PONTO DE VISTA: DE UMA FORMA OU DE OUTRA A VERDADE SEMPRE APARECE, ATÉ MESMO PELA SENILIDADE

Caro(a) leitor(a),

O artigo a seguir é apenas o mote para eu desenvolver o meu pensamento sobre essa vergonha que é essa aproximação de Fernando Henrique com Lula. Apesar de, hoje, sabermos que o Ex-Presidente FHC é um militante de esquerda e que na época que foi presidente estava no guarda roupa, é algo altamente repugnante a sua declaração antecipada de que votaria em Lula caso vá para o segundo turno, em 2022, com Bolsonaro. Não tem a ver com a ideologia, pois sabemos que ambos são esquedopatas gourmet, mas pelos princípios e pela reputação. Fernando Henrique admitir que pode votar em Lula é o mesmo que dizer que concorda com a roubalheira e corrupção criada pela maior Organização criminosa já existente no planeta e não só isso, desta forma ele também admite que no seu governo também houve essa prática abusiva e criminosa. Não dá para não associar e/ou pensar de outra forma. Também admite que o seu partido, o PSDB, não tem candidato a altura para concorrer as eleições presidenciais. Agindo assim, ele está jogando na lata do lixo a reputação que construiu como governante que tirou o país de uma situação patética, horrorosa de penúria e hiperinflação para a prosperidade. E não vale mais a antiga máxima do “rouba mais faz”. A sociedade não admite mais isso. Se ele pensa assim também está admitindo que faz parte da velha política e ainda em vida joga o seu nome na lama. Não estou alertando o ex-presidente e muito menos lamentando, apenas constatando, pois quem tem de defender a reputação e ele e não eu. Ele é um homem de intelecto farto. Não precisa de ninguém para lhe dizer se falou demais ou verborragizou. Ele poderia, do alto dos seus quase 90 anos falar menos e se dar ao respeito, mas preferiu a exposição e ter que estar retuitando para esclarecer as bobagens que falou. Talvez esteja variando por conta da idade, mas ai alguém de sua confiança poderia intervir para preservar a sua imagem. Bem, a única certeza que tenho é que a mentira a cada dia está com as pernas mais curtas e a verdade está emergindo cada vez mais rápido. E não é de se estranhar que seja através da senilidade de alguns políticos da velha política!

Rui Costa defende união entre Lula e FHC contra Bolsonaro

Declarações ocorreram nesta sexta.

Publicado em 21.05.2021

Valter Campanato | Agência Brasil

O governador da Bahia, Rui Costa, do PT, resolveu falar sobre encontro político entre os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso, divulgado nesta sexta-feira (21) pela cúpula petista.

Para Rui, a aproximação é consequência do cenário político atual, que é uma projeção de ‘tragédia’ e ‘incompetência’, na visão dele.

Apesar das críticas explícitas, ele não fez menção direta ao nome do presidente Jair Bolsonaro.

“As pessoas podem divergir. O Fernando Henrique tem ideias para a sociedade, de Estado, de como tocar a economia, tem um monte de ideias. O Lula tem outras ideias. Mas a política é isso. São ideias diferentes que têm que dialogar, todas a favor do Brasil”, declarou o petista, em entrevista a rádios locais.

“O que nós temos que buscar é salvar o nosso país dessa tragédia. Então é como se você trabalhasse numa empresa e alguém se tornou presidente, alguém incompetente da sua empresa, que não saber fazer nada. Você tá vendo sua empresa ir à falência. Então os funcionários, os sócios têm que se juntar pra salvar a empresa. Então nós somos os donos do Brasil. O povo brasileiro é o dono desse país. Então nós temos que salvar o Brasil dessa tragédia”, acrescentou.

Ainda sobre o assunto, o chefe do Executivo baiano usou o Twitter para dizer que é preciso ‘virar a página’.

“Lula e FHC podem ter divergências políticas e ideológicas, mas concordam que o Brasil precisa virar a página desta história trágica que estamos vivendo. Ninguém aguenta mais. O Brasil pertence ao povo brasileiro e todos nós temos nos unir para viver um novo tempo”, escreveu.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.

Fonte: Conexão Política

Deixe uma resposta