MAIOR PAÇOCA DO MUNDO EM RORAIMA ATINGIU MAIS DE UMA TONELADA E SUPEROU RECORDES ANTERIORES

Maior paçoca do mundo bate o recorde em Roraima; pesagem marcou mais de 1 tonelada

Iguaria foi distribuída entre a população de Boa Vista após a pesagem

Anna Gabriela Costa

da CNN

em São Paulo

Maior paçoca do mundo foi pesada em Boa Vista (RO)Maior paçoca do mundo foi pesada em Boa Vista (RO)Katarine Almeida/PMBV SEMUC

A “maior paçoca do mundo” bateu mais um recorde de pesagem em Boa Vista (RR). A iguaria atingiu 1 tonelada e 131 quilos, superando os recordes anteriores que também eram da capital de Roraima. Um evento, neste sábado (18), reuniu os moradores da cidade para a pesagem do alimento, que depois foi distribuído entre a população.

A pesagem foi realizada com o auxílio de um guindaste no evento Boa Vista Junina 2022. A paçoca foi acomodada em um cenário que reproduz as tradicionais casas de farinha, comuns em comunidades indígenas e áreas rurais. Um enorme tacho, com forno artificial simulou a torragem.

A “maior paçoca do mundo” foi distribuída à população em embalagens lacradas, evitando o manuseio de quem servia.

Produção

Todo o recurso para a produção da iguaria foi aplicado em ingredientes provenientes da terra. Foram utilizadas 22 mil bananas, além da famosa farinha d’água roraimense.

“O preparo começou na última quarta-feira (15), com o recebimento da carne. Após desossada e cortada em pedaços pequenos, ela foi levada à área do forno a lenha para a segunda fase do processo. De um lado, ela foi dessalgada. Do outro, frita. Depois de frita a carne foi levada à forrageira, uma máquina adaptada para a tritura. Nessa fase é feita a mistura com 70% de carne e com 30% de farinha”, explicou a prefeitura.

Deixe uma resposta