PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEXTA-FEIRA

Por G1

28/02/2020 03h00  Atualizado há 56 segundos


Chefe da OMS no Brasil diz que não há motivo para pânico após chegada do coronavírus ao país. Até ontem, eram 132 casos suspeitos e 1 confirmado. Vence hoje o decreto que autoriza a presença das Forças Armadas no Ceará, e o governo federal estuda prorrogação por curto prazo. Bolsonaro dá nova versão sobre vídeo compartilhado por ele e diz que publicação é de 2015. Empresas têm até esta sexta para entregar comprovante de rendimentos para a declaração do IR. E duas apostas levam os R$ 211 milhões da Mega-Sena.

INTERNACIONAIS

Coronavírus tinge de vermelho as Bolsas latino-americanas pelo quarto dia consecutivo

O medo da epidemia dispara nos pregões regionais ao som das perdas generalizadas na Europa e nos Estados Unidos

 

O medo inicial do coronavírus por parte do mundo econômico se transformou em pavor e deu o salto definitivo para a América Latina. As principais Bolsas da região já acumularam quatro dias consecutivos de baixa ―cinco no caso do Brasil― pelo medo de que a epidemia atinja com força tanto a economia real quanto os resultados das empresas. Os números são expressivos: na quarta-feira, o pregão brasileiro recuou 7% depois da divulgação do primeiro caso no país e em toda a América Latina e continuou em queda na sessão desta quinta-feira, quando fechou com queda de 2,59%. Além disso, o dólar fechou a 4,47 reais, depois de ultrapassar a marca histórica de 5 reais. Enquanto isso, o principal índice da Bolsa mexicana enfrenta o pior dia da semana e cai mais de 2%, arrastado pelas grandes perdas na Europa e nos Estados Unidos.

O impacto, que começou sendo unicamente asiático, já é global: três trilhões de valorização foram varridos do mapa em poucas sessões em apenas uma semana, com praticamente todos os índices do mundo no vermelho e com os setores da aviação comercial e do turismo como principais prejudicados. Exceto por uma recuperação de última hora nesta sexta-feira, Wall Street encerrará sua pior semana desde 2008 ―o Dow Jones e o S&P500 caíram 4,4% nesta quinta-feira e o Nasdaq, 4,6%, se arrastando para a zona de correção, que ocorre quando o índice marca uma queda de mais de 10% em relação à sua última alta― e as Bolsas europeias se aproximam de seu maior baque desde 2011, em plena crise de dívida e com os bancos do Velho Continente em plena recapitalização. Embora com alguma defasagem, o impacto chegou à América Latina e com força, com uma sensação generalizada de que a tempestade pode durar semanas.

As moedas de referência na região também estão sofrendo o revés da epidemia originada em Wuhan (China). Exatamente quando o panorama começava a ficar claro com o princípio do acordo comercial entre os Estados Unidos e o gigante asiático, que reduzia a tensão, o coronavírus apareceu como um enorme elemento de distorção no mercado de moedas. O real brasileiro aprofundou sua queda na quinta-feira, atingindo a mais baixa cotação da história, em torno de 4,5 unidades por dólar; situação semelhante à que atravessa o peso chileno, também na menor cotação histórica. E, embora partindo de um nível notavelmente mais confortável, tanto o peso mexicano ―a moeda de maior liquidez do bloco emergente― quanto o peso colombiano também acumulam uma longa semana em baixa.

Ainda é muito cedo para ter uma medida real de quanto será o impacto macroeconômico. Na próxima semana, quando a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) atualizar suas previsões, se começará a pisar em terreno um pouco mais firme em termos de dados duros, com um primeiro termômetro da situação. Os investidores, no entanto, já tomaram posições, antecipando um curto-circuito não menos importante na sala de máquinas de uma economia, a mundial, que já vinha claudicando nos últimos trimestres. E a reação foi a esperada nesses casos: uma fuga em debandada dos ativos de risco (Bolsa e moedas emergentes, especialmente), buscando refúgio em títulos (os norte-americanos estão em valores mínimos, pressionados para baixo pelo drástico aumento da incerteza), no ouro (que atingiu sua maior cotação em um ano, perto dos 1.700 dólares a onça) e em moedas como o iene e o dólar, apesar de que muitos investidores já começam a incorporar uma próxima redução da taxa de juros do Federal Reserve.

No caso latino-americano, os mercados incorporam, além de uma pior perspectiva macroeconômica e de resultados das empresas, a queda nos preços das principais matérias-primas: como exportadora de petróleo, cobre, ferro e soja, entre outros, a região acusa a perda de valor dessas commodities ―das quais a China, de longe o país com maior incidência do vírus, é o primeiro cliente―, que atinge sua balança comercial. O caso do cobre é paradigmático: a queda dos últimos dias deixa em posição complicada o Chile, principal produtor mundial, e o Peru, país que o segue.

Fonte: El País

 

NACIONAIS

Novo coronavírus

OMS diz que não há pandemia do novo coronavírus

OMS diz que não há pandemia do novo coronavírus

A chefe da Organização Mundial de Saúde (OMS) no Brasil, Socorro Gross, afirmou em entrevista à GloboNews que “não há motivo para pânico” em relação ao novo coronavírus. Ela tem participado das reuniões no Ministério da Saúde e da elaboração de medidas de monitoramento da disseminação da Covid-19, a doença provocada pelo vírus. O Brasil tem 132 casos suspeitos e um caso foi confirmado na quarta-feira (26), em São Paulo.

E mais:

Termina sexta (28) a presença do Exército no Ceará durante greve da Polícia Militar

Termina sexta (28) a presença do Exército no Ceará durante greve da Polícia Militar

Vence hoje o decreto que permite a presença das Forças Armadas no Ceará, devido à crise de segurança pública no estado. O governo do Ceará pediu prorrogação. O presidente Jair Bolsonaro já deu a entender que deve prorrogar, mas por prazo curto. A decisão pode sair depois da reunião com ministros marcada para esta manhã. Já os policiais militares amotinados e o governo cearense têm nova rodada de reuniões nesta sexta.

A versão de Bolsonaro

Bolsonaro dá nova versão para vídeo compartilhado com correligionários

Bolsonaro dá nova versão para vídeo compartilhado com correligionários

Jair Bolsonaro deu uma nova versão sobre um vídeo compartilhado com correligionários na terça (25), em sua conta pessoal no WhatsApp. A publicação causou fortes protestos de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), de políticos e de entidades da sociedade civil.

