PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 09 DE MARÇO DE 2021 POR G1

Por G1

 

ministro do STF Edson Fachin anula as condenações de Lula no âmbito da Lava Jato, e o ex-presidente volta a ser elegível‘O Assunto’ fala sobre o impacto da decisão no sistema político e nas articulações para as eleições de 2022. Avanço da pandemia: pela 1ª vez, média de mortes por Covid no Brasil ultrapassa 1,5 mil. Em quatro dias, 9 pacientes morrem à espera de leito na Grande São Paulo. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, altera mais uma vez a previsão de doses de vacina contra Covid disponíveis no Brasil até o fim de março. Petrobras sobe gasolina pela 6ª vez no ano; diesel tem 5ª alta. Na série do G1 com histórias de empreendedoras de sucesso, conheça Ana Fontes, que começou dividindo suas experiências em um blog e hoje lidera uma rede que estimula o protagonismo feminino no mundo empresarial.

Processos da Lava Jato

Fachin anula condenações de Lula na Lava Jato
Fachin anula condenações de Lula na Lava Jato

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulou todas as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela Justiça Federal no Paraná relacionadas às investigações da Operação Lava Jato. No despacho, Fachin afirmou que, “no contexto da macrocorrupção política, tão importante quanto ser imparcial é ser apartidário“.

Ao decidir sobre pedido de habeas corpus da defesa de Lula impetrado em novembro do ano passado, Fachin declarou a incompetência da Justiça Federal do Paraná para julgar quatro ações — as do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e duas ações relacionadas ao Instituto Lula. Segundo o ministro, a 13ª Vara Federal de Curitiba, cujo titular na ocasião das condenações era o ex-juiz federal Sergio Moro, não era o “juiz natural” dos casos. Agora, os processos serão analisados pela Justiça Federal do Distrito Federal. A ordem do ministro não precisa de referendo do plenário do STF, que julgará se houver recurso — a PGR disse que recorrerá.

Na mesma decisão, Edson Fachin declarou a “perda do objeto” e extinguiu 14 processos que tramitavam no Supremo e questionavam se Moro agiu com parcialidade ao condenar Lula. Veja perguntas e respostas sobre a decisão.

5 pontos sobre a anulação da condenação de Lula
5 pontos sobre a anulação da condenação de Lula

O Assunto

Neste episódio, a anulação de todas as condenações de Lula na Operação Lava Jato. Qual é o impacto no sistema político e nas articulações para as eleições de 2022?

Avanço da pandemia

Pela primeira vez, média de mortes por Covid no Brasil passa de 1,5 mil
Pela primeira vez, média de mortes por Covid no Brasil passa de 1,5 mil

Pela 1ª vez, a média móvel de mortes por Covid-19 no Brasil ultrapassou a marca de 1,5 mil. O país registrou 1.114 vítimas da doença em 24 horas e chegou ao total de 266.614 óbitos. Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 11.055.480 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus. Dezenove estados e o Distrito Federal estão com alta nas mortes; veja os dados detalhados.

Em quatro dias, nove pacientes que estavam internados com Covid-19 morreram à espera de um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Taboão da Serra, na Grande São Paulo, segundo a prefeitura da cidade. Com ocupação máxima, o sistema de saúde do município começou a entrar em colapso. É a primeira vez, desde o início da pandemia, que uma cidade da Grande São Paulo registra mortes de pacientes à espera de leitos. Nesta segunda (8), o estado de SP registrou o 10º recorde seguido de pacientes internados com a doença.

Segundo dados do Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), com base em monitoramento de portarias publicadas no Diário Oficial da União, o número de leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid financiados pelo Ministério da Saúde teve uma queda de 71% de julho de 2020, no primeiro pico da pandemia, ao início de março deste ano, quando o Brasil atingiu recordes de mortes diárias pelo coronavírus.

Vacinação a passos lentos

Ministério da Saúde afirma que Pfizer vai antecipar a entrega de milhões de doses até junho
Ministério da Saúde afirma que Pfizer vai antecipar a entrega de milhões de doses até junho

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, alterou pela quarta vez a previsão de doses de vacinas contra a Covid-19 que o Brasil terá em março. Agora, são entre 25 e 28 milhões. Em fevereiro, a previsão eram 46 milhões de doses até o fim deste mês. Depois, a estimativa foi reduzida para 38 milhões. No sábado, o número caiu para 30 milhões.

Após recusar ofertas feitas pela Pfizer desde o ano passado, com entregas previstas para dezembro de 2020, o governo anunciou que 14 milhões de doses da vacina da farmacêutica contra a Covid-19 devem chegar ao país em maio e junho. A vacina é a única que, até o momento, possui o registro definitivo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Corrida científica

Que vacina é essa? Pfizer Biontech
Que vacina é essa? Pfizer Biontech

A BNT162b2, vacina desenvolvida pela Pfizer/BioNTech, conseguiu neutralizar as três novas variantes do coronavírus – a britânica (B.1.1.7), a brasileira (P.1) e a sul-africana (B.1.351) – em testes de laboratório. Um novo artigo sobre o ensaio foi publicado na revista “The New England Journal of Medicine”. Leia mais.

