FÍSICA QUÂNTICA: CÉREBRO-MENTE “VEÍCULO” DO SALTO QUÂNTICO À QUINTA DIMENSÃO – 2ª PARTE

Neste sábado vamos a 2ª parte do artigo “Inserção mental à quinta dimensão” na coluna FÍSICA QUÂNTICA cujo objetivo é esclarecer para os leigos o que são e como funcionam as diversas dimensões conscienciais com ênfase em como alcançar a 5ª dimensão vivendo na 3ª dimensão. Portanto convido você a ler o texto completo a seguir e os outros dois que faltam dessa série para ter um entendimento eficaz sobre o assunto.

Na frequência dos símbolos direcionando-se com a força do pensamento à busca da transmutação e à interação mental com a quinta dimensão.

Não só cálculos matemáticos comumente empregados no mundo cotidiano humano, mas também formas geométricas que deles derivam são “instrumentos” na construção do universo. Esta geometria em seu sentido transcendental é “a linguagem da luz”, que com ela também o ser humano consegue ativar em plenitude seu cérebro, utilizando-se de sua glândula pineal para conciliar a intuição com o pensamento lógico.

Com a presença da Energia Suprema/Deus atuando na ordem universal através das ondas modulares, estão princípios geométricos que com eles cria-se tudo o que existe, através de uma Consciência que atua na ordem das coisas existente na criação, sinalizada por esta geometria transcendental.

Esta transcendência através de símbolos que proporciona à mente humana sintonia às dimensões mais vibráteis ou, o alcance às realidades mais sutis e mais iluminadas, principalmente neste especial momento da humanidade que é mais do que o de um recomeço, é o início de um outro mundo.

Um mundo construído em frequência mental mais acelerada, conduzindo sentimentos fundamentados em leis da natureza, que se submetem a Princípios (Leis) Universais, para que interações com os mundos paralelos se deem de forma mais constante e de maneira cada vez mais consciente.

E, este momento já chegou para Dakila. Para aquele que ali já consciente de seu compromisso cósmico e assim mentalmente procedendo, se prepara para que os mundos paralelos liberem um tesouro até então nele oculto.

Mas, para que isto possa acontecer, foi nele antes trabalhados seu campo emocional, sua frequência energético-vibracional, sua habilidade de plasmar no extra físico e sua habilidade de mente criadora, para que em sintonia à Frequência da Mente Universal Criadora, ele se perceba como deus em movimento.

Assim, um trabalho (vibracional) das realidades paralelas foi nele realizado em seus campos mental e emocional, um trabalho em seu mundo interior relacionado ao sentimento de nobreza, ao neutralizar bloqueios causados por interesses outros e não verdadeiramente os seus, mas aqueles que a Matrix lhe impõe.

O autoflagelo de pensamentos egoísticos foi nele neutralizado em uma limpeza aos níveis vibratórios extra físico e físico, para que outro sentimento com mais clareza instalasse em sua mente e em seu coração, abrindo-lhe novos caminhos, novas janelas.

Com estas oportunas aberturas foi para ele liberadas interações com os mundos superiores, proporcionando-lhe muitas e novas informações, juntamente com tarefas direcionadas principalmente para os diversos grupos de trabalho em Dakila.

Ele terá experiência na frequência do bioplasma ou, com a energia materializadora de frequências paralelas, quando símbolos constantes em sua “Placa” escritas na linguagem cósmica dos símbolos lhe serão mostrados, serão mentalmente por ele visualizados.

Sua interação com esta energia materializadora de frequência paralela que já se mostra para ele na forma de símbolos, sinaliza o princípio do fim de seu compromisso propagador, já que ao acessar sua “Placa”, fica mais consciente do propósito de sua vinda aqui através de informações obtidas em escrita cósmica dos símbolos, que ficando em intensa e constante vibração em seu campo, o estimula mentalmente para que tenha mais clareza e rapidez no desempenho de seu compromisso propagador de um novo tempo, de uma nova consciência.