O presidente disse por meio de redes sociais que “tenho no WhatsApp algumas poucas dezenas de amigos onde, de forma reservada, trocamos mensagens de cunho pessoal”. E não contestou que os vídeos, convocando para manifestações organizadas por grupos de direita que apoiam o governo, se referissem a fatos atuais. Os atos foram convocados para protestar contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal. Bolsonaro não citou os dois poderes em suas mensagens.

Ontem, Bolsonaro mudou a versão. Durante live distribuída pelo Palácio do Planalto, disse que o vídeo postado por ele, e revelado pela jornalista Vera Magalhães, do jornal “O Estado de S. Paulo”, é de 2015.

A jornalista, fortemente atacada pelo presidente, foi a primeira a publicar dois videos compartilhados por ele no WhatsApp. Logo após a live, ela publicou uma sequência de videos enviados pelo presidente, na terça- feira.

Reforma Administrativa

Ministro André Mendonça — Foto: GloboNews

Ministro André Mendonça — Foto: GloboNews

O ministro da Advocacia Geral da União (AGU), André Mendonça, afirmou ao programa GloboNews Política que a reforma administrativa a ser enviada pelo governo ao Congresso fará com que o Estado não seja “cooptado por interesses ilegítimos”. A entrevista vai ao ar nesta sexta-feira, às 21h30.

Imposto de Renda 2020

 — Foto: Arte G1

— Foto: Arte G1

Termina hoje o prazo para que os empregadores entreguem aos seus funcionários o comprovante de rendimentos do ano passado, documento necessário para a declaração do Imposto de Renda de 2020, referente ao ano-base 2019. Quem estiver obrigado a declarar precisa fazer isso entre 2 de março e 30 de abril.

Desemprego

 — Foto: Divulgação/ Reprodução

— Foto: Divulgação/ Reprodução

Saem hoje dados de janeiro sobre o desemprego no Brasil. No trimestre encerrado em dezembro, a taxa de desemprego ficou em 11%, atingindo 11,6 milhões de pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Mega-Sena milionária

 — Foto: Marcelo Brandt / G1

— Foto: Marcelo Brandt / G1

Uma aposta de Rio Branco, no Acre, e outra de Fortaleza, no Ceará, acertaram as seis dezenas (11 – 20 – 27 – 28 – 53 – 60) do concurso 2.237 da Mega-Sena. Elas receberão, cada uma, R$ 105.826.358,87. No AC, o bilhete vencedor é um bolão com participação de 10 pessoas. No CE, a aposta vencedora também é um bolão, com 35 apostadores.

Desfile das campeãs no Rio

Daniel Targueta, Diego Haidar e Milton Cunha participam da transmissão do Desfile das Campeãs no G1 — Foto: Gustavo Wanderley / G1

Daniel Targueta, Diego Haidar e Milton Cunha participam da transmissão do Desfile das Campeãs no G1 — Foto: Gustavo Wanderley / G1

Seis escolas de samba voltarão à Sapucaí amanhã para o Desfile das Campeãs. A ordem será inversa à colocação na apuração. A campeã, a Viradouro, será a última a desfilar e a sexta colocada, Mangueira, abre a festa no Sambódromo, a partir das 21h30. O G1 vai transmitir a festa ao vivo.

Blocos no Rio: a festa continua

Monobloco faz a festa no Centro do Rio para encerrar o carnaval de rua da cidade — Foto: Alexandre Durão / G1

Monobloco faz a festa no Centro do Rio para encerrar o carnaval de rua da cidade — Foto: Alexandre Durão / G1

Se depender dos foliões do carnaval de rua do Rio, a festa deste ano está longe de terminar. Neste fim de semana, mais de 20 blocos ainda estão autorizados a sair. Monobloco, Anitta e mais 20 desfiles vão garantir a festa.

E mais: alguns festivais e festas irão encerrar programação carnavalesca no Rio. Entre as atrações há shows de Baco Exu do Blues, Dilsinho e Leandro Sapucahy. Veja a programação.

Dilsinho agitando o público no Festival de Verão 2020 — Foto: Joilson César / Ag Haack

Dilsinho agitando o público no Festival de Verão 2020 — Foto: Joilson César / Ag Haack

Pós-Carnaval em SP

A cantora Anitta estará em São Paulo neste final de semana — Foto: Divulgação

A cantora Anitta estará em São Paulo neste final de semana — Foto: Divulgação

Mais de 80 blocos sairão em São Paulo amanhã e mais de 70 no domingo. No sábado, os destaques são: Navio Pirata com Baiana System, Bloco do Bell Marques na Rua, Meu Santo é Pop, Bloco Fogo e Paixão, Troça Eletrica com Nação Zumbi, Siga Bem Caminhoneira e Bloco do Apego. No domingo, os destaques são: Bloco da Anitta, Pipoca da Rainha com Daniela Mercury, Bloco da Preta, Orquestra Voadora e Bloco Calor da Rua com Francisco el Hombre.

  • Veja os blocos infantis que desfilam neste final de semana

O Assunto

Incêndios florestais: como combater? Renata Lo Prete conversa com Fernanda Santos, jornalista brasileira que trabalhou por 12 anos no “New York Times” e escreveu um livro a partir de sua experiência profissional mais desafiadora: a cobertura da morte de 19 bombeiros que tentavam controlar o fogo numa região do Arizona em 2013. Ela conta a evolução das técnicas de enfrentamento dos incêndios florestais, num mundo em que eles estão cada vez mais longos e devastadores. Ouça:

Shows internacionais

Backstreet Boys, Tokio Hotel, Maroon 5 e McFly farão shows em março no Brasil — Foto: Reprodução/Instagram, Divulgação, Marcos Serra Lima/G1, Divulgação

Backstreet Boys, Tokio Hotel, Maroon 5 e McFly farão shows em março no Brasil — Foto: Reprodução/Instagram, Divulgação, Marcos Serra Lima/G1, Divulgação

Como o G1 Ouviu antecipou, 2020 vai ser um ano e tanto para os brasileiros que gostam de artistas internacionais. A largada para estes grandes eventos acontece em março, logo no domingo, dia 1º, com o Maroon 5 em SP. A lista tem Backstreet Boys, McFly, Little Mix, Kylie Minogue, The Offspring, Tokio Hotel e The Hellacopters. Veja agenda e preços dos ingressos.

Curtas e Rápidas:

Previsão do tempo

Veja a previsão do tempo para a sexta-feira (28)

Veja a previsão do tempo para a sexta-feira (28)

Fonte: G1

 

Por Blog do BG

Peritos da PF contestam defesa de Lula no caso de propina para o instituto Lula

A Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais divulgou nota desmontando mais uma falácia apresentada pela defesa de Lula para tentar livrá-lo da condenação no processo do instituto.

