PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA PRÉ-CARNAVALESCA

Por G1

21/02/2020 04h01  Atualizado há uma hora


motim de policiais militares do Ceará não terminou. Bolsonaro chama a crise na segurança do estado de “guerra urbana” e diz que o “bicho vai pegar” com o envio das Forças Armadas. Perito particular diz que não há sinais de tortura no corpo do miliciano morto por policiais. Grevistas, Petrobras e ministro do TST se reúnem para negociar o fim definitivo da greve dos petroleiros. E chegou a hora da folia: entre no ritmo do carnaval com Marcelo Adnet no podcast O Assunto, e não perca ao vivo no G1 a festa em SP, no Rio, Salvador e Recife. Informe-se e divirta-se!

NACIONAIS

Policiais amotinados

Carros da polícia amanheceram no meio da rua em frente ao 18º Batalhão, no Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza — Foto: Leabem Monteiro / SVM

Carros da polícia amanheceram no meio da rua em frente ao 18º Batalhão, no Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza — Foto: Leabem Monteiro / SVM

Uma reunião entre representantes dos policiais, do governo do Ceará e comissão de senadores fracassou ontem à noite. Os policiais militares ouviram uma proposta, mas decidiram manter o motim no estado. A categoria se diz insatisfeita com a proposta de reajuste salarial apresentada pelo governo local.

‘O bicho vai pegar’… no Ceará

Bolsonaro autoriza atuação das Forças Armadas no Ceará para reforçar segurança

Bolsonaro autoriza atuação das Forças Armadas no Ceará para reforçar segurança

Petroleiros

Petroleiros suspendem greve para negociar com Petrobras

Petroleiros suspendem greve para negociar com Petrobras

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) disse que os trabalhadores do Sistema Petrobras decidiram suspender temporariamente a greve que já durava 20 dias. Os petroleiros se reúnem hoje em Brasília, em uma reunião de conciliação mediada pelo ministro Ives Gandra, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), para encerrar definitivamente a greve da categoria.

Miliciano morto

Corpo do miliciano Adriano da Nóbrega passa por nova perícia no Rio

Corpo do miliciano Adriano da Nóbrega passa por nova perícia no Rio

Carnaval 2020: chegou a hora!

Ao vivo

O G1 vai transmitir os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Belo Horizonte, além da folia dos blocos em Pernambuco, na Bahia e em Minas Gerais. Cinco programas especiais também vão abrilhantar a cobertura da folia. Confira a programação e clique nos links para acompanhar a cobertura AO VIVO.

O Assunto: O carnaval de Marcelo Adnet

Marcelo Adnet vai estrear na passarela. Renata Lo Prete conversa com o humorista, que este ano é autor do samba-enredo de duas escolas do Rio: a São Clemente, do Grupo Especial, e a pequena Botafogo Samba Clube. Ele fala da experiência, da expectativa pelo desfile na Sapucaí – do qual participará – e ainda dá uma palhinha dos dois sambas. Ouça:

Desfile das escolas de samba de São Paulo

Ingressos para os desfiles das escolas de samba ainda estão disponíveis

Ingressos para os desfiles das escolas de samba ainda estão disponíveis

Blocos em SP

 — Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

— Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

O carnaval oficial de São Paulo começa nesta sexta-feira e a cidade irá receber centenas de blocos em todas as regiões. Alguns megablocos já são tradição na capital paulista e prometem arrastar multidões nos próximos dias, como o Tarado Ni Você, o Minhoqueens, o Agrada Gregos e o Domingo Ela Não Vai.

E mais:

  • Dois milhões de veículos devem deixar a cidade de São Paulo durante o carnaval

Desfile das escolas de samba do Rio

Renascer é uma das escolas que vão desfilar hoje no Rio — Foto: Alexandre Durão / G1

Renascer é uma das escolas que vão desfilar hoje no Rio — Foto: Alexandre Durão / G1

Sete escolas de samba da Série A abrem nesta sexta-feira, às 22h30, o primeiro dos dois dias de desfiles do grupo, no Sambódromo, no Centro do Rio. A disputa entre as 14 agremiações se estende pelo sábado, quando mais sete escolas se apresentam. A campeã sobe para o Grupo Especial. Veja a ordem dos desfiles desta sexta-feira.

