PF DEFLAGROU OPERAÇÃO CONSÓRCIO 200 PARA INVESTIGAR FRAUDES NO SISTEMA DE CONSÓRCIO DO BANCO DO BRASIL

PF investiga fraudes de R$ 100 milhões em consórcio do Banco do Brasil

Operação cumpre mandados de busca e apreensão em diferentes cidades; um ex-presidente e um diretor do banco estão entre os alvos

Vianey Bentes

da CNN

Brasília

PF investiga fraudes de R$ 100 milhões em consórcios do Banco do BrasilPF investiga fraudes de R$ 100 milhões em consórcios do Banco do

Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (6) a operação Consórcio 200, para investigar gestão fraudulenta no Sistema de Consórcios do Banco do Brasil. Agentes estão cumprindo oito mandados de busca e apreensão no Paraná, São Paulo e no Distrito Federal. Entre os alvos da operação, estão um ex-presidente e um diretor do banco.

Alguns carros já retornaram a superintendência em Brasília, trazendo malotes com documentos, computadores e material de arquivo que serão periciados.

De acordo com a PF, o inquérito foi instaurado em 2021, após o resultado de duas auditorias realizadas pelo Banco do Brasil, quando os fiscais descobriram operações de crédito em consócios no valor de R$ 100 milhões, aprovadas como de consócio de veículos, mas que foram usadas para outra finalidade. Segundo apuração, o Banco do Brasil precisou cobrir parte do contrato.

Os envolvidos vão responder por gestão fraudulenta e crime contra o sistema financeiro nacional, com penas que podem chegar a 12 anos de prisão, além de multa.

O Banco do Brasil divulgou nota onde informa que, assim que identificou irregularidades em sua subsidiária BB Consórcios, informou as autoridades policiais, que iniciaram as investigações.

O Banco do Brasil afirma que continua contribuindo com as investigações e tem se colocado sempre à disposição das autoridades competentes.

Deixe uma resposta