Nas alegações finais do processo, os advogados disseram que a Odebrecht “adulterou” os arquivos do sistema de pagamento de propina antes de entregá-los ao Ministério Público Federal.

Com isso, argumentam que a prova contra o ex-presidente seria inválida — a Lava Jato acusa Lula de receber R$ 12 milhões em propinas da construtora, na compra de um terreno em São Paulo para ser a sede do Instituto Lula e de um apartamento vizinho à sua casa no ABC paulista.

A APCF lembrou que o laudo da Polícia Federal sobre as planilhas da Odebrecht reconhece que houve alteração nos dados, mas levou em conta, no caso de Lula, somente aqueles cuja integridade foi “atestada em exames técnicos rigorosos”.

“O laudo sobre o caso é público. Ele afirma que foram constatados arquivos não íntegros nos materiais encaminhados para exames e que esses arquivos foram excluídos das análises que embasaram as conclusões.

Está explícito no laudo que a perícia criminal federal, antes de mais nada, averiguou a integridade dos arquivos para, só depois, seguir com as demais análises, que foram aplicadas apenas aos materiais considerados íntegros.”

Na nota, Marcos Camargo, presidente da associação, reconhece a importância da participação de peritos particulares no processo para assegurar o contraditório e da ampla defesa, mas diz ser preocupante quando a “atuação do assistente técnico seja usada para descontextualizar afirmações dos peritos oficiais”.

“Esse tipo de atitude prejudica o sistema de Justiça.”

Atualização:

Em nota publicada após a manifestação da ACPF, Cristiano e Valeska Zanin reiteraram a tese da defesa. Afirmaram que o só o fato de os arquivos terem sido manipulados invalida a prova.

“Todo arquivo digital, para ter valor forense, deve ter a cadeia de custódia preservada, vale dizer, deve manter íntegro o histórico das suas fontes do documento”, dizem.

Acrescentaram que os peritos oficiais do caso analisaram somente “fragmentos de arquivos”, não conseguiram rodar MyWebDay e não compararam o hash (identidade digital) do arquivo entregue pela Odebrecht com o arquivo original existente na Suíça.

“É totalmente descabida a manifestação da APCF, pois a entidade não é parte no processo e não apresentou qualquer impugnação sobre o conteúdo do arquivo gravado e que foi apresentado em juízo, com o reconhecimento, pelos peritos oficiais, sobre o que foi afirmado pela Defesa do ex presidente Lula. O posicionamento da APCF, ademais, reforça que Lula é vítima de lawfare.”

O ANTAGONISTA

Comments

Polícia recupera mais de 500 celulares roubados no carnaval de SP

RF e PC recuperam mais de 550 celulares possivelmente roubados

Nesta quinta-feira, 27 de fevereiro, a Receita Federal deflagrou uma operação conjunta com a Polícia Civil no Aeroporto Internacional de Guarulhos que resultou na prisão de quatro viajantes. Eles estavam embarcando para a África com celulares usados na bagagem. Foram apreendidos 59 aparelhos.

A operação de hoje é resultado de um trabalho de investigação iniciado em outubro de 2019, quando a Receita Federal surpreendeu um viajante embarcando com 14 celulares usados.

Prosseguindo na investigação juntamente com a Polícia Civil, constatou-se que a maioria dos celulares tinha Boletim de Ocorrência de roubo.No último dia 25, a Receita Federal apreendeu outros 396 celulares embarcando com seis viajantes também furtados no período momesco na capital paulista.

A Receita Federal já havia apreendido, em 25 de janeiro, outros 98 celulares com um viajante.No total, 567 celulares foram apreendidos por se configurar tentativa de exportação clandestina. Os celulares cujos donos forem identificados serão devolvidos aos seus legítimos proprietários.

Comments

Número de homicídios durante carnaval reduz quase 40%

O número de homicídios durante o Carnaval 2020 no Rio Grande do Norte teve seu menor registro desde 2012. O cenário foi apresentado pelo Governo do Estado nesta quinta-feira (27) e revelou que foram contabilizados 16 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI’s) entre as 18h da sexta-feira (21) e as 12h da quarta-feira, 26, contra 26 ocorrências no ano passado – uma diminuição de 38,5%. Também foram expostos números sobre a atuação no combate à violência contra a mulher e fiscalização nas estradas, todos avaliados de forma positiva pela Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e os chefes de segurança presente na divulgação do balanço.

A governadora Fátima Bezerra foi à coletiva de imprensa para fazer o anúncio dos números que considerou positivos. Também apontado como fator determinante que “o Carnaval fosse de paz”, como salientou Fátima, a queda no número de veículos roubados também foi celebrada. Segundo o Governo, foram 75 casos neste ano, contra 81 em 2019, o correspondente a uma redução de 7,5%. “Um trabalho feito com foco, planejamento, seriedade e efetividade mostra que é possível conter, se não na totalidade, reduzir muito a violência e criminalidade”, afirmou a governadora Fátima Bezerra, que relembrou o custeio das diárias operacionais dos agentes de segurança envolvidos, que superou os R$ 3 milhões.

Ainda na coletiva, a cúpula da Segurança afirmou que foram 33 carros recuperados pelo Comando do Policiamento Metropolitano e Comando de Policiamento do Interior, além de 31 armas recolhidas, 77 pessoas conduzidas e aproximadamente 5 quilos de drogas apreendidas. “O trabalho feito foi integrado com todas as forças de segurança. Estive, ao lado do Coronel Araújo, em várias das ações do interior e Grande Natal e pudemos ver de perto o empenho dos agentes envolvidos na operação”, comentou o comandante da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo.

Para continuar lendo é só clicar aqui: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/naomero-de-homica-dios-durante-carnaval-reduz-em-38-5/473299

TRIBUNA DO NORTE

Comments

DE NOVO: José de Abreu xinga Regina Duarte “Uma vagina não transforma um fascista em ser humano!”

José de Abreu, 73, usou as redes sociais nesta quarta-feira (26) para criticar Regina Duarte e sua postura perante o ato contra o Congresso marcado para o próximo dia 15.

“Regina Duarte fascista! Comprova tudo o que eu disse! Uma vagina não transforma um fascista em ser humano! Pregando fechamento do Congresso Nacional”, escreveu o ator em seu Instagram ao compartilhar uma imagem que reproduz a publicação mais recente da atriz em sua rede social.