Criatividade em tempos de crise

Na São Clemente, o ovo de codorna gigante de 2019 virou melancia e foram usados caixotes de feira na decoração da alegoria — Foto: Alba Valéria Mendonça / G1

Na São Clemente, o ovo de codorna gigante de 2019 virou melancia e foram usados caixotes de feira na decoração da alegoria — Foto: Alba Valéria Mendonça / G1

Em tempos de crise, carnavalescos do Rio usam criatividade com material alternativo em fantasias e alegorias. Pela Sapucaí vão desfilar materiais baratos como bucha vegetal e bandejinhas de plástico. Até coisas encontradas no lixo, como garrafas PET e caixotes viram adereços nas grandes escolas.

Blocos no Rio

Bloco das Carmelitas, em Santa Teresa — Foto: Fernando Maia / Riotur

Bloco das Carmelitas, em Santa Teresa — Foto: Fernando Maia / Riotur

De olho no penteado

O penteado feito pela cabeleireira Rafaella Rodrigues é recomendável para quem quer um penteado mais arrumado — Foto: Divulgação / Walter's Coiffeur

O penteado feito pela cabeleireira Rafaella Rodrigues é recomendável para quem quer um penteado mais arrumado — Foto: Divulgação / Walter’s Coiffeur

Rápidos e práticos, penteados podem ser fundamentais para compor fantasias e até para fugir do calor nas multidões dos blocos. Cabeleireiros de redes de salões do Rio deram dicas sobre o visual, além do passo a passo para fazer cada um deles.

Quitéria Chagas

Quitéria Chagas posa para ensaio exclusivo do G1 — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Quitéria Chagas posa para ensaio exclusivo do G1 — Foto: Marcos Serra Lima/G1

O ano de 2020 é de despedida para Quitéria Chagas. Aos 39 anos, a rainha de bateria do Império Serrano coloca um ponto final na sua trajetória dentro do carnaval do Rio. Em uma mistura de nostalgia e realização, Quitéria faz um balanço de uma história que durou 20 anos.

“Dever cumprido”, diz a musa.

Tempo no Carnaval

Veja a previsão do tempo para a sexta-feira (21)

Veja a previsão do tempo para a sexta-feira (21)

As capitais de São Paulo e do Rio de Janeiro terão um final de semana de carnaval com risco de chuva, de acordo com o Climatempo e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A partir da segunda-feira (24), o tempo deve estabilizar nestas regiões, enquanto no Nordeste a chuva deverá ser isolada, mas em diferentes momentos do dia. Veja previsão para outras regiões do Brasil.

  • Empresa ‘bombardeia’ nuvens com água para barrar chuvas em São Paulo durante o carnaval

Carnaval na Bahia

Sexta-feira de carnaval 2020 em Salvador — Foto: Arte/G1 BA

Sexta-feira de carnaval 2020 em Salvador — Foto: Arte/G1 BA

Após o primeiro dia oficial do carnaval de Salvador, com a maior parte da programação composta por trios sem cordas, os foliões chegam no segundo dia de festa. Nesta sexta-feira, a cantora Anitta comanda a folia pelo quinto ano seguido, no circuito Barra/Ondina. Mas também puxam a folia também Claudia Leitte, Saulo, Tomate, Igor Nannario e Daniela Mercury.

E mais:

  • Bancos ficarão fechados durante o carnaval; reabertura é na quarta-feira de Cinzas
  • Intercâmbio de carnaval: foliões trocam de cidade para curtir a festa e comparam experiências
  • Está tomando remédio e vai consumir álcool no carnaval? Veja possíveis efeitos da mistura
  • Glitter ecológico: aprenda a fazer em casa

Zé do Caixão

Zé do Caixão em retrato de 2002 — Foto: Luciana Cavalcanti /Folhapress

Zé do Caixão em retrato de 2002 — Foto: Luciana Cavalcanti /Folhapress

O corpo de Zé do Caixão será enterrado no Cemitério São Paulo, às 12h desta sexta-feira. O ator e cineasta morreu na quarta-feira (19).

