PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA NO G1

Por G1

 


Justiça derruba exigência de regularizar o CPF para receber a ajuda de R$ 600, barreira que estava provocando filas e aglomerações pelo Brasil. Mapa de Prefeitura de SP mostra que as mortes por coronavírus estão concentradas na periferia. A provável substituição de Mandetta no Ministério da Saúde é tema do podcast O Assunto, com Renata Lo Prete e Natuza Nery. Os EUA têm 2.569 mortes em 24 horas, maior nº já registrado na pandemia. E o Monitor da Violência, ferramenta exclusiva do G1, mostra que o número de pessoas mortas pela polícia cresceu no Brasil em 2019.

Ajuda de R$ 600, filas e o CPF

O juiz federal Ilan Presser, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1), suspendeu a exigência de regularização do Cadastro de Pessoa Física (CPF) para que a pessoa possa receber o auxílio emergencial de R$ 600. A regularização do CPF é uma das exigências da Receita Federal para a pessoa receber o pagamento. A Justiça entendeu que a exigência tem provocado aglomerações, o que contraria orientações das autoridades de saúde.

Calendário de pagamentos

A Caixa Econômica Federal começa a pagar hoje a primeira parcela do Auxílio Emergencial para os beneficiários do Bolsa Família e para os trabalhadores que se inscreveram no programa emergencial por meio do aplicativo e do site.

Mortes da periferia de São Paulo

Mortes suspeitas ou confirmadas de coronavírus se concentram na periferia da cidade de São Paulo, aponta estudo. — Foto: Divulgação / Secretária Municipal de Saúde

Mortes suspeitas ou confirmadas de coronavírus se concentram na periferia da cidade de São Paulo, aponta estudo. — Foto: Divulgação / Secretária Municipal de Saúde

A cidade de São Paulo registrou, entre os dias 23 de fevereiro e 11 de abril, 1.207 mortes confirmadas ou suspeitas de coronavírus, segundo a Secretaria Municipal da Saúde. Os dados fazem parte de um mapa divulgado pela pasta que mostra a distribuição dos óbitos por distrito. O mapa da prefeitura mostra concentração de vítimas na periferia.

Segundo o mapa, até o último sábado (11), a cidade tinha 1.207 mortes potencialmente causadas pelo coronavírus, entre óbitos confirmados e suspeitos. Na mesma data, a Secretaria Estadual da Saúde anunciou 422 mortes confirmadas por coronavírus na capital. Portanto, das 1.207 mortes apresentadas no mapa, 785 são suspeitas. A diferença dos números oficiais com o mapa se deve, em grande parte, ao atraso no processamento dos exames pelos laboratórios credenciados no estado.

  • Jovens da periferia arrecadam R$ 120 mil para ajudar famílias carentes na Zona Sul de SP durante pandemia

Monitor da violência

 — Foto: Amanda Paes / G1

— Foto: Amanda Paes / G1

O Brasil teve ao menos 5.804 pessoas mortas por policiais no ano passado – um dado maior que em 2018. No mesmo período, 159 policiais foram assassinados – número bem menor que o do ano anterior. É o que mostra um levantamento feito pelo G1 com base nos dados oficiais de 25 estados e do Distrito Federal. Apenas Goiás se recusa a passar os dados. A pesquisa mostra que o número de pessoas mortas pela polícia cresceu em 2019 e o assassinatos de policiais caíram pela metade.

Mandetta até quando na Saúde?

Mandetta reconhece divergência com Bolsonaro e admite sair; saiba o que disse o ministro

Mandetta reconhece divergência com Bolsonaro e admite sair; saiba o que disse o ministro

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou ontem que ele e os secretários que o auxiliam entraram juntos no ministério e sairão juntos. Mais cedo, seu secretário de Vigilância em Saúde Wanderson de Oliveira chegou a pedir demissão em razão da provável saída de Mandetta do ministério devido às divergências com o presidente Jair Bolsonaro. Mandetta não aceitou o pedido.

Durante entrevista, Mandetta falou em tom de adeus do Ministério da Saúde. Ele reconheceu divergência com Bolsonaro, e admitiu sair. Saiba o que disse o ministro.

