Blog do Saber, Cultura e Conhecimento!
PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

INTERNACIONAIS

Mercado acionário europeu perde US$474 bi por alto nervosismo com coronavírus

Uma série de casos de coronavírus fora da China eliminou cerca de 474 bilhões de dólares dos mercados acionários europeus nesta segunda-feira, com os investidores reavaliando o provável impacto do surto.

Uma queda de 5,4% levou as ações de Milão a registrarem o pior dia desde meados de 2016, uma vez que a Itália informou o maior aumento do vírus na Europa com ao menos seis mortes e mais de 200 infecções, o que deverá prejudicar ainda mais a economia do país.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 3,76%, a 1.605 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 3,79%, a 412 pontos, registrando a maior queda percentual intradia desde que o Reino Unido votou para sair da União Europeia em junho de 2016.

Um aumento no número de infecções na Coreia do Sul e no Irã levou a movimentos generalizados de saída de ações e busca de ativos seguros.

“Hoje significa que os mercados não esperavam que isso se tornasse uma grande questão fora da China”, disse Craig Erlam, analista sênior de mercado da Oanda.

“Os investidores vão ficar muito mais sensíveis agora.” As empresas aéreas ficaram entre os piores desempenhos no STOXX 600, com EasyJet, Ryanair, Air France e Lufthansa caindo entre 7,4% e 12,6%.

O índice de viagem e lazer da Europa despencou 6% e foi o setor regional com maior fraqueza.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 3,34%, a 7.156 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 4,01%, a 13.035 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 3,95%, a 5.791 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 5,43%, a 23.427 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 4,07%, a 9.483 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 3,53%, a 5.197 pontos.

UOL

 

NACIONAIS

VERSÃO PAZ E AMOR: Bolsonaro estabelece contato direto com líderes e ‘azeita’ relação com o Congresso

Passado o Carnaval, o ano político marca nova atitude do presidente Jair Bolsonaro, “azeitando” a articulação política com o Congresso. Ele inclusive já conversou com a maior parte dos líderes de partidos que em geral revelam tendência de votar em favor das teses do governo, como Arthur Lira (PP-AL). Os líderes já consideram melhor que a dos presidentes anteriores a parte “mecânica” de liberação de recursos. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A interlocução direta do presidente com os líderes pode dar mais trabalho, mas o livra da “chantagem” de certos figurões do Congresso. A nova atitude de Bolsonaro foi antecipada pelo ministro Paulo Guedes (Economia), ao explicar que há recursos para atender a tudo e a todos.

A ordem do presidente é facilitar ao máximo a liberação de verbas para estados e municípios, inclusive atribuindo paternidade a parlamentares. Deputados e senadores batalham recursos federais para os estados, mas os governadores se apropriam das obras e as “vendem” como deles.

Comments

No Ceará, PMs relacionam o motim atual ao de 2011

Com uma lista de reivindicações de 17 itens em que o primeiro, escrito com letras maiúsculas, é “anistia”, os policiais militares amotinados em Fortaleza, Ceará, se concentram na sede do 18º Batalhão da corporação, no bairro Antônio Bezerra. No entroncamento de três ruas, há viaturas policiais com pneus esvaziados, o que impede a aproximação de carros. Dentro do batalhão, os porta-vozes do movimento são cabos e sargentos com até 10 anos de vida militar, que participaram de um motim parecido em 2011 e que dizem se sentir traídos por considerar que acordos firmados naquela ocasião não foram cumpridos. As informações são do Estadão.

Com seis dias de motim completados ontem, os batalhões têm PMs na dúvida se devem deixar os rostos cobertos ou não, dada a associação das balaclavas com criminosos e as cenas de mascarados dirigindo viaturas e mandando fechar o comércio de Sobral, no interior do Estado, na última quarta-feira, quando o senador licenciado Cid Gomes (PDT) foi baleado ao avançar com um trator contra os amotinados.

Comments
Comments

Plano de saúde coletivo não pode ser cancelado durante tratamento

Foto: Agência Brasil

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu que as operadoras de plano de saúde coletivo não podem romper o contrato de prestação dos serviços durante o tratamento médico. Pela decisão, a cobertura deve valer enquanto os beneficiários estiverem internados ou em tratamento e só pode terminar após a alta médica.

O caso julgado pelo STJ envolveu uma operadora de plano de saúde que cancelou unilateralmente o plano coletivo de 203 funcionários de uma transportadora, que recorreu à Justiça para manter a continuidade da cobertura.

Apesar de garantir a cobertura para quem está em tratamento, a Terceira Turma do tribunal entendeu que as operadoras podem cancelar o contrato por conta própria, no entanto, além de manter o tratamento, devem cumprir a vigência de 12 meses e notificar os trabalhadores com antecedência mínima de 60 dias. O julgamento ocorreu em outubro do ano passado, mas o acórdão, que é a decisão final, foi divulgada nesta semana pelo STJ.

Durante o julgamento, prevaleceu o voto do relator, ministro Marco Aurélio Bellizze. Para o ministro, embora a Lei dos Planos de Saúde (Lei 9.656/1998) proíba a suspensão ou rescisão somente de planos individuais, o direito à saúde beneficiário se sobrepõem a cláusulas contratuais também nos contratos coletivos.

Agência Brasil

Comments

Bolsonaro passeia de moto no Guarujá

 

Foto: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro, que passa o feriado de carnaval no Guarujá, litoral paulista, andou pelas ruas da cidade pilotando uma moto. Ele foi seguido por seguranças motorizados e circulou pela orla da cidade até parar em uma padaria, onde conversou com populares e aproveitou para comer pão de queijo e beber refrigerante. O passeio foi transmitido ao vivo em vídeos publicados na página oficial do presidente no Facebook.

