PONTO DE VISTA: O PCC ATIROU UM TOMAHAWK CONTRA O BRASIL E ACERTO EM CHEIO

Caro(a) leitor(a),

Pronto!

Conseguimos, somos os campeões em vacinação contra a COVID-19 no mundo! Que maravilha não? Até os Bolsonaristas estão comemorando, tentando silenciar a esquerda que o acusa tanto de genocida. É claro que um genocida jamais seria um campeão de vacinação porque a índole de um genocida é matar ou mutilar e não salvar pessoas, não é mesmo?

O caso de Bolsonaro é altamente esdruxulo e surreal! Vou explicar o porquê.

É público e notório que o Brasil é o país mais cobiçado do mundo. Todo mundo quer por a mão na nossa soberania. Vemos isso todos os dias na mídia internacional. Essa cobiça tem uma razão muito simples. Um país com dimensões continentais, sendo o 5º maior país em território e o que detêm as maiores riquezas naturais, tanto em termos de diversidade de fauna e flora quanto minerais do mundo, sem falar que é o segundo maior produtor de carne bovina e o maior produtor de soja do mundo. Isso significa que é simplesmente o maior seleiro produtor de alimentos mundial, para não repetir tantas vezes do mundo.

Dito isto, é fácil perceber o assédio explícito e até obsceno da China, que além de ser o maior comprador das nossas comodities, está comprando tudo o que pode de terras cultiváveis do nosso país. Esse assédio é milimétricamente calculado, um plano bem elaborado para transformar o Brasil em colônia da China.

Não é a toa que o Brasil hoje é o campeão mundial em vacinação. Foi um míssil Tomahawk, de precisão cirúrgica que a China lançou em direção ao Brasil. Você deve estar perguntando, o que você está querendo dizer o que com isso?

Bem, quanto mais o tempo passa e a verdade vem a tona fica cada vez mais evidente que esse vírus foi criado intencionalmente, senão vejamos!

É público e notório que o Brasil tem tradição em políticas públicas de vacinação e que detém knowhow em desenvolvimento e produção de vacinas há bastante tempo e com isso já disseminou uma cultura de vacinação coletiva. Sabendo disso e ciente da força do espectro político de esquerda no Brasil e na América do Sul, o PCC – Partido Comunista Chinês vislumbrou que,  introduzir suas vacinas aqui seria tão fácil quanto roubar um pirulito da mão de uma criança.

Também é público e notório que a China é um país com 1 bilhão e meio de habitantes e que boa parte dessa massa humana é faminta e passa por necessidades básicas. E que por mais lento que seja o ritmo de crescimento vegetativo são algumas dezenas de milhões de novos chineses a cada ano. Desta forma existe uma demanda absurda por comida e gêneros de primeira necessidade por essa massa faminta por consumo e só um país como o Brasil tem tudo que eles precisam para supri-los. Por isso estão comprando tudo que podem de terras cultiváveis aqui no Brasil e na Argentina. É uma invasão silenciosa preparando o terreno para trazer parte da sua população para as terras tupiniquins um dia.

Pode parecer uma teoria da conspiração ou algo muito sinistro, mas quando eu junto todas essas informações e mais aquela que vem de uma parte da ciência, que pelo fato de as vacinas terem sido processadas a toque de caixa e em tempo recorde, passando por cima de todos os protocolos para desenvolvimento de vacinas diz que uma das consequências da vacinação em crianças e jovens será adultos estéreis, não tem como não passar pela minha cabeça que esse é um plano macabro, milimétricamente planejado como um tiro certeiro e cirúrgico de um missil Tomahawk.

Resumindo, o que o PCC quer é transformar o Brasil em colônia, distribuindo feudos para os bilionários emergentes (e assim mantê-los sob seu controle) administrarem. Esterilizando a população brasileira vai garantir, aos poucos a extinção dessa população, para depois povoar a colônia com o excesso de chineses.

O objetivo do Blog do Saber e desse que vos escreve é fazer você, caro(a) leitor(a), refletir sobre os temas e assuntos que envolvem o rumo e o futuro da humanidade. Você não precisa concordar ou me dar razão, mas é preciso conhecer, refletir e fazer juízo de valor sobre temas importantes e polêmicos, por mais que pareçam abomináveis ou surreal, analisando os dois lados da moeda, pois quando nos recusamos a conhecer o outro lado estamos sendo ignorantes e ficamos estagnados na nossa jornada evolutiva. Lembre-se bem, você tem o direito ao conhecimento e o livre arbítrio para escolher assimilar ou recusar.

Deixe uma resposta