NEGÓCIOS: ESTUDIOSOS AFIRMAM QUE A CRISE ECONÔMICA CAUSADA PELA COVID-19 PODE TRARÁ MUDANÇAS PROFUNDAS E NOVAS OPORTUNIDADES

Especialistas apontam como as empresas podem superar a crise

O empresário precisa inicialmente avaliar as finanças da empresa, só então poderá traçar a estratégia correta para seu negócio

Por Redação – Publicado em 27/04/2020 às 11:02

Cada passo deve passar por uma análise criteriosa antes de ser colocado em prática, pois o objetivo no momento de crise deve ser a busca pelo equilíbrio, não o lucro.

Enfrentar situações de crise é uma possibilidade inerente às atividades de qualquer empresário. Um momento de falha pode acarretar conflitos internos, ameaçar a imagem e reputação da empresa além de culminar em problemas econômicos. Alguns estudiosos já afirmam que a crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus, por exemplo, será responsável por uma grande transformação do sistema financeiro. Porém, para que os negócios brasileiros não sucumbam, dois pontos serão fundamentais: resiliência e estratégia.De acordo com Sunny Maia, diretora da Fortes Tecnologia unidade Natal, existem dicas que, quando aplicadas de maneira assertiva, possibilitam a superação da crise. “O empresário precisa inicialmente avaliar as finanças da empresa, só então poderá traçar a estratégia correta para seu negócio. Avaliar os benefícios oferecidos pelo governo que podem se encaixar à sua realidade e ações como repensar produtos e serviços e ter ao menos um plano B para cada área da organização, ajuda a reduzir os prejuízos e evita perdas expressivas”, disse.

Além das dicas citadas anteriormente, existem outras igualmente importantes: buscar diferenciais relevantes e competitivos analisando o comportamento do consumidor, estudar o modelo de negócios, integrar setores. Ao colocar todos os processos no papel, a visualização do que é indispensável, o que pode ser cortado e de que forma medidas como suspensão de contratos de trabalho ou desligamento de colaboradores podem interferir na continuidade do negócio torna-se mais clara.

Cada passo deve passar por uma análise criteriosa antes de ser colocado em prática, pois o objetivo no momento de crise deve ser a busca pelo equilíbrio, não o lucro. Dívidas podem ser renegociadas com os credores e empréstimos devem ser solicitados apenas em último caso, para salvar o negócio. Todo o planejamento precisa ser consistente para que atinja o resultado desejado.

Fonte: Agora Rn

Deixe uma resposta