A imagem traz a seguinte mensagem: “15 de março. Gen Heleno/Cap Bolsonaro. O Brasil é nosso, não dos políticos de sempre”.

Em seguida, José de Abreu compartilhou uma charge em que aparece as caricaturas de Jair Bolsonaro e Regina Duarte vestidos, respectivamente, de terno e vestido de noiva. “Carnaval 2020, fantasia premiada”, diz a imagem, sugerindo um casamento entre o presidente e a atriz.

FOLHAPRESS

Comments

Câncer do Prefeito de SP persiste

Resultados de uma biópsia feita na semana passada e divulgados nesta quinta-feira, 27, mostraram que o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), continua com câncer na região dos gânglios linfáticos após uma rodada de oito sessões de quimioterapia. Agora, o prefeito entra em uma segunda fase de tratamento contra a doença, e fará sessões de imunoterapia possivelmente pelos próximos seis meses. Com o tratamento, Covas poderá retomar todas as atividades, inclusive se reunindo a multidões.

ESTADÃO CONTEÚDO
Comments

Bolsonaro elogia CNN Brasil e defende boicote a mídia ‘que mente’

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender que empresas não anunciem em veículos de comunicação, citando especificamente a Folha e a revista Época.

Em live nesta quinta-feira (27), ele disse que o empresário que publica anúncio no jornal “está ajudando o Brasil a afundar”.

“Vou ter uma reunião na Fiesp em São Paulo, agora comecinho do mês que vem, vou falar com o empresariado lá, esse assunto vai voltar à tona. E o que vou falar para o empresariado lá? Até bom adiantar aqui, entre outras coisas, obviamente. Que esses jornais, essas revistas, revista Época, jornal Folha de S.Paulo, não anunciem lá, um jornal que só mente o tempo todo, trabalha contra o governo”, disse.

Bolsonaro continuou: “E se o governo der errado, toda a economia do Brasil vai sofrer. Você não pode dar dinheiro para uma mídia que mente o tempo todo. Tem boas revistas no Brasil, tem bons jornais? Tem. Vai em cima dessa imprensa, que fala a verdade. Vocês estão ajudando o Brasil.  Agora, quando você anuncia numa Folha de S.Paulo, por exemplo, você está ajudando o Brasil a afundar. Eles só querem o tempo todo me derrotar. Fala até em impeachment”.

Segundo o presidente, parte da mídia é “podre”. “Esse ataque o tempo todo. Não vou mudar”, disse.

As declarações de Bolsonaro foram dadas na live em meio às explicações dele sobre a crise política que ele mesmo criou ao ter compartilhado um vídeo em apoio a um protesto convocado para 15 de março contra o Congresso Nacional.

Na live desta quinta, afirmou que é “elogio” chamar a imprensa de podre e também mencionou emissoras de televisão.

“Está para ser inaugurada uma nova TV no Brasil, a CNN Brasil. Pelo que estou sabendo vai ser uma rede de televisão diferente aí da Globo”, disse.

“Torço para que isso seja real, realmente, para que a gente possa destinar aqui, fazer com o que os nossos ministros vão dar entrevista para essa televisão e não para televisão que quando acaba, como a Globo, que é comum: ouve meus ministros, alguns não falam, é direito não falar, acaba a entrevista, mas dá a entender que aquele ministro é um bom ministro apesar do presidente”, afirmou.

“Não podemos deixar que nossos ministros deem entrevista também para televisões que não tenham compromisso com a verdade, que não tenham compromisso com o Brasil”, disse.

FOLHAPRESS

Comments

‘Se repetir cenário da China, coronavírus é administrável no Brasil’, diz ministro da Saúde

A chegada do novo coronavírus tende a ser administrável pela rede de saúde caso o Brasil repita o cenário registrado em parte da China, em que houve aumento seguido de estabilização dos casos, afirma o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em entrevista à Folha.

“Se se comportar dessa maneira, vamos supor, 50 mil casos em uma cidade como São Paulo, do tamanho de Wuhan, é perfeitamente administrável. A Coreia do Sul, que está do lado, tem mil casos. Se ficarmos em um cenário como esse, vamos ter pontos de concentração de casos, mas, a meu ver, perfeitamente atendíveis e controláveis”, disse ele, que cita a baixa letalidade.

Para o ministro, no entanto, é preciso ver como o vírus irá se comportar no verão e em um país tropical.
“No nosso país, meu maior receio é o Rio Grande do Sul, porque quando teve o H1N1 foi o lugar com maior número de casos e mortes. Mas será que esse coronavírus vai repetir a performance do H1N1 no Brasil?

Se gostar mais de aglomeração do que de frio, o Rio de Janeiro passa a ser a minha maior preocupação.”
Mandetta disse avaliar que é apenas questão de tempo para que a OMS (Organização Mundial da Saúde) reconheça a situação atual como uma pandemia. Para ele, porém, não há motivo para pânico. “A humanidade convive com vírus desde sempre.”

Para continuar lendo é só clicar aqui: https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/02/se-repetir-cenario-da-china-coronavirus-e-administravel-no-brasil-diz-ministro-da-saude.shtml

FOLHAPRESS

Comments

Ex-sócio da Telexfree é preso pela PF e poderá ser extraditado

Foto: Antônio Cruz

A Policia Federal (PF) prendeu o empresário Carlos Nataniel Wanzeler, ex-sócio da Telexfree, empresa que responde a diversas ações no Brasil pela acusação de prejudicar consumidores por meio de um suposto esquema de pirâmide financeira. Wanzeler foi preso quinta-feira (20), em Búzios, no Rio de Janeiro, por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski.

O ministro aceitou pedido feito pelo governo dos Estados Unidos, onde o empresário é alvo de mandado de prisão pelo suposto cometimento dos delitos de fraude eletrônica e transações monetárias de atividade ilegal, crimes que também teriam ocorrido em operações da Telexfree naquele país. Pela decisão, o governo norte-americano terá 60 dias para fazer o pedido formal de extradição.

A prisão de Carlos Wanzeler foi efetivada dois dias após o STF manter a decisão do Ministério da Justiça, assinada em 2018, que decretou a perda da nacionalidade brasileira do empresário.

No julgamento, os ministros da Segunda Turma do STF rejeitaram recurso de defesa e entenderam que o empresário não tem mais a cidadania brasileira por ter adquirido a norte-americana, em 2009. A decisão foi baseada nos termos do Artigo 12, §4º, Inciso II, da Constituição. Pelo dispositivo, é declarada a perda da nacionalidade do brasileiro que adquirir outra nacionalidade. De acordo com a Constituição, se a nacionalidade tivesse sido mantida, Wanzeler não poderia ser extraditado.