Curtas e Rápidas:

  • Legislativas no Irã: eleição deve reforçar poder dos aiatolás ultraconservadores
  • IR 2020: Não pula carnaval? Aproveite para preparar a declaração
  • G1 comenta: ‘Luta por justiça’, ‘O chamado da floresta’ e ‘Dolittle’ entram em cartaz
  • Blog do Altieres Hohr: Vírus na webcam: pesquisa alerta para falhas que podem transformar periféricos em portas para hackers

Hoje é dia de…

  • Data Festiva do Exército
  • Dia Nacional do Imigrante Italiano

Fonte: G1

 

Por Blog do BG

PF prende dono da Telexfree

Resultado de imagem para Carlos Natanael Wanzeler

A Polícia Federal comunicou ao Supremo que prendeu ontem Carlos Natanael Wanzeler, alvo de milhares de ações no Brasil pelo esquema de pirâmide financeira da Telexfree.

Ele deverá ser extraditado para os Estados Unidos, uma vez que tem nacionalidade americana e perdeu a brasileira.

O empresário foi preso em Búzios.

O ANTAGONISTA

Comments

VAI FAZER 6 ANOS QUE INICIOU: Prefeitura deve entregar macrodrenagem apenas em dezembro

O secretário municipal de Obras, Tomaz Neto, informou ao AGORA/RN que a obra de macrodrenagem, imprescindível para a cidade, principalmente no período de chuvas, deve ser concluída apenas em dezembro deste ano.

O secretário informou que a capital possui 165 pontos de alagamento. Para amenizar a situação, a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) pretende entregar em dezembro o Túnel de Macrodrenagem Arena das Dunas, que vai começar a drenar o índice pluviométrico na Lagoa de Captação do Centro Administrativo, na Zona Sul de Natal, e terminar no Rio Potengi. “Nosso objetivo com esta obra éreduzir 33 pontos de alagamentos que existem na cidade”, revela.

A obra iniciada em 2014,  e até o momento a Prefeitura não conseguiu entregar, apesar de algumas previsões que não se concretizaram.

Com informações do AGORA RN

 

Ministros respaldam crítica de General Heleno ao Congresso

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno Ribeiro, não está sozinho em suas críticas ao Congresso. A acusação de que os parlamentares fazem “chantagem” com o governo ganhou respaldo de outros ministros. Ao pedir ao presidente Jair Bolsonaro para convocar “o povo às ruas” contra o acordo do Orçamento impositivo, Heleno também insuflou a ala ideológica do Planalto e movimentos bolsonaristas, que voltaram a subir o tom nas redes sociais contra o Legislativo.

O  Estado apurou que na reunião da última terça-feira, no Palácio da Alvorada, quando Heleno expôs seu descontentamento, os ministros Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) e Abraham Weintraub (Educação) endossaram a posição do general. Participantes do encontro relataram que o acerto fechado pelo ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, com os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), foi criticado abertamente durante a reunião.

Nas redes sociais, pouco depois da divulgação das declarações de Augusto Heleno, grupos bolsonaristas começaram a convocar uma manifestação contra o Congresso para o dia 15 de março. As hashtags #SomosTodosHeleno e #SomosTodosBolsonaro apareceram entre os assuntos mais comentados no Twitter desde a eclosão da nova crise envolvendo o Executivo e o Legislativo, anteontem.

Os filhos do presidente ajudaram a engrossar o coro contra o Congresso. O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) reforçou a hashtag #SomosTodosBolsonaro, enquanto o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) disse que, em governos anteriores, Executivo e Legislativo tinham “relações promíscuas”.

“Ninguém viu a democracia ameaçada quando os poderes Executivo e Legislativo mantinham uma relação promíscua durante todos os anos anteriores ao governo Jair Bolsonaro, que resultaram no mais catastrófico escândalo de corrupção de nossa história”, escreveu Carlos.

A publicação do filho 02 de Bolsonaro foi uma reação às manifestações dos presidentes das duas Casas sobre as críticas de Heleno. Maia disse que o ministro do GSI, um dos principais auxiliares de Bolsonaro, virou “um radical ideológico”. Alcolumbre afirmou em nota que “nenhum ataque à democracia será tolerado pelo Parlamento.”

