OPINIÃO: DIANTE DAS MINGUADAS MANIFESTAÇÕES DESTE DOMINGO PARECE QUE BOLSONARO PODERÁ GOVERNAR EM PAZ

Caro(a) leitor(a),

Na coluna PONTO DE VISTA deste domingo eu comentei que as manifestações que seguiriam durante o dia seriam o divisor de águas dessa já bastante longa crise institucional entre os poderes. Elas definiriam se estamos, ainda no começo de uma guerra política ou estaríamos perto do final, com um desfecho positivo de governabilidade para o nosso país. Eu disse que se as manifestações tivessem um substancial número de pessoas nas ruas, tão grande quanto ou maior do que as manifestações do 7 de setembro estaríamos apenas começando uma guerra que chamaria para as ruas todo aquele brasileiro que ainda dorme em berço esplêndido, pois sabemos que a grande maioria da população não quer o avanço do Comunismo no Brasil. E que se essas manifestações fossem exíguas a luta estaria perto do fim, com a fortificação do poder executivo e por consequência a governabilidade. Dando ao Presidente Bolsonaro condições de seguir com a sua agenda até 2022. Pelo resultado das exíguas e minguadas manifestações de hoje tenho a certeza que a segunda versão acontecerá daqui por diante. Até porque a carta à nação de Bolsonaro já começa a fazer efeito trazendo resultados animadores. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

Agora ele cai! O Brasil vive um momento histórico… Uma multidão de ninguém saiu às ruas

Foto reprodução/TwitterFoto reprodução/Twitter

Uma multidão de ninguém saiu às ruas para protestar contra o governo. Era tanta gente que o trânsito não precisou ser desviado, não foi necessário um esquema especial de segurança e um planejamento de transporte, e o único caminhão que compareceu foi o de lixo, carregando quem estava pela rua com bandeira vermelha na mão.

A esquerda está feliz. Conseguiu chamar a atenção da Globo e da Folha de S.Paulo, que não conseguiram estimar o número de participantes, já que quando eles se espalharam ficaram tão distantes que ninguém podia contar.

A esquerda agora vai dizer que só deu esse tantão de gente porque “respeita as medidas de precaução da covid”, apesar do povo ter chegado num patinete completamente lotado.

Separando os pobres vendedores ambulantes que ficaram decepcionados com o sucesso de público, os caras da guarda municipal, o povo que não tinha nada a ver, os cracudos que só observavam e alguns que estavam perdidos, o número de participantes estava estimado em… meio. Algo inédito no mundo.

Agora Lula viu sua força. Agora o Bolsonaro cai.

Os grandes “chamadores” de público como Simone Tebet, Titica Santa Cruz, Mama Falhei, Kim Kata-guri e outros viram agora o quanto são poderosos e conseguem influenciar a população. Estava lindo!

Um maluco puxou o coro “vamos dar as mãos, vamos dar as mãos, vamos dar as mãos, vamos dar”, mas teve que parar no meio da música porque não havia a quem dar as mãos.

A Paulista nunca esteve tão lotada de ninguém! A Av. Atlântica estava tão cheia, que um Boeing 747 pousaria no meio dela sem atropelar uma única alma! Estava lindo!

Avante esquerda! Esquerda? Esquerda? Cadê você, esquerda? Ainda está aí? Alôoooo… É você, satanás (Dna Clotilde)? Vixe! Não tem ninguém!

Fonte: Jornal da Cidade Online

Deixe uma resposta