O FUTURO DE MAIA NA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA E A DESIDRATAÇÃO DO CENTRÃO

Em Off: a desidratação do Centrão e o futuro de Maia na presidência da Câmara

Da CNN

14 de outubro de 2020 às 10:34

Governista, Rodrigo Maia se nega a defender o legado de Temer na eleição | Brasil | EL PAÍS Brasil

No quadro Em Off desta quarta-feira (14), na CNN Rádio, Daniela Lima analisou a nova debandada do bloco do Centrão, que é liderado por Arthur Lira (PP-AL), e a sucessão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Na terça-feira (13), PTB e o Pros decidiram deixar o grupo e se unir ao PSL, que tem a maior bancada da Câmara, ao lado do PT, movimento que desidrata ainda mais o bloco depois da saída de MDB e DEM, em julho.

“Essa debandada no bloco dele [Arthur Lira] é uma sinalização de que uma parte dos partidos com os quais contava para ter voto e apoio na briga pela presidência da Câmara está voltando seus olhos para Maia”, disse a jornalista.

De acordo com Lima, há alguns dias Maia recebeu uma proposta de acordo em torno da presidência da Comissão Mista de Orçamento, na qual ele cederia a vaga para um nome indicado por Lira, mas teria sido bastante claro sobre o tema.

“Não tem acordo, vou para a briga e vou com tudo”, Maia teria dito a interlocutores, o que a jornalista disse ser um sinal de que, caso o Supremo Tribunal Federal (STF) libere, o deputado disputará com toda força a presidência da Casa.

Fonte: CNN

Deixe uma resposta