‘Democracia’. Apesar de irritado com o acordo com o Congresso sobre o Orçamento, Bolsonaro pediu calma aos envolvidos na crise. Em meio aos atritos entre Executivo e Legislativo, o presidente postou nas redes sociais que “a democracia nunca esteve tão forte”.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

PLANO DE SAÚDE: Amil exclui de convênio dependentes acima de 25 anos

Titulares de planos de saúde individuais da Amil têm recebido uma carta da operadora informando que os dependentes acima de 25 anos serão excluídos do convênio.

A alegação da empresa é de que eles ultrapassaram a idade limite para permanecerem como dependentes. Os casos são referentes a contratos antigos e que não são mais comercializados.

Embora haja previsão em contrato para a exclusão dos dependentes acima de 25 anos, a Justiça tem entendido que os usuários devem permanecer como beneficiários.

Um titular de plano com três filhos incluídos como dependentes recebeu a notificação da operadora. Na carta, a Amil estipulou um prazo de 60 dias até o cancelamento do plano de todos os dependentes acima dos 25 anos.

A dependente mais antiga no plano, no entanto, tem 40 anos, ou seja, há 15 anos ultrapassou a idade limite e não foi excluída do convênio.

A família ajuizou uma ação contra a operadora, e o juiz Carlos Eduardo Prataviera, da 10ª Vara Cível de São Paulo, concedeu uma liminar determinando a manutenção dos dependentes no plano, com as mesmas condições do titular.

O magistrado alegou que a permanência após a idade limite gerou nos dependentes acima de 25 anos a expectativa de que jamais seriam excluídos e de que a cláusula do contrato relacionada à idade limite não seria aplicada.

Em outra decisão, também em caráter liminar, a juíza Clarissa Rodrigues Alves, da 14ª Vara Cível, ressaltou o tempo em que os beneficiários estiveram com contrato em vigor:

“Independentemente de existir cláusula contratual de que a permanência do dependente teria como idade limite 25 anos, não pode a ré, passados 13 anos do prazo estipulado, querer exigir direito sob o qual, em função da conduta por ela adotada, criou-se legítima expectativa de não mais existir”, escreveu a juíza na decisão.

De acordo com a advogada Tatiana Kota, especializada em Direito à Saúde do escritório Vilhena Silva Advogados, os consumidores começaram a receber o comunicado no fim do mês de janeiro. No escritório, a cada semana, cerca de dez clientes que receberam a notificação buscam orientações.

Ela lembra que a Amil não comercializa mais os planos individuais, e os dependentes excluídos precisam buscar no mercado modalidades coletivas por adesão ou empresariais.

O GLOBO

Comments

São Paulo cresce mais do que o Brasil; o Nordeste, bem menos

A economia paulista cresceu 2,75% em 2019, segundo contas feitas com dados do Banco Central. O Nordeste cresceu um quarto disso. O Brasil, 0,89% (1,1%, na mediana da projeção “do mercado”).

São apenas estimativas, que nos últimos anos não têm ficado longe dos resultados do IBGE para o crescimento do PIB, no entanto. Nas contas do Seade, o “IBGE paulista”, São Paulo teria crescido 2,5% nos 12 meses contados até novembro.

A recessão em São Paulo começou antes. O estado começou a afundar no vermelho em 2014 (quando o Brasil ainda cresceria o quase nada de 0,5%). A recessão foi mais profunda. A economia encolheu 8,2% entre 2014 e 2016, ante 6,2% de queda no Brasil; a baixa foi maior do que a de qualquer grande região.

Desde 2018, São Paulo anda mais rápido, em particular pela aceleração do setor de serviços. A média nacional é mais lerda por causa do Nordeste e de resultados ruins ou fracos de grandes economias com governos em crise fiscal feia como a de Minas Gerais (também prejudicada pelo desastre de Brumadinho) e a do Rio de Janeiro, que se recuperou um pouco por causa do petróleo.