Volta do benefício

VÍDEO: Paulo Guedes diz que novo auxílio emergencial ficará entre R$ 175 e R$ 375
VÍDEO: Paulo Guedes diz que novo auxílio emergencial ficará entre R$ 175 e R$ 375

auxílio emergencial ficará entre R$ 175 e R$ 375, dependendo da composição das famílias beneficiadas, afirmou o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo ele, o valor médio será de R$ 250. A equipe econômica espera pela aprovação da proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial, que viabiliza a retomada do benefício. A proposta já foi aprovada na semana passada pelo Senado, mas ainda passará pela Câmara dos Deputados. A expectativa do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), é a de que o texto seja aprovado nesta quarta, se houver acordo.

Preço dos combustíveis

R$ 2,84 por litro será o preço médio de venda da gasolina nas refinarias a partir desta terça, e o diesel passará para cerca R$ 2,86 por litro, informou a Petrobras. É a sexta alta do ano nos preços da gasolina, e a quinta no valor do litro do diesel. O novo aumento vem em meio aos trâmites para a substituição do presidente da petroleira, após intervenção do presidente Jair Bolsonaro.

Lei do Saneamento

Esgoto jorra nas águas da Baía de Guanabara — Foto: Marcos Serra Lima/G1Esgoto jorra nas águas da Baía de Guanabara — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Uma sondagem com agências reguladoras de saneamento mostra a percepção de futuro das entidades com as mudanças estabelecidas pela nova Lei do Saneamento, sancionada em julho de 2020. O levantamento foi feito pelo Instituto Trata Brasil, com 66 agências de todo o país.

Entenda o caso: a nova lei visa a ampliar a presença do setor privado na área, já que o saneamento é um serviço prestado majoritariamente por empresas públicas estaduais. Além da abertura de mercado, o texto prevê que a Agência Nacional de Águas (ANA) deverá estabelecer normas de referência sobre padrões de qualidade e eficiência na prestação, na manutenção e na operação dos sistemas de saneamento básico.

Mesmo com mudanças recentes, as preocupações dos órgãos reguladores continuam parecidas: o temor de interferências políticas na gestão, clareza sobre financiamento e a rotatividade de pessoal, que prejudica a continuidade de projetos de longo prazo, são as principais. A pesquisa pede para que os entrevistados classifiquem os desafios da agência reguladora entre “pouco relevante” e “extremamente relevante”. Veja aqui.

Polêmicas na realeza

VÍDEO: as principais revelações da entrevista de Meghan e Harry
VÍDEO: as principais revelações da entrevista de Meghan e Harry

A entrevista em que o príncipe Harry e Meghan Markle revelaram detalhes bombásticos de sua vida dentro da família real à apresentadora de TV americana Oprah Winfrey foi transmitida nos Estados Unidos por uma hora e 25 minutos neste domingo (7). Mas o material original era bem mais longo: três horas e 20 minutos. Falando ao programa CBS This Morning, da mesma emissora que levou a entrevista ao ar, Oprah deu detalhes sobre as cenas cortadas da conversa com o duque e a duquesa de Sussex. Segundo ela, não foi a Rainha Elizabeth 2ª ou seu marido, o príncipe Philip, duque de Edimburgo, que teceu comentários sobre a cor de pele de Archie.

Na entrevista que foi ar, Meghan disse que um membro da Família Real teria demonstrado preocupação sobre quão escura seria a pele do bebê do casal.

“Naqueles meses, quando eu estava grávida, havia preocupações e conversas sobre o quão escura sua pele poderia ser quando ele nasceu”, disse Meghan.

Mulheres que inspiram

Mulheres empreendedoras que inspiram: Ana FontesMulheres empreendedoras que inspiram: Ana Fontes

G1 publica esta semana uma série de 5 reportagens com mulheres empreendedoras que comandam negócios de impacto social. Hoje, você vai conhecer a história de Ana Fontes, que começou dividindo suas experiências em um blog e hoje lidera uma rede que estimula o protagonismo feminino no mundo empresarial.

“Sinto que tenho que batalhar mais do que os homens, porque a quantidade de obstáculos é maior para as mulheres”, afirma.

Ana começou a empreender em 2008, cansada do trabalho formal em uma multinacional. Em sociedade com dois amigos, criou uma plataforma de recomendações positivas na internet. Segundo ela, foi um momento de muitos erros. A virada de chave aconteceu quando foi selecionada em um programa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) que capacitava mulheres com pequenos negócios sem recursos financeiros. Ana foi uma das 35 selecionadas entre mais de mil inscritas. Leia mais sobre essa história a inspiradora.

Nas paradas de sucesso 🎶

Rapper 24kGoldn — Foto: DivulgaçãoRapper 24kGoldn — Foto: Divulgação

O rapper 24kGoldn emplacou “Mood”, música sobre deixar mau humor de lado e viver de um jeito mais leve, no topo das paradas da Billboard e do Spotify. Só na revista americana foram oito semanas não-consecutivas no #1 desde outubro de 2020. Isso faz com que a música seja a mais tocada nos Estados Unidos nos últimos seis meses.

A parceria do americano de 20 anos com Iann Dior, outro jovem artista promissor nascido em Porto Rico, foi escrita e gravada na mesma tarde em que se encontraram para jogar “Call of Duty”, game de guerra, tiro e ação, no começo da pandemia. Ao G1, 24kGoldn fala do 1º álbum e do impacto ao ver astros do rap morrerem jovens: ‘Estar no topo requer equilíbrio’. Veja a entrevista

Fonte: G1

Deixe uma resposta