POESIA: FISCAL DO MUNDO, POR ALLAN DIAS CASTRO
Allan Dias Castro, como nasce um poema

A nossa coluna POESIA desta terça-feira trás mais um belíssimo poema desse talentoso poeta, que atende pelo nome de Allan Dias Castro. É um texto inédito sobre sair da prisão do medo de errar e ir além das críticas e reclamações, já que a liberdade mora na imperfeição. Então, não saia dai! Se acomode na poltrona e assista essa genial interpretação!

Fonte:

Deixe uma resposta