eliziane Gama, do Cidadania, protocolou quatro projetos de decreto legislativo para derrubar os decretos do presidente Jair Bolsonaro que facilitam o acesso a armas de fogo. A oposição também quer ir ao Supremo Tribunal Federal para questionar a competência de Bolsonaro para mudar regras sobre acesso a armas de fogo sem passar pelo Congresso.

Entenda o caso: os quatro decretos assinados por Bolsonaro foram publicados na noite desta sexta-feira (12), véspera do sábado de carnaval, e mudam várias regras publicadas em anos anteriores, como o Estatuto de Desarmamento, para facilitar o acesso a armas.

Manifestação na Espanha

Protestos no centro de Barcelona contra a prisão de rapper condenado por letras contra a monarquia espanhola em 16 de fevereiro de 2021 — Foto: Nacho Doce/ReutersProtestos no centro de Barcelona contra a prisão de rapper condenado por letras contra a monarquia espanhola em 16 de fevereiro de 2021 — Foto: Nacho Doce/Reuters

A cidade de Barcelona viveu uma noite de protestos violentos após prisão de um rapper condenado por produzir letras contra a monarquia espanhola. Outras cidades da Catalunha também registram manifestações.

Entenda: Pablo Hasel foi condenado em 2018 e deveria ter se apresentado à polícia na semana passada. O caso levantou uma polêmica sobre a liberdade de expressão no país. Hasel foi condenado por letras e tuítes que incluíam referências ao grupo paramilitar separatista ETA, comparava juízes a nazistas e chamava Juan Carlos da Espanha, o rei emérito, de líder de uma máfia.

Mistério na Rússia

Cachorros de rua com pelo azul são achados na Rússia perto de indústria química
Cachorros de rua com pelo azul são achados na Rússia perto de indústria química

Cachorros com pelagem em tons azuis foram recolhidos perto de uma fábrica abandonada em Dzerzhinsk, na Rússia. A suspeita é de que os cães foram expostos a produtos químicos. Segundo especialistas, o resultado dos exames apontou boa saúde dos animais, que serão esterilizados. Veja mais no vídeo acima.

Megavazamento

Nesta quarta, às 19h, o G1 faz um programa ao vivo sobre o megavazamento que expôs mais de 223 milhões de CPFs na internet, além de outros dados como nome, sexo e data de nascimento. Especialistas vão tirar dúvidas sobre o assunto e também dar dicas para proteger dados na web. Você pode acompanhar a live por aqui.

Previsão do tempo

Veja a previsão do tempo para esta quarta-feira
Veja a previsão do tempo para esta quarta-feira

Mega-Sena

 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1

O concurso 2.345 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 29 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h desta quarta no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50.

De onde vem o que eu como

Veja 5 pesquisas agropecuárias que mudaram o consumo e a qualidade de vida dos brasileiros.

Futebol

Campeonato Brasileiro
19h: Santos x Corinthians
19h30: Coritiba x Palmeiras

Fonte: G1

Deixe uma resposta