Hoje, Mandetta deve ser o centro do noticiário outra vez, pois é provável que ele se reúna com o presidente.

O Podcast “O Assunto” fala hoje sobre a provável substituição de Mandetta. Para entender a queda-de-braço com Bolsonaro, Renata Lo Prete conversa com Natuza Nery, comentarista da GloboNews. Ouça:

Servidores sem reajustes

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021, enviado ontem pelo governo ao Congresso Nacional, não prevê reajustes para servidores públicos no próximo ano. O PLDO foi apresentado pelo Ministério da Economia e, segundo o secretário de Orçamento Federal, George Soares, o texto prevê somente a transformação de cargos e de funções, sem alterações na remuneração.

A tragédia dos números nos EUA

Profissionais de saúde socorrem mulher com dificuldades de respirar, um dos sintomas da Covid-19, em Nova York (EUA) nesta quarta-feira (150 — Foto: Lucas Jackson / Reuters

Profissionais de saúde socorrem mulher com dificuldades de respirar, um dos sintomas da Covid-19, em Nova York (EUA) nesta quarta-feira (150 — Foto: Lucas Jackson / Reuters

Os Estados Unidos registraram ontem um novo recorde, com quase 2.600 mortes provocadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, o pior boletim diário para um país em todo o mundo. São 2.569 pessoas morreram de Covid-19 entre as 20h30 local de terça e o mesmo horário de quarta. Já são 28.325, mais do que qualquer outro país.

Desviando o foco

Anúncio de Trump sobre a suspensão do financiamento da OMS desencadeia corrente de crítica

Anúncio de Trump sobre a suspensão do financiamento da OMS desencadeia corrente de crítica

No meio da pandemia, o presidente Donald Trump cumpriu uma ameaça feita na semana passada e anunciou que os EUA congelarão a contribuição à Organização Mundial da Saúde (OMS). Mas o que significa a suspensão do financiamento dos EUA para a OMS e para Trump? Entenda no blog da Sandra Cohen.

Transmissão comunitária nas Américas

No mundo, já são mais de 2 mi de infectados e 137 mil mortos pela Covid-19

No mundo, já são mais de 2 mi de infectados e 137 mil mortos pela Covid-19

O mundo tem atualmente 24 países em que a transmissão do novo coronavírus é considerada comunitária. Metade dos integrantes deste grupo estava nas Américas até ontem, de acordo com a OMS. Transmissão comunitária é a fase do contágio em que a origem da transmissão não pode ser identificada e é considerado que o vírus circula de forma sustentada naquele território.

Há um mês, a primeira morte no Brasil

Mãe do 1ª brasileiro que morreu com Covid-19 está preocupada com o marido e filhos

Mãe do 1ª brasileiro que morreu com Covid-19 está preocupada com o marido e filhos

primeira morte por Covid-19 no Brasil completa um mês nesta quinta-feira. Desde então, o Brasil já registrou mais de 1.700 mortes e mais de 28 mil casos.

A vítima foi um homem de 62 anos que estava internado no Hospital Sancta Maggiore, da Rede Prevent Sênior, no Paraíso, Zona Sul de São Paulo. Ele tinha histórico de diabetes e hipertensão, além de hiperplasia prostática — um aumento benigno da próstata que não é uma doença, mas uma condição comum em homens mais velhos e que pode causar infecções urinárias.

Na época, o infectologista David Uip, coordenador do Centro de Contingência para o coronavírus no estado de São Paulo, informou que a vítima teve os primeiros sintomas da doença no dia 10 de março, sendo internada quatro dias depois, dia 14, e morrendo às 16h03 de segunda-feira, 16 de março.

Certo e errado em tempos de pandemia

Coronavírus: veja jeito certo e errado de gestos do dia a dia durante a pandemia

Coronavírus: veja jeito certo e errado de gestos do dia a dia durante a pandemia

Alguns gestos e comportamentos do dia a dia precisam ser repensados para ficarem de acordo com as medidas de higiene necessárias para conter a pandemia. Vídeo mostra alguns bons hábitos para se proteger da contaminação.

