PONTO DE VISTA: O MELIANTE LULA DA SILVA NÃO SE ARREPENDEU E ENGANOU O PAPA

PONTO DE VISTA

Caro(a) leitor(a),

O debate esdruxulo e desnecessário do artigo publicado no Jornal da Cidade nesta quarta-feira o qual reproduzo a seguir, inclusive em vídeo, mostra com clareza como o ser humano consegue complicar algo tão óbvio e ululante. O comentarista Caio Coppolla com toda a razão observa que o Papa Francisco está equivocado quando com o juízo de valor que faz do meliante Lula da Silva em sua carta. O Papa Francisco, na sua inocência,  não faz a menor ideia de quem é na realidade esse bandido. 

O comentarista Caio Coppolla observa que, apesar de condenado com muitas provas contundentes, não se arrepende e insiste em dizer que é totalmente inocente. Edgar discorda e chama Caio de prepotente, pois avha que ninguém pode tirar essa conclusão já que arrependimento é algo de foro intimo e talvez Lula esteja arrependido sim. Caio rebate dizendo que esse discurso é bem coerente com o do PT que diz uma coisa e faz outra.

Pela lógica de Edgar ele pode se arrepender perante a lei de Deus, mas não perante a sociedade! Perante a sociedade ele, caso seja solto pode continuar fazendo todas as falcatruas que fazia quando era presidente do Brasil? Como é isso?

Esse rapaz se revelou um verdadeiro Petista de carteirinha, pois essa é a filosofia do PT. Confundir, dar um nó na cabeça das pessoas e provocar o conflito, pelo conflito.

Estou com Coppolla. O Papa vacilou, mas por ignorância e o meliante Lula ainda não se arrependeu e merece mofar na cadeia!

Caio Coppolla detona carta de Papa a Lula e o clima esquenta (veja o vídeo)

Durante o Morning Show da Jovem Pan desta quarta-feira (29), os comentaristas do programa tiveram um caloroso debate sobre a carta do Papa enviada ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A carta foi revelada pela jornalista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, e divulgada na manhã desta quarta-feira pelo site oficial de Lula.

O Papa lamenta as “duras provas” pelas quais o líder político tem passado.

Caio Coppolla, comentarista político de destaque da rádio, contrapôs o Papa afirmando que, na verdade, “duras são as provas contra Lula” e que, mesmo com tantas evidências, o presidiário não reconhece seu erro e insiste em dizer que é inocente.

A partir disso, o clima no programa esquentou e parte da bancada começou a questionar os posicionamentos de Caio.

Veja o vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0