PREVISÃO PARA CONCLUSÃO DA CONSTRUÇÃO DO HOSPITAL DA MULHER EM MOSSORÓ É AINDA PARA ESTE ANO

Com 42% da obra concluída, o governo prevê entregar o Hospital da Mulher neste ano

Redação/Portal da Tropical

 – Atualizado em: 

Foto: Rosilene Pereira

A construção do Hospital da Mulher Parteira Correia está 42% Maria Correia e será finalizada neste ano pelo Governo do Estado. O bloco A, dedicado às enfermarias, o serviço mais adiantado, com revestimento, esquadrias e tem pisos instalados; em seguida, a prioridade é a finalização do bloco C, o cirúrgico.

O secretário de Gestão de Projetos e Metas e Coordenador do Projeto Governo Cidadão, Fernando Mineiro, visitou em Mossoró, na sexta-feira (14), o andamento da obra que será a maior unidade de saúde do Rio Grande do Norte, atendendo pacientes de mais de 60 municípios e com capacidade para 20 mil atendimentos por ano.

A vistoria incluiu uma reunião com a reitora Cicília Maia, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), instituição parceira do hospital. O secretário e a reitoria deram o Estado do mês aos encontros, ocorridas ao longo desta equipe da Secretaria de Saúde Pública (Sesap), UERN, Projeto Governo Cidadão, Gabinete Civil do Estado (PGE) e Controladoria Geral do Estado concursoam com a governadora Fátima Bezerra o planejamento de implantação da unidade hospitalar que terá uma gestão inicial entre Sesap e Uern.

Na reunião desta-feira, o reiito confirmará uma união de exercício com os primeiros anos de funcionamento do hospital: avançando com o tempo”.

Ao todo, será mais de 16 leitos focados na atenção materno-infantil, ginecológica e obstétrica de média e alta complexidade. O investimento total é de cerca de R$ 125 milhões – R$ 85 milhões para obras e R$ 40 milhões em equipamentos.

“Paralelamente à construção, estamos dando andamento à compra dos bens e planejamento de implantação da unidade que vai mudar para melhor a saúde da mulher não somente da região Oeste, mas de todas as potiguares”, destacou Mineiro, lembrando que toda esta ação segue acordo com o Banco Mundial, órgão com o qual o Governo do RN mantém acordo com o foco no desenvolvimento regional. “A governadora Fátima Bezerra também tem visitado regularmente a obra para que tudo esteja pronto no tempo previsto”, completou Mineiro.

Implantação

O planejamento entre planejamentoap e UERN deve fornecer uma gestão acadêmica da instituição de ensino, que também deve colaborar com uma parte administrativa, o hospital de um grande campus. gestão fevereiro próximo, as equipes de responsáveis ​​fecharão o cronograma de implantação dos serviços ao longo de 2022 e 2023.

Como licitações a equipamentos são oferecidos para o Hospital conta com consultas públicas com fornecedores de equipamentos-hospitalares para dar transparência e promoção de uma competição hospitalar entre empresas. Todo o processo é amparado pelas Diretrizes de Aquiições do Banco Mundial e por meio de avaliações das áreas técnicas e jurídicas do Projeto Governo Cidadão. A primeira consulta pública relativa ao Hospital foi realizada em junho de 2021. Atualmente, já foram adquiridos equipamentos de grande porte como aparelhos de Raio X e mamógrafo.

Deixe uma resposta