A previsão é que Bolsonaro descanse no Guarujá até a quinta-feira (27), hospedado no Forte dos Andradas. Ele está acompanhado da filha Laura. A primeira-dama, Michelle, permaneceu em Brasília com familiares. O horário de retorno à capital federal ainda não foi informado pela assessoria presidencial.

O forte é sede da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea do Exército. O mesmo local foi utilizado pelo presidente durante o recesso de janeiro, e em outras ocasiões no ano passado, também para períodos de descanso. A unidade militar dá acesso a uma praia exclusiva.

No sábado (22), o presidente também andou pela cidade paulista, visitando estabelecimentos comerciais e cumprimentando apoiadores nas ruas.

Agência Brasil

Comments

Novo coronavírus: Brasil amplia alerta para 16 países

Foto: O Antagonista

Em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira, o Ministério da Saúde anunciou a ampliação do alerta do governo brasileiro em relação a países afetados pelo novo coronavírus.

A lista agora é composta por 16 países. Pessoas com histórico de viagem para algum deles e que apresentem sintomas da Covid-19 — doença causada pelo novo coronavírus — serão tratadas como casos suspeitos de infecção.

Segundo o ministério, entraram na lista Austrália, Filipinas, Malásia, Itália, Alemanha, França, Irã e Emirados Árabes. Já faziam parte dela, além da China, Japão, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Singapura, Vietnã, Tailândia e Camboja.

Ainda de acordo com o governo brasileiro, o país tem quatro casos suspeitos da doença — três em São Paulo e um no Rio de Janeiro. Já foram descartadas 53 suspeitas.

O Antagonista

Comments

FGTS: 36 milhões de trabalhadores não fizeram o saque imediato

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Cerca de 36 milhões de trabalhadores, de um total de 96 milhões com direito ao benefício, não retiraram o dinheiro liberado pelo FGTS para o saque imediato. Essa modalidade liberou até R$ 998 por conta ativa ou inativa no ano passado. Mas quem ainda não sacou poderá fazê-lo até 31 de março.

Um total de R$ 15 bilhões estão parados nas contas, o que equivale a cerca de 35% dos R$ 42,6 bilhões inicialmente previstos para serem liberados.

Mas o ministério acredita que muitos trabalhadores deixaram de pegar o recurso por achar que estarão optando automaticamente pelo saque-aniversário. Essa modalidade é direrente do saque imediato, que só vigorou no ano passado.

Já o saque-aniversário vai permitir, a partir deste ano, a retirada de parte do saldo da conta do FGTS no mês do aniversário todos os anos, em alternativa à sistemática de saque por rescisão do contrato de trabalho sem justa causa.

Essa opção não é automática. O trabalhador deve se cadastrar nos seguintes canais: app FGTS, fgts.caixa.gov.br, internet banking Caixa ou agências.

R7

Comments

Moro diz que ‘não há uma situação de absoluta desordem nas ruas’ do Ceará; 147 morreram em 5 dias

Foto: Thiago Gadelha

O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou nesta segunda-feira (24) que, apesar de o Ceará ter registrado um aumento nos crimes violentos, “não há uma situação de absoluta desordem nas ruas”. Moro participou de uma reunião para acompanhar a operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Ceará, junto com o governador Camilo Santana e os ministros da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e da Advocacia-Geral da União, André Luiz Mendonça.

Segundo o ministro da Justiça, a situação no estado “está sob controle”, mesmo com o crescente índice de assassinatos no Ceará. Moro disse ainda que as Forças Armadas estão no Ceará temporariamente, até que a paralisação de parte da Polícia Militar seja resolvida.

Durante a paralisação da PM, houve um aumento no número de mortes violentas no estado. Entre quarta-feira (19) e domingo (23), 147 homicídios foram registrados no estado pela Secretaria da Segurança Pública (SSPDS). Com mais de 70 mortes somadas, a sexta-feira e o sábado foram os dois dias mais violentos do estado desde 2012, ano da última paralisação de PMs no Ceará.

G1

LOCAIS

VÍDEO: Chove forte neste momento em Caicó

Carnaval com chuvas forte neste momento em Caicó. O BLOG DO BG  recebeu vídeo de como está a cidade neste momento.

Repatriado de Wuhan desembarca em Natal e reencontra família após quarentena por coronavírus: ‘Sensação de alívio’

Foto: Bruno Vital/G1

Em matéria o Portal G1 RN/Intertv Cabugi , mostrou o piloto comercial Mauro Hart, de 59 anos, em sua chegada a Natal na tarde desta segunda-feira (24), depois de passar um mês em quarentena para avaliar uma possível contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19). O gaúcho que tem residência em Natal estava em Wuhan, cidade considerada o epicentro da doença.

Hart, que já trabalhou na Força Aérea Brasileira, passou 15 dias confinado com outros brasileiros na província chinesa antes de chegar ao Brasil em 9 de fevereiro, onde ficou por mais 15 dias isolado em Anápolis, Goiás. Ele chegou à capital potiguar por volta das 12h e teve uma recepção de celebridade. Familiares e amigos aguardavam o piloto desde as primeiras horas da manhã. Em Natal, Mauro vive com a esposa e três filhos.

“É uma sensação de alívio encontrar minha família aqui reunida depois de tudo isso. Tive a sensação de que iria ficar preso lá, mas com muita calma e experiência, que adquiri na minha carreira, consegui tranquilizar a minha mente. Depois que chegamos ao Brasil tudo foi mais tranquilo. Passamos por três exames e nenhum sintoma foi encontrado. Agora o pior já passou”, disse o piloto da China Eastern Airlines ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Natal.

Leia a matéria completa aqui

Fonte: Blog do BG

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Carrinho