Durante o julgamento, a defesa do empresário alegou que a nacionalidade norte-americana foi obtida por motivos familiares, diante da demora das autoridades locais em liberar o visto de imigrante para ele e sua filha. O ex-sócio da Telexfree também tinha o Green Card, visto de entrada liberada nos Estados Unidos.

Sobre a eventual extradição, os advogados alegam que o empresário tem o direito de responder ao processo no Brasil por ser acusado pelos mesmos fatos nos Estados Unidos.

Agência Brasil

Comments

Bolsonaro afirma em sua live desta quinta-feira que vai a Mossoró

Em sua live no facebook de hoje (27), Jair Bolsonaro disse que na sua próxima transmissão ao vivo, na semana que vem, estará em Mossoró. O Presidente afirmou, que virá ao Rio Grande do Norte, após a sua viagem aos Estados Unidos.

Será a primeira vez que Jair Bolsonaro vem ao Estado depois de tomar posse como Presidente da República.

A pauta da sua vinda a Mossoró, é a abertura do 1º Fórum de Desenvolvimento do Semiárido, que vai ocorrer no dia 27 de maio, que vai reunir ministros, empresários, gestores de órgãos públicos, presidentes de entidades de classe, representantes diplomáticos de países como Israe, China, Espanha e Estados Unidos.

Informações Tribuna do Norte

Comments

Bolsonaro diz que pode cancelar ida à Itália por causa do coronavírus

Foto: Fátima Meira/Futura Press

Jair Bolsonaro admitiu hoje à tarde, ao chegar ao Alvorada, que pode cancelar a viagem prevista para a Itália no primeiro semestre deste ano por causa do novo coronavírus, registra O Globo.

De acordo com números divulgados nesta quinta-feira, a doença já provocou 17 mortes no país europeu.

Já sobre a viagem ao Uruguai, onde não há nenhum caso confirmado até o momento, o presidente disse que “está tudo certo”.

Bolsonaro viaja neste domingo (1º de março) para participar da posse de Luis Lacalle Pou na Presidência uruguaia e deve voltar no mesmo dia.

O Antagonista

Comments

Fábricas de celulares de LG e Motorola no Brasil param por falta de peças

Foto: Antonio Santino

Depois de impactar várias empresas de tecnologia com atuação na China, o coronavírus começa a afetar também o mercado tecnológico nacional. Fábricas responsáveis pela produção de celulares da Motorola e da LG estão com suas linhas de montagem paralisadas ou com atividade reduzida em decorrência da falta de peças.

Segundo a Folha de S. Paulo, essas duas são as empresas impactadas mais gravemente até o momento, mas não são as únicas. A fábrica da Samsung, localizada em Campinas (SP), também paralisou a produção por três dias, entre 12 e 14 de fevereiro, mas retomou as atividades desde então.

A atividade industrial na China sofreu um baque desde o início do ano devido ao surto do coronavírus. As fábricas tiveram que interromper a produção para evitar o contágio entre seus funcionários, e o governo chegou a estender o feriado do Ano Novo Chinês para fazer com que as pessoas fossem menos a espaços públicos, onde poderiam infectar os outros ou serem infectados. A Apple, por exemplo, já anunciou a investidores que seus resultados do trimestre estarão abaixo do esperado porque suas vendas foram afetadas pela dificuldade em suprir a demanda pelos seus produtos. Mesmo após a retomada das atividades, o ritmo de produção ainda está abaixo do normal.

No Brasil, a situação não é diferente. Como nota a publicação, mais de 80% dos componentes usados na produção de eletroeletrônicos no Brasil em 2019 vieram da China ou de outros países asiáticos próximos, também afetados pelo coronavírus. Sem as peças, não há produção.

De acordo com a Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), organização que representa empresas de tecnologia neste caso, 57% das empresas associadas estão reportando problemas no fornecimento de peças vindas da China. A entidade não diz exatamente qual o impacto da escassez na produção, mas nota que 4% das empresas já tem paralisações parciais e outras 15% já estudam reduções nas linhas de montagem. Apesar disso, a associação diz que ainda não há risco de falta de produtos eletrônicos no mercado brasileiro, pelo menos no curto prazo.

Olhar Digital

Comments

Coronavírus: Campanha de vacinação contra gripe será antecipada no país

Foto: Wilson Dias

Por causa da confirmação do primeiro caso de coronavírus no país, o de um homem de São Paulo, o Ministério da Saúde decidiu antecipar a campanha de vacinação contra a gripe. Segundo o ministro Luiz Henrique Mandetta, a campanha prevista para abril terá início este ano no dia 23 de março. Para a campanha, serão disponibilizadas 75 milhões de doses.

“Antecipamos em 23 dias a data prevista original para essa campanha”, disse o ministro.

A campanha vai privilegiar gestantes, puérperas, crianças de até seis anos de idade, idosos e, possivelmente, acrescentou o ministro, outros grupos de pessoas que trabalham na área de segurança e população carcerária. “Este ano vamos fazer outros grupos que não os idosos. Devemos fazer [vacinação] nas forças de segurança, na população presidiária completa, nos agentes penitenciários. Devemos fazer a ampliação de segmentos para diminuir a circulação epidêmica”, falou o ministro.

A vacina contra a gripe não previne o coronavírus. Mas segundo o ministro, ela será importante para combater os demais vírus associados a outros tipos de gripes e diminuir a dificuldade dos profissionais de saúde na hora de identificar corretamente o tipo de vírus que está provocando os sintomas no paciente.

“A vacina [da gripe] dá cobertura e deixa o sistema imunológico 80% protegido contra essas cepas de Influenza e virais que estão circulando e são mais comuns que o coronavírus”, disse o ministro. “Para um profissional de saúde, quando um indivíduo tem um quadro gripal e informa que já foi vacinado [contra gripe], isso auxilia muito o raciocínio do profissional para pensar na possibilidade de outras viroses que não aquelas que são cobertas pela vacina. Ela [a vacina] é um instrumento importante porque diminui a espiral de epidemia desses outros vírus que podem eventualmente ocorrer e confundir a população”, destacou o ministro.

Agência Brasil

Comments

Com diálogo reaberto, PMs no Ceará querem anistia e reajuste para encerrar motim

Foto: Kleber Gonçalves

O responsável por negociar com PMs amotinados no Ceará apresentou nesta quinta-feira (27) à comissão especial que media a crise uma lista com 18 reivindicações da categoria.

