MULHER NA FLÓRIDA SOFRE PERFURAÇÃO NA VIRILHA POR PEIXE-VELA QUE SALTOU DO MAR

Peixe-vela salta da água e perfura virilha de mulher na Flórida

Espécie, que habita os oceanos Atlântico, Pacífico e Índico, pode atingir até três metros de comprimento e pesar mais de 100 quilos

INTERNACIONAL

 por Agência EFE

Peixe vive nos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico

BALURBALA/WIKIMEDIACOMMONS

Uma mulher de 73 anos sofreu ferimentos na virilha quando foi perfurada pelo focinho longo e afiado de um peixe-vela que saltou enquanto amigos dela o pescavam em um barco na costa da Flórida, segundo informou a imprensa local neste domingo.

Katherine Perkins foi atingida enquanto se preparava para tirar uma foto do peixe de 45 quilos capturado por dois de seus amigos e o animal pulou para fora da água, de acordo com o Gabinete do Xerife do Condado de Martin. Ambos os pescadores aplicaram pressão no ferimento da mulher ao retornarem à costa na cidade de Stuart, no sudeste da Flórida.

A imprensa local esclareceu que o evento ocorreu na terça-feira (19), mas não informa o estado da mulher. O peixe-vela (Istiophorus), que habita os oceanos Atlântico, Pacífico e Índico, possui, além da ponta frontal longa, uma barbatana dorsal em forma de vela e pode atingir até três metros de comprimento e pesar mais de 100 quilos.

Em distâncias curtas, o peixe-vela azul metálico é o segundo peixe mais rápido do mar depois do tubarão mako, que pode nadar até 124 quilômetros por hora.

Deixe uma resposta