O Nordeste cresce menos do que a média nacional, a julgar pelas estimativas do PIB regional, sempre sujeitas a muitas revisões, embora os números já oficiais de rendimentos do trabalho, da indústria e do comércio evidenciem a fraqueza.

A região não se recuperou do fim do ciclo de obras dos anos petistas, algumas delas de resto desastrosas (como a refinaria Abreu e Lima). Meia dúzia de anos de seca até 2018, colapso de preços e produção de petróleo e da quimérica indústria naval deixaram sequelas.

Mais recentemente, a indústria nordestina tem apanhado muito mais que a do restante do país. Foi muito prejudicada pela baixa da produção de veículos, arrastada pela crise argentina, pela retração na petroquímica e na celulose.

O desemprego é cronicamente mais alto na região, mas a oferta de trabalho se recupera de modo ainda mais lento do que a lerdeza desesperadora do país inteiro. A limitação do crescimento de benefícios sociais (contidos ainda pelos reajustes quase nulos do salário mínimo) deve também ter tido impacto na região.

No conjunto do Brasil, a virada do ano ainda é uma incógnita com cheiro de queimado. Os dados de comércio, indústria e serviços para o trimestre final de 2019 foram frustrantes, ainda mais para quem fazia festinha na praça financeira. No entanto, os dados das contas nacionais, do PIB, do IBGE têm informações mais completas –saem daqui a duas semanas. Logo, é prematuro decretar o fracasso do final de 2019.

Tampouco haverá sucesso. A expectativa mais razoável e menos deprimida ainda é a de continuidade do ritmo de crescimento que vem desde a metade do ano passado. Mantido esse passo até o final deste 2020, o país terá crescido um tico mais de 2%. É pouco, mas seria o primeiro ano com algum avanço do PIB per capita.

Os dados mais recentes para este ano, vagos e precários, indicam que a confiança da indústria continuou a crescer, assim como a intenção de consumo das famílias. Por ora, não dá para dizer que haverá frustração grande de expectativa, como vimos no vexame do início de 2019.

Afora a possibilidade de catatonia estrutural da economia brasileira, os riscos maiores são a baderna política promovida pelo governo e a doença do novo coronavírus, um bicho ainda mal conhecido, mas que terá algum impacto também no Brasil.

Vinicius Torres Freire

Jornalista, foi secretário de Redação da Folha. É mestre em administração pública pela Universidade Harvard (EUA).

FOLHA

 

Toque de recolher no Ceará foi imaturidade, diz lider de motim

Grupo de homens encapuzados em carros da Polícia Militar ordenou que comerciantes do centro de Sobral, no Ceará, baixassem as portas na tarde desta quarta-feira (19) – TV Globo/Reproducao 

Pelo menos cem manifestantes, entre policiais militares e familiares, estiveram no 3º Batalhão da Polícia Militar de Sobral (CE) de terça-feira (18) a quinta-feira (20). Foi lá que o senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado ao avançar sobre o portão dirigindo uma retroescavadeira.

Na tarde de quarta, pessoas encapuzadas em viaturas da PM haviam rodado o centro da cidade ordenando que comerciantes fechassem as portas. O vereador Sargento Ailton (SD), que está entre as lideranças do motim da Polícia Militar no Ceará, disse que quatro policiais foram responsáveis pela ação.

“Foi um erro, imaturidade dos meninos. Eles disseram que pediram para que as portas fossem baixadas para evitar arrastões, já que não havia policiamento. Acharam também que fazendo isso as ruas ficariam vazias e poderia facilitar que o governador Camilo Santana voltasse a negociar”, disse à Folha.

Ailton esteve com os policiais durante quase todo o tempo em que o quartel esteve tomado.

As duas viaturas utilizadas haviam sido deixadas no batalhão por PMs que haviam aderido à paralisação naquele momento. Os agentes que saíram nos veículos não teriam sido vistos pelos demais.

O governo investiga quem foram os autores da ação. O departamento de homicídios, por sua vez, apura quem atirou em Cid Gomes, alvejado duas vezes.

