POESIA: LEMBRANCAS DE MORRER DE ÁLVARES DE AZEVEDO, POR CID MOREIRA

Na sequência da série dos 10 melhores e maiores poemas da literatura brasileira, hoje vamos apreciar o poema “Lembranças de morrer” de Alvares de Azevedo, poeta da 2ª geração do romantismo, “geração do mal do século”, daqueles caras que querem morrer de amor. Então assista ao vídeo completo a seguir e contemple essa maravilha de poesia.

Fonte:

Deixe uma resposta