PRIMEIRAS NOTÍCIAS DO DIA 07 DE JULHO DE 2020 POR G1

Por G1

 

Bolsonaro com febre e dores no corpo aguarda resultado de teste para Covid-19, doença que já matou mais de 65.500 pessoas no Brasil. O presidente vetou a prorrogação até 2021 da desoneração da folha de pagamento, medida que beneficia 17 setores da economia nesta pandemia. O Assunto debate o descaso de clientes na reabertura dos bares no Rio. A história de alguns dos centenários que se recuperaram do ataque do vírus. Três a cada quatro candidatos do Enem em 2019 não têm acesso à internet. E mais um ‘livro-bomba’ sai do forno para atormentar Donald Trump.

Bolsonaro aguarda exame

Jair Bolsonaro aguarda o resultado de exame para detecção da Covid-19. Ele saiu do Palácio do Planalto com febre e dores no corpo. De acordo com a colunista Cristiana Lôbo, da GloboNews, o presidente fez os exames no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, e cancelou os compromissos da manhã desta terça-feira.

Veto presidencial

O presidente Jair Bolsonaro sancionou com vetos a MP que permite a redução da jornada de trabalho e do salário em razão da pandemia do novo coronavírus. Entre os pontos vetados, está a prorrogação até 2021 da folha de pagamento de empresas de 17 setores da economia. A prorrogação foi incluída no texto pelo Congresso, que ainda pode derrubar ou manter o veto presidencial.

O Assunto

Bares lotados virou descaso na saída da quarentena. Para debater o assunto, Renata Lo Prete conversa com o psiquiatra Arthur Danila, coordenador do Programa de Mudança de Hábito e Estilo de Vida do Instituto de Psiquiatria da USP, e com o repórter do Fantástico Murilo Salviano, que relata o que a equipe de jornalismo viu na noite carioca no último fim de semana.

Auxílio Emergencial

A Caixa Econômica Federal libera a partir desta terça-feira os saques e transferências da primeira parcela do Auxílio Emergencial para os aprovados inscritos no aplicativo e site dentro do terceiro lote, e que aniversariam em fevereiro – um total de 400 mil trabalhadores.

Mais de 65 mil mortos

O Brasil teve 656 mortes registradas por conta do novo coronavírus em 24 horas e tem mais de 1,6 milhão de casos confirmados. São 65.556 mortes provocadas pela Covid-19 no país no total.

Centenários no Rio

Alberto Appy, de 101 anos, celebra a cura da Covid-19 no Rio — Foto: Arquivo pessoalAlberto Appy, de 101 anos, celebra a cura da Covid-19 no Rio 

Cinco pacientes com mais de 100 anos se curaram da Covid-19 em unidades de saúde do Rio de Janeiro. Eles fazem parte da lista de recuperados da doença que chegou a 101.554 ontem. Conheça algumas dessas história.

Enem

Entre os mais de cinco milhões de inscritos na edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cerca de 3.954.805 – 77,6% ou três a cada quatro candidatos – disseram não ter acesso à internet, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Sisu

O Ministério da Educação (MEC) abre o período de inscrição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O estudante interessado em concorrer a uma vaga nas universidades federais têm até sexta-feira, às 23h59, para se candidatar.

‘Libro-bomba’

A capa de ‘Demais e Nunca o Suficiente: Como Minha Família Criou o Homem Mais Perigoso do Mundo’ e sua autora, Mary L. Trump, sobrinha do presidente Donald Trump — Foto: Simon & Schuster/Peter Serling/Simon & Schuster via APA capa de ‘Demais e Nunca o Suficiente: Como Minha Família Criou o Homem Mais Perigoso do Mundo’ e sua autora, Mary L. Trump, sobrinha do presidente Donald Trump

Tudo que o presidente Donald Trump não precisava agora era de outro livro com potencial destrutivo para balançar ainda mais os alicerces de sua campanha para manter-se por mais quatro anos na Casa Branca. O novo petardo vem da sobrinha, Mary, que não apenas assegurou na Justiça o direito de publicação como antecipou duas semanas o lançamento. Leia no blog da Sandra Cohen.

‘Desafios’ no TikTok

Entenda como a estética dos ‘desafios’ no TikTok está mudando a forma de fazer música no Brasil. Batidas combinam com movimentos dos vídeos, coreografias passaram a ter mais passos com os braços… e mais. Após virais nacionais e estrangeiros, veja como nasce um hit na plataforma.

Deixe uma resposta