   

   
Com a presença em uma galeria da energia materializadora de frequências paralelas geradas e conduzidas com a ajuda de seres existentes entre dimensões (ultradimensionais), mostraram-se informações em escrita na linguagem cósmica dos símbolos, que foram mentalmente visualizados bioplasmados – Imagens de Dakila Pesquisas

Como já anteriormente abordado, a linguagem dos símbolos em sua geometria obedece às leis cósmicas e expressa graficamente relações e proporções que buscam a harmonia, que com ela em outro nível de percepção se ascende pelo coração e pela mente a planos mais sutis ou superiores, que deles se distanciou o ser humano, ao se afastar das leis naturais do universo.

A linguagem simbólica é a dos mundos superiores, mas que se subtende ao mundo físico tido real, mostra-se como um padrão metafisico que determina a de um padrão físico ou, como a de uma realidade interior que se forma exteriormente.

Os seres ultra dimensionais interagem entre as dimensões e em cada uma delas estão “moldados” em formatos específicos de acordo com leis que as regem. Seus corpos “simbolicamente” diferentes são “delineados” para onde se encontram, em coerência vibracional ditada por leis matemáticas da geometria universal.

  

 
Os seres ultradimensionais entre dimensões mostram em formatos especificos e “simbolocamente” deslineados para onde se encontram, em coerencia vibracional ditada por leis matematicas da geometria universal – Imagem Portal Pegasus

Em Dakila, o dimensional com seu número alquímico que está ligado à alquimia transmutativa e que com sua numeração indica o seu desenvolvimento em múltiplas frequências, também seu ponto de contato que ali indica o seu ponto energético e vibracional para interação definitiva com as realidades paralelas e ainda a sua descendência que é a sua identificação energética, representando o seu estágio evolutivo, são marcadores vibracionais de uma realidade interior que se forma/mostra-se exteriormente.

A geometria dos símbolos transcende à delineada por instrumentos físicos como esquadro e régua. Ela em outra esfera de realidade transcende o mundo físico, para dar contorno às relações harmônicas entre seres humanos e entre estes e os animais, os vegetais, cristais e os demais objetos naturais. Ela é utilizada como um sistema simbólico para as várias estruturas do universo.

    

  
Com as forças da natureza junto o ato de ir amassando o barro para lhe dar formas geométricas e, paralelamente sendo transformadas ao nível do subconsciente em frequências mentais na linguagem dos símbolos, torna-se mais fácil para aquele que assim procede o acesso às “Placas Plasmadas” dentro de galerias, no Recanto de Havalon, em Dakila – Imagens de Dakila Pesquisas.

Em Dakila mostra-se ainda para aquele que já mentalmente apto, a energia do MDPL (Magnetismo, Densidade, Pressão e Luz) sem mais com necessidade de passar pelo biosatélite. Ela se mostra como uma luz seletiva constante em todas as horas do dia, vinda através do Cosmo diretamente da Energia Suprema.

É um momento como o universo estivesse jogando individualmente um filete de fótons, portanto quem o recebe, absorve uma frequência de luz especifica moldada às suas características, em um percentual que dependerá de seu desenvolvimento mental.

Com esta incidência energético-vibratória, que alguns a conhecem como fogo fátuo e outros como mãe do ouro, aquele que a absorve, nele se dá o início real da transformação do seu corpo físico em eterna luz.

Luz que é vista mais distante no horizonte e que nada mais é do que partículas fotônicas direcionadas, portanto não luz proveniente de gazes que explodem vindos de fendas rochosas.

Aquele que tiver o privilégio de visualizar este feixe de luz, aprendendo a calcular onde irá surgir, adquire uma sobrecarga de vida e uma saúde especial sem presenças de doenças a incomoda-lo. Por isto que existem pessoas e pessoas, porque são muitos os fatores que ocorrem na vida de algumas e não em outras, proporcionando resultados benéficos e específicos para alguns e não para outras.


Aquele que tiver o privilégio de visualizar e absorver feixe de luz como incidência energético-vibratória, que alguns o conhecem como fogo fátuo e outros como mãe do ouro, nele se dará o início real da transformação do seu corpo físico – Imagem da Internet

Fonte: Pegasus Portal

Deixe uma resposta