 

Petroleiros da Petrobras suspendem greve

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Os petroleiros da Petrobras decidiram hoje (20) suspender a greve da categoria. O anúncio foi feito pela Federação Única dos Petroleiros (FUP), que representa 13 sindicatos da categoria no país. Está marcada para esta sexta-feira (21), uma audiência entre representantes da categoria e da Petrobras com o ministro Ives Gandra, do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Os petroleiros estavam em greve desde 1º de fevereiro, contra as demissões previstas na Araucária Nitrogenados (Ansa/Fafen-PR), que pertence à Petrobras. Segundo a Federação Única dos Petroleiros, mil empregos serão perdidos com o fechamento da fábrica de fertilizantes, decisão tomada pela Petrobras porque a unidade gera prejuízos e não despertou interesse de compradores.

A Petrobras informa que planeja 396 demissões e oferece acordos indenizatórios que incluem manter assistência médica e educacional por um período. De acordo com o presidente da estatal, Roberto Castello Branco, outras demissões podem ocorrer, ou não, já que se referem a empregados de empresas contratadas pela petrolífera. A FUP destaca que o acordo coletivo de trabalho prevê que demissões coletivas sejam discutidas previamente com o sindicato.

Em 20 dias de paralisação, a FUP afirma que a greve chegou a ao menos 121 unidades da Petrobras, entre elas 58 plataformas. Apesar disso, Castello Branco, disse hoje que “nenhuma gota” deixou de ser produzida, já que a empresa contratou equipes de contingência para manter as atividades.

A paralisação foi parar na Justiça, e decisões do Tribunal Superior do Trabalho e do Supremo Tribunal Federal determinaram que 90% dos profissionais continuassem em suas funções durante a greve. Nesta semana, o ministro do TST Ives Gandra Martins Filho declarou a greve ilegal por não ter cumprido decisões liminares.

Diante da abertura de uma mesa de negociação no TST, que terá início amanhã (21), a FUP indicou ontem (19) a suspensão provisória da greve.

Agência Brasil

Comments

Governadores articulam frente para se contrapor a Bolsonaro

Foto: Camila Souza

Depois do protagonismo do Congresso em grau poucas vezes visto, o isolamento do governo Jair Bolsonaro gerou outro fruto político inusual: a união da maioria dos governadores em um polo organizado de poder.

O grupo deixou de tratar só de temas tributários triviais, como a disputa sobre o ICMS dos combustíveis, e passou para a ação institucional.

O próximo alvo de atuação imediata é a área de segurança pública, na qual o incidente em que o senador Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado por policiais grevistas na quarta (19) foi visto com um alerta.

Fazem parte da turma 20 dos 27 governadores, justamente os signatários da carta desta segunda (17) em que criticavam Bolsonaro por ter associado um deles, Rui Costa (PT-BA), às circunstâncias nebulosas da morte do miliciano Adriano da Nóbrega. O ex-PM era ligado ao filho presidencial Flávio, sob investigação.

Esse colegiado não é integrado pelos três governadores do PSL, partido pelo qual o presidente se elegeu, e outros aliados como Ronaldo Caiado (DEM-GO).
Leia a matéria completa aqui

 

Folhapress

Comments

 

SERÁ POSSÍVEL? Homem detido por usar notas falsas, paga fiança com elas e é preso novamente em SC

Foto: Ilustrativa

Um homem de 23 anos foi preso na última quarta-feira, 19 de fevereiro, em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, sob acusação de ter pago fiança com notas falsas.

Ele havia sido preso em flagrante justamente por usar cédulas falsificadas para comprar alguns produtos no interior de um parque aquático da cidade.

Veja a notícia completa aqui.

Justiça Potiguar

 

LOCAIS

Professores do Estado rejeitam proposta do governo e cogitam greve

Os trabalhadores em educação da Rede Estadual de ensino disseram não à proposta do Governo para pagar o Piso Salarial de 2020. A deliberação ocorreu em assembleia na tarde desta quarta-feira (19), no Winston Churchill, que apesar da chuva recebeu muitos profissionais do magistério.

Apresentada ao SINTE/RN em audiência nessa terça (18), a proposta do Executivo para quitar a correção, que neste ano é no índice de 12,84%, prevê um parcelamento do pagamento do Piso em três vezes da seguinte forma: 4,28 % em maio de 2020, 4,28% em janeiro de 2021 e 4,28% em abril do ano que vem. O Governo não fala em retroativo.