Entre os pedidos levados pelo coronel da reserva do Exército Walmir Medeiros estão a anistia administrativa a todos os amotinados e reajuste salarial maior do que o oferecido pelo governo de Camilo Santana (PT).

Escolhido para mediar as negociações, Medeiros já teve atuação semelhante em outro motim dos PMs cearenses, que aconteceu de dezembro de 2011 a janeiro de 2012.

Após dez dias de protestos, ainda há quatro batalhões da Polícia Militar fechados por policiais amotinados e familiares.

A paralisação da categoria ganhou repercussão nacional na semana passada, depois de o senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) ser baleado em Sobral (270 km de Fortaleza) após investir contra amotinados com uma retroescavadeira. Cid já teve alta e se recupera em sua casa em Fortaleza.

De 19 de fevereiro a terça-feira (25) foram contabilizados 195 homicídios no Ceará, uma média de quase 28 por dia —nos primeiros 18 dias de fevereiro foram 164, média de nove por dia.

Em janeiro de 2020 foram 261 homicídios, uma média de quase nove por dia.

Medeiros, que também é advogado, esteve reunido na sede do Ministério Público do Ceará com os três membros da comissão especial, além de representantes da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), da Promotoria e do Exército, que atuam como observadores.

A comissão foi criada com o objetivo de atuar na mediação da crise —o governo afirmou que não trataria com os policiais manifestantes.

Folhapress

Comments

Ministério calcula cerca de 300 casos suspeitos de coronavírus no Brasil

Foto: Divulgação

O número de casos suspeitos de covid-19 (infecção pelo novo coronavírus, SARS-CoV2) no Brasil deve ser ainda maior do que aponta o balanço da tarde desta quinta-feira (27) do Ministério da Saúde, que tem 132 registros, em 16 estados. A declaração foi do secretário-executivo da pasta, João Gabbardo.

“Este número de 132 precisa de uma correção, ele não é definitivo. É muito maior do que 132. O pessoal trabalhou até agora ao meio-dia, pegando informações dos estados, consolidou essas informações e fechou esse número de 132 suspeitos, que preenchem todos os requisitos para serem casos suspeitos. Só que nós ficamos com 213 notificações que ainda não foram analisadas pela nossa equipe”, afirmou.

De acordo com Gabbardo, não é possível estimar quantos cumprirão os critérios para serem considerados casos suspeitos, mas ele arriscou um número.

“Dá para a gente avaliar que, na verdade, nós estamos perto de 300 casos suspeitos. O número cresceu muito nestas últimas 48 horas. Evidentemente que isso se deve à mudança nos critérios, à inclusão de novos países, ao fluxo migratório importante de países da Europa, principalmente Itália, França e Alemanha.”

Desde o início do monitoramento, já foram descartadas 60 suspeitas. Um homem em São Paulo é o único caso confirmado até o momento.

A alta do número de casos já era prevista, pois o Ministério da Saúde expandiu a lista de países em que há transmissão do coronavírus, que agora inclui 15 localidades, além da China, onde a epidemia teve início.

“Nós ampliamos o escopo de países. Com a situação da Itália, vai aumentar o número de casos notificados, porque você aumento o escopo de [viajantes] oriundos, principalmente da Itália, que é um país de colônia italiana extensa [no Brasil], presença de quase 100 mil brasileiros morando na Itália, que eventualmente vão e voltam. É natural que aumente”, afirmou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em entrevista nesta tarde.

Antes, era considerado apenas quem apresentou febre e sintomas respiratórios após viagem à China — ou que teve contato com caso confirmado. Agora, foram incluídos também viajantes oriundos da Austrália, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Camboja, Filipinas, Japão, Malásia, Vietnã, Cingapura, Tailândia, Alemanha, Itália, França, Irã e Emirados Árabes.

Duas pessoas que tiveram contato com o homem infectado com o coronavírus apresentaram sintomas gripais e estão sendo monitoradas, de acordo com a diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, Helena Sato.

São Paulo tinha até esta tarde 85 casos suspeitos de SARS-CoV2. Por ser a principal porta de entrada de viajantes internacionais do país, o governo do estado criou um centro de contingência para monitorar o avanço do vírus.

R7

Comments

Lula vai à Europa para participar de atos em Paris, Genebra e Berlim

Foto: Andrew Medichini/AP Photo

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://valor.globo.com/politica/noticia/2020/02/27/lula-vai-a-europa-para-participar-de-atos-em-paris-genebra-e-berlim.ghtml ou as ferramentas oferecidas na página.
Textos, fotos, artes e vídeos do Valor estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Valor (falecom@valor.com.br). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o Valor faz na qualidade de seu jornalismo.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva viaja à Europa na próxima semana. Ele tem compromissos na França, Suíça e Alemanha.

Em Paris, receberá o título de cidadão honorário da cidade. Segundo o site oficial do ex-presidente, a honraria será oferecida pela prefeita local, Anne Hidalgo, pelo trabalho de Lula no combate à miséria e à fome. Na noite de terça-feira, o ex-presidente participa do “Festival Lula Livre”, em Paris. Estarão presentes a ex-presidente Dilma Rousseff

Na sexta-feira, dia 6, Lula chega a Genebra, onde se reúne com representantes do Conselho Mundial das Igrejas (CMI), composto por 340 igrejas de 120 países. Ainda na Suíça, participa de encontro com representantes de sindicatos.

Em Berlim, também estão previstas reuniões com líderes sindicais e políticos. No dia 9, uma segunda-feira, Lula participará do “Encontro em Defesa da Democracia no Brasil”, ato público com representantes dos comitês internacionais da campanha “Lula Livre”.

O governo Jair Bolsonaro publicou duas medidas para autorizar formalmente apoio às viagens do ex-presidente.O secretário-executivo do atual presidente da República, Antônio Carlos Paiva Futuro, deu aval para os servidores Carlos Eduardo Rodrigues Filho e Misael Melo da Silva acompanharem o ex-presidente.

Os despachos com autorizações para as viagens dos servidores foram publicados nesta quinta no “Diário Oficial da União”.

Valor Econômico

Comments

Governo marca posse de Regina Duarte para dia 4 de março

Foto: Carolina Nunes

O governo federal marcou para as 11 horas da próxima quarta-feira, dia 4,  a cerimônia de posse da atrizRegina Duarte, como Secretaria Especial da Cultura. O evento ocorrerá no Palácio do Planalto e terá a presença do presidente Jair Bolsonaro.

