PONTO DE VISTA: O GRANDE DITADOR (DÓRIA) TORNA VACINA OBRIGATÓRIA EM SÃO PAULO E PROMETE MEDIDAS LEGAIS CONTRA QUEM DESOBEDECER

Caro(a) leitor(a),

Há muito tempo eu disse que estaria na cola dos mascarados que tentassem iludir e enganar o povo brasileiro e avisei que um desses atores mascarados era o excelentíssimo senhor governador do Estado de São Paulo, João Dória. Eu disse: Prestem atenção a esse mago das ilusões. O único objetivo dele é o seu projeto de poder. Ele não enxerga mais nada além disso. Então passei a publicar aqui, todas as notícias que mostrassem os seus deslizes, que por vezes são sutis, travestidos de boas ações, mas no fundo mostram a sua verdadeira face. Volto a repetir, prestem atenção agora! Vejam o que ele acaba de decretar quanto a vacina contra Covid-19. Obrigatoriedade para todos, banindo da sociedade todo aquele que não for vacinado e tem que ser a vacina chinesa que ele está desenvolvendo em São Paulo em parceria com o Instituto Butantan. Sabemos que o Instituto Butantan é um órgão de credibilidade, mas também sabemos que é um órgão que depende de verbas públicas para sobreviver e vai obedecer a quem der mais recursos. Lembrem-se que essa vacina é chinesa e falando em credibilidade a da China, no que tange a pandemias está no chão. Portanto alerto a todos que não caiam nessa armadilha e façam valer o seu direito de ir e vir, de escolher qual vacina tomar e até mesmo o direito de não tomar. Tenho dito!

Doria diz que vacina será obrigatória em SP e promete ‘medidas legais’ contra quem recusar

Marcos Rocha

Publicado  

em Por  

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que a vacina contra covid-19 será obrigatória no estado.

O tucano já vinha sinalizando nas últimas semanas que achava correta a obrigatoriedade do imunizante.

No entanto, a medida ainda não havia sido anunciada pelo Executivo estadual.

De acordo com Doria, somente as pessoas que apresentarem atestado médico serão liberadas de receber a vacina.

ASSISTA

 

“Eu já garanti que aqui [em SP], os 45 milhões de brasileiros serão vacinados. A vacinação será obrigatória, exceto se o habitante ou cidadão tiver orientação médica e atestado que não pode tomar. E adotaremos medidas legais se houver contrariedade nesse sentido. […] Não faz sentido vacinar alguns e não vacinar outros […] Enquanto tivermos pessoas não vacinadas em larga escala, continuaremos tendo a presença do vírus, contaminação e mortes”, disse.

A declaração foi proferida em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, na tarde desta sexta-feira (16).

Deixe uma resposta