IDEMA INSTITUI OBRIGATORIEDADE DE COMPROVAÇÃO VACINAL PARA ACESSO AO CAJUEIRO DE PIRANGI E AO PARQUE DAS DUNAS

Passaporte da vacina passa a ser necessário para acesso ao Cajueiro de Pirangi e ao Parque das Dunas

Redação/Portal da Tropical

Atualizado em:

Foto: Divulgação/Idema

Por meio da Portaria SEI Nº 011/2022, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), nesta terça-feira (25), a direção do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte – Idema institui a obrigatoriedade de comprovação do vacinal para acesso ao órgão (Ecocentro e Unidade de Mossoró), bem como esquema ao Parque Estadual Dunas do Natal “Jornalista Luiz Maria Alves” e ao Cajueiro de Pirangi. A decisão faz parte das medidas preventivas à Covid-19, pelo Governo do Estado.

A comprovação do Esquema Vacinal poderá ser feita a apresentação da Carteira Nacional de Vacinação Digital, disponível na plataforma do Sistema Único de Saúde – ConectaSUS; Certificado de Vacinação divulgado pelo RN+Vacina ou Cartões de Vacinação.

Para Leon Aguiar do Ide-Ide. “O Idema Atendentes de Todo o Estado; a Unidade de Conservação Parque das Dunas é uma área que recebe um grande público diariamente, aos fins de semana, sem contar principalmente com o Cajueiro de Pirangi, um dos nossos cartões-postais potiguares que possui uma circulação de pessoas muito fortes de todo o mundo . Devemos pensar na saúde da população e fazer o possível dentro de nossas capacidades”, afirmou.

O diretor acrescentou, ainda, que as medidas de controle sanitário (uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento social) continuam vigentes.

Teletrabalho

A gestão do Idema também deliberou a respeito das atividades presenciais nas unidades administrativas do órgão. Casos de ocorrência de aumento de Covid-19 e síndromes gripais, o órgão estadual autorizou o sistema de teletrabalho até a próxima sexta-feira (28), para quem exerce atividades com o trabalho remoto. A medida tem como objetivo reduzir os índices de contato entre os servidores, colaboradores e terceirizados.

Fonte: Portal da Tropical _ Notícias

Deixe uma resposta