A proposta foi prontamente rechaçada.  Uma nova assembleia foi agendada para 28 de fevereiro, já com indicativo de greve. Até lá se espera que o Estado apresente uma nova proposta. Do contrário, o movimento grevista poderá ser iniciado em 04 de março, momento em que a categoria vai se encontrar em nova assembleia.

Portal Grande Ponto

 

VAI FAZER 6 ANOS QUE INICIOU: Prefeitura deve entregar macrodrenagem apenas em dezembro

O secretário municipal de Obras, Tomaz Neto, informou ao AGORA/RN que a obra de macrodrenagem, imprescindível para a cidade, principalmente no período de chuvas, deve ser concluída apenas em dezembro deste ano.

O secretário informou que a capital possui 165 pontos de alagamento. Para amenizar a situação, a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) pretende entregar em dezembro o Túnel de Macrodrenagem Arena das Dunas, que vai começar a drenar o índice pluviométrico na Lagoa de Captação do Centro Administrativo, na Zona Sul de Natal, e terminar no Rio Potengi. “Nosso objetivo com esta obra é reduzir 33 pontos de alagamentos que existem na cidade”, revela.

A obra iniciada em 2014,  e até o momento a Prefeitura não conseguiu entregar, apesar de algumas previsões que não se concretizaram.

Com informações do AGORA RN

Comments

Minuta do Plano Diretor de Natal quer mudar área não edificante em Ponta Negra

A minuta da lei de revisão do Plano Diretor de Natal apresentada pela Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal (Semurb) nesta quinta-feira, 20, traz 224 artigos, sendo mais de 100 deles novos, e alguns sugerem alterações importantes nas diretrizes de urbanização da capital potiguar. É o caso da proposta do fim da atribuição de “área não edificante” do trecho que margeia a avenida Engenheiro Roberto Freire e o aumento no coeficiente de aproveitamento máximo dos terrenos em todos os bairros. A minuta foi entregue ao Conselho da Cidade de Natal (Concidade) que terá 10 dias úteis para retornar o texto à Semurb com as contribuições.

Segundo a minuta da lei disponibilizada de forma pública no site oficial do Plano Diretor, a área não edificante de Ponta Negra foi definida no Decreto nº 2.236, de 19 de julho de 1979, e compreende um total de 61 lotes de terrenos distribuídos por nove quadras à margem da avenida Engenheiro Roberto Freire. Até então, não poderia ser efetuada nenhum tipo de construção fixa e, na área, funcionavam apenas empreendimentos móveis, como estacionamentos e praças de food-trucks, por exemplo.

Na minuta, o parágrafo sexto do artigo 23 propõe que a área passe a obedecer às prescrições de áreas de uma Zona Especial de Interesse Turístico 1 (ZET–1), que possui regras próprias sobre as formas de construção. Caso aprovada, a medida proporcionará construções na região, desde que obedeçam pelo menos nove prescrições, que são as regras e requisitos para aquela área específica. Uma delas  impõe uma limitação de gabarito (altura do imóvel) de até um metro, tomando por referência a avenida Engenheiro Roberto Freire, que margeia a região. A limitação proporciona que a vista para a praia de Ponta Negra e o Morro do Careca não esteja prejudicada, afirma a Semurb.

Para continuar lendo click aqui: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/minuta-do-plano-diretor-de-natal-quer-mudar-a-rea-na-o-edificante-em-ponta-negra/472858

TRIBUNA DO NORTE

 

Maple Bear Natal apoia bloco de carnaval que valoriza manifestações da cultura popular

 

Foto: Divulgação

Nos últimos anos, o carnaval voltou a tomar conta das ruas de Natal com foliões fantasiados, shows de artistas locais e nacionais e diversos blocos. Apoiar essa manifestação significa manter viva uma tradição que valoriza a música, a dança e, sobretudo, a cultura e os costumes do povo brasileiro. É dentro desse contexto que a Maple Bear Natal apoia o Carnaval Multicultural de Natal, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura Djalma Maranhão.

