PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 12 DE FEVEREIRO DE 2021 POR G1

Por G1

 

Brasil registra 1.452 novas mortes por Covid e tem o 3º pior dia da pandemia. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, nega no Senado ter recebido relatos sobre falta de oxigênio no Amazonas. Câmara aprova projeto que prevê prisão para ‘fura-filas’ da vacina; texto segue para o Senado. O presidente Jair Bolsonaro diz que auxílio emergencial deve ser estendido por ‘3 ou 4 meses’‘O Assunto’ debate a movimentação das peças da próxima eleição presidencial. Monitor da violênciaBrasil tem aumento de 5% nos assassinatos em 2020, ano marcado pela pandemia. Chefe dos Jogos de Tóquio renuncia ao cargo. Ano Novo Chinês: conheça as tradições do feriado mais importante em grande parte da Ásia. E veja o roteiro de lives de carnaval de músicos, blocos e escolas de samba do Rio.

Panorama Covid

Brasil registra 1.452 mortes por Covid em 24 horas e tem maior média móvel desde julho
Brasil registra 1.452 mortes por Covid em 24 horas e tem maior média móvel desde julho

O Brasil registrou 1.452 novas mortes por Covid-19 em 24 horas e teve o 3º pior dia da pandemia. Na última semana, foram em média 1.073 óbitos por dia pela doença —maior marca desde 26 de julho. O país contabilizou 9.716.298 casos e 236.397 mortes pela doença desde o início da pandemia, segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa. Seis estados estão com alta nas mortes; veja os dados detalhados.

Em São Paulosubiu para nove o número de casos confirmados da nova variante brasileira do coronavírus, conhecida como P1, segundo informou o secretário estadual da Saúde. De acordo com Jean Gorinchteyn, seis pacientes tiveram a confirmação da variante que circula no estado do Amazonas por meio do Instituto Adolfo Lutz, vinculado à secretaria estadual, e outros três por meio de exames de sequenciamento genético feitos por laboratórios privados.

Colapso na saúde

Pazuello é questionado, no Senado, sobre a atuação do governo federal durante a pandemia
Pazuello é questionado, no Senado, sobre a atuação do governo federal durante a pandemia

Durante sessão no Senado, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que gestores locais e relatório da Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), de 8 de janeiro, não indicaram falta de oxigênio, mas de “rede” de oxigênio em Manaus no começo deste ano. Ele foi convidado pelos senadores a prestar esclarecimentos sobre vacinação e medidas adotadas contra a Covid-19.

Cobrado por explicações sobre a situação no Amazonas, Pazuello disse que, em nenhum momento, no documento do dia 8 de janeiro, falou-se em “falta de oxigênio”. E fez o seguinte comentário sobre o que é apontado no relatório:

“Rede de gases são os tubos de gases e não o oxigênio que vai dentro. Pressurização entre o município e o estado é regulação entre um e outro”, disse.

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) criticou a explicação de Pazuello, que, segundo o parlamentar, não é verdadeira.

“Desculpe-me, esse relatório que falou de rede pressurizada entre município e estado com relação a oxigênio — essa rede não existe, ministro, essa rede não existe. Portanto, não é possível dizer que a falta de oxigênio no Amazonas foi em função de falta de pressão entre redes inexistentes. Isso não é verdade”, protestou Braga.

Vacinação no Brasil

Vacinação de idosos com mais de 85 anos será antecipada em São Vicente, SP — Foto: Cynthia Rocha/Prefeitura de São VicenteVacinação de idosos com mais de 85 anos será antecipada em São Vicente, SP — Foto: Cynthia Rocha/Prefeitura de São Vicente

Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que transforma em crime o ato de furar fila para ser vacinado. O texto segue agora para a análise do Senado. A proposta cria um novo tipo de crime, chamado de “infração a plano de imunização”, atualmente não previsto no Código Penal. O projeto também criminaliza qualquer afronta à operacionalização de planos de imunização federais, estaduais, distritais ou municipais. Pela proposta aprovada, o crime abrange todas as vacinas, e não apenas as doses contra a Covid-19. A pena estabelecida no projeto é de um a três anos de detenção e multa.

Também nesta quinta, os deputados aprovaram um projeto que prevê até cinco anos de prisão para quem destruir, inutilizar ou deteriorar vacinas, insumos ou qualquer outro bem destinado ao enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. O projeto vai ao Senado.

Auxílio emergencial

Bolsonaro diz que auxílio emergencial deve ser estendido por '3 ou 4 meses'
Bolsonaro diz que auxílio emergencial deve ser estendido por ‘3 ou 4 meses’

Em viagem ao Maranhão, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que a prorrogação do auxílio emergencial “está quase certa, ainda não sabemos o valor” e que a ajuda deve ser liberada por mais três ou quatro meses (assista ao vídeo acima). A data para início da nova rodada de pagamentos ainda não foi definida pelo governo federal, mas, em uma live na noite desta quinta, o presidente disse que “tem pressa” e que “tem que ser a partir de março”.

Jornada e salário

Em documento, a Confederação Nacional da Indústria (CNIdefende a retomada do programa que permitia redução da jornada de trabalho e do salário em razão da pandemia. O Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda foi criado em 2020 e vigorou até 31 de dezembro do ano passado, quando também deixou de vigorar o decreto de calamidade pública. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), 9,8 milhões de trabalhadores aderiram ao programa no ano passado. O documento da CNI reúne, ao todo, 25 propostas para a redução do chamado “Custo Brasil”; veja.

O Assunto

O tema deste episódio é 2022: como a reconfiguração de forças nascidas da troca de comando do Congresso colocou o impeachment no freezer e agora movimentam peças da próxima eleição presidencial.

