GOVERNO DO RN ASSINA CONVÊNIO COM O INSTITUTO REVIVER

Governo do RN e Grupo Reviver assinam convênio para repasse de R $ 320 mil

Redação / Portal da Tropical

 Atualizado em:

Foto: Sandro Menezes / Governo do RN

No mês de conscientização ao câncer de mama, Outubro Rosa, a governadora Fátima Bezerra assinou termo de convênio com o Instituto Reviver destinando R $ 320 mil de cinco emendas parlamentares para apoio e manutenção da organização. A assinatura foi realizada nessa sexta-feira (22), por meio da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e o Grupo Reviver Natal, que oferece acesso à mamografia, ultrassonografia, biópsias e informações sobre a importância do autoexame e diagnóstico precoce do câncer de mamãe.

“O Grupo Reviver tem um papel muito importante na sociedade potiguar, afinal, desempenha um trabalho na área da saúde fundamental, que é o da prevenção ao câncer de mama. O projeto é reconhecido em todo Rio Grande do Norte ”, destacou a governadora Fátima Bezerra. “O trabalho do Grupo agrega o serviço ofertado pelo SUS aqui no estado. Oferecer prevenção é salvar vidas ”, completou a secretária adjunta da Sesap, Lyane Ramalho.

Das emendas, R $ 130 mil já foram ajuda ao grupo Reviver – sendo R $ 50 mil da deputada estadual Cristiane Dantas e R $ 80 mil do deputado Souza Neto. Já os valores das emendas das deputadas Cristiane Dantas (R $ 50 mil), Eudiane Macedo (R $ 50 mil), e do deputado Gustavo Carvalho (R $ 100 mil) estão em trâmite jurídico e serão retirados ainda no mês de novembro.

Para a presidente do Grupo Reviver, Ana Tereza Mota, todo apoio pedido pela instituição filantrópica fortalece o trabalho de oferta de serviço de imagens. “As mamografias realizadas pelo Grupo Reviver representam 49% de todas as mamografias realizadas no estado do Rio Grande do Norte. O município de Natal, por exemplo, deveria realizar mensalmente 24 mil mamografias e realizava, por ano, 18 mil. Hoje o Grupo Reviver tem essa importante representatividade ”, observou.

Segundo Ana Tereza, o grupo conta hoje com 14 mil pacientes e todas elas estão inseridas no cadastro do Ministério da Saúde. Com isso possui uma garantia da continuidade do tratamento e também a disponibilização do resultado do exame em plataforma nacional, facilitando o acesso ao diagnóstico em todo Brasil.

Rio Grande do Norte

O Rio Grande do Norte tem 27 serviços públicos de mamografia, ou credenciado ao SUS. Ao todo são 22 mamógrafos de comando simples (para o exame preventivo e diagnóstico precoce do câncer de mama) e cinco mamógrafos com estereotaxia, que identifica uma posição exata do tumor para a realização de biópsia ou retirada do tumor de forma precisa. Os mamógrafos estão ganhando em 12 municípios, distribuídos em 7 regiões sanitárias, com maior concentração no município de Natal.

Durante uma pandemia da covid-19, não ocorreram restrições para realizações de mamografias para diagnóstico. Em 2020, a Sesap realizou pelo SUS 40.995 mamografias bilaterais de rastreamento e 63.641 exames citopatológicos de rastreamento, em pacientes de faixa etária de 50 a 59 anos e 25 e 64 anos, respectivamente.

Grupo Reviver

O Reviver possui um calendário permanente de mamografias gratuitas na Unidade Móvel (www.gruporeviver.com e redes sociais virtuais – @gruporevivernatal), equipada com um mamógrafo digital e uma reveladora para que os filmes sejam impressos e posteriormente laudados e entregues aos pacientes.

Criado em 2012 e em 2013, o Grupo Reviver foi certificado como organização da sociedade civil de interesse público (Orcip), e é habilitado pelo Ministério da Saúde à prestação de serviços por meio da unidade móvel. O Grupo atende mulheres com idade a partir de 40 anos.

Câncer de mama

Acesso ao diagnóstico e tratamento precoce aumentam uma chance de cura para 95%. Em 2020, no Rio Grande do Norte ocorreram 198 óbitos por câncer de mama feminina, na faixa etária de 30 a 69 anos, o que equivale a um risco de 11,59 por 100 mil / mulheres.

Deixe uma resposta