Anticorpos

Coleta de sangue de dedo de paciente com suspeita de coronavírus em drive-thru de Florianópolis — Foto: Diórgenes Pandini /NSC

Coleta de sangue de dedo de paciente com suspeita de coronavírus em drive-thru de Florianópolis — Foto: Diórgenes Pandini /NSC

Entenda nova proposta do Butantan para tratamento com anticorpos de pacientes curados. Método tem pontos em comum com a terapia de plasma já utilizada no Brasil, mas estudo demanda mais tempo por ter uma seleção de genes que garante produto específico contra o vírus.

17 horas de fila e oferta de emprego

Desabafo de mestre de obras provoca a união de vizinhos em rede de solidariedade

Desabafo de mestre de obras provoca a união de vizinhos em rede de solidariedade

A busca do mestre de obras Raimundo Nonato de Souza, de 56 anos, por um emprego pode finalmente chegar ao fim. Após ser entrevistado pelo Bom Dia Rio, uma empresária ofereceu emprego ao homem, que há dez anos busca uma oportunidade de trabalho.

Ele foi ouvido enquanto tentava regularizar o número de CPF e, assim, conseguir dar entrada no auxílio emergencial de R$ 600 disponibilizado pelo governo devido à pandemia do novo coronavírus. O homem passou a noite na porta de um posto da Receita Federal em Madureira, na Zona Norte do Rio, até, enfim, conseguir corrigir as informações no cadastro. Foram 17 horas na fila.

Relatos da pandemia

Emprego: videoentrevista

Videoentrevista se tornou rotina nos processos seletivos para vagas de emprego — Foto: Reprodução / TV Globo

Videoentrevista se tornou rotina nos processos seletivos para vagas de emprego — Foto: Reprodução / TV Globo

Com pandemia, videoentrevista ganha destaque nas seleções de emprego. Entrevista online é tão formal quanto a presencial, por isso, o candidato deve ter o mesmo cuidado que teria se fosse até o escritório da empresa. Confira dicas e os cuidados a serem tomados.

‘Just Dance’

Daya Luz e Pâmella Ribeiro dão dicas para 'Just Dance' em casa

Daya Luz e Pâmella Ribeiro dão dicas para ‘Just Dance’ em casa

“Just Dance” é boa opção de exercícios em casa. A cantora Daya Luz, que é ex-bailarina do Faustão, e e a vice-campeã mundial e bicampeã brasileira do jogo Pâmella Ribeiro ajudam iniciantes. Repórter do G1 tentou seguir passos.

Lives

Di e Gee, ex-colegas de NX Zero, e Fresno fazem lives com 'emo raiz' nesta quinta (16) e sexta (17) — Foto: Divulgação

Di e Gee, ex-colegas de NX Zero, e Fresno fazem lives com ‘emo raiz’ nesta quinta (16) e sexta (17) — Foto: Divulgação

Curtas e Rápidas – Coronavírus:

Casamento no hospital

Gabriela com o pai, Glauco Palheta, no dia do casamento. Cerimônia aconteceu dentro do Hospital Alemão Oswaldo Cruz — Foto: Arquivo pessoal

Gabriela com o pai, Glauco Palheta, no dia do casamento. Cerimônia aconteceu dentro do Hospital Alemão Oswaldo Cruz — Foto: Arquivo pessoal

A cama de hospital onde estava o piloto de avião Glauco Palheta, de 56 anos, foi escoltada por enfermeiros pelos corredores do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo. Dessa vez, o trajeto não era para realizar algum exame de emergência. Ao lado da cama, estava a filha de Glauco, a estudante Gabriela, de 22 anos, de vestido branco e com um buquê na mão.

Assim, pai e filha entraram na cerimônia de casamento que ocorreu num quarto do hospital no último dia 5 de abril. A cerimônia original estava marcada para o final de maio, mas teve de ser adiantada para que Glauco, que estava em estágio terminal de câncer, pudesse participar da celebração. Ele morreu na manhã seguinte ao casamento.

Previsão do tempo

Veja como fica o tempo nesta quinta (16)

Veja como fica o tempo nesta quinta (16)

Fonte: G1Ciência, dire

Deixe uma resposta