Rio de Janeiro

Foto de arquivo de 26 de março de 2020 do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), no Palácio Guanabara, sede do governo estadual. — Foto: Wilton Junior/Estadão ConteúdoFoto de arquivo de 26 de março de 2020 do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), no Palácio Guanabara, sede do governo estadual. — Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

Por unanimidade, a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJaprovou o recebimento da denúncia contra Wilson Witzel (PSC). O governador afastado do Rio de Janeiro agora é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Os ministros também votaram pelo afastamento de Witzel do cargo por mais um ano. Uma decisão do próprio STJ, afastou Witzel no fim de agosto por 180 dias, prazo que acabaria no fim deste mês.

A prorrogação por mais um ano vale também para outras medidas cautelares. Pela decisão, Witzel está proibido de:

  • frequentar a sede do Poder Executivo
  • manter contato com servidores
  • morar no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governo

Em uma rede social, Witzel criticou o recebimento da denúncia pelo STJ e disse que jamais praticou qualquer ato ilícito.

Monitor da Violência

O Brasil teve uma alta de 5% nos assassinatos em 2020 na comparação com 2019, após dois anos consecutivos de queda. É o que mostra o índice nacional de homicídios criado pelo G1, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal. No ano passado, foram registradas 43.892 mortes violentas, contra 41.730 em 2019. Ou seja, 2.162 mortes a mais. Estão contabilizadas no número as vítimas de homicídios dolosos (incluindo os feminicídios), latrocínios e lesões corporais seguidas de morte.

O aumento de mortes acontece mesmo durante a pandemia do novo coronavírus e foi puxado principalmente pelo Nordeste, que teve um aumento expressivo nos assassinatos: 20%. É importante ressaltar que a região também foi a grande responsável pela queda de mortes nos últimos dois anos. Veja os dados detalhados.

Fala inadequada

Yoshiro Mori, em foto de 4 de fevereiro — Foto: Kim Kyung-Hoon / POOL / via AFP PhotoYoshiro Mori, em foto de 4 de fevereiro — Foto: Kim Kyung-Hoon / POOL / via AFP Photo

O presidente do comitê organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o japonês Yoshiro Mori, anunciou sua renúncia ao cargo, após a polêmica provocada por seus comentários sexistas na semana passada.

“Minha declaração provocou muito caos. Desejo renunciar como presidente a partir de hoje”, disse Mori, durante reunião do comitê.

O sucessor não foi anunciado.

Megavazamentos

Tecno Lógica: autoridades investigam megavazamento de dados

Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) investigará e auxiliará na apuração e na adoção de medidas para reduzir os efeitos do vazamento de dados de mais de 100 milhões de brasileiros. O ANPD é responsável por fiscalizar e editar normas previstas na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A entidade também tem como competência zelar pela proteção de dados pessoais e dos segredos comerciais e industriais no Brasil.

Entenda o caso: a informação do vazamento foi divulgada nesta quarta-feira (10) pelo site NeoFeed e confirmada pela TV Globo. Segundo a PSafe, empresa especializada em cibersegurança, 103 milhões de contas de celulares foram vazadas em fevereiro – incluindo a do presidente Jair Bolsonaro. A PSafe acredita que os dados seriam de duas operadoras de telefonia, mas a companhia ainda não conseguiu confirmar. Entre as informações divulgadas estão dados como CPF, número de celular, tipo de conta telefônica e minutos gastos em ligação

Rede social

Clubhouse começou 2021 como a rede social do momento. Com sua proposta diferenciada de ter apenas conversas por áudio, o aplicativo é exclusivo para iPhone e só permite a entrada por meio de convite de um usuário já ativo na plataforma. Com a restrição, convites começaram a ser vendidos por mais de R$ 600 na internet, principalmente depois de o bilionário Elon Musk participar de um evento no app em 31 de janeiro. Saiba o que diz quem está participando.

Ano Novo Chinês

Entenda o Ano Novo Chinês, que terá menos comemorações para evitar surtos de Covid-19
Entenda o Ano Novo Chinês, que terá menos comemorações para evitar surtos de Covid-19

Ano Novo Chinês, o feriado mais importante em uma grande parte da Ásia, começa hoje. Esse será o Ano do Boi de Metal, que corresponde a 4719 no calendário chinês. Ele acaba em 31 de janeiro de 2022. Desta vez, o Ano Novo Chinês terá menos comemorações por causa da pandemia de Covid-19.

Em um ano normal, esta seria uma das semanas com mais fluxo de tráfego no país, porque as famílias tradicionalmente se reúnem para o feriado. Muitos dos trabalhadores só têm essas datas para ver seus parentes em outras cidades. Conheça as tradições da data.

Folia em casa 🎉

Amigos da Onça faz live na sexta de carnaval — Foto: Ami Chavy/DivulgaçãoAmigos da Onça faz live na sexta de carnaval — Foto: Ami Chavy/Divulgação

Em 2021, escolas de samba e blocos não farão desfiles, aglomerações e festas nas ruas do Rio por causa da pandemia de Covid-19. Mas isso não quer dizer que o carnaval vai passar em branco e que todos os tamborins ficarão mudos. Escolas de samba, blocos e artistas promovem uma série de eventos e lives para o público poder curtir a folia de forma virtual, em segurança, em casa. Veja o roteiro de lives.

Educação

Prazo para pedir reaplicação do Enem digital termina nesta sexta. Têm direito a refazer o exame os candidatos que tiveram problemas logísticos, como falta de luz, ou quem teve diagnóstico de Covid-19. A reaplicação será na versão impressa até para os inscritos no digital. E o Inep divulga os resultados dos pedidos de reaplicação do Enem impresso.

Previsão do tempo

Deixe uma resposta