Regina foi convidada para o cargo após a demissão de Roberto Alvim, que deixou o posto após divulgar um vídeo com trechos inspirados em um discurso nazista.

No fim de janeiro, Regina disse “sim” ao presidente durante reunião de meia hora no Palácio do Planalto com Bolsonaro e Marcelo Álvaro Antonio, ministro do Turismo, a quem a pasta da Cultura está vinculada. Ao fim do encontro, Regina disse que daria entrada nos “proclamas”, procedimento que antecede o casamento.

Na reunião, Bolsonaro apresentou Regina aos ministros Paulo Guedes (Economia) e Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), que estavam reunidos com ele antes. O ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, também esteve no gabinete com Bolsonaro e Regina. Ele já conhecia a atriz, filha de um militar, quando era general da ativa e foi o responsável por entrar em contato com ela após a demissão de Alvim.

Quando aceitou o convite, Regina Duarte estava acompanhada de Janicia Silva, conhecida como reverenda Jane, convidada por ela para o cargo de secretária-adjunta. Porém, antes mesmo de Regina assumir, ela demitiu Jane porque a subordinada tentava ultrapassar suas ordens.

O Globo

Fonte: Blog do BG

 

Por G1 RN

27/02/2020 18h16  Atualizado há 12 horas


Prefeitura anuncia aumento da passagem de ônibus para R$ 4,25 em Natal — Foto: Igor Jácome/G1

Prefeitura anuncia aumento da passagem de ônibus para R$ 4,25 em Natal — Foto: Igor Jácome/G1

A Prefeitura de Natal anunciou que aumentará a passagem de ônibus na capital para R$ 4,25 para pagamentos em dinheiro e R$ 4,15 para os passageiros que pagarem no cartão do sistema de mobilidade. O aumento passa a valer a partir do domingo (1º).

De acordo com a Secretaria de Comunicação do Município, o decreto de reajuste deve ser publicado nesta sexta-feira (28) no Diário Oficial. Desde maio de 2019, a passagem cobrada no transporte público da capital potiguar é de R$ 4,00 em dinheiro e R$ 3,90 no cartão. O novo reajuste acontece menos de um ano depois do último.

Na manhã desta quinta (27), o Conselho Municipal de Transportes da cidade autorizou o aumento para R$ 4,35 para pagamentos em dinheiro e R$ 4,15 para pagamento no cartão. A proposta não estava prevista na pauta da reunião do conselho. O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano (Seturn) propunha o valor de R$ 4,68.

Apesar da orientação do Conselho de Transporte, o incremento na tarifa depende do decreto do prefeito para entrar em vigor. A decisão do chefe do Executivo, Álvaro Dias (MDB), anunciada no fim da tarde, reduziu em R$ 0,10 a tarifa para as cobranças em espécie e manteve o valor cobrado no cartão do sistema de transporte autorizado na reunião do conselho.

Fonte: G1RN

Por G1 RN

27/02/2020 17h27  Atualizado há 13 horas


Motorista cochilou e bate em caminhão na BR-101 em Natal nesta quarta (26) — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Motorista cochilou e bate em caminhão na BR-101 em Natal nesta quarta (26) — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

A Polícia Rodoviária Federal registrou 30 acidentes nas BRs que cortam o Rio Grande do Norte durante o carnaval de 2020. Foram 20 a mais do que em 2019, no mesmo período, quando 10 foram contabilizados. Os dados foram repassados pela PRF nesta quinta-feira (27), durante entrevista coletiva para fazer um balanço da Operação Carnaval, que foi encerrada na noite da quarta (26).

De acordo com a polícia rodoviária, neste ano 32 pessoas se feriram nos acidentes, contra 13 no ano passado. Em 2020 foram nove colisões graves e em 2019 duas. Não houve registro de mortos em nenhum dos dois anos.

Durante a operação, foram fiscalizados 8.388 veículos e 8.804 pessoas. Segundo a PRF, 4.621 motoristas foram submetidos ao teste do etilômetro (bafômetro), dos quais 93 foram autuados. Também foram registradas 3.176 autuações por infrações diversas, sendo 306 só por ultrapassagens proibidas.

A Polícia Rodoviária Federal prendeu 54 pessoas, sendo sete por embriaguez ao volante, oito por outros crimes de trânsito, uma por tráfico de drogas, uma por porte ilegal de arma de fogo, uma por contrabando, uma por crime ambiental e 35 por outros crimes. No que diz respeito ao uso do cinto de segurança, 217 autuações foram feitas. Na maior parte delas era o passageiro que estava sem o cinto.

Apreensão de drogas

No sábado (22), foram apreendidos na BR-304, em Macaíba, 100 kg de maconha que estavam sendo levados de Natal para Mossoró. Na terça-feira (25), foram apreendidos, também na BR-304 em Riachuelo, oito mil maços de cigarros contrabandeados.

Ainda de acordo com a PRF, foram recuperados também quatro veículos com queixa de furto/roubo, além da apreensão de uma pistola calibre 380 e 19 munições, na quarta-feira (26), na BR-101 Norte, na capital.

Fonte: G1RN

Nos Aflitos, Náutico e ABC empatam e estacionam na tabela do Nordestão

Resultado não foi bom para nenhuma das equipes, que balançaram as redes com menos de dez minutos, mas não alteraram mais o placar

  • Resumão

    A vitória era importante para o Náutico encaminhar a classificação. Para o ABC, também era para poder entrar no G-4. Mas nenhum dos dois times conseguiu o objetivo. O Alvinegro saiu na frente com Jailson e, pouco tempo depois, Bruno fez contra e o Náutico igualou o marcador. O resultado de 1 a 1 não foi bom para nenhum dos dois lados.

  • Como fica

    Com o empate, o Náutico segue no G-4 do Grupo B da Copa do Nordeste, ocupando agora a terceira posição com oito pontos – antes, era o vice-líder. A diferença para o Ceará, penúltimo colocado do grupo, é de três. Já o ABC perdeu a chance de entrar no G-4 do Grupo A. Subiu uma posição e agora é o sexto, com cinco pontos. Está a um do Sport, quarto colocado.

  • Próximos jogos

    As duas equipes voltam a jogar no próximo domingo, dia 1º de março, pelos Estaduais. No Pernambucano, o Náutico tem, às 16h, um clássico contra o Santa Cruz, no estádio do Arruda. Já o ABC entra em campo às 18h contra o Palmeira de Goianinha-RN, no Frasqueirão.