A escola foi uma das apoiadoras do bloco carnavalesco “Se Parar eu Caio”, que saiu na última terça (19) em cortejo pelas ruas do bairro de Petrópolis. Sete grupos culturais participaram do desfile, que teve como destino o Clube de Radioamadores. Integraram o elenco os grupos de Boi de Reis Bom Pastoril, Pastoril do Bom Pastor, Boi de Reis do Mestre Manoel Marinheiro, Araruna, Cia Circo Ladrões do Sorriso, Cia All Hanna Dança do ventre e Trupe de Pernas pro Ar.

“Nosso apoio ao bloco se deu, principalmente, pela presença de grupos da cultura popular, como o Boi de Reis e a Araruna. São manifestações que os nossos estudantes veem nas salas de aula e que são importantes para manter viva a tradição do nosso povo. Apoiar um carnaval que valoriza a cultura converge para nossa posição enquanto instituição de educação”, disse Eduardo Bezerra, sócio-diretor da Maple Bear Natal.

Assessoria Maple Bear

Fonte: Blog do BG

 

Por Norton Rafael e Antônio Ricardo Araújo, Inter TV Cabugi

20/02/2020 17h22  Atualizado há 13 horas


Chuva Natal — Foto: Inmet emite novo alerta de chuva intensa com 'perigo potencial' em todos os municípios do RN

Chuva Natal — Foto: Inmet emite novo alerta de chuva intensa com ‘perigo potencial’ em todos os municípios do RN

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um novo alerta de chuvas intensas, com perigo potencial, em todos os municípios do Rio Grande do Norte. O Inmet já havia feito um primeiro alerta nesta quarta-feira (19), que agora foi renovado. O novo aviso é válido das 10h25 desta quinta (20) até as 10h da sexta (22).

De acordo com o Instituto, as chuvas terão entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia. Além disso, os ventos serão intensos, atingindo de 40 a 60 km/h.

Em caso de rajadas de vento, o Instituto Nacional de Meteorologia orientou que a população não se abrigue debaixo de árvores e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Outra recomendação é evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Média de chuva de fevereiro é superada em Natal

De acordo com a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), a média de chuva esperada para o mês de fevereiro inteiro em Natal já foi superada até esta quinta-feira (20). O esperado era de 100 a 110 milímetros e já foram contabilizados 121 milímetros.

O meteorologista Gilmar Bistrot afirma que a intensidade das chuvas deve diminuir nos próximos dias. Segundo ele, deve chover até a segunda-feira (24) na capital potiguar, porém não com o mesmo volume que tem sido registrado nos últimos dias.

Fonte: G1RN

 

Construção do viaduto do Gancho de Igapó começa em Natal; confira cronograma de interdições

Obras começaram nesta quinta-feira (20) e causaram mudanças no trânsito na Zona Norte da cidade

Por Redação – Publicado em 20/02/2020 às 18:36

José Aldenir/Agora RN

Obras no Complexo Viário do Gancho de Igapó, da Zona Norte de Natal

As obras no Complexo Viário do Gancho de Igapó, da Zona Norte de Natal, começaram quinta-feira (20), de acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Estado do Rio Grande do Norte (Dnit-RN).

As ruas Henrique Dias e Ponte Nova, agora, possuem sentido único (Sentido Natal Centro/Ceará-Mirim). As ruas Vivaldo Pereira e Santa Luzia passaram também a ter mão única. (Sentido Ceará-Mirim/Natal Centro).

Próximas interdições:

3 de março:
Fechamento dos retornos da avenida João Medeiros Filho (Estrada da Redinha)
Fechamento da alça do Golandim para a avenida Tomaz Landim

5 de março:
Interdição parcial da avenida Tomaz Landim

Obras

As obras no local têm previsão de dois anos de duração. Esta é a terceira e maior fase de obras do Complexo Viário do Gancho, de acordo com o Dnit. O viaduto será construído sobre a BR-101 e a BR-406.

Já na quarta etapa, será realizado um túnel que fará a ligação entre a avenida das Fronteiras, a RN-160 e a BR-101/Norte.

Fonte: Agora RN

Deixe uma resposta