PREFEITURA DE SÃO PAULO ANUNCIOU QUE PASSARÁ A EXIGIR COMPROVANTE DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 PARA TODOS OS EVENTOS REALIZADOS NA CAPITAL

Cidade de SP exigirá passaporte da vacina para todos os eventos a partir do dia 10

Capital paulista registra aumento de casos de Covid e gripe, o que também levou ao cancelamento do carnaval de rua no município

Emylly Alves

Tiago Tortella da CNN*

Comprovante de vacinação contra a Covid-19 de São PauloComprovante de vacinação contra a Covid-19 de São Paulo Divulgação

A prefeitura da cidade de São Paulo anunciou, nesta quinta-feira (6), que passará a exigir comprovante de vacinação contra a Covid-19 para todos os eventos realizados na capital a partir do dia 10 de janeiro.

Em nota, o Secretário Municipal de Saúde, Edson Aparecido, afirma que o passaporte será necessário enquanto o número de novos casos da variante Ômicron continuar a subir. De acordo com o secretário, nos últimos sete dias a cidade registrou um aumento de 30% nos casos de Covid-19, e a cepa Ômicron tem 52% de prevalência na cidade.

Desde setembro, a capital paulista exigia o comprovante apenas para eventos com mais de 500 pessoas. A utilização de máscaras ainda é obrigatória, e a gestão municipal continua recomendando a higienização de mãos e evitar aglomerações.

Outras medidas adotadas na cidade são testagem dupla para Covid e Influenza na rede pública – que teve início também nesta quarta -, com mais de 300 mil testes. A prefeitura também afimou que tornará 600 leitos hospitalares exclusivos para atendimento de “síndrome gripal não Covid” e a contratação emergencial de 280 médicos e enfermeiros.

Carnaval

Após a desistência dos blocos de rua para o Carnaval de 2022 nessa quarta-feira (5), a prefeitura da cidade de São Paulo anunciou que Carnaval de rua está cancelado na cidade.

O anúncio foi feito após reunião nesta quinta-feira (6), e, até agora, os desfiles no sambódromo estão mantidos.

De acordo com levantamento da Agência CNN, 13 capitais e do Distrito Federal cancelaram ou suspenderam parcialmente o Carnaval 2022 público.

*com informações de Raphael Coraccini, Layane Serrano e Lucas Rocha, da CNN

Fonte: CNN

Deixe uma resposta