  • Primeiro tempo

    Os primeiros dez minutos do jogo foram muito movimentados. Logo aos dois, Jailson fez uma boa jogada e acertou um belo chute de fora da área para abrir o placar. Sete minutos depois, o Náutico reagiu com Hereda, que fez uma ótima jogada, passou por dois marcadores e cruzou na área. Bruno fez contra. O jogo, no entanto, não deixou de ficar aberto, com chances para os dois lados. Cedric obrigou Jefferson a trabalhar e Hereda desarmou Paulo Sérgio na hora H do que parecia ser um gol certo. O mesmo Hereda também fez o goleiro Rafael aparecer no jogo já no fim da primeira etapa.

  • Segundo tempo

    O Náutico começou o segundo tempo jogando mal e o ABC perdeu uma boa chance com Paulo Sérgio – no primeiro rebote, Berguinho esbarrou em Jefferson e, no segundo rebote, bateu para fora. O ABC ficou mais no campo de ataque, só que após os 30 minutos, o Náutico conseguiu igualar as ações. Rafael fez boa defesa em um chute de Jean Carlos. Apesar da disposição das duas equipes, que correram bastante, o placar não mudou.

  • K9 em branco

    De volta ao time titular do Náutico após se recuperar de uma lesão no tornozelo esquerdo – ruptura dos ligamentos -, Kieza não esteve tão bem. Ele até incomodou a defesa em alguns momentos, mas não conseguiu protagonizar uma chance de gol clara.

  • Começou bem

    Diante do Náutico, Jailson marcou o sexto gol em 15 partidas nesta temporada. Ele vive fase de artilheiro e está a apenas um gol de alcançar sua melhor marca, quando, pelo Fluminense de Feira-BA, em 2018, balançou as redes sete vezes em oito jogos.

    Gilmar Dal Pozzo durante partida do Náutico contra o ABC

  • Gilmar Dal Pozzo durante partida do Náutico contra o ABC (Foto: Marlon Costa/ Pernambuco Press)

    No Náutico, Dal Pozzo fala sobre vaias recebidas: “Estranho seria se aplaudissem”. Veja mais sobre a coletiva pós-jogo.

  • Visitante ilustre
    Thiago Fernandes em conversa com diretores do Náutico

Fonte: G1RN

 

Professores da rede estadual cobram novo piso e ameaçam entrar em greve

Em assembleia na semana passada, os professores rejeitaram uma proposta de pagamento escalonado apresentada pelo governo

Por Redação – Publicado em 27/02/2020 às 20:34

Sinte / Divulgação

Assembleia do sindicato dos professores da rede estadual na semana passada

Professores da rede estadual de ensino farão uma assembleia na manhã desta sexta-feira (28) que poderá resultar na aprovação de um indicativo de greve da categoria no Rio Grande do Norte. O encontro acontecerá na Escola Estadual Winston Churchill, na Cidade Alta, em Natal, a partir das 8h30.

Os educadores cobram do Estado o pagamento do novo piso salarial do magistério, definido pelo governo federal em janeiro e que precisa ser cumprido pelos governos estaduais e prefeituras de todo o País. O reajuste anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro foi de 12,84%.

Com o aumento, o piso nacional do magistério saiu de R$ 2.557,74 para R$ 2.888,24, para uma jornada de 40 horas semanais. O Rio Grande do Norte paga atualmente R$ 2.686,25 para um professor com licenciatura em início de carreira para uma jornada de 30 horas, isto é, acima do antigo piso nacional.

Em assembleia na semana passada, os professores rejeitaram uma proposta de pagamento escalonado apresentada pelo governo. A gestão estadual sugeriu dar um aumento de 4,28% em maio deste ano, mais 4,28% em janeiro do ano que vem e outros 4,28% em abril de 2021, sem proposta para quitar o retroativo a janeiro de 2020.

De acordo com o professor José Teixeira, coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte), a proposta não agrada. Ele disse que a categoria espera o pagamento imediato do reajuste ou pelo menos uma proposta para aplicação do novo piso salarial até o fim de 2020.

Mesmo que o indicativo de greve seja aprovado nesta sexta-feira, o movimento só terá início se for confirmado em nova assembleia na próxima quarta-feira (4). Até lá, explica Teixeira, professores e representantes do governo podem chegar a um entendimento que evite a greve.

Em nota, a Secretaria Estadual de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Seec) registrou que o “canal de diálogo” está aberto com os professores e que, por isso, há margem para negociação. A pasta, contudo, mantém a proposta original e diz aguardar que os professores apresentem uma alternativa “observando o atual cenário econômico do Estado”. Desde janeiro de 2019, está em vigor um decreto que reconhece situação de calamidade nas finanças públicas do RN.

O coordenador do Sinte afirmou que a contraproposta dos professores já está posta: pagamento imediato ou, no máximo, escalonado até o fim de 2020. “É verdade que estamos em outra conjuntura onde se fala muito em crise econômica, mas nós não somos culpados. Isso aconteceu por uma série de fatores que foram provocados ao longo do tempo”, argumentou José Teixeira.

Sobre o pagamento do retroativo, a Secretaria de Educação voltou atrás e já prometeu quitar o passivo. A forma de pagamento, contudo, será definida junto aos professores e à equipe econômica.

A Seec observa ainda que, em 2020, o reajuste definido pelo governo federal para o piso salarial do magistério superou muito os aumentos concedidos nos últimos anos. A pasta registrou que, em 2017, o reajuste foi de 7,64%; em 2018, de 6,81%; e, no ano passado, de 4,17%. Em 2020, o aumento foi de 12,84% – ou seja, maior do que o acumulado nos últimos dois anos.

Natal

Já os professores da rede municipal de ensino aguardam que a Prefeitura do Natal apresente uma primeira proposta para pagamento do novo piso do magistério. Até agora, a gestão municipal não disse como pretende pagar o reajuste. Na capital, a categoria convocou uma assembleia para a próxima sexta-feira (6) para discutir também a possível aprovação de um indicativo de greve.

A Secretaria Municipal de Educação informou ao Agora RN que aguarda decisão do prefeito Álvaro Dias sobre o assunto. Em janeiro, pelas redes sociais, o prefeito afirmou que iria “analisar” o tema. “Quando houver possibilidade de arcar com esse aumento sem comprometer o pagamento em dia do funcionalismo público, assim faremos”, escreveu Álvaro.

Em Natal, o salário pago ao professor em início de carreira é de R$ 2.421,79, mas para uma jornada de 20 horas semanais. Para 40h, o valor é de R$ 4.843,56.

Fonte: Agora RN

 

Lance a lance

Deixe uma resposta