HOLANDA ANUNCIA EXPULSÃO DE 17 DIPLOMATAS RUSSOS QUE ATUAM COMO OFICIAIS DE INTELIGÊNCIA

Holanda expulsa 17 diplomatas russos por suspeita de espionagem

Ministério das Relações Exteriores afirma que grupo representa uma ameaça para a segurança nacional; Bélgica ordenou a saída de 21 funcionários da embaixada e do consulado russos

Holanda e Bélgica expulsam 38 russos por suspeita de espionagem

MIKHAIL KLIMENTYEV / SPUTNIK / AFP

O Ministério das Relações Exteriores da Holanda anunciou, nesta terça-feira (29), a expulsão de 17 diplomatas russos que atuam como oficiais de inteligência.

“Hoje [terça-feira], o embaixador russo no Ministério das Relações Exteriores foi convocado” e informado da expulsão, declarou a Chancelaria, em uma nota.

“A razão é que há informações (…) que mostram que as pessoas em questão, acreditadas como diplomatas, atuam secretamente como agentes de inteligência”, justificou.

O governo decidiu expulsá-los “pela ameaça que esse grupo representa para a segurança nacional” e porque “a atual atitude da Rússia em geral torna indesejável a presença desses agentes de inteligência”.

A expulsão é uma medida de segurança nacional, completou o comunicado.

Bélgica

A ministra das Relações Exteriores da Bélgica, Sophie Wilmès, também anunciou a expulsão de 21 pessoas que trabalham para a embaixada e o consulado russos, suspeitas de estarem envolvidas em “operações de espionagem e de influência que ameaçam a segurança nacional”.

Deixe uma resposta